Uma Jessica Rabbit em minha vida.


Click to Download this video!
Um conto erótico de Garanhão Italiano
Categoria: Heterossexual
Data: 21/11/2011 19:19:29
Última revisão: 05/07/2012 11:35:30
Nota 9.90

Olá galera bem primeiramente gostaria de agradecer a todas as pessoas que de uma maneira ou de outra se manifestaram e se manifestam lendo e relendo e opinando sobre minhas peripécias um abraço há todos eu acho que respondi todos se eu me esqueci de alguém me desculpe, pois sempre digo sempre tem pessoas que nos motivam a sempre voltar aqui e contar mais uma aventura que eu seria injusto se não dedicasse essa deliciosa lembrança inteiramente a Jessica Rabbit vamos chamá-la assim de agora em diante, pois com certeza ela foi ops... Foi não! Esta sendo uma deliciosa aventura inédita na vida desse cavalo que vos escreve. Agora deixando de cerimonia e me apresentando como sempre como digo aqui eu não sou um galã de novela das 8 nem sou milionário “Sortudo com as Top Models” quanto o Flávio Briatore, mas sou um cara normal também não sou um manequim de filme de terror até acho que sou mais eu que muitos ditos “bonitões” que vemos por ai eu tenho uma vida é um emprego estável que dá para eu custear meus caprichos, loucuras é desejos mais excêntricos. Então vamos há como tudo começou:

Eu estava em casa lendo alguns contos aqui no site quando um titulo em especial me chamou a atenção posso ser preciso na data, pois todo conto tem sua dada de postagem apenas não revelarei o dia para preservar a autora, e quase como se eu fosse atraído por um tipo de magnetismo abri esse dito conto bem me fascinei com certeza foi um dos muitos contos que já li aqui que me fizeram ser tele transportado para sua cena como faço sempre deixei meus elogios, pois realmente é um conto fantástico, mas inusitadamente no outro dia eu tina uma mensagem em minha caixa de e-mail dizendo “Um conto recebeu um comentário‏” naturalmente abri e para minha surpresa era a autora agradecendo pelo elogio e me dizendo que também tinha lido um relato meu e que tinha adorado então ela começou a postar mais contos sempre com seu jeito especial e fomos lendo e relendo as palavras um do outro e criando uma certa amizade um certo vinculo era como se já pudéssemos prever o futuro, mas em um belo dia ela me adicionou no MSN e para falar a verdade eu fiquei bastante eufórico, pois sempre que eu entrava nunca a via on-line ate cheguei a mandar uma mensagem para ela me adicionar novamente, pois eu achava que a tinha excluído, bem por sorte minha não então em um e-mail ela me explicou seus horários e não demorou muito para um dia ela estar com seu ícone verde e meu MSN apitar em um “oi” que foi o primeiro fio dessa trama, começamos a teclar a falar da vida nada de nossas vidas pessoais, mas de nossas aventuras e desejos de nossas ambições e frustrações e com certeza e o tempo foi passando e um desejo louco foi se nutrindo entre a gente ele começou devagar, mas com certeza foi como um motor V8 demora para acelerar, mas quando pega velocidade nada o segura e não demorou muito para ser dito o primeiro “Eu te quero” bem foi delicioso ver dizer isso, mas com certeza e difícil, pois os deveres e atribulações do dia a dia nos impediam de realizar isso também havia o medo não um medo aterrorizante, mas um medo suave de não sabermos o que estávamos fazendo apesar de toda a certeza do que a gente queria afinal de contas a gente era apenas dois perfis o que a gente sabia um do outro vinha através de uma maquina, mas magicamente aos poucos fomos ultrapassamos a barreira do Gigabyte e adentramos no mundo real quando eu consegui sentir sua felicidade em seu sorriso (rssss) através do sons do teclado e ouvi teu coração através do meu coração, e sentir tua alegria através da minha alegria agora o mais hilário e como o caminho de um desejo não tem distância nesse caso ele veio por linhas, veio através dessa nossa telinha e pelos olhos de quem tem coragem para enxergar e buscar aquilo que quer fazendo o virtual que antes para mim era uma coisa apenas para vídeo game se tornar real, e isso começou quando recebi um e-mail que dizia de um jeito todo especial gostaria de ainda ter ele para colocar aqui a mensagem original, mas por uma idiotice eu o deletei bem ele dizia algo como “Olá estou te enviando uma foto sensual minha para você me conhecer um pouco por, por favor, tome cuidado não deixe essa foto vazar” basicamente se não me falhe a memoria foi quase isso que ela disse, mas ao abrir esse e-mail vi sua foto foi uma visão inédita como uma foto feita pela sonda “Mars Reconnaissance Orbiter" a partir da superfície de Marte, mas a superfície que eu vislumbrava era outra era o corpo de uma mulher escondendo o rosto, por sinal uma mulher tão bonita que não é possível elogiar as pernas ou os braços ou bunda, mas aquela mulher cuja inteira aparência é de tal beleza que não deixa possibilidades para admirar as partes isoladas tentando resumir essa visão suas pernas nossa estou com a foto aberta aqui e me faltam palavras para descrever são lindas grosas bem torneadas uma bunda que por deus essa foi lapidada como uma pedra preciosa ela é do tipo mulherão não vou negar que por um tempo fiquei meio desconfiado de ser ela mesmo naquela foto então para retribuir a gentileza mandei um e-mail de resposta descrevendo o que senti ao vela e com uma foto minha é logico que também sem rosto exibindo meu físico que apesar de eu ter emagrecido um pouco não esta dos piores e o mais legal nisso foi quando eu entrei no meu e-mail e vi sua resposta fazendo uma analise de minha foto foi o máximo é logico que tive em alguns pontos que corrigi-la como uma cicatriz que eu tenho na coxa que me custou 10 malditos pontos, mas ela achou que era uma pinta ainda bem, pois se fosse pinta arrancava na faca esse negocio de pinta na coxa deixa só para a Angélica, mas foi ótimo ver sua impressão sobre mim então como ela mesmo diz começamos a nos “viciar um no outro” sempre que podíamos estávamos teclando um com o outo sempre mandando mensagens e a cada elo essa corrente ficava e ainda fica maior e mais forte ate que um dia eu estava em casa e após ler um de seus e-mails fui ate minha estante peguei o Nelson Ned (aquele copo americano o Nadir Figueiredo, mas em miniatura) bem peguei o dito e fui ate minha garrafa de Jose Cuervo tomei um bom trago para ver se a Jessica Rabbit me saia da cabeça, mas já diz um ditado que eu adoro “se você olha para o abismo o abismo olha para você!” e o Nelson Ned? Bem esse estava sempre cheio então para tentar esquecê-la peguei meu violão e comecei a dedilhar alguns acordes soltos na escala do vento, mas a coisa só estava piorando então uma ideia inusitada tomou forma em minha cabeça eu iria gravar uma musica para ela! Para mim não é difícil, pois tenho um home studio completo em meu quarto então aprontei toda parafernália (coitados dos vizinhos) e comecei tocar gravando tudo, bem devo ter tocado um repertorio imenso ate me lembrar da musica perfeita fechei meus olhos e mandei Lua e Flor do Oswaldo Montenegro essa musica descreveu tudo que eu estava sentindo naquele momento gravei e é logico tratei o som miquisei usei vários artifícios de produção de áudio para deixa-la quase perfeita digo quase porque desafinei por duas vezes ficou boa, mas meu senso critico me condena, mas mesmo assim enviei como disse a ela “essa serenata” para seu e-mail, e olha no outro dia levantei normalmente e abri meu MSN bem isso sim foi inesperado uma avalanche de recados de Jessica e no meu e-mail o seguinte recado segue partes da mensagem original “Meu querido cavaleiro sedutor... e vc ainda me acusa de golpe baixo!!! Isso é o quê? eu respondo... um golpe certeiro nas minhas defesas.

Eu estou ouvindo pela terceira vez enquanto escrevo este e-mail, e a cada momento, a cada acorde do violão e o som da tua voz me emocionou... abri o som aqui no trabalho e, por mais que tentasse disfarçar, não consegui segurar o sorriso e a cara de boba, tanto que uma colega percebeu meu "abestalhamento" e me perguntou o que era?

