Apaixonado por meu primo brutamontes (Parte 18)


Um conto erótico de Matheus
Categoria: Homossexual
Data: 02/04/2012 17:21:45
Última revisão: 02/04/2012 17:23:43
Nota 9.63

Levantei na segunda-feira muído.

Eu estava todo dolorido. Ainda bem que estava de ferias. Já passavam das 11hs. Levantei e tomei um banho. Estava pensativo sobre o que tinha acontecido. “Caramba como o Bruno é bruto. Como será que as mulheres aguentam isso?”

Sai do banho e fui a cozinha passando pelo quarto dele. Como de costume a porta estava aberta enquanto ele dormia de bruços, apenas de cueca. Claro, ele não dormiria na mesma cama que eu. Fui a cozinha, tomei um copo de iogurte e um relaxante muscular, minhas costas e minha bunda doiam e como doiam, e voltei para cama, comecei assistir TV. Foi meio complicado para achar uma posição confortável. O corpo inteiro doía, a transa com Bruno foi mais uma surra do que sexo. Mas lembrando do que havia acontecido eu me excitava. Mesmo com toda a violência e brutalidade eu havia gostado de ter tido ele na cama, mesmo tendo ficado puto com o fato dele não usar camisinha e o pior de tudo, tendo sido obrigado a engolir esperma. Sempre, minha vida toda evitei isso. O cheiro do esperma me causava certo asco. Não sei porque, mais causava.

Ficamos ate as 4 da manhã transando, ele era um touro, nunca havia levado tento pau na bunda em uma única noite, sem contar a intensidade, sempre investidas profundas, com pressa, para mim ate respirar era difícil. Isso explicava a dor que sentia especialmente no rabo.

Cerca de uma hora depois Bruno me aparece na porta do quarto, cara de quem acabou de acordar, ainda de cueca.

Bruno: -Bom dia primo!

Eu com um sorriso amarelo: -Bom dia.

Eu não sabia como ficariam as coisas. Isso sempre é complicado. Mas uma coisa legal do Bruno era sempre considerar tudo uma brincadeira, uma piada. Ele se jogou na minha cama agarrando o travesseiro:

Bruno em tom de brincadeira: -Porra me deixou cansadão hein?

Eu apenas ri um pouco.

Bruno: -Na moral, pensei que eu ia te aleijar ontem. Eu maderava mais e mais esperando tu pedir arrego e nada!

Eu ainda com aquele sorriso sem graça apenas olhava pra ele.

Bruno: -Tu ta de parabens, guentou legal a maderada. E ae? essa rabo ainda aguenta mais?

Eu: -Fala serio ne Bruno?

Ele apenas deu risada.

Eu: -Cara como é que você come uma mulher assim? Eu to aqui todo muído, tudo dói, to acabado. Como é que elas podem agüentar isso?

O tom de graça do rosto dele cessou: -Primo, eu não fodo uma nega assim como fodi você ontem.

Eu: -Na verdade eu ja imaginava isso. Porque eu recebi esse tratamento “especial”?

Bruno agora ja com olhar baixo e com um ar de tristeza na fala: -Primo entenda, não é nada contigo não. Você é super brother. Eu sou amarradão em ti, e coisa e tal, mas quando o tesão bate em mim eu fico meio bicho entende? Mas nunca tão brabo como estava ontem, o que rolou foi que meio que fiquei com raiva.

Eu: -Raiva?

Bruno: -Eu tava com raiva de você. Dai então eu quis te castigar.

Na boa, ele conseguiu naquele momento me castigar mais profundamente do que tudo que ele tinha feito comigo na madrugada anterior.

Eu: -Me castigar?

Bruno: -Eu sei que tu não tem culpa de se apaixonar, ninguém controla essas ondas, mas tinha que ser comigo primo? Tu fez por mim mais do que qualquer pessoa fez, eu não quero perder tua amizade, eu quero ter sempre tu perto de mim, mas agora com esse lance de paixão, tudo pode ir pro saco. Tu pode não me querer mais por perto. Eu te comi pra tu entender que não dá primo, nunca vou ser como teus namorados porque eu não consigo ser, eu não sou viado, eu sou macho. Ontem eu fui ate o limite de tudo e se não for o suficiente pra tu, nossa amizade vai se fuder mais do que eu te fudi ontem.

Eu tentava entender que ele não queria uma relação de namoro comigo. Mas ele não queria se afastar, mesmo eu estando apaixonado por ele, ele queria ficar por perto e temia o fim da nossa relação.

Eu: -Bruno, entenda. Nada vai mudar. Tudo vai continuar como era antes. Vamos esquecer o que aconteceu essa madrugada e vamos continuar com nossas vidas, você fica mais tranquilo assim?

