Perdendo a inocência (parte 3): Descobrindo a chantagem


Um conto erótico de SilvinhoJR
Categoria: Homossexual
Data: 31/10/2010 02:40:48
Última revisão: 02/11/2010 14:03:14
Nota 9.67

No meu segundo relato contei que eu brincava de pique-esconde. Alex acabou me levando para um porão. Ele disse que se eu colocasse o pau dele na minha boca, ele continuaria sem debochar de mim com o resto da turma.

Eu pensei: É só agüentar uns minutos com Alex, e fazer o que ele queria, pra eu continuar numa boa com a turma, sem ficar de cabeça quente.

Mas Maicon, um dos nossos colegas (18 anos) pegou a gente no flagrante e disse: “Ahaa! Olha só o Alex comendo o Silvinho no porão! Por isso que você queria que o Raul fosse o pique não é Alex! seu malandrão!”

Na hora eu não sabia o que fazer! Estava desesperado! Alex olhou e disse: -“Maicon fica de bico calado cara! Eu sei que tu é meu camarada e não viu nada hein! ”

Maicon riu e falou: -“Alex isso vai depender de você cara! Tu acha que agora você vai ficar nessa boa vida sozinho? Agora tu vai ter que dividir o silvinho comigo! Eu como e você come. E todo mundo sai ganhando! Se não concordar vou ter que contar pra dona Viviane que o filhinho dela virou tua mulherzinha.”

Alex respondeu: -“Não cara! Eu ia te contar sobre isso! Mas já que tu viu antes esse esquema agora fica entre nós! ”

Eu custava a acreditar no que ouvia! Percebi como Alex era traiçoeiro e mentiroso! Percebi que agora eu era refém de chantagem!

Eu respondi: -“O que é isso gente? Vocês acham que eu sou o que? Vocês estão malucos! Não quero mais amizade com vocês!”

Maicon riu e disse: -“Perai silvinho! Tu quer que eu conte pro bairro todo o que tu anda fazendo? Sua mamãe também vai saber!”

Eu disse: “Maicon isso que você faz é sacanagem cara! Isso não se faz! Parem com essas idéias malucas!” e dali eu saí correndo pra casa desesperado com a situação!

Confesso que nem dormi direito! Será que eles iam contar pra todo mundo? Acho que eles não seriam tão sacanas! Estão blefando!

No outro dia eu fui pra escola de manhã. Minha mãe sempre me leva e me traz de carro todos os dias e vai trabalhar depois.

Assim que chegamos em casa pra almoçar, abrimos a porta e vimos um envelope no chão da sala! Minha mãe caminhando até a cozinha me perguntou de lá: “Silvinho, o que é essa carta aí no chão? Veja se é pra mim!”

Eu peguei rapidamente e estava escrito “Para Viviane, mamãe do Silvinho”; Na hora eu gelei todo!

Nervoso eu respondi: “Não mãe! É pra mim. É um negócio que eu pedi da internet!” e corri pro meu quarto! Abri o envelope e estava escrito: “Mamãe Viviane, já pode parar de dar mamadeira pro seu filhinho, pois ele já toma leite de marmanjo! Silvinho é a mulherzinha do bairro!”

Eu não acreditei no que eu li! Eles estavam falando sério! Tenho certeza que o Maicon e o Alex estavam metidos nisso!

Então eu pensei: “Estou na mão deles! Ou eu faço o que eles querem ou estou frito!” Diante daquela situação eu fiquei disposto a cooperar com eles! Definitivamente não tinha saída!

Depois do almoço minha mãe despediu de mim e foi trabalhar. Como eu disse antes ela é professora de educação física.

Era umas duas horas da tarde quando o Maicon me chamou pelo interfone e disse: “Ae silvinho, eu e o Alex estamos te esperando! Desce aí pra gente conversar! Olha o combinado hein!”

Era hora de saber o que eles queriam comigo!

Daí eu desci e lá estavam os dois sentados na portaria do prédio sem camisa. Cheguei e sentei perto deles. Eu já previa que estavam querendo me chantagear. Maicon disse: “Ae silvinho! Ta obediente! Assim que a gente quer!”

Eu disse: “Vocês estão indo longe demais! Por que estão fazendo isso comigo?” juro que eu quase chorei!