Não sei o que dizer pra que vc entenda o quanto amei seu presente, mas saiba que me causou taquicardia, eu simplesmente ADOREI, além da criatividade da ideia, sua voz é linda e vc canta muitoooooo... a música que vc cantou é uma das minhas preferidas. Coincidência?? Não, sintonia meu cavaleiro, sintonia!!!

OBRIGADA!!Vou ouvir muito, tenha certeza, pois além de estar linda, é uma das minhas músicas favoritas e é um presente muito especial do meu Cavaleiro. Engraçado... se para os outros vc é um Garanhão, pra mim está parecendo mais um cavaleiro que comanda esse lindo garanhão branco. Me diga quem vc é... o cavalo ou o cavaleiro???

Bom, no mais, estou com saudades de falar com vc on line... quero marcar uma audiência. Rsssss

Só mais uma coisa... sua voz é linda, adoraria ouvi-la cantando baixinho ao meu ouvido.” Bem nem é preciso dizer que depois desse e-mail a coisa pegou fogo feito óleo de candeeiro me senti ate um pouco culpado, pois ela quase bateu o carro escutando essa musica bem pra falar a verdade apenas me preocupei, pois eu fiquei foi muito lisonjeado por ter causado esse efeito, mas eu a pedi para sempre escutar, mas tomar cuidado no transito conselho de tolo, pois parei minha moto no acostamento da Br - 262 em pleno anel rodoviário para ler um e-mail que ela me enviou pelo celular rsss, depois disso vieram vários acontecimentos que foram tecendo essa teia alias a teia é um instrumento de caça das aranhas e ela sempre me chama de “caçador” bem nunca disse isso a ela, mas vou dizer aqui, caçador?... Bem o verdadeiro caçador quer apenas duas coisas o perigo e a presa. Por isso que Jessica Rabbit é a presa mais perigosa de todas. E como um pombo a esperar pipoca dos turistas na praça de São Marco eu recebi por e-mail um pequeno vídeo que se meu player não estiver louco como eu tenho apenas 00:10 segundos, mas esses 10 segundos vendo sua expressão e na verdade quando vi foi um caos estava tudo garrado eu não sabia se esperava o vídeo ou se tomava juízo e voltava a trabalhar, mas depois que vi garanto meu dia foi bem melhor é logico que ela fez aquele discursinho de mulher gostosa que não sei o porquê tenta fingir que não é gostosa nesse dia te mandei um e-mail segue o original “Bem te mandei mais cedo a minha primeira impressão de você foi o máximo foi ótimo te ver, mas não deu para eu falar tudo que eu queria naquele momento então te mando esse e-mail com minha impressão formada depois de ver e rever esse vídeo varias vezes linda que olhos que olhar parece que saiu da eternidade um poema que olhos brilhantes vejo luz em teu olhar como o de uma menina levada ou de uma cigana insana o que tem nesse teu olhar? Veneno, imãs ou anzóis? Ele e um olhar solto e atrevido, mas irreversivelmente suave como um mistério regado em misticidade tua boca é como o mar em calmaria a revelar tua alma em um tsunami delirei ao contemplar o entreabrir de teus lábios naquele meio sorriso depois em um sorriso inteiro e o beijo poxa minha linda deu ate para ouvir o barulhinho bem todo mundo sonha com aquele beijo made in Hollywood, que tira o fôlego, pois é o seu pelo vídeo me tirou todo ele decentemente, mas de uma vez só e sem um roçar de lábios eita beijinho danado e o pior vem agora o conjunto disso tudo que rosto lindo bem simpatia nem preciso falar, pois você mesmo quando não tinha um rosto já era simpática sabe o que me fascinou mais ainda foram suas expressões no começo estavas seria, mas foi se soltando aiiiii aquela mordidinha no lábio você me paga por essa, mas nesse pequeno vídeo minha linda percebi muita coisa euforia, prazer, timidez, ousadia e principalmente realidade, mas ainda me dirás o que tens por traz dessa magia? Que é doce e quando parei meu dia para te olhar não existiam em mim mais feridas, tristezas, só canduras, pois não canso de te olhar bem você já sabe disso de longe te contemplo nada imaginava de ti agora que já conheço seus olhos, boca e queixo, longas pernas sem falar no bum bum eita esse me tira o sono, mas fora a brincadeira que é seria, você e tudo o que eu sempre imaginei o seu corpo o seu rosto te imaginava do jeito que é apenas linda desse jeito vendo você assim o tempo fica sem memória, sem som, cor ou substância cabendo nele apenas o que vejo, você só você nesses breves momentos gravados, a geometria perfeita de teu corpo, o duplo seio levantado, néctar para minha boca, apaziguando momentos de desejos e loucuras minha boca clama teu gosto jorrado em sede eterna, solo vedendo il seme del desiderio dei tuoi occhi, si è scelto femmina bella per una donna bella bacio rubato, il mio regalo più rari.” E com certeza tive uma ideia infeliz movido pela emoção eu sei que ela odiou mas segue partes de sua resposta original “Não seja bobo, tô quase correndo sim, mas é pra vc.Te achei lindo, amei sua espontaneidade, amei o seu sorriso (que sorriso lindo!!), amei seu rosto, seus olhos e o formato do teu queixo aiiii, pena que não deu pra ver o furinho.Não gostei do cabelo, é verdade. Mas, nada que uma boa tesoura não resolva. Rsssss Agora vou pegar no teu pé pra parar de fumar e pra cortar o cabelo.Rsssssss O fato de vc ter uma aparência mais jovem, na verdade é uma bênção, eu queria ter pra mim esse privilégio... tenha certeza. Já disse e repito, acho que vc tem "pegada", só os machos da espécie têm isso. Rssss Eu acho que vc não leu a última frase que digitei no msn, pela manhã. Vou repetir: EU TÔ COM SEDE DE VC. Isso não te diz nada? Alguém com sede corre pra longe da água gelada? Somos bem diferentes em estilos sim, e daí? O máximo que pode acontecer é a gente ser chamado de doido, mas de doidos já estamos a um passo... ou não? “em depois disso ainda lhe mandei algo no meu estilo bem rock´n Roll gravei para ela Alone do Heart essa foi fácil, pois já era uma musica que eu já cantava há muito tempo, mas difícil foi superar com tranquilidade os efeitos que essa musica causou nela e agora? Então no outro dia ela entrou no Msn e entre um papo é outro ela perguntou se eu estava em casa eu disse que sim então ela começou a me provocar dizendo o que faria comigo eu apenas a avisava: “Jessica não brinque com fogo” e ela continuava, é logico que eu já estava muito excitado então comecei a entrar em seu jogo de sedução comecei a dizer algumas coisas picantes para ela e ela delirava eu perguntei onde ela estava e ela respondeu que estava no trabalho, mas que estava com a buceta encharcada então aos poucos eu comecei a ditar suas ações ela dizia: “você é louco eu estou no trabalho”! ”Eu então respondi:” eu te avisei para não brincar com fogo e você insistiu agora vai gozar ai sentada no trabalho com a mão atolada na buceta!” E a cada palavra minha ela ficava desvairada me pedia para parar e eu continuava como que se possível fosse em palavras te deixar louca, rouca de desejos querendo meus beijos como se a imaginação não existisse e apenas o coração sentisse como se seu pulso não pulsaria sem os teus dedos, ávidos de desejos delineassem em suas curvas, vadios sim, éramos dois vadios nos lençóis virtuais desejando o não visto ouvindo no silencio os gemidos dados ao longe e nós, desse jeito ou sem jeito algum procurávamos um jeito de conquistar um ao outro como se pudéssemos reinventando a roda em nossos beijos de desejos regrados em uma vontade sem fim como que se fosse possível matar todas as sedes desse nosso sentir, mas seus gestos, no teclado me disseram: “Para estou puxando minha calcinha para pressionar meu grelo para estou encharcada!” Eu apenas continuava com aquela seção de sacanagem ate que ela parou de responder eu achei que sua net tinha caído ate que depois de algum tempo ela volta dizendo que teve de sair correndo para se masturbar no banheiro e que teve que se conter para não gemer alto ela me xingou um pouco pois disse que estava sem jeito pois iria trabalhar o dia inteiro com a calcinha toda melada de seu gozo eu ainda brinquei falei para ela tirar a calcinha e me mandar por sedex então depois desse dia começamos a entrar em uma relação meio maluca e inédita para nos dois e teclamos por muito tempo sempre enviando fotos vídeos um para o outro e por sinal eu ate cortei o cabelo por causa dela e mandei uma foto e ela adorou mas nesta tela do computador tudo é possível e ..Perdidos ficamos neste espaço geograficamente tão distantes ficávamos a imaginar, por onde andaria um ao outro é uma sensação difícil de explicar mas por ela me encantei eu queria ser tua vitima nesta explosão de desejos mas como tudo tem sua hora exata chegara de um desejo me invadia quando não nos falávamos uma saudade que me ensinou a quere ela, desejar ela, sentir ela e ficava cada vez pior a saudade quando não via seu nome on-line, para me encantar e me fazer sonhar, e esse desejo louco de com ela estar além dessas nossas vidas virtuais se formou na vida real ate que um dia me deparei dentro de um aeroporto me perguntando: “isso é um sonho?”Mas não... era apenas a realidade com uma distância aérea que a aeromoça disse 1886 km hotel já reservado e um frio na barriga que eu já estava preocupado pensando ser uma gastrite, mas eu já disse aqui não tenho medo de avião faço bastantes viagens aéreas, mas esse bicho me preocupa e nem adianta me falarem que todas as estatísticas dizem que voar e seguro, pois já vi ate passarinho que nasceu para voar cair duro em pleno voo acho que os homens se dividem em duas espécies os que têm medo de viajar de avião e os que fingem que não têm. Mas mesmo assim fui entrei naquela jamanta e literalmente