SILVINHA


Um conto erótico de Gabriel
Categoria: Heterossexual
Data: 21/06/2011 19:43:39
Nota 10.00

Tudo começou num churrasco promovido pelos gerentes de uma agência onde fizemos auditoria. Silvinha me foi apresentada pelo pai, um gerente com quem fiz amizade, apesar de pouco tempo de convivencia.

Silvinha era gorda como o pai, simpática, porém meio timida, era uma dessas gordinhas de rosto redondo, seios grandes, faces coradas, bumbum grande,coxas grossas e uma boca linda.Lábios nem tão grossos nem tão finos,voz macia,baixa.

Eu a achei linda e sexy, primeiro, porque gosto de gordinhas e segundo porque ela estava de shorts e camiseta, deixando a mostra sua exuberancia.

Foram-se formando grupos, como é normal nessas situações. eu num grupo de pesssoas mais velhas e ela junto com a irmã e outras moças. Mas eu não conseguia despregar os olhos dela.

Alguns rapazes se juntaram a elas e ficaram conversando, bebendo e comendo.

Algum tempo depois, alguns deles sairam, Silvinha e a prima permaneceram sentadas.

Ouvi quando ela pediu para lhe trazerem uma batida. Quando voltaram, não trouxeram, ela reclamou e um rapaz ainda riu, diz que tinha esquecido. Percebi que ela ficou decepcionada.

Então fui buscar uma batida e entreguei prá ela. Ela sorriu, agradeceu timidamente e eu voltei para o meu grupo. os rapazes riram e brincaram com ela...

Eles continuaram a conversar cada vez mais alto e ruidosamente, mas notei que não davam muita atenção prá ela..

Lá pelo meio do dia, começaram a se dispersar. Alguns deles resolveram ir para um forró ali perto. Vi quando Silvinha se animou para ir, mas lhe deram a desculpa de não haver lugar nos carros e motos e não a levaram... Vi o quanto ela ficou decepcionada, porque foi para um local mais afastado e ficou ouvindo musica pelo celular..

Peguei outra batida e fui juntar-me a ela. Ficamos conversando um pouco e então eu a convidei para dar uma volta de moto. Ela hesitou antes de responder, o que me deu tempo de colocar um capacete na mão dela. Eu disse apenas :" vem" me dirigindo para a moto..

Ela ficou parada, me olhando com o capacete na mão. Chegou a olhar prá trás como que procurando seus pais e eu repeti com firmeza: " vamos"..Liguei a moto. ..Ela hesitou alguns segundos novamente e então subiu na moto. Me abraçou pela cintura, senti a maciez dos seios dela nas minhas costas . Fui ficando excitado..

- Onde vamos ? ela perguntou

- vamos por aí. Aproveite a viagem - eu disse

Deslizamos velozmente pela rodovia. A brisa era gostosa e por coincidencia, avistei o forró onde os colegas dela estavam e parei.

- quer ir no forró ?- perguntei

Ela não respondeu, peguei no braço dela e entramos.. O salão estava cheio..

Ela entrou ao meu lado, de cabeça erguida,não olhou para a irmã e seus colegas. Achei isso legal. E fiquei comovido, de verdade, por ela não se importar de estar dançando com um cara que tinha a idade de ser seu pai. Eu confesso que fiquei feliz e percebi que ela também...

Ela se divertiu me vendo tentar dançar forró, funk, axé...samba. eu não sei dançar nada. mas tentava..

Já entardecia e começou a tocar um forró mais lento, que só dava pra dançar bem coladinho,eu sou péssimo em dançar forró, mas achei que valia a pena arriscar uns passos. Começamos bem devagar e depois eu fui apertando-a mais, comecei a falar baixinho na sua orelha.Durante a dança ela cantarolava no meu ouvido,, e passando a mão pela minha nuca,o que me deixava com tesão.

Então ela me pediu prá ir embora porque queria que eu visse o por de sol num lugar especial para ela...Novamente fiquei comovido, por ela querer compartilhar o seu lugar especial comigo.

Uns dez minutos depois fomos embora.

Novamente ela colou os seios macios nas minhas costas,passando a mão pela minha cintura. Aquela proximidade era tesão puro.

O caminho era bem deserto,cheio de árvores e ela me indicou onde deveria parar a moto prá admirarmos o por do sol. Entramos pelo mato à beira da estrada e paramos numa clareira de grama rasteira . O cenário era maravilhoso.

Sou um homem antigo,ainda romantico. O sexo,para mim, começa na primeira troca de olhares.

O sexo com a Sílvia tinha começado no primeiro olhar, nos sorrisos, no nosso papo,durante a dança,no passeio de moto,nos sorrisos trocados ao por do sol.

Porisso quando uma lua maravilhosa começava a tomar conta do céu,e eu a beijei,ela correspondeu prontamente.