Maicon respondeu: “Calma silvinho! Só queremos que você ande com a gente! Se você cooperar você vai ficar bem! hahaha”

Ouvindo aquilo fiquei sério e calado! Daí os dois começaram a conversar sobre mulheres e sexo (como sempre), enquanto eu ficava ali como que à disposição deles!

Maicon dizia: “Cara! A dany que mora no meu prédio é gostosa demais! Se ela der mole eu como! Aliás, faz tempo que eu não como uma bunda! Só de pensar eu fico de pau duro!”

- “E os peitinhos pequenos dela já viu? Show de bola!” respondia Alex.

Maicon então disse: “Parece até os peitinhos do silvinho! Ae silvinho por falar nisso tira as tetas aí deixa a gente ver!”

(Porque eu era mais gordinho e tinha peitos mais salientes)

- “Não Maicon! Já começou? Pare com isso!” eu disse.

Alex então falou: “Ae silvinho! Mostra aí na moral! Só pra gente ver como é! Não dá nada!”

- “Não! Parem com isso!” eu respondi.

(Mas Maicon insistia): “Silvinho esqueceu o combinado? É melhor tu aceitar senão já sabe o que vai acontecer! E tem mais! Se tu deixar a gente sobe La pra casa pra jogar videogame!”

Daí eu pensei: Já estava ferrado mesmo, o que viesse era lucro. Eu não tinha escolha senão fazer o que eles queriam.

Além disso se eles fossem jogar videogame talvez eles me deixassem em paz!

Então eu disse: “Ta bom mas só um pouco!”

Olhei pra ver se vinha alguém e depois subi a camiseta pra mostrar o que eles queriam.

Alex disse: Olha isso cara! Que tetas! Parece de mocinha!

Maicon e Alex começaram a pegar e apertar com força! Já estava começando a doer!

-“Olha isso cara que delicia! Igual de mulher!” disse Maicon.

“Para! Agora chega! Vamos lá jogar videogame Maicon!” e desci a blusa.

“Ta ok, vamos lá...” disse Maicon.

Daí levantamos pra ir jogar enquanto o Maicon continuou a tirar sarro de mim com o Alex dizendo: “Olha Alex até a bunda do silvinho é igual de mulher! Chega a engolir o short! Silvinho, desse jeito dá pra te comer muito!”

Eu já sem graça e p... da vida com Maicon respondi: “Maicon isso não é Brincadeira!” Mas os dois começaram a rir.

E sem eu menos esperar Alex de repente levou a mão na minha bunda e me apalpou!

Ele disse: “Deixa ver... Caramba Maicon! Que delícia de rabo põe a mão pra você ver!“

Olhei logo pro Alex e disse: “Ah não Alex! Isso não vale! Isso eu não vou aceitar!”

Alex começou a rir com Maicon! Como sempre não tinham o menor respeito por mim...

Maicon então disse: “Silvinho por que tu gosta de vestir esses shorts de vadia? Tu quer mesmo é levar mão na bunda!” e

passou a mão na minha bunda também!

E continuaram a rir enquanto eu ficava com raiva...

Como eu vi que eles não me respeitavam resolvi deixar pra lá aquelas brincadeiras sem graça e pensei: Se eu parar de apelar, isso perde a graça e eles param com essas gracinhas. E resolvi que não ia mais apelar!

Chegamos no prédio onde Maicon morava e entramos no elevador: Eu Alex e Maicon.

Maicon voltou a colocar a mão na minha bunda! Começava a apalpar e abrir minha bunda com as duas mãos dizendo: “Olha esse rabo Alex! Bumbum de vadia mesmo! Lisinho e branco!”

Como planejado eu não reagi, mas os dois começaram a segurar e apertar minha bunda com força dizendo: “Olha só!

Esse rabo é mesmo lisinho e macio!”.

Eu apenas disse: “Ih gente! Isso já perdeu a graça já!”

Maicon então puxou meu short pra cima com força pra ele ficar enterrado na minha bunda e falou pro Alex: “Olha Alex! Engoliu o short quase todo!”

Alex então respondeu: “Ah Silvinho sua vadia!” e me deu um tapa na bunda.

Aí já era demais! Os dois começaram a dar tapas que doíam, e eu pensava em reclamar daquilo! Como o short estava enterrado os tapas pegavam direto na bunda e estalavam!

Aí eu disse: “Não gente! Aí já é demais!”

