Casa dos Contos Eróticos


Click to Download this video!

O NEGRO ROLUDO ARRASOU COM MEU CUZINHO APERTADO

Um conto erótico de putomoc
Categoria: Homossexual
Data: 17/03/2012 14:50:04
Nota 9.00

O NEGRO ROLUDO ARRASOU COM MEU CUZINHO APERTADO

Sou mineiro, BISSEXUAL não assumido, loiro, alto, branco, pau de 16cm, rosado, grosso e cabeçudo, de onde sai muita porra cremosa. Não tenho nada de super, sou um cara normal, tenho barriguinha saliente, já que estou fora de forma. Porém, compenso tudo na cama, onde faço o que o tesão mandar, sendo bem safadinho e sem pudores. Fico e deixo o parceiro ou parceira louco de tesão. Estou sempre pronto pra arrombar um cuzinho ou uma bucetinha, nos quais meto forte e fundo, mas também com muito carinho, fazendo a putinha ou putinho gemerem, gritarem e gozarem bem gostoso. Meu rabo branco é muito volumoso, bem desenhado e afeminado, já que não tenho pêlos na bunda, que é bastante firme e com certeza o macho vai encher a mão com minha bunda gostosa e gulosa. Terei muito prazer em rebolar na cara do safado que quiser chupar meu cuzinho que é pequeno e apertado, visto que tenho estreitamento do esfíncter e portanto, apesar de meu cu já ter sido invadido, ele continua apertadinho, portanto o trate com carinho. Gosto de ser fodido bem de leve, com carinho, quero sentir a pica entrar e sair bem gostoso do meu cu. Quero sentir os pentelhos do macho roçarem meu rabo branco, sentir a barriga do safado bater contra meu bundão branco. Se me foder assim, vou gritar e gemer feito uma puta, como uma cadelinha no cio, como uma verdadeira vadiazinha, já que vou ser sua puta na cama.Meu cuzinho é muito guloso e anseia por recepcionar línguas ávidas, dedinhos exploradores e pirocas bem limpas, cheirosas, gostosas, com bastante leitinho pra jorrar no fundo do meu cu ou na minha garganta, já que tenho cede de leite-de-pau, o qual recebo entre meus lábios e engulo tudo, deixando o pau limpinho. Minha boca é bem desenhada, tenho lábios carnudos, volumosos e rosados, prontos para engolir cacete e chupar bucetinhas e cuzinhos. Mamo feito um bezerrinho, chupo os ovos, enfio o cacete todo na boca, até engasgar com a cabeça do pau batendo em minha garganta, amo fazer garganta profunda. Deixo o pau todo melado, pronto pra me fazer de fêmea, pronto pra entrar e sair do meu cuzinho, deixando-o arrombado, terei prazer em ser sua puta, sua cachorra vadia. A mesma boca que chupa pica chupa e lambe buceta. Enfio minha língua toda dentro de uma bucetinha, chupo o clitóris com força, até a vadia safada gozar na minha boca. Sorvo todo o gozo da putinha e deixo a xaninha pronta pra receber meu caralho. Também amo lamber cuzinhos e sentir o puto ou puta rebolando em minha cara, se contorcendo de tesão. Gosto de machos que gozam bastante, pois gosto de ficar meladinho de porra, senti-la escorrer por meu rosto. Gosto de sentir a porra encher minha boca e quando gozam no meu cu, gosto de senti-la escorrer pra fora, descendo por minhas pernas. Quero conhecer machos safados que queiram me foder bem gostoso e que me dêem seu leitinho quente em abundância. Quero conhecer fêmeas trepadeiras safadas que amem dar a bucetinha, na qual quero meter muito gostoso até a vadia gozar no meu pau e em minha boca. Quero conhecer casais safados pra foder a esposa ou a esposa e o marido e chupar a buceta da safada após o maridão ter gozado nela. Quero chupar a bucetinha da esposa enquanto o marido fode meu cu. São várias fantasias a realizar e espero a cooperação dos safados e safadas de plantão. Quem se interessou é só me adicionar no MSN ou mandar e-mail para [email protected] que terei o maior prazer em responder às mensagens e iniciar contato para, quem sabe, começar uma amizade bem gostosa. Meu pau está de pé e meu cu aberto a proposta de casais, machos e fêmeas safadas para amizade, curtição e prazer, sempre com sigilo, discrição, educação e muita putaria. Beijos do seu putinho - [email protected]