fui voando para seus braços então tentei me distrair ao máximo para esquecer que estava voando fui lendo ate ouvir a aeromoça dizer “Sras. e Srs., solicitamos que afivelem cintos de segurança. A partir deste momento é proibida a utilização de qualquer equipamento eletrônico dentro de instantes pousaremos no aeroporto mantenham o encosto de suas poltronas na posição vertical, sua mesa fechada e travada. E afivelem o cinto de segurança”. Bem só fiquei tranquilo mesmo depois que ela disse “ O comandante agradece sua escolha pela companhia e deseja a todos um bom dia”. Sai daquele bicho e respirei ar puro que ar agora era somente questão de tempo bem nessa hora uma cerveja gelada cai muito bem fui ate uma lanchonete e me sentei em uma mesa para tomar a gelada e ligar para ela bem sua voz pelo telefone nossa que voz linda doce e o pior ela ainda fez um charminho dizendo “Seu doido você esta aqui fiquei agarrada nesse telefone somente esperando você ligar dizendo que tinha chegado agora vai me custar passar o dia para te ver o que você vai fazer agora? Quer que eu vá ai? Te buscarei.” logicamente disse que não precisava, pois eu queria ir ao hotel tomar um banho dar aquela arrumada no visual então a perguntei aonde ela queria se encontrar comigo, pois não conhecia nada lá ela então me indicou um bar que ela adora eu anotei o nome e o endereço e peguei um taxi e fui para o hotel bem que cidade linda cada paisagem bem meu álbum de fotografias ficou maior com certeza cheguei ao hotel fui direto para o quarto dar uma descansada bem ate tentei dormir um pouco, mas foi inútil, meus pensamento a respeito dela, eram ardentes é o desejo de apertara-la em minha mão fazia meu corpo vibrar e exalar um estado otimista, em minha mente despertando energias vitais que iriam superar na todas as minhas metas. Já era hora avançada faltava ainda um tempo para agente se encontrar e eu fui para o banho tomei aquela ducha bem legal arranquei a roupa da mochila vesti passei um bom perfume me aprontei pois tenho uma certeza sobre o modo de se vestir pois é uma preocupação ridícula, mas é muito mais ridículo para um homem não estar bem vestido. Fui para o saguão e tomei um drink daqueles coloridos cheios de frutas e teleocos tecos apenas para matar o tempo então perguntei ao garçom se eu estava longe do endereço do bar ele me disse que não então pedi a ele para me chamar um taxi cheguei lá com pontualidade britânica escolhi uma mesa mais afastada era um barzinho daqueles aonde na noite, as pessoas ficam tocando um violãozinho, rola MPB, Rock, enfim, todos os estilos musicais, conforme o gosto do cliente e fora claro o Reggae, que é a música mais tocada no Estado inteiro, o ambiente é ótimo, fora que eu dei, a tremenda sorte de estar em uma noite com uma bela lua cheia, eu olhava para o relógio e o ponteiro não se mexia é logico que o atraso de uma mulher é apenas complemento para seu charme e o homem que não sabe aproveitar os pequenos atrasos das mulheres não aproveitará suas grandes virtudes. Passado algum tempo meus olhos percorreram o ambiente e tive uma visão quase que em câmera lenta na minha avaliação visual, isso quer dizer ela tem forma de violão nas proporções ideais do corpo de uma mulher suas formas curvilíneas, exibindo bruscamente sua feminilidade essa mulher sem dúvida numa fração de segundos arrancou olhares de muitos ali com seu vestidinho preto de alcinha e sem sutiã e aquela sandália de salto que dava uma envergadura sensual ao seu corpo que me hipnotizou com o charme dos movimentos de seu quadril nesse momento tive certeza que o desejo e o pecado caminhavam lado a lado e vinham em minha direção, eu me levantei dando um sorriso, pois as palavras isso ela havia me arrancado olhei dentro de seus olhos e tive plena certeza que o beijo é um delicioso truque que a natureza criou para interromper a fala quando as palavras tornam-se supérfluas foi um beijo delicioso daqueles que você interage com o corpo um do outro deixando vestígios como um mergulho no escuro, uma viagem sem volta um beijo que me fulminou como um relâmpago, um beijo forte como um temporal, nem sei por quanto tempo foi, mas com certeza o tempo parou naquele momento findado o beijo abri os olhos e a vi me fascinar com seu sorriso alias acho que todos naquele local perceberam então peguei sua bolsa a arrastei a cadeira para ela se sentar perguntei o que ela queria beber ela pediu um vinho e eu a acompanhei conversamos muito sobre varias coisas parecia que a gente se conhecia há anos, não faltava assunto ela é muito inteligente e entre conversas as mãos nervosas se entrelaçavam em caricias a cada descoberta um suspiro um brilho de olhar e com certeza há mais perigo naqueles olhos do que em vinte espadas! Posso afirmar que ela estava muito empolgada e não demorou muito para ela já estar com sua cadeira colada na minha e seus braços em volta do meu pescoço como duas amarras como se tivesse medo de eu fugir apesar da loucura que estávamos cometendo e a gente sabia bem disso parecia que ela estava cada vez mais solta para falar a verdade estávamos como dois adolescentes a descobrir o momento desejo já não podíamos nos conter entre nossas caricias e beijos apesar de estarmos em publico, mas nesse momento isso pouco importava era supérfluo seus seios abrigados por aquele tecido fino tocavam minha pele e isso me fazia arrepiar ate a alma, pois sabe o melhor de tudo? Foi que a gente já sabia por completo o que excitava um ao outro e olha ela usou tudo isso em favor dela cada toque cada brincadeira temperada com malicia e com certeza ela usou muito disso a cada cruzar de pernas a cada mordida de lábio e expressão de êxtase o mais curioso é que os dois a gente tentava disfarçar, mas era impossível e com certeza já estávamos dando na pinta então perguntei o que ela gostaria de jantar bem eu já sabia a resposta foi apenas um artificio que eu usei para atrai-la para meu quarto e ela disse magicamente “sushi” bem agora vem toda aparte inusitada pedi licença a ela para ir ao banheiro liguei para o hotel e perguntei se eles serviam sushi e eles serviam sim, mas eu queria do meu jeito é logico, pedi uma porção maior de wassabi, pois quem conhece sabe que essa raiz da todo o sabor e pedi que a nori fosse tirada da embalagem apenas na hora de servir para não murchar e por deus sem maionese, pois isso estraga um bom sushi e sem falar que o kani-kama tem que ser bem feito reservei esse prato eu já tinha calculado o tempo de trajeto e pedi para deixarem na mesa com duas doses de saquê e uma garrafa de champanhe no gelo não combina nada, mas sabia que ela adorava champanhe dei um tempo e soltei uma pergunta que minha boca prendia há muito tempo “vamos sair daqui?” ela com o mesmo tom de cobiça perguntou: “e para aonde você me levaria?” nesse momento como um bicho acuado soltei “aquela” mais batida que Milk Shake “não menos que as estrelas” ela apenas me beijou e acenou de forma positiva com a cabeça peguei meu telefone para ligar para o taxi ela perguntou o que eu estava fazendo eu disse que estava ligando para o taxi ela logo respondeu “eu estou de carro vamos logo” bem depois disso paguei a conta entramos em seu carro e fomos rumo ao hotel, mas ela ainda passou por alguns lugares que ela gostava ate mesmo para me apresentar as belezas de sua cidade e que é linda mesmo agora parar a beira da praia à noite para uma agua de coco com ela foi o máximo posso dizer sinceramente que com certeza cada ação e reação dela me fazia sentir incendiado alias sua beleza era se fundia com aquela paisagem aquele vento alias esse agitava os cabelos dela de uma forma incrível então fomos para o carro rumamos para o hotel é logico que a cada sinal vermelho rolava um amasso e varias buzinas dos carros que estavam atrás alias se não fosse as buzinas acho que estriamos lá ate agora, bem rumamos para o hotel ela estacionou o carro e antes de descermos poxa ela me deu um beijo tão gostoso bem adentramos ao local e fui direto ao garçom, pois já tinha feito uma certa amizade com ele e ele apenas acenou com a cabeça em sinal que estava tudo pronto no quarto então subimos bem para falar a verdade já começamos no elevador até ele parar e entrar uma senhora mesmo assim ficamos ainda a olhar um olhar um para o outro com aquele olhar de fome ate que o bendito elevador parou e descemos mal a porta se fechou e já estávamos nos beijando de novo e o pior como acertar aquela chave magnética bem tentei umas três vezes, mas tive que pedir a ela para dar um tempo, pois senão a porta não iria abrir bem após passar aquele cartão a bendita porta se abril e entre beijos ela foi fechada em segundos que delicia lembrar disso quando ela se deparou com a mesa de sushi ela sorriu me dando uns tapas carinhosos e dizendo “você sempre me da golpes baixos” eu pedi a ela que se sentasse abri minha mochila e tirei uma caixa de fósforos ela já me olhou com aquele olhar de negação e falou:” já vai fumar não faça isso!” eu abri a caixa que estava cheia de grãos de arroz e joguei alguns nela bem isso foi tudo armado, pois o baterista de minha banda tira um som percussivo da musica Cose Della Vita que e quase inacreditável, pois o mais legal é que ele usa uma caixa de fósforos com arroz para fazer o som dessa musica, e é logico ele teve que me ensinar isso se não eu crucificava ele e entregava aos romanos, mas e bem fácil de fazer basta ter ritmo, então realizei. um de seus desejos cantando essa musica ela vibrava bem me senti um pop star ela apertava