Agora foi a vez do jardineiro !!


Um conto erótico de SPBISEXXX
Categoria: Homossexual
Data: 02/05/2011 18:20:47
Nota 10.00
Assuntos: Homossexual, Gay

Eu gostei muito da minha experiência com o pedreiro e com o técnico da máquina de lavar, e percebi que este pessoal safado "come de tudo"... (risos). Sempre achei que nestes contos com "peões" havia muita coisa fantasiada, nunca achei que fosse assim de me atirar e os caras virem pra cima, mas vi que é bem assim mesmo, alias vi que é bem fácil de acontecer, tendo a devida atitude, claro, como tem acontecido comigo e sinceramente estou adorando isso. Bem, o "causo" mais recente aconteceu há dois dias e resolvi contar. Estava eu no meu quarto, tranquilo, acordei por volta da 10h30 (só pra constar eu sempre durmo peladinho). Moro no primeiro andar de um prédio aqui em Santo André e de frente pra minha sacada tem um jardim com um canteiro mais alto, se alguém subir nele e ficar em pé pode ver meu quarto todo com facilidade, inclusive o banheiro que fica na reta da janela. Bem, assim que abri a janela, vi o material do pessoal da jardinagem a alguns metros da minha sacada, ou seja, ou já passaram pela frente do meu apto ou ainda iriam passar. Enfim, segui minha rotina, fui escovar os dentes, tomar um banho, fazer barba e etc... ao sair do banho notei que o jardineiro estava cuidando do jardim já quase em frente da minha sacada, resolvi que iria dar a chance de ele ver... bem, o que quisesse ver... (risos), sai do banheiro sem nada e fiquei perambulando pelo quarto, com o desejo de ter os olhos do jardineiro em mim. Dei uma olhada por cima do ombro de leve e notei o jardineiro em pé, se esticando pra me ver. Fingi não o ter visto, dei a volta na cama e fiquei de costas para a sacada, deitei na cama de bruços com a bunda pra cima e bem arrebitadinha e fiquei ali olhando meus e-mails no notebook. Eu tinha certeza que ele tava me vendo ali peladinho. Deu uns minutos, fui até ao armário, coloquei um shortinho muito pequeno e apertadinho que tenho que deixa as papadas da bunda quase de fora, sem nada por baixo e fui até a sacada, no intuito de ver se o cara tava ligado em mim. Saí na sacada só de shortinho e o cara tava trabalhando bem na frente da minha varanda, aliás, que cara! Negrão, baixinho, mas forte como um touro, o jardim é bem perto da sacada, então assim que saí o cara olhou na minha direção, deu um sorrisinho e eu cumprimentei, dei um oi e comentei, "puta calor hein, deve ser osso ficar aí nesse sol", ele respondeu muito simpático que já estava acostumado. Eu repliquei "pô vocês tinham que trabalhar pelo menos sem camisa", ele disse que não podia que o chefe não liberava, mas disse que seria mesmo o ideal, e emendou "o bom mesmo seria poder trabalhar assim a vontade igual você está agora" (só o shortinho). Eu falei que só tava de short porque pra sair na varanda tem que ta vestido, porque em casa só ando pelado... Ele replicou "É eu notei mesmo!". Eu perguntei "como assim?" Ele, na lata, mas baixinho respondeu " ah o Sr. desculpe é que eu vi, sem querer, você saindo do banheiro... pelado" eu fiz uma cara de safado e perguntei, "depois que sai do banheiro, você viu mais alguma coisa??" ele sem titubear chegou bem na pontinha do jardim, o mais próximo que podia chegar e disse baixinho "eu vi você sair do banheiro e depois deitar na cama, e eu não consegui desviar o olho, pois não é sempre que a gente vê esse tipo de coisa e vou ser honesto com o Sr., aliás me desculpe por dizer isso assim, mas eu não consegui parar de olhar porque sua bunda é muito linda... parece de mulher", "sério!? Você gostou mesmo???"... "muito, gostei muito" disse ele com aquele olhar de devorador de bundas. Percebendo seu interesse óbvio eu perguntei baixinho que horas ele terminava o serviço. Disse que só lá pras 5hs da tarde... E perguntou "ingenuamente" por quê?... Eu disse baixinho de novo, “5hs é tarde e já vai ter gente em casa, mas se você conseguir parar ou sair por um tempinho, ela é sua", virei e arrebitei a bundinha. O cara pareceu ter levado um choque... Começou olhar pra todo lado, inquieto e perguntou se podia ser agora! Eu falei "claro, mas e o serviço?". "Ah eu aviso que vou almoçar mais cedo hoje, posso subir aí". Eu disse que sim e falei pra ele o n° do Apto e falei pra nem bater pra entrar e vir até meu quarto, nesse intervalo, fui