Casa dos Contos Eróticos


Click to Download this video!

SILVINHA

Um conto erótico de Gabriel
Categoria: Heterossexual
Data: 21/06/2011 19:43:39
Nota 10.00

Tudo começou num churrasco promovido pelos gerentes de uma agência onde fizemos auditoria. Silvinha me foi apresentada pelo pai, um gerente com quem fiz amizade, apesar de pouco tempo de convivencia.

Silvinha era gorda como o pai, simpática, porém meio timida, era uma dessas gordinhas de rosto redondo, seios grandes, faces coradas, bumbum grande,coxas grossas e uma boca linda.Lábios nem tão grossos nem tão finos,voz macia,baixa.

Eu a achei linda e sexy, primeiro, porque gosto de gordinhas e segundo porque ela estava de shorts e camiseta, deixando a mostra sua exuberancia.

Foram-se formando grupos, como é normal nessas situações. eu num grupo de pesssoas mais velhas e ela junto com a irmã e outras moças. Mas eu não conseguia despregar os olhos dela.

Alguns rapazes se juntaram a elas e ficaram conversando, bebendo e comendo.

Algum tempo depois, alguns deles sairam, Silvinha e a prima permaneceram sentadas.

Ouvi quando ela pediu para lhe trazerem uma batida. Quando voltaram, não trouxeram, ela reclamou e um rapaz ainda riu, diz que tinha esquecido. Percebi que ela ficou decepcionada.

Então fui buscar uma batida e entreguei prá ela. Ela sorriu, agradeceu timidamente e eu voltei para o meu grupo. os rapazes riram e brincaram com ela...

Eles continuaram a conversar cada vez mais alto e ruidosamente, mas notei que não davam muita atenção prá ela..

Lá pelo meio do dia, começaram a se dispersar. Alguns deles resolveram ir para um forró ali perto. Vi quando Silvinha se animou para ir, mas lhe deram a desculpa de não haver lugar nos carros e motos e não a levaram... Vi o quanto ela ficou decepcionada, porque foi para um local mais afastado e ficou ouvindo musica pelo celular..

Peguei outra batida e fui juntar-me a ela. Ficamos conversando um pouco e então eu a convidei para dar uma volta de moto. Ela hesitou antes de responder, o que me deu tempo de colocar um capacete na mão dela. Eu disse apenas :" vem" me dirigindo para a moto..

Ela ficou parada, me olhando com o capacete na mão. Chegou a olhar prá trás como que procurando seus pais e eu repeti com firmeza: " vamos"..Liguei a moto. ..Ela hesitou alguns segundos novamente e então subiu na moto. Me abraçou pela cintura, senti a maciez dos seios dela nas minhas costas . Fui ficando excitado..

- Onde vamos ? ela perguntou

- vamos por aí. Aproveite a viagem - eu disse

Deslizamos velozmente pela rodovia. A brisa era gostosa e por coincidencia, avistei o forró onde os colegas dela estavam e parei.

- quer ir no forró ?- perguntei

Ela não respondeu, peguei no braço dela e entramos.. O salão estava cheio..

Ela entrou ao meu lado, de cabeça erguida,não olhou para a irmã e seus colegas. Achei isso legal. E fiquei comovido, de verdade, por ela não se importar de estar dançando com um cara que tinha a idade de ser seu pai. Eu confesso que fiquei feliz e percebi que ela também...

Ela se divertiu me vendo tentar dançar forró, funk, axé...samba. eu não sei dançar nada. mas tentava..

Já entardecia e começou a tocar um forró mais lento, que só dava pra dançar bem coladinho,eu sou péssimo em dançar forró, mas achei que valia a pena arriscar uns passos. Começamos bem devagar e depois eu fui apertando-a mais, comecei a falar baixinho na sua orelha.Durante a dança ela cantarolava no meu ouvido,, e passando a mão pela minha nuca,o que me deixava com tesão.

Então ela me pediu prá ir embora porque queria que eu visse o por de sol num lugar especial para ela...Novamente fiquei comovido, por ela querer compartilhar o seu lugar especial comigo.

Uns dez minutos depois fomos embora.

Novamente ela colou os seios macios nas minhas costas,passando a mão pela minha cintura. Aquela proximidade era tesão puro.

O caminho era bem deserto,cheio de árvores e ela me indicou onde deveria parar a moto prá admirarmos o por do sol. Entramos pelo mato à beira da estrada e paramos numa clareira de grama rasteira . O cenário era maravilhoso.

Sou um homem antigo,ainda romantico. O sexo,para mim, começa na primeira troca de olhares.

O sexo com a Sílvia tinha começado no primeiro olhar, nos sorrisos, no nosso papo,durante a dança,no passeio de moto,nos sorrisos trocados ao por do sol.