as pernas de um jeito único eu me lembro da imagem mas não consigo descrever ela as vezes cantava junto comigo mas não foi uma musica cantada literalmente foi mais um declame ritmado e foi magico ver seus olhos brilhando e o pulo que ela deu a me abraçar quando terminei o trecho da musica pois não cantei toda e olha que eu já disse a ela para parar de me agradecer tanto mas ela ainda insiste em o fazer isso sempre bem é inútil falar que outro beijo avassalador foi dado depois daquele saquê na cumbuquinha quadrada de madeira, e com sal. Ps... (meus caros amigos se usa o sal quando o saquê e suave ou doce por sinal é o mais encontrado aqui no Brasil feito para pessoas que consumem muito pouco ou nada de bebida alcoólica geralmente servido em Fast Food, mas se estiverem à oportunidade de escolha podem ir por mim os Honjouzou ou Junmai, são os mais envolventes e garbosos e que deixam aquele gosto do saquê empregnado nas papilas gustativas por horas.) voltando ao assunto e que beijo Jessica tem os efeitos de seu lábios provocavam em mim em mim efeitos tão grandes como o Big Beng a desenvolver o universo a 15 bilhões de anos bem não demorou muito para já estarmos caminhando para a cama lentamente eu a deitei sua face expressava o que já viria comecei a beijar suas panturrilhas e tirar suas sandálias a cada beijo seu corpo se contraia beijei toda extensão de sua pernas sua respiração era rápida e acelerava mais ainda ao caminhar de minha boca em direção a sua buceta levantei seu vestido que era bem curto e que visão maravilhosa ela é muito gostosa beijava suas coxas e sua buceta por cima daquela minúscula calcinha com a minha sentindo o seu cheiro.. aquele cheiro molhado a calcinha molhadinha como só encontrei em nela eu ia lambendo por cima mesmo para sentir o seu gosto, aquele seu gosto único, que eu gosto tanto de sentir na minha boca enquanto minhas mãos percorriam seu lindo corpo já fervente que queimava em seu estado alterado como seu coração que pulsava, ligeiramente acelerado enquanto de sua boca saia penas palavras balbuciadas “Ohhhh meu deus você esta me fazendo sentir tão bem não para hummmm” fui subindo minhas mãos em seu corpo me desvencilhando daquele vestido ela então percebeu e ajudou a tira-lo, que imagem Somente a visão do teu corpo quase nu era suficiente para me deixar excitado, fui acariciando com a mão suas pernas e subi ate sua boca beijava ela enquanto seus belos seios roçavam meu corpo por cima da camisa fui descendo por seu pescoço ate chegar em seu mamilo que delicia eu chupava seus seios então vários arrepios percorriam seu corpo já estremecido enquanto seus gemidos de prazer se tornavam involuntários “hummm que delicia você esta aiiii me deixando louca hummm” então quase sem tirar a boca de seu mamilo respondi “Minha putinha você é uma delicia sempre te falei que a intenção era essa te deixar louca de tesão!” Ela estava toda molhadinha mal podia esperar para que eu te chupe mas eu não fiz isso ainda fui a tocando cada vez mais, sentindo o seu cheiro, provocando gemidos de tesão, fui mordendo de seu corpo de levinho, ela estava adorando essa “tortura” mas ela ainda estava contida comportada mas e falou entre gemidos “ahhh Pare de falar essas coisas você sabe que hmmm me deixa louca seu safado!” comecei a beijar sua barriga descendo lentamente a mão por cima de sua minúscula calcinha seu corpo vibrava ela se contorcia na cama e a vezes apertava seus seios para intensificar ainda mais seu prazer com calma me posicionei entre suas pernas bem torneadas e comecei entre beijos em sua buceta puxar sua calcinha que aos poucos me revelava uma buceta linda depilada e já toda molhada eu olhei em seus olhos semi fechados e disse “que buceta maravilhosa você tem cadelinha!” ela tremeu e soltou seu gemido quando sentiu meus dedos passarem por sua fenda húmida “ahhh” e ela parecia perceber que isso não era nem o começo do que eu tinha em mente, coloquei a cabeça entre suas pernas abracei cada uma com meus braços e abri com um pouco de violência sem clemencia e ela gostou assim comecei a chupar devagar sua buceta no cio chupava seu grelo passava a língua em toda sua fenda depois voltava devagar com movimentos circulares e seus gemidos encontraram mais força e quanto mais ela gemia mais excitado eu ficava ela puxava minha cabeça com uma das mão de encontro a sua buceta seu quadril condenava sua excitação, pois ela prendia minha cabeça e rebolava na minha cara seu corpo já não obedecia seu domínio ela estava com fogo à flor da pele que escalda que enlouquece que fantasia que a enche de prazer explícito em seu corpo e entre seus espasmos de prazer ela gemia e respirava forte como se lhe tivesse faltando o ar então eu disse a ela: “Caralho estou adorando sua buceta é uma delicia” ela gemendo disse: “hummm vai chupa ohhh sua língua está me deixando louca hummm” eu sugava seu grelo mordia seus grandes lábios e enfiava minha língua o mais fundo possível na buceta dela, eu segurava suas pernas ela apenas mexia os quadris e tremia toda gemendo entre palavras: “ahhh não para safado ahhh isso me chupa toda ahhh” fui passando os lábios e a língua de leve no seu grelinho, passei a mão e os dedos só para ficar com o seu perfume impregnado neles, que delícia era o seu sabor... Indescritível diria, depois levei a mão a boca e mostrei a que eu estava lambendo o seu sabor, ela então quase lhe faltando palavras disse: “Ahhh você esta me chupando pra valer parece que humm esta aiiii com fome humm” ela gemia copiosamente seus seios entumecidos como pedras erão a prova do seu desejo fui lambendo meus dedos, deixando-os bem molhados e leveio-os até sua bucetinha mais molhada ainda ela se contrai de prazer em gemidos, seus gemidos eram incontroláveis: “ Hummm, aiiiiii, hummm” Vou acariciando suavemente e ela implora por mais aguardava ansiosamente para que meus lábios te tocarem outra vez meus dedos molhados de saliva penetram facilmente em seu corpo, ela não conseguia segurar as contrações... não nessas horas, ela mal podia esperar para ser chupada de novo visão de minha boca se aproximando a deixa louca de tesão então eu a coloquei de quatro e fiquei por traz dela admirando aquela bela bunda que bunda linda virada para mim e sem pensar eu disse: “ Jessica eu sabia que você tinha uma bunda linda, mas vela assim de perto e fabuloso” ela apenas respondeu: “hummm cachorro hummm” eu então agarrei aquela bunda abri suas nadegas e pus meu rosto entre elas o cheiro de Jessica Rabbit me deixava com o pau quase explodindo usei a língua com habilidade em seu cuzinho e os dedos em sua buceta ela já estava se retorcendo com minhas dedadas e choupadas em seu cuzinho então ela se soltou reoentinamente dizendo: “vem mete esse pinto na minha buceta aiiii meteeee hummm que eu nãooo estou aguennnnntando eu quero esse pinto, por favor, hummm”, mas ainda não é hora, pois ela adorou quando eu enfiei meu dedo em seu cuzinho eu tirava e dava mais umas lambidas para molhar mais ainda e deixe tudo completamente ensopado de saliva à bocetinha, cuzinho, tudo alagado de saliva e abusei dava gostosas lambidas no seu cuzinho e voltava a lamber seu grelo, e enfiava os dedos na sua bucetinha e no cuzinho às vezes os dois juntos continuei lambendo e enfiando e língua em seu cuzinho e massageando com o dedo a entradinha de sua buceta, enfiando só a pontinha do dedo e esfregando seu grelo ela estava se entregando a mim com toda sua alma e não conseguia dizer mais nada apenas gemer e gritar: “ohhhh... ohhhhhh... hummmm... ohhhhh” então eu dei um tapa em sua bunda e ela deu um gritinho delicioso: “aiiii” e eu a virei de barriga para cima e ajoelhei no chão np pé da cama e pus suas pernas abertas por cima de meus ombros nessa hora comecei a chupar seu grelinho inchado e entumecido ele latejava de prazer eu podia ver, ela morde os lábios, não se aguenta mais de tesão e suplicava: “haaa não pare humm de chupar ahhh minha buceeeta aiiii essssta pegado ahhh fogoooo aiiii” suas coxas já escorriam aquele suco de sua buceta e antes que ela pudesse perceber lentamente eu enfiei o dedo em seu cuzinho apertado ela gemia: “hummm” eu tirava o dedo e metia a língua hora em sua buceta hora em seu cuzinho e ela já sem pudor algum gritava: “enfia essa língua toda ahhhh sua língua é quente ordinariooooo aiiiii que delicia hummm ahhh meu deus ahhh eu estou ahhh quase ahhh gosandooo ahhhh” eu então lentamente coloco minha boca em sua bucetinha deliciosa ela gemia enlouquecidamente igual uma cadela no cio eu acelerei os movimentos e enfiei o dedo todo em seu cuzinho ela gritou forte:” haaaaaa ordinário vo.. vo.. você hummm quer aiii meu humm cu? Aiii” eu respondi mexendo o dedo em seu rabo:” sim Jessica quero e vou foder seu cuzinho, mas primeiro vou brincar com ele minha putinha” nessa hora ela agarrou o lençol parecia que ia rasga-lo eu a chupava e enfiava o dedo no seu cuzinho ela então gritou em alto e bom tom: “aiiiiiiii chupa aiiiii vaiiiiiii mete esssse aiiii dedo de uma vezzzzzzz ahhhhhhh eu... eu isso assimmmm ahhhh não para ahhhh continue ahhhh hoooo deus hooo estou gozando ahhh taaaa taaaa aiiii maravillhosoooooooo ahhhhhh” os movimentos de seu corpo revelavam um prazer explicito em harmonia sua jorrava um gozo intenso e saboroso e seu cuzinho apertava e se contraia em meu dedo posso garantir ela nunca havia sentido tanto prazer ela se expressava: “ohhh meu deus o que é isso ahhh eu nunca senti nada assim antes ahhh esta ahhh tão forteee ahhh” seu corpo reagia e me dizia isso e