ao armário tirei o shortinho e coloquei uma calcinha (de uma ex) bem enfiada no reguinho e deitei na cama esperando ele. Ouvi o barulho da porta abrindo e ele avisando que estava entrando, pedi pra ir entrando que estava no quarto no fundo, quando aquele macho negro apareceu na minha porta eu quase gozei com os olhos, nunca dei pra um negão e hoje seria a primeira vez então eu estava com o tesão a mil. Ele me viu deitado de bruços na cama e disse não acreditar que teria aquela bunda pra ele... eu disse como uma boa putinha "pois é, hoje ela é toda sua". Ele veio na minha direção já abrindo a braguilha e tirando a camisa, eu falei pra ele, antes, dar uma lavada nas mãos, pois cheia de terra ia zoar meus lençóis e ele foi sem choradeira, chegou à minha frente ainda de calça, mas já aberta e pediu pra eu tirar o resto da roupa dele. Sentei na beirada da cama e comecei a abaixar a calça, pelo volume que insistia em quase arrebentar o elástico da cueca vi que eu tava perdido, que aquela tora devia ser enorme... baixei sua calça e fiquei admirando o volume, encostei o rosto e fiquei acariciando com a boca, nariz, olhos, esfregando tudo naquela verga dura, e que delícia de sensação. Não aguentando mais, ele mesmo abaixou a cueca e me mandou chupar aquela rola preta... Não me fiz de rogado, peguei na mão, dei uma punhetadinha e levei a boca, comecei lambendo bem a cabeçona, lambi de cima abaixo, de lado, de frente, até que o enfiei na boca, não cabia mais do que a metade, e olha que tenho a garganta bem funda, na garganta até passaria, não passou foi na minha boca... (risos) pedi pra ele esperar eu pegar a câmera que queria tirar umas fotos e pedi pra ele tirar de mim chupando e dando o cu pra ele, fiquei ainda um tempão chupando, até que minha mandíbula começou a dar sinais de que ia ter uma câimbra logo, logo. Minha boca tava doendo com a grossura daquele pau, não era muito comprido... Mas era grosso! Então imaginei que no cuzinho não iria entrar nunca... fiquei com medo de verdade, mas o tesão acho que falou mais alto, alias foi o jardineiro que falou mais alto, mandou eu virar de 4 e arrebitar bem a bunda que ele ia dar um trato nela, fiz exatamente isso, fiquei de 4 na cama, ele me puxou com força até a beirada da cama, ainda de 4, e ficou um tempo passando a mão de leve na minha bunda, apertando, dando tapinhas, abrindo meu reguinho e dizendo o quanto minha bunda era linda e meu cuzinho uma florzinha...Foi muito carinhoso no jeito de fazer a coisa. Ele então começou a passar os dentes nas minhas costas, estranhei, mas a sensação era muito deliciosa pra eu fazer algo a respeito... Só me liguei quando chegou à minha calcinha, ele começou a mordê-la ferozmente e parecendo um bicho selvagem começou a puxar a calcinha com os dentes até descer ela até o meu joelho, então pegou com a mão e arrancou-a de uma só vez quase me derrubando na cama, nooosssaa que tesão. Então começou a lamber minha bunda, perna, virilha até que chegou e parou no cuzinho... tinha uma língua muito ágil, fazia os movimento circulares no meu cuzinho com maestria, deixava a língua dura e pontuda e enfiava no meu cuzinho... ficou nessa por uns 5 minutos... revezando entre lambidas e dedadas com aqueles dedos negros e grossos e ásperos calejados, uma delícia sem tamanho. A hora em que falou que iria meter, eu pedi pra por camisinha e ele disse não ter. Eu fui pegar uma, na hora de por no seu cacete foi um parto... A porra da camisinha não esticava o suficiente pro pau... foi um esforço colocar. Enquanto colocava a camisinha eu pedi pra ele ir com muita calma na hora de meter que eu não tava acostumado com aquela grossura... ele falou pra ficar tranquilo que não ia me machucar... mesmo assim fiquei literalmente "com o cu na mão". Ele me posicionou de quatro, arrebitou bem minha bunda forçando minhas costas pra baixo e começou pincelar o pau no meu rego... Senti o pau dele na minha bunda inteira, parecia que cobria o reguinho e mais meia bunda... (risos) ele avisou que ia colocar, pra eu relaxar que ele iria devagar. Dito e feito, ele apontou o pau e começou bem lentamente forçar... a cabeça parecia que estava maior ainda, eu sentia entrando a pontinha do pau, mas quando chegava na metade da cabeça meu cu contraia e ele tirava... assim foi por uns 5 minutos, ele punha até a metade da cabeça e tirava, metia