Ontem saí com meus amigos pra um bar para bebermos e jogarmos conversa fora. Como todos eles são heteros e não sabem que eu sou bi e como o movimento estava fraco, lá por 00:30 horas resolvi ir embora. Peguei meu carro e parti rumo a minha casa. Quando parei num farol me assustei quando um negro gordo de aproximadamente 2m de altura se aproximou da janela do carro. Ele viu que me assustei e pediu desculpas e disse que precisava de uma informação. Ele é baiano e precisava chegar a um determinado bairro e perguntou se havia algum ponto de táxi por ali. Sei que foi perigoso, mas por sua educação eu me ofereci a levá-lo ao bairro que procurava, pois eu moro nesse bairro. Aquele homem enorme, cabeça raspada, dentes tão brancos que chegavam a brilhar, sorriso cativante e educação ímpar entrou no carro e nos dirigimos para o bairro que é um pouco distante do local onde estávamos. Durante o trajeto eu tive que parar o carro, pois estava louco pra urinar. Encostei o veículo numa rua escura e desci pra me aliviar. O grandão fez o mesmo. De pé, ao meu lado, ele colocou a piroca pra fora. Puta que pariu, que caralho enorme e grosso. Meu pitinho ficava parecendo pênis de criança perto do dele. Meu espanto fez com que involuntariamente eu soltasse um “nossa!”. Nesse momento ele olhou pra mim sorrindo e disse: “nunca viu um assim?”, sorrindo eu disse que já vi muitos, porém não com aquelas dimensões. Ele olhou pra meu pau e viu que estava duro e disse: “to vendo que você gostou hein! Ele cresce muito mais que isso, vem me ajudar que te mostro”. Não pensei duas vezes e agarrei aquela cobra preta da cabeça roxa que instantaneamente começou a crescer e tomar proporções inimagináveis. Pensei: “hoje to literalmente fodido”. Comecei a mamar aquele caralho enorme que mal cabia em minha boca. Enfiava até onde cabia e ainda conseguia segurar o que sobrava de fora com a mão fechada. No começo estava com um gostinho de xixi, mas depois ficou uma delícia. Meu maxilar doía, pois tinha que abri-lo muito para meter aquele cacete na boca. O negão gemia e fazia movimento leves como se fodesse minha boca. Eu mamava olhando pra o safado, fazendo cara de puta e metendo o pau pra dentro da minha boquinha. Enquanto mamava apertava suas bolas levando-o à loucura. Passei a tirar seu pau da boca e mamar seus ovos, lambia a extensão daquele ferramenta enorme e batia aquele pauzão na minha cara. Depois de um tempo mamando o puto disse que ia gozar. Tirei seu pau da boca e o coloquei na direção do meu rosto ficando com a boca aberta e a língua de fora. Já disse que gosto de homens que gozam bastante e aquele negrão era um desses. O filho da puta começou a urrar e jorrar porra. O primeiro caiu no meu rosto e cabelo. Mais dois jatos acertaram em cheio meu nariz e testa, vindo a escorrer pelo meu rosto. Encostei a boca na cabeça do seu pau e os demais jatos caíram direto em minha boca, enchendo-a de leite. Era tanta porra que eu estava engasgando. Minha boca estava cheia, escorria porra pelo meu queixo e o filho da puta ainda gozava. Depois que aquele pau preto parou de jorrar leitinho e fiquei com a boca aberta mostrando todo o leitinho pra o negão roludo e brincando com ela na língua. Olhando pra o safado eu engoli sua porra, lambi os lábios e disse: “delícia”. Passei a mão no rosto coletando toda a porra que estava nele e lambi tudo. O grandão disse que tinha sido o melhor boquete que ele tinha ganhado. O pau do puto continuava duro