Bruno: -Primo é porque tu é muito foda de gente boa. Dai tu prefere esconder ai dentro o que sente pra poder continuar me dando essa força que tu me da. Eu sei que essa tua paixão vai sumir com o tempo, mas não te quero sofrendo por causa disso. Sei que é pedir demais pra que tu não sofra.

Eu: -Bruno deixa comigo ta bom? Eu lido com isso.

Bruno: -Primo se for necessário eu meter mais pica em você ate que você sinta que passou essa onda, é so me dizer, a gente fecha os olhos e vai nessa.

Eu rindo um pouco: -Bruno se você me der outro tratamento como o dessa noite eu vou direto para hospital.

Ele rindo sem graça: -Primo me perdoa, eu queria tu visse como era ruim dar pra mim pra que tu não quisesse mais.

Eu com ar de curioso: -So uma coisa não entendi. Como você conseguiu ficar de pau duro se estava com tanta raiva?

Bruno: -Porra primo, pra meu pau ficar duro não é uma coisa difícil não, ate vento de ventilador quando bate nele ele se arma. É uma coisa que não tenho muito controle não.

Eu impressionado falei: -Caramba! Você deve estar com os hormonios a flor da pele! Porque as 3 que você deu essa noite apesar de estar mais com raiva que excitado foi impressionante.

Bruno meio encabulado: -Não, na vera eu ate tava excitado, ver você se fudendo todo na minha pica e não reclamando meio que me dava vontade de meter mais, mais rápido e com mais força.

Eu: -Se sei disso tinha pedido arrego logo no inicio.

Rimos juntos um pouco

Bruno: -Pelo menos deu pra tu sentir que dar pra mim não é muito legal ne?

Eu: -Bruno a prova que se esta apaixonado por alguém aparece em momentos como esse. Eu jamais me vi sendo tratado por um homem como você me tratou essa noite. Jamais me passou pela cabeça aceitar um tratamento desses. Eu senti mais dor do que quando perdi minha virgindade. Na verdade o melhor momento dessa noite foi quando você gozou pela terceira vez, se levantou, tomou banho e foi para o seu quarto. Serio, se você viesse me comer novamente eu ia deixar, mas ja estava desesperado sem saber como ia fazer para agüentar outra sessão com você ate você gozar de novo. Cara como alguém pode ficar metendo direto tanto tempo e demorar tanto de gozar?

Ele riu meio sem graça e continuei.

Eu: -Quando na minha vida que me imaginei sendo esculchado do jeito que você me esculachou? Nunca! Mas você quer saber o pior?

Ele olhava seriamente para mim.

Eu: -Eu faria tudo de novo. Aliais eu faria tudo de novo agora se me dissesse que quer me comer.

Ele estava com um ar de impressionado: -Tu gostou do que rolou?

Eu: -Não, não gostei, eu preferia que fosse de outro jeito. Mas se para ter você comigo eu tivesse que agüentar aquilo novamente, eu topava. Entende?

Ele: -Se eu disse agora pra tu, vira que vou meter, mas vou meter três vezes pior do que esta última tu se virava pra receber a piroca?

Eu: -É possível ser três vezes pior?

Ele não respondeu apenas olhava pra mim.

Eu: -Sim Bruno, não é como eu queria transar com você, mas se é assim que você quer, eu estou disposto a ser arrombado e humilhado três vezes mais por você agora do que fui esta noite, mesmo estando todo detonado aqui.

Ele ficou pensativo uns segundos e depois disse: -Você ta arriadasso mermo por mim primo.

Eu apenas concordei com a cabeça.

Ele puxou ar como se fosse dizer alguma coisa e não disse nada, fez isso mais três vezes, entendi a confusão na cabeça dele.

Eu: -Bruno eu sei que você fez o que fez noite passada para me fazer não querer mais transar com você. Eu entendi que ontem foi apenas um lance de uma única noite. Não vai acontecer novamente. Eu estou feliz que tenha acontecido. Antes ter tido você, mesmo daquele jeito, por apenas uma noite, do que nunca ter tido você.

Bruno com feição bem seria: -Beleza Matheus! Tu é o cara. Ainda assim tu ta disposto a engolir teus sentimentos so pra eu ficar aqui perto de tu, né?

Eu mais uma vez apenas concordei com a cabeça.