Porisso quando uma lua maravilhosa começava a tomar conta do céu,e eu a beijei,ela correspondeu prontamente.

Começamos a nos beijar e nos acariciar.Ela olhou pra minha cara e sorriu maliciosamente.Beijei sua orelha,desci para o pescoço,levantei sua blusa e lambi o biquinho do seu seio.Lambi várias vezes e comecei a chupar,dando umas mordidinhas de leve.Sem que ela reclamasse,comecei a lamber ela freneticamente. Seus peitos eram uma delicia de apertar e chupar inteiro. Ela tava gostando, segurava nos meus cabelos. Beijei a sua boca,de novo,agora profundamente, um beijo delicioso, bem molhado. Minha mão tocava o corpo dela inteiro, e a mão dela também alisava meu volume.

Desci a minha mão, tirei o short dela e comecei a massagear a sua bucetinha por cima da calcinha. Já dava pra sentir que ela estava toda molhada. Ela gemeu e fechou os olhos,mordendo o lábio inferior.

Botei a minha mão dentro da sua calcinha. Abri a minha mão e apertei a buceta dela inteira, queria sentir aquele muco na minha mão. Passei o meu dedo na sua fenda, deixando ele bem molhado.

Fui ajoelhando,alisando suas coxas e puxando sua calcinha.Tirei sua calcinha e levei a minha boca até a sua xaninha,colocando uma perna dela no meu ombro. Podia sentir seu cheiro forte, tudo aquilo tava me deixando louco de tesão. Cai de boca nela, chupei tudo, abri bem a sua bucetinha e percorri ela inteira com a minha língua, chupei seu grelinho até ele ficar durinho... Ela gemia e se contorcia,apertando os proprios seios. Eu não cansava,enfiei a minha língua lá dentro, e depois lambia ela interia, até a virilha. Botei meus dedinhos lá dentro, adorei sentir ela por dentro. Dedei e chupei até ela gemer bem alto, puxar o meu cabelo, e gozar na minha cara,se contorcendo...Eu suguei todo aquele suco,ela foi deslizando para o chão,e mantive minha boca grudada na buceta dela e não parei de chupar e lamber,até ela gozar novamente..

Depois fiqui olhando ela ali,meio fora do ar,estirada no chão,na grama,com a blusa levantada,os seios de fora,,sem calcinha, com o rostinho vermelho, recuperando o folego.

Eu estava deitado ao lado dela,na grama,ainda vestido, só com o pau duro de fora.Ela veio prá cima de mim, me beijando longamente,abriu minha camisa,lambeu meu peito, minha barriga,desabotoou minha calça,e olhando pro meu pau,começou a alisá-lo.

Meu cacete já tava todo babado e ela passou a língua só na cabecinha.Eu dei um gemido gostoso e ela perguntou se estava gostoso,eu digo sim e ela continuou lambendo a cabeça.

Eu pedi prá ela colocar tudo na boca, disse que ela estava me deixando louco.

Ela começou a descer e subir a língua por toda rola e o saco, dizia bem baixinho que minha rola era macia e tinha um gosto delicioso que ela nunca tinha provado antes e era gostosa de lamber,

Fui ficando cada vez mais arrepiado e tesudo e aos poucos ela foi ficando mais ousada e sua língua cada vez mais perto da cabeça da rola ate que as lambidas rápidas se transformaram num boquete delicioso. Ela passava a pica no rosto, lambia o saco e engolia a rola inteira, então ela levou meu pau duro até seus seios, e começou a esfregar e me beijar segurando meu pau de modo que a rola passeava por todos os lugares do seu peito,entre os seios,em cada mamilo .

Me deixando em ponto de bala,me olhando com um olhar safado ela voltou a lamber toda a rola . Depois ela voltava a enfiar na boca, enquanto eu urrava de prazer

Só parou de chupar um pouco para pedir prá eu gozar bem gostoso.

Então abocanhou o pau com chupadas lentas e firmes e foi arrancando o gozo de dentro de mim, que veio rápido e forte. Com a mãos eu segurava sua cabeça para que ela não parasse de me chupar e fartos jatos de porra foram esguichados direto dentro de sua boca, forçando-a a engolir tudo e a lamber cada gota perdida da rola.

Eu a puxei para um beijo vigoroso e disse : "quero te comer "

Nesse instante ouvimos um barulho e vimos pessoas que vinham subindo do sitio para onde estavamos.. Rapidamente, ela se levantou, se vestiu e saiu, indo de encontro às pessoas entre as quais estava o seu pai.. Assim eu tive tempo de me trocar e sair discretamente antes de todos chegarem..