Começamos a nos beijar e nos acariciar.Ela olhou pra minha cara e sorriu maliciosamente.Beijei sua orelha,desci para o pescoço,levantei sua blusa e lambi o biquinho do seu seio.Lambi várias vezes e comecei a chupar,dando umas mordidinhas de leve.Sem que ela reclamasse,comecei a lamber ela freneticamente. Seus peitos eram uma delicia de apertar e chupar inteiro. Ela tava gostando, segurava nos meus cabelos. Beijei a sua boca,de novo,agora profundamente, um beijo delicioso, bem molhado. Minha mão tocava o corpo dela inteiro, e a mão dela também alisava meu volume.

Desci a minha mão, tirei o short dela e comecei a massagear a sua bucetinha por cima da calcinha. Já dava pra sentir que ela estava toda molhada. Ela gemeu e fechou os olhos,mordendo o lábio inferior.

Botei a minha mão dentro da sua calcinha. Abri a minha mão e apertei a buceta dela inteira, queria sentir aquele muco na minha mão. Passei o meu dedo na sua fenda, deixando ele bem molhado.

Fui ajoelhando,alisando suas coxas e puxando sua calcinha.Tirei sua calcinha e levei a minha boca até a sua xaninha,colocando uma perna dela no meu ombro. Podia sentir seu cheiro forte, tudo aquilo tava me deixando louco de tesão. Cai de boca nela, chupei tudo, abri bem a sua bucetinha e percorri ela inteira com a minha língua, chupei seu grelinho até ele ficar durinho... Ela gemia e se contorcia,apertando os proprios seios. Eu não cansava,enfiei a minha língua lá dentro, e depois lambia ela interia, até a virilha. Botei meus dedinhos lá dentro, adorei sentir ela por dentro. Dedei e chupei até ela gemer bem alto, puxar o meu cabelo, e gozar na minha cara,se contorcendo...Eu suguei todo aquele suco,ela foi deslizando para o chão,e mantive minha boca grudada na buceta dela e não parei de chupar e lamber,até ela gozar novamente..

Depois fiqui olhando ela ali,meio fora do ar,estirada no chão,na grama,com a blusa levantada,os seios de fora,,sem calcinha, com o rostinho vermelho, recuperando o folego.

Eu estava deitado ao lado dela,na grama,ainda vestido, só com o pau duro de fora.Ela veio prá cima de mim, me beijando longamente,abriu minha camisa,lambeu meu peito, minha barriga,desabotoou minha calça,e olhando pro meu pau,começou a alisá-lo.

Meu cacete já tava todo babado e ela passou a língua só na cabecinha.Eu dei um gemido gostoso e ela perguntou se estava gostoso,eu digo sim e ela continuou lambendo a cabeça.

Eu pedi prá ela colocar tudo na boca, disse que ela estava me deixando louco.

Ela começou a descer e subir a língua por toda rola e o saco, dizia bem baixinho que minha rola era macia e tinha um gosto delicioso que ela nunca tinha provado antes e era gostosa de lamber,

Fui ficando cada vez mais arrepiado e tesudo e aos poucos ela foi ficando mais ousada e sua língua cada vez mais perto da cabeça da rola ate que as lambidas rápidas se transformaram num boquete delicioso. Ela passava a pica no rosto, lambia o saco e engolia a rola inteira, então ela levou meu pau duro até seus seios, e começou a esfregar e me beijar segurando meu pau de modo que a rola passeava por todos os lugares do seu peito,entre os seios,em cada mamilo .

Me deixando em ponto de bala,me olhando com um olhar safado ela voltou a lamber toda a rola . Depois ela voltava a enfiar na boca, enquanto eu urrava de prazer

Só parou de chupar um pouco para pedir prá eu gozar bem gostoso.

Então abocanhou o pau com chupadas lentas e firmes e foi arrancando o gozo de dentro de mim, que veio rápido e forte. Com a mãos eu segurava sua cabeça para que ela não parasse de me chupar e fartos jatos de porra foram esguichados direto dentro de sua boca, forçando-a a engolir tudo e a lamber cada gota perdida da rola.

Eu a puxei para um beijo vigoroso e disse : "quero te comer "

Nesse instante ouvimos um barulho e vimos pessoas que vinham subindo do sitio para onde estavamos.. Rapidamente, ela se levantou, se vestiu e saiu, indo de encontro às pessoas entre as quais estava o seu pai.. Assim eu tive tempo de me trocar e sair discretamente antes de todos chegarem..