Bruno se virou na cama ficando de lado e olhando nos meus olhos disse: -Eu não tô apaixonado por tu e provavelmente eu nunca fique. Acho mais, que nunca vou sentir nada por tu que não seja apenas amizade. Mas ja me apaixonei e sei que é uma merda não ter o que a gente tanto deseja. Eu não vou escrotizar com você como escrotizaram comigo. Com o tempo tu vai ver que não vale a pena ficar comigo e tu mesmo me dizer isso. Mas ate lá, depois de tudo que tu fez por mim, o mínimo que posso fazer por tu é não te deixar sofrer me desejando e não podendo ter.

Dito isso ele segurou minha cabeça e me beijou.

Quando ele soltou o beijo eu disse em voz baixa: -Você não precisa fazer isso

Bruno: -Eu sei, entenda que eu não virei viado, so tô fazendo isso porque é pra tu. Agora relaxa primo, eu não vou te comer agora de novo não porque sei que quase destruí você ontem a noite. So quero ficar aqui do teu lado, falou?

Eu ri de canto olhando para ele e ele voltou a me beijar. Ainda daquele jeito abrupto e turbulento. Sem se preocupar em chupar a minha língua, apenas invadindo a minha boca com a língua, grande, grossa e áspera dele. Eu nunca tinha sido beijado daquele jeito. E eu adorava o jeito dele me beijar.

Ele se afastou e olhou pra mim seriamente.

E se deitou do meu lado.

Eu: -Posso deitar no seu peito?

Ele apenas concordou com a cabeça, e eu assim o fiz.

Eu sei que não era ainda da maneira que eu queria, mas pelo menos, mesmo sem entrega por parte dele, sendo mais por pena do que por qualquer outra razão ele estava ali, comigo e estava disposto a continuar assim e eu estava no céu com isso.

CONTINUA...

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
11/08/2018 11:10:05
Não sei como eu agiria, mas quando estamos apaixonados perdemos um pouco (ou muito) a razão... Não sou capaz de julgar essa atitude de submissão de Matheus, porque estando em seu lugar talvez eu agisse da mesma forma... Na verdade, só vivendo para saber.
01/12/2015 05:54:39
10
26/10/2015 01:06:10
1000
01/04/2013 02:27:26
demais
26/12/2012 04:19:21
10
12/09/2012 02:34:49
Poxa, que lindo!!! Até chorei... O que é o amor, se não querer ver o outro feliz, altruisticamente, mesmo que isso resulte num esforço sobrenatural e até mesmo em sofrimento? Desde aquele momento Bruno te amou!!!
26/08/2012 12:01:05
18/06/2012 01:15:05
mateus continue assim, seu contos saõ maravilhosos.
05/06/2012 22:15:19
ctb ao decimo oitavo conto. obg pela leitura.
26/04/2012 22:07:57
adorei!!!
16/04/2012 10:22:03
Sem palavras meu seu conto é lindo maravilhoso é tudo d nota
15/04/2012 18:08:36
Mal termino de ler um e fico me segurando pra deixar outro pra mais tarde... sempre de pau duraço! Muito bom.
06/04/2012 18:38:24
Ameeeeeeeeiiiiii... Leiam meus contos tbm, pessoal. Quem ler e gostar, deixa um comentariozinho?! Vlw, abçs
06/04/2012 18:38:17
Ameeeeeeeeiiiiii... Leiam meus contos tbm, pessoal. Quem ler e gostar, deixa um comentariozinho?! Vlw, abçs
05/04/2012 11:39:49
gostei muito do seu conto aparte do sexo foi 10 brutal e selvagem como um macho tem que ser . espero ansioso pelo proximo capitulo
05/04/2012 11:37:53
gostei muito do seu conto parabénsespero ansioso pelo proximoa parte do sexo em foi 10 selvagem e brutalquero um bruno desse pra mim
04/04/2012 19:07:20
Você sabe que sou viciado em seus contos, né? Estou ansiosissimo pela 19° parte. Não demore Matheus! :)
03/04/2012 22:05:50
Demais.
03/04/2012 04:14:23
Cara admito que o rumo que esse conto tá tomando está me deixando confuso, por que eu acho que por mais que amasse uma pessoa eu não aguentaria um terço do que voce aguento... De certa forma foi humilhante, sei lá. Admiro você, sério, e independente do rumo que tomar eu vou continuar acompanhando, por que voce é um dos 3 autores que eu vi aqui na casa dos contos que conseguem transmitir de forma muito intensa as emoções de cada fato que acontece, parabéns. Aguardo o proximo.
03/04/2012 01:14:10
adorei cara..aos poucos ele ta cedendo...vai chega o dia que ele vai transar com voçe com amor, e nao com violençia e pelo que estou vendo esse dia ja vai chegar... muito obrigado por fazer eu me inspira na sua historia e criar a minha,tenho certeza que nao chega nem aos pes da tua mas da para passa o tempo... e continua logo pois ansiedade mata sabia...