Mas os dois continuaram a rir e estapear minha bunda! Como eu vi que aquilo não ia parar, fechei os olhos pra tentar agüentar! Tive um alívio quando a porta do elevador abriu!

Tinha um espelho logo na saída do elevador e aí pude ver que minha bunda estava toda vermelha e cheia de marcas de mão!

Tentei consertar meu short, mas o Maicon segurou minha mão e disse: “Não! Tu vai ficar assim igual putinha com a bunda de fora senão não joga videogame!” Então eu deixei pra lá, mas eu tinha a sensação de andar nu, com aquele short enfiado na bunda.

Continuamos andando até o apartamento do Maicon. Alex então perguntou se tinha alguém em casa.

Maicon disse rindo: “Não! Só a empregada e meu irmão pirralho! Maicon então tocou campainha e a empregada abriu a porta pra gente.

Fiquei vermelho de vergonha porque eu percebi que a empregada olhou pra mim e viu que eu estava com a bunda quase toda de fora e marcada de mãos... Mas o que eu podia fazer?

Entramos no quarto e sentamos no chão para jogar. Maicon ligou a TV enquanto conversava com Alex.

Maicon então colocou um jogo de futebol excelente pra gente jogar e disse: “Começa a jogar eu e Alex. Quem tomar gol passa o controle!”

Acho que o pior já tinha passado! Agora eu poderia ficar mais tranqüilo e jogar videogame. Aliás, eu estava doido pra jogar, pois adoro videogame e pedi um Playstation III pra minha mãe no natal!

Os dois começaram a jogar. Passado uns minutos Alex fez um gol no Maicon e gritou: -“ahhhh! Hahaha! Toma Maicon!”.

Já mais à vontade eu comecei a rir rsrsrs.

Maicon olhou pra mim e disse: “Ah é Silvinho? Ta rindo de que? Então vem pegar o controle que é sua vez!”

Maicon então colocou o controle do videogame dentro do bermudão dele, e disse: “Vem silvinho, pega pra tu jogar hahaha”. Alex riu também.

Então eu disse: - “Está louco Maicon! Lógico que eu não vou enfiar a mão aí!”

-“Olha aí Silvinho! A partida começou se tu não pegar o controle o Alex faz gol e é minha vez!” disse Maicon.

Puxa estava a fim de jogar e o cara ainda fazia aquilo... Como a partida tinha começado nem pensei direito, fechei os olhos e enfiei a mão dentro da bermuda do Maicon pra pegar o controle. Não precisa dizer que acabei encostando no pau do Alex, que parecia estar meio duro, mas consegui tirar o controle.

Maicon rindo disse: “Ae Silvinho olha o que tu fez! Agora vai ter que amansar a fera!” e logo eu percebi que tinha um volume enorme no calção do Maicon! Maicon tirou aquilo pra fora da bermuda e segurou!

Alex começou a rir eu só não sabia por quê!

Falando sério! Nunca imaginei que alguém poderia ter um penis daquele jeito. Era do tamanho de um pacote de biscoito recheado e tinha umas veias grossas. Tinha uma cabeça grande que chegava a encostar no umbigo do Maicon.

Daí eu disse: “Maicon não vou falar nada com você hein!”. Mas Maicon começou a rir a balançar aquele “negócio” com as mãos.

Como a partida tinha começado e eu estava quase levando gol do Alex, resolvi ignorar o Maicon e começar a jogar!

Só que não demorou muito, acabei levando gol do Alex também!

Alex então disse: “ahh Silvinho! Tu é ruim demais meu! Passa o controle pro Maicon!” e eu passei o controle, contrariado!

Mas Maicon olhou pra minha cara de decepção disse: “Ae Silvinho, se tu segurar meu pau enquanto eu jogo, deixo você jogar duas partidas diretas depois!”

Eu disse: “Nem Maicon! Ah não pode deixar!”

Maicon então respondeu: “Como não silvinho? Esqueceu o nosso trato? E além disso vou te deixar jogar 2 partidas!”

Eu fiquei em silêncio pensando... e perguntei: “É só segurar né?”

Ele disse: “Segurar, fazer uma punhetinha e no final dar um beijo de leve na cabeça!”

“Ah não Maicon! Se for só pra segurar e fazer punheta eu aceito...” eu disse.

Maicon então respondeu: “Te deixo jogar 4 partidas se fizer isso!”

