Trio familiar


Click to Download this video!
Um conto erótico de pracasadas
Categoria: Heterossexual
Data: 14/01/2012 17:58:54
Nota 7.71

Cheguei do futebol. Minha mãe não gostava que eu jogasse. Como eu estava todo suado e sujo, pois o campo era de terra batida. Entrei devagarzinho e em silêncio para que ninguém visse. Meu pais trabalhavam fora e à tarde só ficava minha irmã, que tinha na época de treze a quatorze anos. Era bem lindinha a safadinha. E ela sabia disso e explorava rebolando e provocando os homens por onde passava. Às vezes minha mãe ficava em casa, pois era enfermeira e trabalhava em turnos de plantão. Eu nunca gravava o dia que ela ficava em casa e nesse dia ela tinha ido trabalhar.

Com disse, entrei sorrateiramente e ouvi uns barulhos na área de serviço, exatamente para onde estava indo, então redobrei o cuidado para não fazer barulho. Da janela da cozinha pude ver minha irmã com a sainha levantada, a calcinha nos joelhos e chupando sua xoxota por tras estava ninguém mais que nosso próprio pai. Não era possível, pensei. Ela gemia e rebolava na língua do coroa. Papai na época devia ter uns trinta e poucos anos ainda. Faleceu aos setenta e oito. Fiquei parado, atônico. Porém, vendo aquela cena da xoxota da minha irmã, arreganhada e com a língua do meu pai roçando para cima e para baixo, meu cacete ficou duro como um pau seco. Botei para fora e comecei a tocar uma punheta. Meu pai não me via de onde eu estava. Mas a filha da puta da minha irmã abriu os olhos e olhou para o lado, exatamente na minha direção. Ao invés de parar e mandar o coroa parar também, ela apenas sorriu com os dentes cerrados. Passou a língua nos lábios. A principio eu quis sair da minha posição de expectador e fugir dali, mas o tesão que tomava conta de mim naquele momento era mais forte e me prendeu no lugar. Continuei então a tocar minha punheta, agora tendo minha irmã safada como expectadora minha. Ela lambia os lábios e cerrava os dentes e aquilo me levava a loucura. Gozei e sai antes que papai me visse. Sei que ele ia se desmanchar de vergonha e não quis que ele passasse por esse constrangimento.

Eu e minha irmã passamos uns dois dias sem nos falarmos. Se bem que eu acho que eu sentia mais vergonha do que ela, propriamente.

No terceiro ou quarto dia, cheguei em casa mais cedo, doido para ver meu pai lambendo minha irmãzinha novamente, mas aquele era um dos dias em que ficávamos sozinhos. Percebendo a situação meu pau ficou superduro. Entretanto, não tive coragem de encarar a piranha. Fui para meu quarto, enquanto ela estava no dela. Demorou ao ponto de eu cochilar um pouco. Acordei com alguém adentrando o quarto. Era a putinha linda da minha irmã. Eça vestia uma calcinha bem cavada e uma blusinha do tipo top. Novamente meu pau ficou em brasa. Estava na flor da idade. – eu vi você naquele dia que meu pai tava lambendo minha perereca. Ela disse. Confirmei que vi mesmo. – faz tempo que ele faz isso com você? Quis saber. Ela disse que ele faz desde o ano anterior. Perguntei se ele já tinha metido o pau na xoxota dela e ela para minha alegria disse que não. OBA! Seria minha. Chamei-a para que sentasse ao meu lado, na cama. Ela veio toda dengosa e perguntou se eu tava zangado com ela. Perguntei : não, por que eu estaria zangado com você, minha florzinha? Ah! Sei la, porque eu deixei que nosso pai mexesse em mim. Sei que gosta de mim, mas não tem coragem, ne? É verdade. Eu gosto de você. Agora que eu sei que faz essas coisas com papai acho que pode fazer comigo também. – deixo sim, mas não vai contar pra mamãe, senão ela vai brigar com a gente. Claro que não minha flor.