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
28/01/2013 11:50:28
BLOG com fotos de GORDINHAS amadoras, 100% free são mais de 5.000 fotos no acervo é punheta que não acaba mais! Pra você que gosta de gordinha não deixe de acessar!! Comentem no BLOG para que eu possa publicar mais! http://deliciosasfofuras.blogspot.com.br/
29/06/2011 23:03:57
Adoro homem como você,que sabe dar valor a mulher fofa...parabéns,espero que continue sua história...beijoss
21/06/2011 21:49:49
esse é preciso continuação adorei!
21/06/2011 21:44:20
Simplesmente delicioso seu conto. Adorei fiquei excitada de verdade. Continue escrevendo!!!!!!

Online porn video at mobile phone


esposa fica brava amate gosa dentro xvidioConto porno de incesto de pastoComi a garota tolinhaconto erotico gay negao pirocudo gosta de maltratar viado brancox video dois homem botando suas pica na boxa da mulhernegão comendo patroa superei tudo e fazendo ela gozarxvideos desfaço e pega a filhacontos eroticos mulher dopada e fudidaXvideo so chupetas molhada da prudentinacontos eroticos mamae subjugadamae enssinando de quinse anos a fode dando a buceta pra eliporno engoliu a porra e catinou mamanovideos porno vai mete essaa lingua chupaa pra me fz gozar em csquero ozap de um sugado de bucetaporno obeza dano o cuconto gay o nerd e o bad boy 7nal gosto dele mais olha so aquela boquinhaaprovoquei levei no cu contostia gostosa na chácara das demais por sobrinho ele não aguenta de tanto tesãoconto erotico eu, minha namorada, minha mae e meu tiocinco moleques arrombaram minha noivaomeu conhado me estrupoubucetas gordas a deramarem espermaswww.xvideos.negrao de 40 ctm de pau comendo uma viagemXvidio.com/iniciador a filha contos primeira vez na sauna gayConto irmao tira cabaço a irma de 13 gostosarapasjovem pao grande groso gozandorelato erotico mae dormímdoxvidio frre com rabos gigantecontos sexo anal concunhado concunhadacrente safada contos gay mundo bicha policias tranzando na estradamulher fazendo sexo e o cara comendo a bucetinha e o cuzinho dela empurrando a picona ela gemendo respirando fundo e ele empurra toda na bucetinha e filmando escondido ela versou casada o meu cunhada me estorou a bucetinha contosshorts jean adoro usar fio dental afeminado contosfio terra contoscaldo de buceta sujacontos meu filho estrupo,meu cu finju dormiBuceta de egua agoentando pintao noxvidioDorinha morena branquinha e as ruivaxvidreo neta maeaninha e meu tio cacetudo com foto e todos os contossconto erótico vigilante do bancoBoa Noite Cinderela conto erótico enteadavídeo pornô caseiro a empregada doméstica bem torneada bem gostosa do corpo de violãoa buseta e bundao maio dk mundo e peitowww.homem moreno na ambulancia mundobicha.comconto o vizinho velho com novinhacontoseroticos encochando minha noraesposinha puta veste roupas curtasvidio pono com meninas pede u cabasu emganadacontos eroticos xvideos clausuraxxx videos cunhada deu para cunhado negra budao de shortesmeninas virgem novinha lavar roupa no riacho pai pau espiandoporno para deixar aqecidarmãe chega do serviço e faz a sua filha dando o c****** no XVídeo ela ainda virgem nunca tinha dado minha b***** nem um pouquinho e ela Fraga fica Vista irritada e entra na bagunçaxoxota XVídeos tio comprinhasconto gay tio e promo safaoscontos minha esposa e seu ginecologistaminha sogra me pediu para me dar de mamar para ela contos eróticosconto de novinha tomando nas coxasksalswing2011conhada acorda o conhado a noite para fazee sexo porno brasileiromulhe com ceceta ano fazeno sexoContos eroticos de podolatria com fotos querendo chupar pes de primas no sofacontos eroticos casamento nupciasconto erotico com fotos haremxvidioxx fudeu a mae contos eroticos minha amiga travestris abuso de mim bebadamulequinhos olhando a surubamao tranzado com. afilhaconto erotico ca sada. com o velhominha entiada loca pra da apenas dez aninhos contos eroticoshistorias eroticas a pretinha magrinhaminha mulher tatuou a dama de espadas na bunda contos eroticosagarrou e comeu gostoso kookcontos eróticos corno desde a lua de melporno teste de fudeludade com enteadahomossexualidade e voierdelegada quer jebavideo de mulhe rapado abuçeta e lavado empreggadas tesudas escitando patrao no youtubexxvideosnegras em extasesogra xuba a rola do genro ate gosar na boca delaxxx vídeos novinhas aproveitando que a sua mãe saiu no pornô iradobussetas cuspindo porraconto no cinepornoporno-fodas no quarto e o vinnho malanordestina nao gostou porque gozou dentrox videos " ele encheu minha boceta"xividio cuida e primoVidio pornô de gay de pratao fazendo sexo com a impregnados até ele goz