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
28/01/2013 11:50:28
BLOG com fotos de GORDINHAS amadoras, 100% free são mais de 5.000 fotos no acervo é punheta que não acaba mais! Pra você que gosta de gordinha não deixe de acessar!! Comentem no BLOG para que eu possa publicar mais! http://deliciosasfofuras.blogspot.com.br/
29/06/2011 23:03:57
Adoro homem como você,que sabe dar valor a mulher fofa...parabéns,espero que continue sua história...beijoss
21/06/2011 21:49:49
esse é preciso continuação adorei!
21/06/2011 21:44:20
Simplesmente delicioso seu conto. Adorei fiquei excitada de verdade. Continue escrevendo!!!!!!




Online porn video at mobile phone


omeu conhado me estrupoucontos eroticos sexo oralxxxxxvideios minha irma doida lor pauvideo da minha jeba arrombando o padrecoxisvideo d buceta s cadela piscando n cioqaboca novihaContos de caseiros negros idoso bem dotado comendo cu de patroas brancasirmão com insônia come irma pornoGta brut mulher nuaminha tia mandou eu esfrega no banheiro tomando banho ela e eu comi ela a forsa ja que nao tinha ninguem e casa contos herotgosando no rabo da madura e deixa o cacete dentro ate sae toda porrapistoludo pondo tudo no cuzinho da coroa e marido filma ela gemendo e fechandoXVídeos casada que adora segurando cacete muito rebaixadaso bucetao ebelas chupadas emuitas punhetasmunher midino o pou do negaumulher senta na tromba do elefante sexoPORNOVIDEOCURRAincesto encaixada no colo do pai perto da mamãemae e tia na piscina contosnovinha chupa uma jeba por R$10,00x video fudenogay homem dotadoXVídeos vídeo do ventilado botando a madrasta Xvídeo vídeo caseirocontos eróticos evangelica peituda de vestido leveseduzir a cunhada dentro de casaxvideo elas sao de maizas duas bundinha para o macho contoconto erotico huntergirls71contos eróticos vovó transando com cavaloy com meus cunhadoscontos aporno violento da ruiva doiz homemreal comendo buceta da roberta gordaTheo eTonnynovilhas darno o cu sexomenina vigen metno udedo nabusetafoto porno de babalu montada no cavalohomem que fode muitohttps://www.yahoo.com/so puta velha o negao aroba elas gosa dentroMenina nova de causinha tolada na buçeta xsvidiosete formas de medogarota nao guenta da r u cu i chora pornopornodoido entre irmao enteronpido por tia gostosachupando buceta e colando velcox videcontos eroticos tranzei minha madrastagaroto batendo punheta e bolas balancando pornodoidoconto gay o meu sonho de consumomulher bucetudas vidonovinhashttp://gtavicity.ru/texto/2016101161Xvideo vou contar como acabei transando com uma irma da minha igreja elaera casadaporno gratis moça sendo agarrada apód sair do banhoXVídeos pornô padrasto comendo enteada ela me procurou e eu não resisti vídeo brasileirover video de porno brasileiro pedrero peludao suado comendo a patroua safadacontos eriticos tia marluce e sobrinho pauzudocachorro engatado homen eteroesposa se acanha com punheta corno sexopornodoidobrasileiro cuneteaprendendo a dirigir no colinho contocontos eróticos paifinge dormundo fudendo filho e filha. virgemAliviando os funcionarios contos eróticospornô perguntando se a esposa aguenta duas rolascontos encoxei mamae rabudamulecasexosoquei rola grossa na gravidacontos eróticos minha mãe me deu de aniversário um presente inesquecível o negro aldo e esposinha contoBuceta de porca ou cadela qual mas apertadacache:krAWjri_qYMJ:zdorovsreda.ru/texto/20170885 dois gatoto tarado xvidioomi go za senpara namenina pornocontos eroticos sem querer maeLipeSonhador-CASA DOS CONTOS EROTICOS |zdorovsreda.ruO doce nas suas veias (Capitulo 4)-CASA DOS CONTOS EROTICOS-XXX.comEroticoscontos.com /casadas 25cm duplcontos eróticos menina de 25 anos transando com cachorro com calcinha preta com lacinhos vermelhosbucetinhaentroutudoconto erotico filha novinha de chortinho curto postado no dia 22 02 2018Contos eróticos de incesto mãe tarada descabacando filho dotada com fotoscontos eroticos gratis transformei minha esposa em uma putaelq sentou ebsima do meu paucontos de sexo depilando a sogravideos de porno com mulheres se vingando do marido transando com outro em wwwxvideo.comXVídeos b******** garotinha se coçando toda com vontade tesão por mão abrindo as pernasirmao gozou na irma e amiga se. elas quererpornonrenad peladasesposa do corno adora se exibir sem calcinha pro encanador so pra ele ñ resistir e fuder a safada