Aff! Fiquei em silêncio... Daí perguntei: “É só um beijo né?”

“É sim porra!” respondeu.

Aí eu disse: “Tá bom eu aceito...” preferi não contrariar! Pelo menos eu ia jogar 4 partidas diretas.

Aí ele disse: “Aeeee! Vamos jogar Alex! Pode começar silvinho! Segura que é todo seu!”

Eu olhei pro pinto do Alex que estava totalmente duro e encostado na barriga e ia até o umbigo! Parecia um cano! E pensar que meu pinto não era nem 20% daquilo!

Esperei ele começar a jogar. Foi quando eu levei a mão devagar e segurei o pau do Maicon quase no meio. Meus dedos nem se encontravam. Era duro! Comecei a movimentar-lo, mas era difícil, pois a pele do penis era super esticada!

Daí eu perguntei pro Maicon: “Desse jeito que eu tenho que fazer?”

Maicon jogando respondeu: “Isso Silvinho, continua seu trabalho! hahaha”

Eu olhei com mais atenção e vi que a cabeça do pau era enorme. Enquanto eu fazia a punheta no Maicon, começou a sair uma gotinha transparente do pau dele!

Era muito assustador aquele pinto! Como será que aquilo entrava na mulher? Pensei.

Só que Alex fez um gol no Maicon, e aí eu parei de fazer punheta.

Maicon disse: “Ahh qual é Alex? Cortou meu barato a punheta do silvinho estava show! Agora o Silvinho vai ter que dar um beijo na cabeça do meu pau pra terminar o serviço!”

Aff! Era hora de dar o beijo! Maicon se levantou e abaixou o calção e ficou na minha frente dizendo: “Vem Silvinho! Dá logo o beijo aqui no meu pau!”

Aí eu levantei e ajoelhei na frente dele enquanto Alex via tudo. Maicon disse: “Anda Silvinho! Segura e dá um beijo na cabeça!”

Peguei o Pau do Maicon e abaixei com a mão. Aproximei meu rosto, fiquei com o rosto perto do pau. Aff! Que cheiro forte de urina! Daí eu fechei os olhos, levei minha boca e dei um beijo na cabeça como prometido.

Maicon disse: “Ah silvinho! Seu beijoqueiro de pica! hahahaha” Alex riu também.

Eu fiquei sem graça e disse: “Pare Maicon! Já cumpri agora vou jogar!”

Era hora de aproveitar pelo menos! Com 4 partidas joguei quase meia hora de videogame!

Depois de jogar, Maicon disse pro Alex: “Alex, chega aí um minuto, dá uma pausa no jogo, quero falar contigo.”

Achei estranho, pois os dois cochicharam algo e não queriam me dizer o que era!

Depois disso o Maicon virou pra mim e disse: “Ae Silvinho, eu tenho uma proposta! Vamos jogar apostando, o que acha? Se tu fizer um gol, você pede algo pra gente e a gente faz. Se tu levar gol, o vencedor escolhe uma prenda pra você pagar. O que acha?”

Fiquei pensativo. Perguntei: “Eu posso pedir qualquer coisa?”

“Sim!” disseram.

Será que aquilo era armadilha? Mas eu tive uma idéia! Se eu conseguisse fazer um gol eu poderia exigir pra eles pararem com aquelas brincadeiras que já estava passando dos limites!

Como eu não tinha nada a perder e aquela era uma chance de virar esse jogo eu respondi: “Ta bom! Mas eu escolho quem joga comigo!”

“Ok silvinho. Combinado! Mas se perder vai ter que pagar a prenda hein!” disse Maicon

Acabei escolhendo jogar com o Maicon, pois sabia que Alex era viciado rsrs.

Começamos a jogar, e eu estava fazendo de tudo pra vencer! Só que pro meu azar, Maicon acabou fazendo um gol em mim depois de 10 minutos! Não ia me livrar tão cedo desses dois!

“Ahhhh hahaha! Ganhei! Silvinho agora tu vai pagar a prenda!” disse Maicon.

Puxa vida! Eu estava ferrado! Sabia que ia ter sacanagem! Por um minuto eu pensei em ir embora, mas eles não iam deixar mesmo. O jeito era pagar a prenda... continuar sob aquela chantagem! Se eu não cumprisse me esfolariam vivo.