suplicaria por muito mais, muito mais que uma simples chupada seu grelinho estava tão sensível como se estivesse tendo orgasmos eternos, mas essas chupadas errão só o começo de muitos de seus orgasmos suas pernas tremiam por sobre meus ombros sua face quase agonizante no ápice de seu gozo devorou a minha alma com quantidades indeterminadas de prazeres a expressão de seu corpo na busca pelo prazer naturalmente estético seu gozo revelava que ela era uma putinha insaciável e eu era apenas como o fogo que fazia aquele vulcão acordar em erupções de desejo de dois corpos que se atraem a esperança toma conta do ar do pecado à lava quente que escorria a pulsar seus movimentos de um erotismo único, atraente, vulgarmente secreto, e sutilmente explicito, ela então respirou alguns segundos ainda sobre efeito das contrações de seu gozo e abriu seus lindos olhos e indagou: “você me fez sentir isso e nem tirou a roupa? Vem aqui deixa eu te ajudar!” eu fiquei de pé ela então veio me beijando suas mãos pequenas acariciavam meu corpo enquanto ela tirava minha camisa ela então começou a beijar meu peito massageando meus músculos com as mãos eu dizia para aquela safadinha:” sua é incrível!” Ela desabotoou minha calça e enfiou a mão ate conseguir roça-la em meu cassete duro ela então com um olhar de receio disse: “eu sabia que ele era grande, mas é bem maior que eu imagina” ela já havia me dito que tinha um certo receio do tamanho dele, mas o corpo dela parecia ter vontade própria e agia como se estivesse em transe suas mãos corriam por meu corpo a tirar minha calça ela beijava minha barriga e acariciava meu cassete por cima da cueca com as mãos sentindo o tamanho e a grossura dele ela dava beijos e mordidinhas nele por cima da cueca ela já não pensava mais ela puxou minha cueca Jessica segurou meu pau completamente duro em sua mão depois chegou seu rosto um pouco perto para sentir o aroma e devagar colocou a língua para fora e começou a lamber a cabeça dele aguanto uma de suas mãos inconscientemente acariciava minhas bolas enquanto a outra desavergonhadamente subia e descia lentamente no meu pau duro então ela o guiou ate sua boca enfiando ele pelos lábios meu corpo parecia estar sendo varrido por um raio quando senti sua boca quente engolindo meu pinto sua boca subia e descia ela tentava engolir ele todo enfiava ele o máximo que podia na boca tinha hora que quase tocava sua garganta com certeza ela estava adorando meu cassete em sua boca que chupada gostosa ela colocava ele na boca e apenas gemia de boca cheia como uma criança a se fartar de doce: “hummm... hummm... hummm... hummm...” que boca quente ela tem e sabe usa-la ela não se cansava ela chupava e me olhava nos olhos por deus eu nunca tinha sido chupado assim antes então eu a peguei pelos cabelos dizendo:” engula isso chupa gostoso meu pinto putinha” sua boca estava toda molhada ela babava meu pau todo ela sabia que eu estava adorando sua boca chupando meu pau eu delirava quando olhava para baixo e via ela me chupando e tocando seu grelinho então sem tirar meu pau de sua boca ela me deitou na cama e com uma carinha de puta me disse: “deixa eu por esse pau em meus peitos hummm eu quero ele metendo em meus peitos” ela então colocou meu pau entre eles e apertou seus seios com as mãos e começou a mexer para cima e para baixo em um ritmo frenético às vezes ela punha a cabeça dele na boca ela, ela estava agindo de um jeito muito sacana muito puta dizendo: “hummm sinto seu pau quente humm pulsando gostosoooo entre meus peitos” que peitos gostosos eu estava surpreso e ela se contorcia com meu pau entre seus peitos passando sua língua quente na cabeça dele eu estava delirando e queria dar o troco nela então a puxei e dei a entender a ela que eu queria um sessenta e nove e ela adorou e se posicionou com aquela bunda na minha cara que delicia e eu meti a língua sua buceta estava muito molhada e ela ao mesmo tempo colocava meu cassete dentro da boca e chupava com vontade eu enfiava a língua o máximo que podia dentro de sua buceta e ela tentava engolir meu pau todo com certeza eu não poderia desejar nada melhor que isso eu me deliciava com sua buceta e com o jeito dela chupar dignasse de passagem ela adorava e tinha muita experiência no ato dizendo: “eu estou ficandoooo doida hummm com esse pauzãoooo aiiii e sua língua naaa minha bucetaa aiiii seu vadio aiii eu estou humm escorrendo de molhada hummm eu nãooo aiii consigo controlar hummm minha buceta aiii quro hummm esse pauzão dentrooo delaaaaa aiii” eu já não podia me segurar mais então fechei meus olhos e cai de boca na sua buceta seu gosto doce me revirava os sentidos com sua boca molhada tratando de meu pau logo meus músculos começaram a tremer e ela sentiu que eu iria gozar eu então agarrei abunda dela com força e ela enfiou meu cassete o mais fundo possível em sua boca eu avisei a ela que iria gozar, mas ela nem deu ouvidos ela então forçou toda sua cabeça para baixo engolindo um pau quase todo e eu comecei a gozar em sua boca eu tentava ver ela me chupando, mas era impossível eu apenas sentia esse prazer que ela me dava enquanto me chupava me agarrando as coxas como se quisesse um arrancar um pedaço do meu corpo, quando senti os teus lábios em inflamação no meu pau eu gozei ela tentava saborear cada gota de minha porra eu tremia o copo todo e ela percebendo isso enfiava meu pau cada vez mais fundo em sua boca com certeza isso era apenas um aperitivo do desejo que os nossos corpos em brasa soltavam minha satisfação se misturou com uma demência momentânea ate eu sentir retirar meu pau da boca parecia que com esse gesto ela me privava da imortalidade dessa paixão, desse gozo que muitos chamam de depravação, mas que para nos era uma paixão incandescente, que nos consumia, enquanto éramos consumidos e ainda com minha porra escorrendo por sua boca ela olhou para mim passando o dedo nos lábios melados de porra e chupando como se estivesse aproveitando cada gota de minha porra e disse: “hummm sua porra é deliciosa pena que eu não consegui engolir tudo hummm que delicia ei parece que seu pau quer mais alguma coisa, vem... vem agora meter esse pau na minha buceta seu desgraçado!”Ela estava super molhada e cheia de tesão ela não conseguia se conter sua buceta estava pedindo para ser fodida por meu cassete então ela deitou e abriu às pernas para mim deixando sua buceta molhada exposta ela me disse: “vem aiiii mete esse pinto hummm na minha buceta vem logo, por favor,” eu então me posicionei entre suas pernas e peguei meu pau e esfreguei a cabeça dele para cima e para baixo em sua buceta molhada e fui enfiando ele devagar dentro de sua buceta úmida que momento magnifico ela gemia e falava” Aiiii você não entende hummm seu pintoooo aiiii e grande” na verdade eu não entendi mesmo então eu disse: “não se preocupe cadelinha eu vou devagar” apenas a cabeça de meu pau tinha entrado em sua buceta e ela já se contorcia intensamente e para falar a verdade sua buceta era muito apertada dizendo: ahhhh você esta me rasgando ahhhh é enorme você haaa esta me arrombandoooo ahhh, mas eu estou haaa adorando isso!” Jessica se debatia embaixo de meu corpo sentindo ser invadida centímetro por centímetro e ela gemia intensamente e logo meu cassete já estava por completo dentro de sua buceta os movimentos de seu corpo acusavam que meu pau estava fazendo sentir sensações inéditas seu corpo já se cobria de suor e ela gritava intensamente e agarrava com força hora em minhas costas hora na cabeceira da cama meu pau já estava todo dentro dela então ela me abraçou e começou a beijar neu pescoço enquanto eu metia nela ela chegava perto do meu ouvido e dava deliciosos gemidos de prazer: “hoooo isso assim me enche com esse pinto haaaa me fodeee” sua buceta parecia sugar meu cassete por vários minutos eu a fodi nessa posição e ela fazia movimentos com o quadril para cima para meu pau entrar ainda mais fundo nela à medida que eu olhava para baixo eu podia ver em seu rosto que suas fantasias estavam sendo realizadas e o quanto ecoava seus gemidos e gritos de prazer e logo seu corpo estava dando sinais de mais um gozo intenso ela gritava: “ohhhh deus ohhh deus eu ohhh eu vou. gozarrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr ahhh...” nesse momento eu senti sua buceta se contrair varias vezes apertando meu cassete e ela gemia alegremente seu coração estava disparado seu corpo um pouco paralisado e sua buceta revelava os sinais de seu gozo ela abraçou meu pescoço e me beijou dizendo: “hummm que isso? Quase desmaiei de hum de tanto prazer” e antes que ela pudesse reagir eu girei seu copo e a coloquei por cima de mim e entre beijos em meu corpo ela foi escalando ate pegar meu cassete duro com a mão e começou a sentar em cima dele ela me olhava dentro dos olhos para ver minha reação em ela ficar nessa posição ela pegava ele com a mão e roçava ele em sua buceta pincelava ele para cima e para baixo ate encaminha-lo para dentro de sua buceta e nessa posição ela se soltava e podia sentir meu cassete por completo dentro de sua buceta enquanto ela começava a desfrutar bastante de meu pau em sua cavalgada alucinante meu pau entrava todo em sua buceta e em seus movimentos sua bunda batia em cima como as ondas do oceano ela ia e vinha subia e descia em meu pau eu podia ouvir o barulho de sua bunda a bater em mim que sensação gostosa então eu agarrei sua bunda com a mão enquanto ela me cavalgava com sua buceta quente eu delirava vendo seus peitos irem para cima e para baixo eu apertava