Pus a mão no seu ombro e a puxei para mais perto para que eu pudesse beijar sua boca. Ela não ofereceu resistência nenhuma e meti a língua la dentro. Tirei a língua da boca e fui lambendo seu rosto até sua orelha, que fez ela se contorcer um pouco e dá uma pequena gemida. Lambi e beijei suas orelhas e desci para o pescoço. Nisso já ia puxando sua blusinha pelo pescoço até que seus seios lindos ficassem à minha mercê e os beijei. Mordi os biquinhos, ela apenas gemia e pedia pra ir mais devagar. Fui empurrando seu corpo pra tras até que a deixei completamente deitada de frente pra cima e puxei devargazinho sua calcinha. Apareceu uma bucetinha de poucos pelos e os beijei. Ela pedia pra fazer como nosso pai fazia. Botei a língua pra fora e beijava, cheirava e lambia a xaninha da minha maninha. Ela praticamente chorava e dizia que tava bom de mais. Pedia que metesse a língua la dentro e eu a chamava de puta safada e essas palavras chulas parece que soavam como musica em seus ouvidos. Ela ria, gemia e choramingava. Dizia que ia gozar. E não demorou muito para que levantasse os quadris e gemer mais alto num gozo fenomenal.

Cuspir sobre sua buceta e na cabeça do meu pau, e esfreguei para que se espalhasse fazendo uma lubrificação. Peguei a cabeça e pincelei ao longo da abertura vaginal e encostei no buraquinho e forcei. Doeu um pouco, pois ela pediu que parasse, mas essa não era minha intensão. Eu não podia perder a oportunidade de tirar o cabacinho daquela vagabundinha senaõ outro o faria. E forcei cada vez mais, mesmo sob os pedidos e lamentos dela dizendo que tava doendo. Não dei ouvidos e meti até que entrou a cabeça. Se a cabeça tava la dentro o resto seria mole e forcei mais. Cuspi novamente no pau e fui mais firme e senti ele todinho dentro de minha irmãzinha querida e linda.

Pronto. Ela era minha putinha. Seu cabaço era meu e me empolguei e fodi com força e determinação aquela xoxota ex-virgem. Um gozo forte e quente veio com força. Sentia o líquido deslizando para fora pelo canal do cacete. Ficamos ali quase que desmaiados. Ela então cortou o silêncio e disse: - veja o que você fez. Tirou o meu cabaço. Não sou mais virgem. Eles vão me matar. – ninguém vai ficar sabendo, maninha. Fica tranquila.

Isso aconteceu faz três anos e até hoje fodemos muito e gostoso sempre que temos uma oportunidadezinha.

Se quiserem mandar recado pra nos, escreva para nosso amigo [email protected]

Mulheres de goiania, entrem em contato. Beijos.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
25/05/2012 06:07:09
É, de fato, esse calendário do autor anda um tanto quanto complicado. Mas vamos deixar isso de lado para saber dele se houve, na sequência, aquela comida do rabinho, tão esperada, né? Afinal, quem dá para dois, uma hora acaba dando de tudo um pouco. E, pelo jeito, filho, pai e filha, são mesmo tarados e devem gostar de fazer de tudo, né?
23/03/2012 13:50:06
17/01/2012 07:04:58
Vamo ao que interessa. E o rabinho dela, já comeu? Se não comeu, dá um jeito de fazer isso e conta prá gente, com detalhes, tá?
14/01/2012 22:56:48
Gostei do conto, porem toma mais cuidado com as datas. Veja bem você viu seu pai chupando sua irmã ele tinhas trinta e poucos anos, morreu com 78, logo esta falando de um fato de no minimo 40 anos atráz, no final você diz que faz três anos que aconteceu? Vou dar dez porque gostei da história.
14/01/2012 19:14:28
Show de bola