Maicon pensou, pensou até que disse: “Já sei qual é sua prenda!” e se levantou e saiu do quarto. Minutos depois voltou com uma sacola e jogou em mim.

E falou comigo: “Agora é o seguinte silvinho! Vai lá no banheiro toma um banho e veste essas roupas da minha irmã! Usa tudo que tiver na sacola! Hoje tu vai ser nossa mulherzinha!”

Eu não acreditava nisso! Abri a sacola e pra minha surpresa tinha batom, perfume, calcinha fio dental preta, sutiã, um top, uma mini saia jeans e um par de tamancos!

Eu não acreditei naquilo! Olhei pro Maicon e disse: “Não Maicon! Isso não faço!”

Alex começou a rir. Maicon também.

Maicon olhou pra mim e disse: “Silvinho tu ta devendo uma prenda e ainda corre o risco da gente contar pra todo mundo que tu pagou boquete pro Alex. Acho que você não tem escolha. Então veste logo essa porra! Veste direito que a gente ta te esperando!”

Começou a bater o desespero! Acho que aquilo estava indo longe demais! Mas o que eu podia fazer? Fui pro banheiro deprimido, com aquela sacola na mão enquanto eles riam. Bando de sacanas!

Cheguei lá no banheiro tirei toda a roupa e tomei um banho. Contrariado me enxuguei...

Peguei a calcinha preta da sacola olhei bem... e vesti. Custei a colocar o sutiã! Depois a saia e o top. Estranhamente tudo servia muito bem. Parecia que já era planejado! Por último passei perfume e o batom, que eu nem sabia usar. Ficou tudo borrado.

Era hora de encarar a situação infelizmente! Calcei os tamancos e saí do banheiro, andando meio desajeitado. Entrei no quarto e eles me viram.

Maicon olhou pra mim e disse: “Nooooossa! Vou traçar uma putinha!”

Alex disse: “Caramba olha o silvinho, ta uma vadia de primeira!”

Já não estava agüentando mais e disse: “Pessoal, por favor! Chega disso! Parem por aqui, pois isso já foi longe demais!”

Maicon então deu a volta por trás de mim e me agarrou pela cintura dizendo: “Calma putinha, deixa a gente dar um trato em você primeiro!” e começou a forçar o pau dele na minha bunda, alisando minhas coxas com a mão.

Alex então disse: “Perai Maicon! Eu vou comer primeiro! O cabaço é meu! Eu to sacaneando o Silvinho há mais tempo!”

Maicon respondeu: “De jeito nenhum Alex! Estamos na minha casa! O cabaço é meu!”

Eu não acreditava no que eu via! Me disputavam como se eu fosse um pedaço de carne! Achei que eles iam brigar ali mesmo!

Alex então disse: “Maicon, então vamos decidir isso no videogame! Quem fizer gol primeiro leva o cabaço!”

Maicon pensou, para evitar confusão acabou topando a aposta.

Eu estava perdido! Sentei na cama angustiado com aquela situação, pra esperar qual daqueles dois ia acabar comigo primeiro. Como eu já estava ferrado mesmo, eu preferia o Alex, pois Maicon era muito bruto!

Mas era meu dia de azar mesmo! Não sei como Maicon fez um gol no Alex! Alex era muito melhor do que ele!

Alex jogou o controle no chão e disse: “Vai Maicon você venceu!”

“Ahahaha! Hoje é meu dia de sorte Alex! Fica jogando aí que logo é sua vez!”

Maicon se levantou na hora, me pegou no colo como se eu fosse um troféu e me colocou de joelhos cama de costas pra ele.

Me deu um tapaço forte no bumbum e disse: “Olha essa bunda! Pelo tamanho deve me agüentar! Agora putinha põe a mão na parede e arrebita esse rabo!”. Ele me dava tanto medo que eu fiz o que ele queria.

Coloquei as mãos na parede e empinei o máximo que eu podia. Maicon era muito bruto! Ele se abaixou atrás de mim, segurou minha bunda com as duas mãos e começou a separar as bandas do bumbum. Arredou a calcinha para o lado e enfiou a cara na minha bunda.

Era uma sensação estranha! Tinha dois espelhos no quarto e eu consegui me ver neles de tamancos, bumbum arrebitado, de calcinha para o lado e o Maicon socando a cara no meu bumbum. Sentia a língua dele no meu cuzinho e eu comecei a achar que aquilo não era tão ruim como eu imaginava.