os mamilos dela e ela sorria e suspirava ela tinha os bicos dos peitos super duros e sensíveis e adorava quando eu apertava eles com as mãos enquanto ela subia e descia no meu pau cada vez mais rápido dizendo: “aperta ahhh aperta meus peitos safado hummm isso me haaa deixa com ahhh mais tezãoooo então eu pedi para ela me cavalgar de costas, pois eu queria ver o movimento de sua bunda maravilhosa ela rapidamente ela virou e começou a sentar em meu pau ela empinou a bunda para traz movendo seu rabo com maestria para sentir a cabeça de meu pau entrar em sua buceta e guando entrou ela sentou de uma vez e deu um grito: “ahhhhhh delicia ahhhh eu não me haaa canso de seu cassete ahhh” ela estava muito molhada e queria mais e mais a visão de sua bunda era fantástica eu apertava e abria suas nadegas então eu enfiei meu dedo em seu cuzinho devagar ela gemeu longamente; “hummm” e empinava ainda mais a bunda eu metia meu cassete em sua buceta e enfiava o dedo em seu rabo eu podia sentir meu pau forçando. Meu dedo dentro de seu cuzinho eu conseguia sentir com meu dedo em seu cuzinho meu pau movendo dentro de sua buceta enquanto ela gritava: “ssimmm asimmm não para ahhhh não para ahhh continue ahhh mexendo ahhh assimmmm” ela então inclinou seu corpo para traz dizendo: “ceusss ahhh não consigoooo ahhh resistir ahhhh é maravilhosoooo ahhh que deliciaaaa” ela gemia enlouquecidamente como uma cadela no cio eu já estava delirando e não conseguiria resistir me segurar por muito tempo então com ela de costas para mim eu agarrei seus seios com a mão ela então disse: “humm aperte meus peitos hummm aperte estou ahhhh enfia o dedooo ahhh no meu rabo ahhhh quero gozar com ahhhcom seu pau na bucetaaaa e seu dedo no meu ahhhh rabo” suas palavras foram o estopim que faltava para me fazer gozar junto com ela eu comecei meter alucinadamente nela a penetração era cada vez mais profunda e ela gritava: “ahhh posso-te sentirrrrr ahhhh tocando meu ahhhh útero desgraçado ahhhh” seu orgasmo já era anunciado por seu corpo tremulo e se não for mito ou verdade a teoria do ponto G eu garanto que cheguei totalmente ou bem próximo do dela quando ela sentiu a explosão de seu prazer chegando e o meu corpo revelava meu gozo também quase não acreditei que algo assim poderia estar a acontecer foi muito prazer então entre gemidos gozamos juntos sua buceta se contraia ao sentir a pulsação de meu pau enchendo seu útero de porra quente ela disse: “ahhh me fode ahhh estou gooo... ahhh gooo... gozandooo” eu explodia dentro dela morrendo de tesão eu disse: “caralhoooo estou gozando humm dentro de vocêêê” ela entre gemidos respondeu: “isso aiii isso estou gozandoooo também posso sentir ahhhh me enche de poraaaa soca bem fundo em mimmmm ahhhh” ela não hesitou em levar cada jato de porra dentro dela após nosso gozo ela se apoiou com as mãos em minhas pernas nosso intenso gozo não havia acalmado o imenso tesão que estávamos sentindo um pelo outro eu acariciava suas costas e ela começou a se levantar devagar quando meu pau saiu de dentro de sua buceta ela deixou escorrer um rastro de porra entre suas pernas eu tinha gozado bastante dentro dela então ela se virou e deitou seu corpo por cima do meu e nos beijamos com fúria ela engolia minha língua com força sugando ela e usando a sua língua para acariciar aminha eu sabia exatamente como ela gosta de ser beijada e sensação de seu beijo é indescritível ficamos ali por algum tempo nos curtindo nos abraçando nos beijando descansando um pouco entre nossas caricias e não demorou muito para meu pau estar duro de novo igual pedra de amolar faca eu estava deitado de barriga para cima e ela a me beijar deitada de lado e com sua mão a me punhetar então eu a coloquei de quatro em cima da cama e comecei a beijar sua bunda e chupar seu cuzinho ela abria com a mão suas nadegas para sentir minha língua então ela disse gemendo: Humm você quer ahhh meu cuzinho ahhh você quer foder ahhh meu cuzinho seu ordinário” eu acariciando seu cuzinho respondi: “sim seu cuzinho e uma delicia quero sim foder seu rabo você quer me dar ele vadia? Que tal?”Ela então inclinou sua bunda para cima abaixou a cabeça e olhando para mim atrás dela disse: “ohhh o que eu vou fazer ahhh pode haaa pode foder faça o que quiser ahhh foda meu cuzinho haaa enfia devagar haaa seu pau é grande haaa e vou demorar haaa para me acostumar” então eu lambi ele muito para dar uma lubrificada ela gemia muito eu enfiava o dedo molhado de saliva para dar uma dilatada em seu cuzinho eu brinquei um pouco com os dedos em seu cuzinho ate ela se sentir confiante para receber meu cassete em seu rabo ela gemia incontrolavelmente então eu me posicionei atrás dela e comecei a passar a cabeça de meu pau em seu cuzinho ela vibrava de tesão fui enfiando a cabeça dele devagar quando a cabeça entrou ela deu um grito de dor: “aiiiiii” meu cassete estava invadindo seu rabo e com certeza um misto de dor e prazer percorreu seu corpo ela dizia entre seus gritos: “ahhh enfia devagar aiiiii e grandeeeee aiiii isso doiiiii aiiii desgraçado você esta me arrombandoooo aiiii” conforme meu pau entrava Jessica gemia e apertava os dentes com força agarrando o lançou com as mãos ela gritava: “ahhhh grande ahhhh grande demais ahhhh, mas não pareeee aiiii fode meu rabo aiiii com esse montroooo aiiiii fodeeee aiiii” não demorou muito e a sensação de dor sentida por Jessica se transformou em um prazer intenso e ela já estava adorando meu pau em seu rabo eu metia com força em seu cuzinho e o barulho de meu corpo batendo em sua bunda se misturava com seus gemidos enquanto meu pau preenchia por completo seu rabo a cada estocada minhas bolas batiam em sua buceta eu a segurava pela cintura e admirava seu corpo ela gemia de prazer: “aiiii seu pau aiii esta me arombandooo aiii todaaaa” ela rebolava e mexia sua bunda em meu cassete todo dentro de seu rabo e eu enfiava ate o limite e ela não dizia nada apenas gritava de prazer eu apenas dizia:” sua cadelinha gostosa seu cu esta apertando meu pau mexe esse rabo cadelinha seu grelinho estava durinho e ela explodindo de tanto prazer. gritando: “aaaaaaahhhhaaaaaaaaaaaaaaaaaahhhhhhaaaaaaaaaaaaaaaa” ela estava mais relaxada e isso fez com que ela começasse a manipular com os dedos sua buceta quente enquanto eu metia em seu cuzinho os movimentos de sua mão em seu grelo ficavam cada vez mais rápidos Jessica estava muito excitada pode até parecer um pouco sádico, mas seu corpo que estava me deixando louco, mas no fim tudo acabará com o maior gozo de todos eu já estava louco de tesão cada vez mais excitado aquele cuzinho tão delicado, tão apertado fazendo pressão em meu pau tratei seu cuzinho com amor, com todo carinho para ela esquecer a dor eu fazia seu corpo tremer de tesão quem disse que seria só dor? Ela sentia uma sensação gostosa com o gosto delicioso de todo esse pecado carnal assim eu fodia seu rabo ela se expressava muito safada me provocava ela estava toda molhada toda ensopada dedo macio tocavam uma alucinante siririca enquanto eu enrrabava aquela fêmea no cio de peito na cama ela se tocava hora com suavidade hora com movimentos mais apressados seus olhos às vezes deixava cair algumas lágrimas e sua buceta aquele doce liquida que escorregava em seus dedos enlouquecidos para no tom solene de seus gemidos me enfeitiçar: “aiii eu estouuuu gozannnnnnnndo aiiii com seu cassete no meuuuu aiiii rabo me fodeeeee aiiiii forteeeee” eu a obedeci e ela se seu quadril e arranquei de teu ser o mais delicioso sabor a sensação quente de seu gozo, ela já se encontrava toda melada por seu gozo e eu saboreava aquela imagem que me fazia arrepia e vendo a cena dela gozando louca me sentia mais instigado com ela dizendo: “meteeeee esse cassete emmmmm meu aiiiii cu a perrrrrrrrrtadoooo” eu metia com gosto e me espantei e não pude conter meu gozo quando ela gritou enlouquecida: “ohhhh deus ohhh estouuuu gozandooo aiiiii de novoooo aiiiii nuncaaa pensei que podiaaa acontecerrr isso aiiii comigooooo aiiiiii você esta me enlouquecendoooo aiiiii” e gemendo, nessa loucura, me encontro e me liberto em meu gozo para verter minha porra em jatos dentro de seu cuzinho meu corpo parecia estar em brasa revestido em luxúria porque apesar do gozo durar apenas algum pequeno tempo perdido a lembrança dura anos ela mexia seus quadris a cada espasmo de meu gozo ela sorria e suspirava olhando minha fisionomia enquanto eu não tinha controle sobre meu corpo eu enchi seu rabo de porra eu tinha gozado pra valer era bom ver seu cuzinho aberto escorrendo porra por suas pernas já cansadas Jessica fica um pouco deitada quieta apenas sentindo meus beijos por sua pele com certeza ela nunca havia experimentado nada igual suas pernas doíam depois de tanto prazer ela disse que estava com câimbras e que não acreditava no que acabou de sentir e se perguntava se era verdade ela mal conseguia respirar depois de tantos orgasmos então nos deitamos conversamos um pouco sempre acariciando um ao outro sem culpa sem vergonha da loucura que tínhamos feito nessa noite dormimos juntos abraçados e no outro dia a única coisa que sentíamos era uma saudade já pressentida ela me levou ate o aeroporto e foi difícil nos despedirmos, mas tinha que ser, mas o bom de tudo isso é a possibilidade de nos vermos de novo muitas vezes mais e foi uma viagem rápida, pois eu não a tirava da cabeça e a saudade já castigava meu corpo e minha memoria e ao chegar em minha casa eu abro meu e-mail e vejo um recado dela segue o e-mail original “Meu querido Cavaleiro,