dois, três dedos pra lassear, até que uma hora consegui relaxar e ele notando empurrou mais um pouco e entrou a cabeça toda... pedi pra ficar parado um tempo pra acostumar com a rola... ele deitou sobre meu corpo e ficou falando no meu ouvido que eu era um viadinho muito safado e coisas do tipo... Com essa conversinha vadia no meu ouvido fui relaxando e o senti empurrar mais um pouco da pica dentro de mim, mas ainda doía um bocado... e mais um pouco e falando putaria e assim foi até chegar quase nas bolas... Sentia meu cu preenchido, não conseguia nem mais fazer força pra piscar o cu... Não ia mais. Vendo que tinha me acostumado com o volume, começou lentamente o vai-vem, tirava até metade e colocava de novo, até que a dor passou por completo e eu pedia pra enfiar até o talo... Ele, nada bobo, obedeceu certinho... Enfiava até ao talo e tirava tudo, e ficou fazendo isso até eu, desesperadamente, pedir pra não tirar mais e me foder com força... pedido feito, pedido atendido!! Pegou-me pelas ancas e começou a me FODER de verdade, metia com força e rápido com o pau todo dentro de mim, metia forte por um tempo, aí cravava o pau até o fundo e ficava ali... forçando pra entrar tudo que podia... eu levava as mão pra trás e abria bem a bunda pra entrar cada vez mais fundo... sentia claramente seu saco bater no meu e os pentelhos raspando na minha bunda, acho que até hoje foi a foda que mais senti prazer... Peguei no meu pau e gozei, só segurando ele. Mesmo tendo gozado eu não queria que aquilo acabasse, continuei pedindo pica e ele vendo que gozei ficou mais insano ainda... "gozou é sua puta vagabunda!... vou te mostrar como se come um cu, como se arromba uma bichinha como você, vou te mostrar como se enche um cuzinho de porra!" eu só queria mais... Viramos de lado e pedi pra me comer de ladinho... Pedido feito, pedido atendido... (risos), encostou-se na cabeceira da cama e me puxou pra junto dele... Peguei seu pau e direcionei ao cuzinho arrombado, escorregou pra dentro muito fácil e ele me segurando a perna no ar começou a foder de novo com violência! Depois de alguns, vários, minutos pedi pra ser comido de franguinho... me virou ali mesmo onde estava, colocou o travesseiro em baixo da minha bunda, apontou o cacete e meteu tudo de uma só vez... quase desmaiei de dor pois não estava preparado... entrou sem relaxar o anelzinho... pedi pra parar um pouco mas ele me agarrou e intensificou as estocadas, eu tava quase chorando de dor quando ele aumentou ainda mais o ritmo e começou a tremer todo... senti que ia gozar também porque seu pau começou a inchar de tal modo que parecia sei lá o que, mas me estourava mais ainda as pregas, até que ele deu uma de louco e eu na situação que tava praticamente nem vi, ele num movimento tirou o pau de dentro de mim, tirou a camisinha, e socou o pau dentro de mim de novo, meteu com força e rapidez, após varias estocadas nesse ritmo me agarrou as pernas enfiou até o talo o pau dentro de mim e gozou... Só me liguei quando senti aquele quentinho nas entranhas e a porra saindo pelo buraco que ele deixou na minha bunda. Eu reclamei um pouco dele ter tirado a camisinha na hora de gozar... que ter usado antes não tinha adiantado nada e bla, bla, bla... ele me ignorou e disse pra ficar sossegado que ele era casado e que não tinha problema... eu fiquei meio puto, mas depois dessa comida eu queria que tudo fosse pra PQP, eu tinha ido ao céu e voltado... e ele notou na minha cara de felicidade... (risos) Disse que eu era uma puta safada e gostosa, e disse pena ter que voltar ao trabalho pois se dependesse dele ficaria me comendo o resto da tarde e noite! Fiquei feliz com sua fala, pedi claro pra ele não sair contando pra todo mundo, pois tinha reputação a zelar e ele falou pra ficar tranquilo, pois era o mesmo com ele. E perguntou quando poderíamos repetir a brincadeira... disse que a próxima vez que viesse ajeitar o jardim que ficasse de olho na varanda, ele não satisfeito pediu meu telefone pra um dia que tiver com tesão me ligar, eu dei... Afinal vai saber quando vai pintar outra oportunidade dessa. Só pedi, porém que fosse discreto, pois as vezes outra pessoa atende meu celular. Ele desceu e continuou seu trabalho na frente da minha varanda e eu fiquei peladinho na cama, vendo ele trabalhar, e rapidinho ele foi mais pra frente no jardim, saindo do meu campo de visão, não sem antes me dizer que logo-logo ia me ligar e me arrombar de novo. Foi a poucos dias e minha bunda ainda dói do que ele fez com ela, mas eu to adorando essa dorzinha...(risos)! Espero que gostem desse novo conto, votem, comentem, me escrevam... Fiquem à vontade, pois eu adoro ouvir seus comentários.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