Enquanto isso Alex jogava videogame do lado dizendo: “Ae Maicon! Depois sou eu hein!”

Depois de enfiar a língua na minha bunda Maicon disse: “Isso putinha! Agora você ajoelha, tira meu pau pra fora e mama olhando pra mim! Se parar de olhar levar tapa na cara!”

Sabendo que o Maicon era meio bruto acabei obedecendo. Ajoelhei, fiquei com o rosto a uns 20 cm do short dele que tinha um volume enorme.

Puxei o elástico do short e o pau escapou batendo na minha cara.

Segurei meio sem graça e abri a boca pra tentar engolir. Colocar na boca foi um custo! A cabeça era grande demais. Tive que abrir minha boca o máximo que pude.

Mas não consegui colocar todo o pau. Era grande demais e sobrava muito. Comecei a chupar devagar olhando pro Maicon que olhava nos meus olhos me chamando de vadia.

Daí ele começou a puxar meu cabelo, me afastando do pau dele. Depois empurrava contra o pau de novo, me chamando de putinha.

Ele disse: “Agora cospe na cabeça do meu pau e engole ele!”

Cuspi meio sem graça e coloquei o pau na boca. Por um momento eu olhei pra baixo, foi quando ele me deu uma tapa no

rosto dizendo: “Sua vadia mandei você olhar pra mim!”

Olhei de volta pra ele assustado. Maicon me disse: “Agora quero que você engula meu pau todo até chegar no saco!”

Tentei fazer isso, mas quando cheguei quase na metade me dava ânsia de vômito, pois a cabeça encostava na parte sensível da garganta. Eu disse: “Não consigo Maicon! É muito grande!”

Ele pegou o pau e começou a bater no meu rosto com ele me segurando pelos cabelos.

Então ele disse: “Tenta de novo! Se desistir leva tapa!” Fui obrigado a tentar de novo. Devagar fui descendo a boca com o penis centímetro por centímetro. Senti uma ânsia de vômito, mas decidi continuar, com medo dos tapas. Foi entrando tudo até que eu encostei meus lábios quase no saco dele. Começou a sair lágrima do meu olho, por causa da ânsia de vomito.

Ele delirou com aquilo. Ele vendo que eu não agüentava mais, ele disse: “Ta bom pode tirar!” Na hora eu tirei pra respirar. Quase me sufocou.

Maicon disse: “Hora de perder o selinho putinha” e me pegou e me pôs de quatro no meio da cama, ainda de tamancos e saia.

Fiquei ali de quatro esperando o que ele ia fazer. Olhei pro espelho, onde dava pra ver minha bunda com uma calcinha socada.

Maicon subiu na cama em pé atrás de mim. Puxou a calcinha pra o lado e enfiou o dedo no meu cuzinho. Aos poucos ele foi colocando todo o dedo e eu comecei a sentir dor.

Maicon dizia: “Vou te esfolar cuzinho!”

Ele tirou o dedo e se agachou atas de mim. Pegou o pau e começou a bater com ele na minha bunda, que chegava a fazer barulho.

Então ele disse: “Põe as mãos na sua bunda e abre ela pra mim!” Aí eu coloquei meu rosto no travesseiro e fiz o que ele pediu.

Depois ele começou a colocar o pau bem na entrada da minha bunda. Ele começava a forçar o penis dele pra dentro enquanto eu fechava os olhos e fazia cara de dor.

Teve uma hora que eu não agüentei e disse: “Ai Maicon! Ta doendo! Tira!”

Maicon respondeu: “Calma putinha logo a dor passa! E engole o choro!”

Sentia uma dor enorme! Mas Maicon continuava a me penetrar. Eu pude ver no espelho como o pau dele conseguia separar as bandas da minha bunda.

Eu morrendo de dor dizia: “Não dá Maicon! Aiiiii! Tira isso!”

Ele dizia: “Cala a boca caralho!”

Com muito esforço eu vi que ele conseguiu colocar a metade do pau. Nisso ele começou a movimentar e a dor começou de novo.

Eu disse: “Para Maicon, não! Ta doendo!”

Ele respondeu: “Fica quieta! Se ta doendo morde o travesseiro!” e continuou os movimentos.

Aos poucos a dor foi passando e eu percebi que o Maicon já colocava todo o pau em mim. Foi aí que ele começou a comer mais forte e mais rápido. Ele disse: “Pronto vadia, já te arrombei!”