Sei que estivemos a poucas horas juntos, mas não consigo aplacar a saudade do meu coração, tinha que te escrever e saber como vc está.

Quanto a mim, só posso te dizer que estou perdida, perdida de paixão, perdida de desejo... a noite maravilhosa que tivemos juntos, apenas me mostrou que sou uma tola em pensar que depois de estar com vc, conseguiria te esquecer... inútil...nesta noite, vc acendeu de vez cada centelha de fogo em meu corpo, sua respiração ofegante me tirou a ar e os sentidos, teu corpo másculo dominando meu corpo como se fosse seu e não meu, pois não me obedecia. Meu corpo, meus desejos, meu tesão obedeciam apenas ao comando da tua voz, do teu corpo junto ao meu, como num transe de absoluto prazer.

Estar em teus braços foi algo inexplicável, mágico... sentir teu cheiro, teu gosto, sentir tua pele e o calor do teu corpo sobre o meu, me fez perceber que eu não estava completa... percebi que me faltava algo, quando vc me penetrou de maneira tão deliciosa, tão definitiva... naquele instante soube que era sua, que era vc dentro de mim, o que estava faltando.

Nesta noite, meu cavaleiro, entendí que meus dias sem vc são cinzas e incompletos... que só estarei inteira novamente, quando estiver nos teus braços, quando minhas pernas estiverem enlaçadas ao teu corpo... quando vc estiver dentro de mim, me fazendo morrer de prazer.