e eu com tesão. Então me levantei e tirei uma camisinha e um pacote de gel lubrificante da carteira. Falei pra o negão: “agora quero sentir essa pica no meu cuzinho”. Me encostei no carro empinando o rabo e baixando minha calça, ficando com o rabo branco e o cuzinho rosado expostos. O negão arregalou os olhos e disse: “que rabo lindo minha putinha branca. Quero te foder todo.” O safado se abaixou, arreganhou meu rabo e meteu a língua no meu cu. Eu rebolava e gemia na cara do tarado. Depois de um tempo entreguei-lhe o pacote de gel e o filho da puta começou a passá-lo no meu cu. Ele enfiava um dedo que mais parecia uma rola de tão grosso que era. Ficou enfiando esse dedo até meu cu dilatar. Ele se levantou e bateu seu pau na minha bunda dizendo: “vou te foder putinha”. Entreguei-lhe a camisinha e disse: “fode sua putinha, mas com carinho. Nunca levei um pau tão grande e grosso. Se eu pedir pra parar você para tá!?” ele concordou. Ele colocou a camisinha. Me inclinei ainda mais para abrir meu cu para o meu macho comedor. Coloquei uma das mão pra trás para segurar seu pau e controlar a enfiada. A camisinha ia um pouco além da metade de seu pau. Senti aquele homem enorme se encostar atrás de mim. Sua barriga me pressionava contra o carro. Comecei a sentir aquele cacetão encostar no meu cu, fazer pressão e entrar. Nossa, como doeu. Eu gemia e ele ia enfiando, parava quando eu pedia. Apenas uma pequena parte de sua rola havia entrado e eu não estava agüentando de dor. O safado começou a fazer o vai-e-vem no meu cu e eu nem conseguia me mexer. Doía muito mesmo. Chegou um momento que comecei a chorar baixinho e pedia pra o puto gozar logo. Ele estava demorando muito e meu cu estava ardendo. Pedi pra ele tirar um pouco o pau pra dar um descanso pro meu cuzinho. Que alívio quando aquele pau saiu. Meu cu estava aberto, senti um vazio em mim. Que pau monstro! Abri o porta malas e pedi pra o grandão se sentar. Vim e de costas pra ele comecei a sentar naquela piroca, controlando a enterrada. Me pus a sentar e levantar daquela vara. Doía bastante ainda, mas eu queria que aquele safado gozasse. Sinceramente devemos ter ficado assim por mais de 40 minutos. Já estávamos suados e cansados. Já estava desistindo quando o negão disse que ia gozar. Nessa hora nem me importava mais com a dor e aumentei o ritmo das sentadas. O puto me segurou pela cintura enterrando o pau mais do que o devido. Nossa como doeu. Dei um gritinho e comecei a chorar baixo enquanto sentia o pau do safado pulsar no meu rabo, enchendo a camisinha de porra. Assim que ele relaxou eu me levantei. Como meu cu doía! Passei a mão e vi que tinha um pouco de sangue, mas estava feliz por ter “agüentado” aquela tora no cu. Olhei pra trás e o negão era só sorriso, disse que tinha sido ótimo, que ninguém havia agüentado aquela jeba no cu e que eu era uma putinha deliciosa. Tirei a camisinha do seu pau e virando-a do avesso sorvi toda a porra que estava nela, engolindo-a e saboreando-a. ajudei o negão a guardar o pau, vesti minha roupa e fomos embora. Na porta da casa onde ele ficaria ainda coloquei seu pau pra fora e fiz um boquete. O puto gozou, porém tinha pouca porra. Amo sorver porra. Nos despedimos e agora estou aqui, com o cu ardido e batendo punheta pensando nessa foda. Assim que meu cu melhorar quero outro roludo carinhoso pra fodê-lo e deixá-lo esfolado. Espero contatos de machos safados ou casais para foder bem gostoso. [email protected]

