Casa dos Contos Eróticos


Click to Download this video!

Fantasia Realizada

Um conto erótico de Gabii
Categoria: Heterossexual
Data: 20/12/2010 23:07:39
Última revisão: 20/12/2010 23:11:20
Nota 10.00

Oi Gente me chamo Gabrielly..

Namoro com o Beto (nome fictício) a pouco mais de um ano, nos damos muito bem..

O Beto é muito bonito, alto tem 1.90, cabelos pretos e arrepiados, olhos castanhos, uns 90 kilos, um corpo gostoso e malhado, e uma pica bem grosso e gostosa, 24 cm (eu mesma medi). Eu também não fico atrás sou morena de cabelos curtos. 1.70, 69 kilos bem distribuídos, bumbum e seios grandes, olhos verdes e uma bu gostosinha e cheirosa.

Eu e Beto somos bem flexiveis quando o assunto é sexo, sabemos tudo que o outro gosta, desde intensidade da penetração ate carinhos e chupadas, já conversamos varias vezes sobre fantasias, a dele sempre é me ver beijando e transando com outra mulher, a minha é ser pega com força por ele, como se não namorássemos e ele me “obrigasse” a dar pra ele como se fosse um estupro, já sonhei com isso varias vezes.. Mas ainda não realizamos a fantasia de nenhum dos dois, a dele foi falta de oportunidade (pois, apesar de freqüentarmos casas de swing, é difícil encontrar meninas que em vez de ménage queiram fazer apenas bi feminino, já que eu num aceito que ele fique com outras garotas), e a minha por ele não saber por onde começar, o que é uma pena. Depois de insistir por varias vezes, finalmente desisti..

Porem de um tempos prá ca, fiz amizade como uma GP( garota de programa), ela me disse que não é somente pelo $ que a faz continuar na profissão, mais que ela adora o tesão que senti com uns caras mais gostosos, que batem e gozam nela que a tratam como uma verdadeira putinha..

Isso me instigou de tal forma que fiquei louca pra saber qual era a sensação, notei também que de uma forma ou de outra o fato de ser tratada como uma puta envolveria minha fantasia do estrupo, pois ele poderia fazer o que quisesse comigo e eu não poderia reclamar.

No sábado iríamos nos ver, e então na sexta não agüentei mais só planejar e resolvi contar pra ele para ver sua reação, então lhe enviei um torpedo dizendo:

- Mor descobri que tenho uma nova fantasia..

- Aê amor, me conta..

- Não vou deixar pra te contar amanhã, pq quero ver sua reação..

- Para amor me conta logo

- Não vou te contar só amanhã se não você vai me zoar.

- Não vou te zoar não, fantasia é coisa seria, me conta vai.. to ficando desesperado

- Ta amor vou te contar então:

Eu tenho imaginado como seria se você me levasse para um motel e me tratasse como uma puta, queria que fizéssemos um amor bem gostoso mais sem o carinho de namorado somente com o tesão, ai você poderia meter como quisesse, gozar aonde quisesse e até me bater aonde quisesse.. o que você acha?

- Eita porra amor que deliiciiia.. Eu vou pensar no seu caso tá?

- Ah, vai pensar? Então ta pensa com carinho, porque eu sei que pode ser muito bom pra você também..

Não tocamos mais no assunto este dia. No sábado iríamos ao aniversário de uma amiga minha da faculdade, ele foi me buscar em casa umas 9 horas, no caminho ele me perguntou se eu estava falando serio sobre a fantasia, eu disse que sim e perguntei se ele havia pensado, ele disse que sim e que iria realiza - lá, demos risada e fomos a casa da minha amiga.. Ficamos um tempo lá e bebemos e nos divertimos, lá havia uma laje onde subimos algumas vezes para fumar, a laje era bem escura e sem cobertura, então ficamos a luz da lua.. Enquanto ouvíamos a musica eu ficava dançando me esfregando e acariciando o corpo dele, e quando ele vinha pra fazer o mesmo eu não deixava para que ele ficasse mais louco ainda.. Umas 4 horas da manhã saímos de lá alegando que estávamos cansados e fomos embora.

No meio do caminho para casa dele pegamos algumas avenidas que não eram movimentadas e em uma delas ele começou a me tocar, acariciando meu clitóris e minha bu por cima da calça, pediu pra que eu abaixasse a calça, e eu obedeci, ele tirou seu pau pra fora e eu soltei meu cinto para chegar perto, assim passei a abocanhar aquele pauzão, enquanto ele dirigia soltava gemidos e as vezes empurrava mais a minha cabeça na sua pica, ele continuou passando a mão na minha bu e como eu estava agachada ele começou a passar no meu cuzinho também, intercalando os buracos. De repente ele pede para me vestir pois iríamos entrar em um motel para terminar o que começamos, mais para nosso azar o motel estava lotado, aconteceu o mesmo em mais três motéis e então desistimos, optamos por ir para a casa dele mesmo e finalizar por lá.

Não satisfeita voltei a chupá-lo, ele pediu para que eu tirasse a blusinha e ficasse somente com a blusa de frio, nos faróis arriscava uma mamada em meus seios e quando eu voltava a chupar ele acariciava os biquinhos, perto da casa dele paramos atrás de um caminhão ele me mandou tirar a calça enquanto ele arrancava minha blusa e colocava no banco de trás, mandou que eu voltasse a lhe chupar enquanto acariciava minha buceta e enfiava os dedos no meu cuzinho, eu chupava com vontade, ele então enfio o segundo dedo, e aumentei o gemido então sem esperar ele enfiou o terceiro, dei um gemido alto de dor e ele segurou minha cabeça para que eu não parasse de chupá-lo, e disse em meu ouvido:

- Ta sentindo dor? Porque você gemendo de dor? Puta já esta acostumada a dar o cu, você nem devia sentir mais.