Tua Jessica.”

É uma alegria receber você caro leitor(a) lendo esse meu relato fique a vontade para ler, dar sua opinião, enfim... A casa é sua, obrigado por sua visita e pela paciência espero que vocês e ela gostem!

Abraços do [email protected]

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
15/10/2014 01:35:30
Rssssss Mallu curiosidade matou a caveira rsssss bem Mallu ela esta por ai.
08/12/2012 14:11:14
nossa... muito bom.. fiquei sem palavras..nem sei o que dizer,mas uma paixão assim deve ser sempre inovada e mantida,muito desejo e vontade em suas palavras,si a historia é real vcs são pessoas de sorte.. parabens
15/05/2012 16:50:10
Meu querido Garanhão, sei que vc é curioso.Rsss então dá um pulinho na minha página e comente meu novo conto. Beijos
18/01/2012 14:09:40
Vc e o homem que toda mulher deseja,adorei o conto,me masturbei e tive um maravilhoso orgasmo nota 10
25/11/2011 18:07:55
Ótimo relato, bem descrito e com muitos detalhes são os detalhes que enriquecem um relato e o faz ficar mais doce e mais excitante.Meus parebens amigo e continue assim a descrever com maestria suas aventuras no mais um abraço Se desejarem conhecer o meu blog com relatos e muitas fotos entrem em http://belinhazoorelatosfotosefatos.blogspot.com
23/11/2011 15:49:31
Conto perfeito ótima narraçao e muito quente..
23/11/2011 15:48:14
23/11/2011 14:09:38
Meu Garanhão Italianooo..vc arrazou viu?? Que delícia de contoo...dessa vez nem gozeii uma vez só lendoo esse contoo,gozei váriasss..tá de PARABÉNSS!!!
22/11/2011 00:02:38
lindo!!!! parabéns
21/11/2011 23:28:59
Parabéns!!!! nem sei o que dizer,fico sem palavras,muito lindo seu conto e a história de vocês,sinto também uma inveja,como eu gostaria de ter um homem como você: sensível,carinhoso,amigo e com uma excelente pegada,sabe o que uma mulher gosta e como cuidar de uma mulher. E hoje meu querido,isso é rarao. TARADO...SAFADO...GOSTOSO...ROMANTICO...ADRENALINA PURA!!! BJS E BOA SORTE PARA OS DOIS...




Online porn video at mobile phone


ai calma tua rola ta entrando no meu cu contos erótico www.casadoscontos/machopeludo.comcontos masexitantespredador de viado contos eroticosse eu tava afim de cozinha da minha cunhada mais nova aos berros XVídeosescrava sexual do papai contoscontos eroticos Robertaxvideos pai come a filha na frente da mae que noa teve coragem de fazer nadavidios pornos de mulher dando o cu. sem do sentono gostoso e. com forçaminha irma deixou um bigodinho na xana so pra fuder comigoo surfista loiro me comeu contomundobicha policial me revistando na estradaexibicionidmo psra gstçon de motelpriminha brincano de boneca e levo pintocache:v4Hbz9COzM8J:zdorovsreda.ru/texto/2016021014 tarado convenceu so passar o pau no grelinho virgen da filhinha e enpurrou tudofaz sua namorada ir ao ceu so com q sua linqua pornodoidopai cego a filhinha novinha aproveitounovinha virgem no vídeo caseiro transando com padrasto e botando a Nova Palmamete essa piroca noeu cu mim arba porno doidovai novinhas so grelao shortinho enterrado na bucetacontos eróticos cagando na minha bocaporno brasileira pequei miha irma toma banho e tirei a virgindade delaconto coroa bunda gigante sodomizadadiguinho eroticoMuitasex .com gaby pornolconto erotico gay travesti velha esculachada por negaocontos eróticos d alguém q adorava ser molestaContos Gay Iniciado pelos guri depois pelomarcelo fudeno numa cadelasarra novinha da b***** bem bonitinha pornôcasal sendo masageado pornoconto zoofilia novinha e os cachorros Minas GeraisCumendo rabo das laira rabudaXnxx grisalhos negros pau de cavalo arregassando buceta das loirasGAROTOS CHANTAGEADOS DAM A BUNDA AOS PRIMOS XVIDEOpai mostro e medo choro poradas xvideosconto erotico estava comendo minha erma e estouro a camisinha e gosei dentro dela que ficou muita bconto erotico gay negao pirocudo gosta de maltratar viado brancocontos minha mulher aceito levar um doutado de26cm para nossa camacasos amad fragra i gosand ponh casacontos eroticos me comeram a forçavideo porn foi arrombada com negao ate cagou e vomitoupedreiros caminhoneiros e peões de obras c********* comendo v******* contos eróticos gaysComo se escreve “ manda video porno ” em inglesxvideos espiando safada beibedoljhuly dormindo de calcinha xvideosamiga travesti - conto eroticomarentinho querendo o cu do amigo estupro esposa contos eroticoscontos picantes de amor gaysvidio porno homen emtera o pou todo na garganta da muher ate gozaradvogada enrabada pelo presidiário cavalo fudendo mulher com estorcada fortevidei porno de nivinha cendi estrupada por negraomorena boa tocando punheta pro cadavercontos casada da o cu pro cão e o marido participa comendo tambemTia de calça leg conto eroticonao acreditei mas o pirralho meteu a pica na minha bucetaContos erotico pastora ungindo cuoros .porno50 tons de gizcontos erotico fui levar a toalha para meu genro vi ele pelado nso resistimeu enteado me estrupoux videos de vaginade morcinha despropocional lindabai uma punheta olhando minha sobrinha na praiaponodoido comendo a cabeleira enquanto a esposa arruma o cabelo completocontos eroticos gosto de levar surra de piça ggtia/gostosa/pegou seu sobrinho po.comhetero novinho e trepo gostosovídeos demulheres e fiado o dedono prigito ponodoidocontos meu tio pauzaomenina dano aprimeiraves abuçetacontos de zoofilia gototinha e seu dogbaixar xvideos da mãe enfiando os braços dentro do cu e dentro da boceta e a filha também arrombando seus dóis buracos intensamente o filho chegou e comeu todas as duas enchendo seus dóis buracoscache:8t-ncrFAFncJ:zdorovsreda.ru/texto/201108246 conto gay alvinho e o velho amigo da famíliacontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgecontos eroticos vesti uma mini saia para meu sogroeu nunca eu tinha fundido a buceta mestruada da minha esposa a noite ela tava na cama comigo ela tava de calcinha eu disse pra ela eu quero fuder sua buceta ela disse pra mim que ela tava mestruada eu disse pra ela eu quero fuder sua buceta mestruada conto eróticocontosbucetada mamae com tezaocontos eróticos pular pulaimagem de menina mois trado a puceta dela vizimvideocurtomagrinha e roludoporno filme grande que demore😉😉tarado roludo foi ajeitar a pia da vizinha novinha e se é citou com elacontos eroticos 140cm de bunda peladacamisinhatarado nuonibumamando o peitinhoduro dafilharelatos eróticos porca nojentacunhadinha louca para tirar o capaso d cunhadoimagens de amiga gostosa so de sutian e causinha no quarto nxnnbaixar jogos de Ferrari deixando o rapaz tirar o sutiã dela para mamar nos peitos