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
13/07/2012 08:50:35
O conto é bom, mas o conhecimento em regras gramaticais não é muito bom. Já ouviu falar em parágrafo? Não, né? Pois é, percebi...
19/03/2012 00:57:01
Delícia!
17/03/2012 19:43:21
Que delicia!
17/03/2012 16:58:25
Apesar de só comer cú de mulher seu conto foi bem gostoso.
17/03/2012 15:41:04
Muito bo kara notameu msn




Online porn video at mobile phone


dona cely eo caseiro tom contos eróticosmulheres dentro do onibus assentadas com as pernas abertase mostrando a bucetaContos eróticos procurando aventura no clube de campocasa dos contos de nick malconxvideo contrata negao pra alisa mais esgorega e entraminha esposa cely e nosso caseiro negrao nosso machodois negros de 40cm de pau no rabo da intiada e sublinhaeu confesso que paguei chupeta pro entrgadorconto erotico sou tratada como puta pelo meu sogro ele adora me chingarfilme porno chantagem com a sograxvideos gay dando pro bebinho novinho da ruaconto erotico dei pro meu genroporno pai entrega a filhinha virgem para o agiotarelatos sexo chupando irmazinha 8 aninhos ate gozarconto gemo muito ai ai dando cu para outro na frente do meu corno ele fica com tesaõenrabando cunhada e sobrinha contoscooby-doo Mistério S A minha mãe e da filha e mulher pelada salsichaintiada briga com a mae vai dar pro padastro sexonegro favelado em zdcunhado erra a buceta e acerta nu cuzinho da cunhadaxvideo.bucetaoassitirirma gravida fudendo com irmao1minuto xvideosyoutube tarado comeusobrinhas sexaul tirado a roupa nuasarmei muito bem armado e conseguir comer minha esposa junto com outro macho pauzudogaleguinha safadinha para meter no Zinho pegadinha que acabaram de abrirmulher dando pa o dog esitadocontos eróticos incestos fudendo a meia irmã filha do meu paiclimax contos titia carentecorroas belisca fode com sua filhameu amante me come todo mesconto erotico velha casada banca negao pirocudoconto eróticos padrasto chupa a estiada de 8 anosxvideos mulheres não alguedo leva na bucetacoroa barrigudo muito tatadao cpmendo viadinhocoloquei duas bolinhas de golfe na bucetaquero ver as mulher tarada caseira com muco cervicalporno grátis só gostasse gozando piruzaoXVídeos as panteras entregador de gás aparenteporno.com negao levanta a saia enfia até o saco enche de porraporno com egua pordrinhacontos eroticos de enteadas loiras com padrastos negrosgay sexo no meio do mato novinho transando com 5 homens no Mato levando pica no c* no mato na favela e Leo apartamento pela primeira vez na beira do marconvencendo a amiga atranza com o maridoConto sexo anal casada estrupadasexo conhadas cozinha nua pau bizarro tesaoConto erotico porteiro roludo bisexualpornô cara cara Guga e c****** da mulher dele tá ficando 2018 a mulher gozar o homem gozar na boca da mulherContos eróticos da minha noramorena sendo arombada por rola de40centimetros entra todinhacontos eróticos reais tinha usando o calcinha enfiadinha vermelha para sobrinhosnegao picudo estrupou novinha nao aguentouxvideo.comcontos erotico sobrinho pausudo so de sungaconto gay contei pra ele que queria dar pra elecontos eroticos fui surpreendidomulheres endoidando com a pica do pai e puxa pro sexoresumo sobre amametacao e ordenhade leite xvidei.com pornodoidomamaegostosa e filho virgempornodoido uma esapadinha da festa brasileiraficou de pau duro dançando coladinho com a coroa gostosa e fodeu ela depoisMeu pai quebrou meu cabacoconto gay o nerd e o bad boy 7mae japonesa leva servisal para as conpras negao pega no cassete dele e fodecontoerotico minha boceta sujaconto sou rabuda e fui encoxadapai dei abucetaichantagiei a colega de trabalho e comi ela contoscache:FXezWFwrF6IJ:zdorovsreda.ru/texto/2014021511 Mamando o caralho do vovo contoseroticosnovinha que derao boceta e firmarãocontos eroticos adoro negras de ceios hem pequenos e bucetiha inchadamtk contos eroticos coisas do destino capitulo 1Xvideo/deixei o cara encoxar a piroca e gozar "ônibus"chamei o negao dotado assim q meu marido saio e chorei muitoXvideos japinha Até deu um gritinho Quando o pau entrou contos eroticos dentro casada dando dentro do transporte publicoporno mulher chamando o marido de corno chifrudo pinto mole falado palavrao nuaomem de saco durocontos de desmaiei na pica grande de meu irmão no meu cuporno vai casa com porra de.outronariz estourando a tanga vídeosvideos de pivetada fazendo fila pra fuder pretinha safadaeu gosto daquelas gostosas sem vergonha de pomba limpinho e alisa no chuveiroTopes fotos de menianas dormindo de shortinho atololado e com um penis fincado no meioSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhacontos eros chule do pintorcontos eroticos feminizaçao do garotinho maemadastra linda gotosa eu meu pai trocamos as mulheresadoro foder com meu filho fodeme meu filho nesta cona putaxiv padrasto peganfo aentiada sexso analcontos eroticos, isso chupa meu peito esfrega meu grelinho faz sua putinha gozarcontos roludo fode casada a forcaxvideo braguihasporno sublinho sentadono nocolo da titiaxvideosencostoFilha safata pai thomar palho pra fude