Online porn video at mobile phone


paguei pra esposa do caseiro pra eu deflorar a filha do caseiro conto eroticoxvidio puta lizinha mininhafotos de grelos ichadinhoscontos eróticos esposa ficou bebada marido distraiucomo fazer um sexo anal sem dor e sem sujar e a posição idealmãe fraga tiu abuzedo da sua filhafotos das nobvinhas do bumbumzaocoroa emsaboando a rola durave o saco grandeconto eroticos viuvas taradascontos eroticos de quem perdeu a virgindade com a empregadawww xvideo prostituta ceda mal com fregues pausudokxcontos.blogspot.com.br fotoscontos erotico pegando a mulher no flagraxxvideo asadeltacoroas brasileiras gritando cm o puu na xana e pedindo mais xvidiomulheres sipr dotada xvideoxoxotas gostosas morenas atirar espermacontos erodicos comi minha netacara batendo punheta com sabonetes lambuzando a rola com sabonete e batendo punhetabrincando de namorar contos gays2000 mil foto de mulheres gostosa impinano abuda peladabunduna chiya tirando shortinho xvideocavalga ai ui mete primo caralho contoquero ozap de um sugado de bucetayoutube tarado comeu novinhas mobilizado sexaul tirado a roupa nuasNegro comeu gay na roça de salvador conto eroticocontos eroticos br. meu primo me fudecontos gay um anjo em minha vida parte 14evangelicas na zoofilia com cachorrocontos viagra matou o veio em cima da putaconto erotico pingando um gel no rabo da maeela tentou não da a bunda. mas ele botuo tudinho devgarinhospank femdom dominadora contosmeu cuzinho viu tocha com o dotadocontos eróticos garotinho Netinho fudendo cuzinho do vovôfinjo de tonto para comer enteada pornôxvideos caindo short do garoto no banho de baldenovinha cor de briga briga de lutinha de calcinhacontos eroticos de corno manso no pagode com negrosnovinna perdeno. a virgindadeconto erótico de manhã tomava seu mijoporno sobrinho vai dormi mais tia e fica de pau duro embaixo do lencoucontos eroticos de mulher de manausTudo grandão youtubepornoirmagostozaxvideocontos negao jumento dilacero meu cucontos eiroticos leilapornconto erotico gay vovo deu leite pro netinhobucetas de gravidas bem inxadas escorrendo gozovídeos porno braseiro putona brasileira lavado ropa no cintal e fude com seu cunhado bem dotadoconto eróticos ingravidei do meu irmão sou casada meu marido não sabe como gosei ne lealuno fodendo professor de educacao fisica gay animadovovo mais de oitenta anos brasileiras cagando i peidandodei pro meu sobrinho contos eroticoscontos novinha safadadesde berçoxvideo esposa dexa escorer gala de canino da bucetafazendo sexo com vendedora de Danonecontos/Arrombada no matagal por negoescontos eroticos comi a crente3 negão fuderam buceta de coroa gostosa ate arromba toda eladando a bucetinha para o senhorzinho da mercearia contos eroticosmulheres de vestido batendo uma punenta para o seu marido e ele gosando e ele gosando muitocontos eiroticos leilaporncontos eróticos meninas de 25 anos transando com cachorro com calcinha preta com lacinhos vermelhosogra mijona contosvideo porno estorcada pagenegam estorado as bucetas da novinhas vidios pornocintilografia de mulher pelada com os negão metendo e g****** em vídeoxexo porno menino dado umaio namenina infiando odedo nabucetinha delacasa dos contos cunhado matheuscontos eroticos casada q pau em tambaba e fala pra maridoContos trai meu marido com um roludocontos eroticos diaristadoce nanda parte cinco contos eroticosPorno contos incesto maes ensinam suas meninas como chuopar bucetas paus dos pais dar os cuzinhioscontos eroticos feminizaçao do garotinho maeporno abordado da égua rapazhttp://conhecer adolecente de peitinho durinho bucetinha bem apertadinhaeu, minha namorada, mae e tio contoeroticocu esculachadipinto muito mais muito grosso mulher nao aguenta epede aregoporno conto erotico irmao eguanovinha shortinho finos pegando no pau do namoradoNegao de pau gigante gozando dentro da buceta da ovelhasmeu sogro queria dupla penetracao com minha sogro veridicoconto porno paixao escandalosaTesuda de chorto socado durmindomulhepega outrana ponbamrnino evade a casa da tia safada i ve a tia peladamulheres brincando com penis so na portinhatava comendo minha namorada minha mae pegou no fragaconto