Casa dos Contos Eróticos


Click to Download this video!

Fudendo com a dermatologista

Um conto erótico de Saulo
Categoria: Heterossexual
Data: 20/04/2011 15:33:21
Nota 9.25

Estou de volta para contar a vocês um episódio que aconteceu comigo no começo deste ano, uma pouco antes de me mudar para os EUA. Como já disse no meu primeiro conto (Ariela me enlouqueceu), sou modelo, e por isso tenho que cuidar muito bem da minha pele e do meu corpo. Bom, tendo essa vaidade, marquei consulta numa dermatologista. Quando cheguei na clínica, fui atendido por uma mulher muito bem apessoada, que dizia ser a secretária da Dra. Marina. Depois de algum tempo de espera, fui chamado para entrar. Chegando lá, fui recebido por uma mulher MUITO gostosa.

Acho que fiz até cara de tonto, de tão pasmo que fiquei. Ela tinha uns 27 anos, mais ou menos 1,75 de altura, seios médios, barriga retinha, coxas médias e um bumbum redondinho. Seu rosto era lindo, pele lisinha, olhos verdes, lábios carnudos, e nariz desenhadinho. Eu não gosto de mulher com peitão, bundão...Prefiro as mais magrinhas. Bom, ela se mostrou super simpática, e marcamos um peeling para a próxima semana.

Passado uma semana, fui ao consultório, entrei em uma sala diferente e deitei em uma poltrona azul, muito parecida com a de dentista. Logo ela entrou, com aquele jaleco, mostrando aquele corpo em forma, esbelto. Ela me cumprimentou, e se sentou na cadeira ao meu lado. Ela inclinou a minha cadeira, e começou a passar uns cremes em meu rosto. Depois de algum tempo calados, ela perguntou se eu queria fazer uma hidratação na pele.

Eu disse que, se possível, eu queria uma hidratação na barriga e nos braços. Então, ela pediu para que eu tirasse a camiseta, e deitasse novamente. Quando tirei a camisa, percebi que ela olhou um pouco espantada para o meu abdomên que, modéstia parte, é muito bem malhado. Dei-lhe um sorriso e deitei. Quando deitei, ela começou a passar uns cremes gelados em mim, e sentia uma sensação deliciosa. Ela passava até bem perto do meu pau. E eu estava a ficar muito excitado.

Não teve como controlar, e eu fiquei duro. Queria sumir, tava com vergonha. Ela fingiu que nada viu. Achei que ela fosse mandar eu me acalmar e tal. Mas não, ela até puxou assunto: "Você trabalha como modelo, né?". Eu disse que sim. E ela: "Ah! Agora entendi o porquê deste corpão". Eu dei uma risada e disse: "É, eu malho bastante. Você gosta de corpos sarados?". Ela disse que sim, e que adorou o meu corpo, todo depilado. Meu pau já tinha dado uma baixada, quando ela levantou e foi pegar não sei o que no balcão.

Eu tive uma visão maravlhosa de sua bunda, e fui até ela. Ela se assustou a princípio, e pediu desculpas, pois sua assistente estava grávida e tinha tirado licença, por isso estava se levantando toda hora. Eu não disse nada, e perguntei: "Se eu te agarrasse aqui, agora, você gritaria?". Ela deu um sorriso safado e disse: "Não sei...Tenta a sorte!". Aquela era a deixa. Eu cheguei por trás dela, tirei seu cabelo da nuca e comecei a chupar seu pescoço.

- Você é louco! Imagina se nos pegam!?

- Pega nada! - eu disse

Eu a virei, comecei passar a mão em seus seios, e me esfregar naquela bucetinha. Ela estava muito excitada, ofegante, dizendo que não poderia fazer aquilo. Eu baixei as minhas calças, puxei seus cabelos, e disse: "Chupa! Chupa, sua vadia!". Ela obedeceu e começou dando lambidinhas na cabeça, e massageando meu saco. Eu dizia: " Vai cachorra! Vou encher essa sua boca de porra!"

Ela chupava cada vez mais rápido, até que não aguentei, e gozei. Ela já subiu lentamente, me lambendo e beijando a minha boca com muito voracidade. Eu a peguei, e levei-a até a cadeira. Regulei numa posiçao confortável, baixei suas calças, e comecei a chupá-la. Ela começou a gemer alto, e, como haviam mais médicos na clínica, dei meus dedos para ela chupar enquanto eu a chupava, assim, ela gemia mais baixo.

Depois de lambê-la e fazê-la gozar, coloquei-a de quatro, e fui lambendo seu cuzinho, alternando entre a bucetinha e o cuzinho. "Pára de fazer isso seu gostoso...Mete, meeeeete! Eu imploro". Fiquei mais um pouco lambendo, até que ela quase chorou pedindo. Eu fui enfiando só a cabecinha na bucetinha. Enfiava e tirava. Ela ia à loucura. Quando coloquei o pau inteiro, ela quase gritou. Mas eu, já sabendo disso, tapei sua boca.

Metia muito forte, e ela pedia mais, mais e mais. "Arromba minha bucetinha, acaba comigo. Vai, vai, vai...Não pára! Tô quase, tô quaseee...Ahhh!". Ela desfaleceu naquela maca. Gozamos juntos. Fiquei dentro dela até meu pau amolecer. Depois fui me lavar no lavabo dentro da sala mesmo. Nos beijamos muito depois, e fui embora. Teve uma vez que voltei, e fomos pegos no banheiro da clínica, mas depois eu conto essa.