03/05/2011 00:41:23
cara, adorei todos os seus contos. fiquei com o cuzinho piscando de tesão. nota 10 pra tods
02/05/2011 19:24:46
Muito bom seus contos vc e demais quando vc quiser dar pro vigilante me liga rsrsrrs ne add no msn podemos tc a vontade nota 10 pro seu conto

Online porn video at mobile phone


hq pornode a gangue dos monstrosfilho passando protetor em mae rabudaler contos eroticos de padres reaismulata safada gosto da vara do roludo e traiuCasa dos contos eroticos aula particularmulher dá o pintinho para o homem e mulher gostosinha peladinha gostosinha gostosinha cheirosinha da bundinha gostosinhaler contos eroticos de padres reaisputariabrasileira metendo o dedo ea rola na prima que geme com tesaocontos eroticos aventuras no baile funkHistória erótica zoofilia fode ovelhaos videos de sexo os lolitos da picaocontos eróticos de cheirando calcinha da amigaxvideos de puto corneteira caseiraminha sogra so espera meu sogro sair pra fuder comigo xvideofotos de sexuisualpono coxada mulher tera cacinha dela metro so saia 2017punhetabr.vai laxvidios mau emtra o dedobuceta gostosa no inatingível elas dandoentiada fogos com padrasto. comxvideo ensinando boiarprica cavalacontos gays de incestos.com- pai machão dominad come filhomenino passivinho gaycontos eroticos casamento nupciashomem fodenfo uma bezeranovinha cor de briga briga de lutinha de calcinhagostosa rabuda negra de shortinho damdo xvideocontos eroticos de meninos gay perdi a aposta no video game e o cabaco tambempornor doido batendo poleta na varanda sexomule tarada nuonibofoto de nuher pelada asbonitas gratuitomorador. de rua sendo bulinado ate gozarvidi o porno hone trezeno com eguhaver pauzão inteiro no cu gosando jatao de vazar e pingao pai passa a mao na bucetinha da filha e fode com geitinhodepilando a minha tia gravida contos eroticosmadrasta fagar estado batedor punhetatavinhomg casa dos contosnovata siririca pra irmaomeninas nen tentacorre xvideoscontos de sexo depilando a sograporno contos apalpada pelo tio do maridoXvideos mlheres com a buceta pegando fogo de vontade de da buceta pra mendigo sujocinquentona encarou 30 cm de pikacontos eiroticos leilapornconto porno amor em londresler contos eroticos menageisinuacao erotica pornoContos encoxei a pastorawww.xvideos meninas com fartura de carne da buceta e rabo gostosoxvidios vidios homem goza no cu da puta e ela comtinua chupando ate ele goza dinobocobradora gostosa pegando no pau do pasageiro xvideo.comcorno .amigo do negao dotadaocontosesposa trai o esposo com mulato de 1:90mulher de 18 anos abaixado homem verdadeiro dando a b***** e ela peidandohomempicudo cpmendo cadela no cio"felipe e guilherme- amor em londres"xvideo montadord moveisxvideos peguei a gorda na finaleiracontos eiroticos leilapornpenetracoes cavalarespornocontoincestosXsvideos punheta na frente da curiosacontos sexo minha mulher viu cara coxudo parque deu p eleAliviando os funcionarios contos eróticoscontos de mulheres vacas que levam na cona e no cugozou na garganta da lazarenta xvideosnovinha chupando oadrsto x vibusetão pardo bem abertozoofilia baixo saiaNX irmã dando para o irmão do Diguinhocontos meu filho veio morar comigo e no banho vi seu mega rolao eu queriafotos decasadinhas boqueteiras do corninhocontos eiroticos leilapornpornô grátis só contos eróticos sogra cozinhaxividio vo xoraporno loira quadriu grade americana pornoamigo da bebida. meturado com sonifero porn gayconto chupei meu avô cadeirantecontos.eróticos gay o negro da rola grossa e cabeçuda me arrombou e virei sua esposa econtos o negão bem dotado de todas as pragas da minha sogramenina gostosa bumbum de tanajura gostosa deliciosa com priquito de Fora raspado inchadoimagens de vaginas troxudasesses irmaos tem uma ligacao muito forte pornodoidocontos eroticos gay filho pegador de mulher vira gayela me contou que tinha sentado na rola grossacontos transando com cunhado mais novocontos eroticos nunca pencei disperta tesao en outro homem com minha bunda