Online porn video at mobile phone


contos eiroticos leilaporntextos mulheres e meninas. viadinho estrupadas dulpa penetracao gozada boquinhaabaichar o Homens com penis enorme gosso grande dotadao..com pirses na cabesa..dos palzudo.contos erotcos gay se vesti de mulher pro seu machoabaixar comendo cu fa subrinhacontoeroticos de novinhas falado o quanto doi dar o cuzinhos .com/caseirosmae do meu amigo gostosavideapaixonado por dois brutamontes da faculdade 12www.xxvideo novinha desliza sobe e dececonto conto minha esposa jogar bola na boca dela na minha boca fede filmexvidiomarisamulher com aberada da buceta toda esticada pra filha versexo tesao caricia exitante gemido passadas de maos nos seiso na bucetaconto erotico fudendo fudendo uma velha feia e fedidaTravesti policial prendeu o cara e pediu o cu pra soltalo pornointeada com madrasta lesbicas de shortinho verde v chegando de mancinhoAliviando os funcionarios contos eróticosContos eroticos feitiço virando mulherporno criolas formando fila pra ficar com roludomorena dos lábios carnudos e do rabetão xvideo.comMulherez arregassano o cuvisinha jemendoeu sou uma mulher casada meu cunhado roubou minha calcinha pa bater puhetacontos arregacei o cu da coroa verdureiraexperimentei rola grossa e viciei..nem me preocupa mais ser chifrudo contosve.avaca da minhas vizinhas tarada lindo bucetaochegando calcinha dezeijos proibidopornocoroas gostam de ficar peladas e meladas de margarina no cu e na buseta todapenis com 6cm de diametro arregaçando novinhasloira tranzado com um banhanoconto erotico de casada eu minhas filhas somos fudidas pelo meu bb roludao aguentei 28 cm de pica grande e grossasexo fortepai rasgando filha negaoMae e filho tranzando coabuceta enxadaeu confesso que paguei chupeta pro entrgadorentregafor fundeno a cliente na casa dela sem o marido saber contos eróticosconto erotico funk peladagatinho Eu Quero uma galeguinha assim trepando mesmo em cima do Cacete mesmo sabex** nnn japonesa gostosa traindo seu marido com seu próprio filho vídeos grátismulherer pediu mais piroca mais nao rinha mais e endiou a mao ate o corovelo pornopornodoido enchendo a buceta de chantilli pra ele chupar"caralho entalado" contocontos eiroticos leilapornButão bucetimhaxvideogostosaspeladasquero ver empregada de marquinha nos peitinho duro lavando roupa no pornodoidocontos gay luiz virando mulherzinha na cadeiatirei+nota+baixa+no+colegio+e+me+padrasto+me+comeu+conto+eroticoconto erotico gay viado submisso vira femea do negaovideos de tfio lesbico forcarao as meninas novas a chuparem seus cusele pedi caga pramim gata pornosobrinho comendo o cu da tia com piroca acogumelomtk contos eroticos coisas do destino capitulo 1boafodamorenaboacontos picantes de amor gaysContos eróticos procurando aventura no clube de campocontos eroticos minha prima Gabrielaminha esposa adora tomar minnha porra quentinhaXVídeos emcoxado a muher da vestido pau para foracontos eiroticos leilapornporno de mae servindo comida para seu filinhoconto incesto minha irmãzinha adolecente andando encasa com essa roupinha nao da para resistiso puta velha o negao aroba elas gosa dentrowww.sexo.conto.erotico.meu.padrasto.e.bigdotado.eu quero chupar o pezinho da casa da minha vizinha que tem chulé gostoso a loirinha gostosa em chupar meu paucontos eroticos a crentinhacontos eroticos tio chupou minha buceta a forcamulenapicacasei com um velho brocha mas levo machos pra casa contos eroticosrapaz com pau enorme na prai de nudismo no brasil e gostosa nao resiste e da p eleContos eróticos procurando aventura no clube de campoContos eróticos- quero ser humilhada com violência e submissa ela e nossapara foder contoscontos eróticos os melhores eu e minha esposa recebemos uma visita de um casal de idadecoroas londrinense tarada bem próximocontos eróticos Avenida da minha sogra meu sogro na minha casacontos eroticos nao aguentei e transei com a minha cadelacontos eróticos Pastor comeu c* da minha filha que nem peito tinhapono 2017perdendo a virgimdadecontos eróticos esposa ficou bebada marido distraiuminha vizinha ficouloca pra mim davideios mae filho gosou dentro dela e derramou muita gaporno filho comendo a mrabuda dormindoConto erotico gordinha ensopadaxvideos coroa falano pro moso gue gue metemulher goza bem fe vagarsinhocontis eroticos brincando de pique de esconderconto de comi o cuzinho da minha neta com a pica grandecontos meu amigo foi em casa e minha mulher o chavecouconto sexo menina esconde-escondegta v a minha secretaria ta dando mole fizemos sexo no escritoriocontoseroticos/comadre rabudacontos picantes: cutucando o cuzinho da enteadinhacomocomia a minha tiasem ela saber- Casa dosContosMande vídeo de mulher pelada de 16 a 20 anos preferência galeguinhacontos eróticos a aposta da esposabuceta gostosa no inatingível elas dandocontos de podolatria chulé da manatorei. a cabeça da grannyxvideo irma delicia centa no colo do irmao e nao guentamulher pelada e homem pelado homem botando sua Peixada da bunda da mulher