Espero que tenham gostado! COMENTEM!

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
09/02/2014 20:28:22
Para quem é tarado por médico entrem nesse grupo ;) http://m.facebook.com/groups/?refid=46
09/02/2014 20:19:40
muito bom o conto!
26/07/2011 21:54:34
Gostei bastante da forma direta e correta de apresentar o desenvolvimento de sua estória. Principalmente de deixar claro a delícia que era essa dematologista.
21/04/2011 03:44:38
DE FUDER,PARABENS VC FOI SACANAGEM, AINDA COME ELA?
21/04/2011 00:31:40
Cara tu tem muita coragem mais eu tb fodia ela e tb pegava o cuzinho e deixava todo arrembetado pra vc fuder depois




Online porn video at mobile phone


casetudo machucano cu do amigo bebado no matome abandona grandona da n***** moreninha virgem recebendo na bunda e sangrandofotos pes tezudos femininosvideo bde mulhe lavado abuçetaacabei liberando cu pro primo masnaogaymeu patrao agiota ele fudeu minha buceta virgem conto eroticomeu tio roludo arregaçou minha jovem esposa rabudapornô brasileiro mulheres comendo outra com pipador falando putariavídeo vídeo de sexo da Nenê da Galega chupando muita rola soltando balaxvideobricando de gozar com a maequero ver história e foto de boiadeiro comendo o cu do outro boiadeiro metendovidio socro depila a buceta da nora no banheirowww.x10 porno incesto mãe e filha obrigando ao filho para transar com elaspadrasto enganou novinha rachando no meio das pernas dele por empurrou a p***** todinha e gozou dentromulher casada d********* dando a b***** e chupando o pau e g****** na boca com mendigocomtos eroticos minha mae drogada foi fodida e eu tambemvideos pornos de mulheres de cor amarradas e amordaçadasgortavo trasandoxvideosdificil pra vc lukadeisinha dando a bunda.conto anal feia bunda tanajuracontos cdzinhaMe come,me chupa todinha,me xingao cara comendo a boyzinha da academia dentro do ônibus de saia XVídeosTa tarada roludo vendo novinhas com cálcinhas melecada casa dos contos gay acampamento com Rafael e pai perto da Cachoeiraxvidiossexodormindoxvideos com rabunzelcontoerotico novinha rabetaocontos eróticos de padastro abusivocafusa cavala mostra bucetasonho meu sobrinho transado comigoesposa fica brava amate gosa dentro xvidiocontos de sexo depilada na praiacontos de zoofila novinha gritando de dor na rola gigantescacontos de sexo depilando a sogramachostesudofiz uma foda bisexual com meu filho minha filha minha esposa meu caseiro sua esposa e sua filha contosRelatos gemeas moreninhas levando na bundinha contos eróticosmenina cai em cima do negro jumento.gemer disvairadacoroa taradasexo históriagordinhas costurado dando 2017 bundãocontos incestuosos papai. trepando com filha casada e genro olhandocadelas casadoscontoszoofiliaprica cavalaComendo a ninfeta grudadinho nelacontos eroticos corno bebado esposa com fogo no rabo amigo roludocontos eroticos sobre eu virgem com minha amiga e um vibradomeu patrao agiota ele fudeu minha buceta virgem conto eroticoirmao batendo punheta par irma e ela fica doindinha par rola dele grande e grossa e duravideo porno irmã bricano com seu imão e apiroca escurrega etracontos porno com padre gayporno gey cunhadinho chega en casa seu cuhado se decraraContos eróticos- bem novinha é desvirginada e grita de dorpornodoido filhinha escultural cabelos curtinho metendoxvideo montadord moveisbrotheragem capitulo 5Vou contar do dia que fis minha esposa gosar quenem loucaprimo não aguentou pau de outro primo Chorão e g******porno cara punhtado nervosoirmam fraga seu imao tocando punheta ela nao resiste do pra elecontos de incestos e surubas esposa com minha cunhada e minha irma nudistascontos eroticos amo minha maninha novinhaencostou a priminha no muro de sainha e meteu gostoso hdporno.com negao levanta a saia da gostosa casada enfia até o saco surpresa pra o corninhocomedor enrabando professora virgemrelatos eroticos pagando o aluguel com a filhinhasexo expkicito gratis exibindo cacetaoxvidiocasadas pedindo gala na bucetafodendo velha viúva a força contos eróticoscontos a bundinha da babáx.video novinha com 7negaoxvideo as novnhia da buceta carnuda xvideos velhsriascontos de incesto estava com medo da chuva e dormir com a mamãesunjando o forrò do motel de merda xvideoguilherme pausudoxvideos gostosas levanda trepicasmulheres que gostam de ser encostada no ônibus contosdescobri que meu genro quer me comer contos eroticosconto erótico meu pai abuso de mim quando eu tinha cincoanoscontos sexo com garçom em moteiscontos eróticos de meninas de 25 anos transando com cachorro com calcinha preta com lacinhos vermelhosvideoxxx contos eroticos tia bunduda madura ganhando leitinho do sobrinho.x videos pornô negão da piroca muito escrota mete na safada muoto forteContoerotico Professoragozadacontos que delicia comi o cuzinho de minha boneca!!!Conto erotico arombei minha enteada novinha magrinhCrys12 |Votos -Casa dos Contos zdorovsreda.ruconto gay ele se revoltou e tomou todas