Foi então que eu entendi o que ele estava fazendo, realizando a minha fantasia, fiquei louca de tesão, ele abaixou o dois bancos da frente e metia com toda fora na minha bu, puxava meu cabelo me chingando de vagabunda, safada e batia no me rosto, minutos depois gozou.

Olhou para mim e disse que tinha sido muito gostoso, eu sorri e ele disse você ta cheia de tesão ainda neh? Eu disse que sim e que queria dar muito mais pra ele..

Comecei um boquete para animá-lo novamente em poucos minutos estava com o pau duro, fomos para o banco de trás e comecei a sentar em seu pau, a cada pulo que eu dava recebia um tapa no bunda ou um puxão, em certo ponto da cavalgada, tentei beijá-lo ao que ele respondeu olhando nos meus olhos e dizendo:

- Não vou te beijar, eu não beijo puta.

Gozei como nunca antes, sentia minhas pernas tremerem e gemia de tanto tesão, me mandou chupá-lo o que fiz com muito prazer, disse que iria gozar continuei chupando e chupando ate que derramou todo seu leite em minha boca. Limpei todas as gotas de sua porra e olhei nos seus olhos ele me abraçou e fomos para casa dele, pois estávamos exaustos.

Espero que tenham gostado semana que vem conto mais de nossas aventuras.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
03/01/2011 16:19:38
Obrigad, eli eus outros contos concerteza vai gostar..
23/12/2010 10:33:28
otimo




Online porn video at mobile phone


putas peladas meladas de margarina no cuquero assistir mulher do berço carnudo de sexo chupando rola na boca todahttp//eternahelga.blogspot.com.brpornodoido sistema.brutodei o cu e a buceta pro meu primo e me arrependisogra coroa gostoza vai ao banheiro cagar e genro vai atraz e faz analcoletania de corno com vekhas bundudas que gritam na picadez ano padastro gosa na minha bocawww.com.pornozinho.filha senta no colo do pai deixa elhi de bau durovidio mulher casada com roupa fodendo enfrente o marido ate escorrer porrsvelhas festejando c negros cacetudosConto porno apanhei de chinelo na bundabai uma punheta olhando minha sobrinha na praiacunhadinha dando de shortinho bem curtinho São Paulo com a cunhada Patrícia de mim gostosinhocontos de sexo raspei minha bucetaseita crossdressero coroa nos comeu contodata zarad xxxvedioxvideos ruansafado e a coroa chupanoXvidecarnenovinha nao aguenta o pau do negao e chora pornordoidoxvideos tiramo o terzaoxvídeo a novinha tomar esperma do joelhinhomulheres que procura hamem pratrepa em pernambucoEMYRYZ-CASA DOS CONTOS ERÓTICOS|zdorovsreda.rudeposito de porra molecadacontos de viadinho dr calsinhaContos.shortinho.curto.enlouquece.filhoContos eroticos.de filha ajudando paiminha bucetinha crente pequena foi arromvads a forcacontos de cú de solteironacontos bi vi meu pri meter na prinha prima fiz ele comer meu cu e eu fudi eláconto gratis branquelo chupou a buceta da mulatax vídeos porno eu e minha mãe fomos tomar banho e fiquei esitadomulheres brincando com penis so na portinharelatos de casadas que treparam e engravidaram dos seus amantesdago do r**** gostosa de short curtosou casada o meu cunhada me estorou a bucetinha contoscontos eroticos com maconheiromorena muito gostosa dano o curzinho para o seu irmaoxvdio da mulher deixou o marido dormindo e foi da para outro ater gosa na picarelatos e contos caseirosde filhos que fragaram suas mae f sexo pornoele arrebentou meu ultero xvideoRopinha de dormir bem provocantecontos meu tio pauzaocontos eroticos depois da balada em osasco 11/2016Conto porno de incesto de pastonegrinho fuendu gostoso xvideosclarinhasafadinhasobrinho comendo o cu da tia com piroca acogumelovideos coroa brasileiro casada uza cosolo caseirobaixinha casada dormino sem roupavideo nwgao pisudo renta cu da travestiespiando sebastiana tomar banho contos eróticosporno engoliu a porra e catinou mamanoPornopiroconanobinha amarrada e punida sua buceta ate gozar lapada na bucetalevantou o lencol pra espiar a gostosa e bater punheta xvideonovinha de shortinho curto mostrando polpa da bunda pro papai fodelasfodendocom sobrinhosgostosascontos eroticos. bi femininonao saio de casa e um plugno cuzinhosonho meu sobrinho transado comigocontos enfiada no cuw.w.w.vedio sexy acunhadapreto esta fudendo amiha vizinha branqinhporno engoliu a porra e catinou mamanoeu quero ver encostadinha acaba com a rola pra fora e g****** na roupa da mulhercontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgev meninas 14aos 17 anus perdeno avirgindadeConto incesto garota de 09 aninhos popozudaa aula terminou iih eu fiquei na sala na siririca no xvideo