Eu via no espelho que o saco de Maicon já batia com força na minha bunda e eu já não sentia mais dor.

Maicon dizia: “Viu sua putinha? Ta gostando? E começou a puxar meus cabelos como se estivesse me cavalgando.

A cama começou a mexer e fazer barulho. Maicon era muito bruto.

Eu podia ver a cara dele de satisfação, enquanto eu via no espelho que o saco dele batia na minha bunda com força fazendo um barulho “poc! poc! poc! poc!”

Estranhamente eu percebi que meu pinto estava duro!

Maicon percebendo também disse: “Olha aqui Alex! A putinha do Silvinho ta curtindo! Eu sabia que ela curtia macho!”.

Alex então levantou e veio para o nosso lado dizendo: “Ae Maicon, tu já teve o que queria. Agora divide comigo!”

Maicon então disse: “Temos dois buracos pra comer Alex! Não vamos brigar né!”.

Alex então abaixou a bermuda e aproximou o pau do meu rosto. Segurou meu cabelo e começou a enfiar o Pau em minha boca. Enquanto isso Maicon não parava de me penetrar.

Maicon olhou pro Alex enquanto me comia e disse: “Caramba Alex! Temos sorte de ter uma putinha dessas! Podemos comer ela sempre agora! Vamos manter em segredo!”

Maicon não parou um minuto de me socar. Pra dizer a verdade ele parecia nem se importar comigo.

Enquanto ele me enterrava no colchão e Alex invadia minha boca com o pau eu comecei a sentir uma sensação que nunca senti antes! A sensação era de ser dominado como se fosse carne no prato!

Acho que eu comecei a gozar pela primeira vez! Na hora eu tirei o pau da boca e deitei a cabeça no colo do Alex. Comecei a perder a voz e as forças dizendo baixinho: “Aaai Maicon! Aaai...” enquanto ele me socava sem dó.

Maicon disse: “Tu queria um macho pra te fazer gozar né vadia! hahaha” e completou “Eu vou gozar também, mas é na tua cara! Alex vem comer o cuzinho dela!” e desceu da cama.

Enquanto isso Alex assumiu a posição do Maicon e passou a me comer. Enquanto Alex começou a me penetrar Maicon sentou na cama e me segurou pelo cabelo. E disse: “Chupa!” e eu comecei a chupa-lo enquanto ele batia punheta. De repente ele começou a dizer: “Ahhhh vou gozar porraaaaa!” Como eu já sabia o que ia acontecer eu fechei os olhos no momento que Maicon começou a soltar jatos fortes de sêmen no meu rosto e na minha boca. Tentei tirar o rosto, mas ele me segurava pelos cabelos e berrava como um animal. Fiquei com a cara toda suja e escorria pelo queixo. Nisso Alex gozou também acelerando as estocadas e gritando: “ahhh putinha! Toma leite no rabo sua pilantrinha!”

Quando Alex tirou o pau logo escorreu sêmen dele pela minha perna. Os dois se deitaram cansados.

Levantei desesperado e olhei no espelho. Vi que meu cu aumentou de tamanho! Era um buraco enorme! E agora? Fiquei tenso com aquilo e disse: “Ah não Maicon, olha só como ficou meu cu! Como eu faço agora?”

Maicon riu e disse: “Relaxa porra, depois volta ao normal! Ahhh...”

Como eu vi que eles conseguiram o que queriam, me levantei troquei de roupa e fui embora, sabendo que agora eu estava livre, pelo menos aquele dia...

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
26/01/2016 17:43:29
muito bom
28/11/2010 19:28:05
E ai Silvinho, cadê você amnigo? Manda mais conto teu ai, vai.
02/11/2010 01:39:00
Simplesmente, incrivel!
02/11/2010 01:38:19
01/11/2010 00:39:46
Mais uma vez SilvinhoJR, você me surpreendeu com esse teu excelente conto, adorei a historia, muito boa mesmo, sou teu fã, manda mais. Nota 10
31/10/2010 12:38:25
muito bom o conto, espero por mais contos seus, vc escreve muito bem.

Online porn video at mobile phone


contoseroticos mulher lactante amamentandoxvidio mulher peidado na bokacomisario de bordo pauzudo deixo eu mancano xvideocontoeroticosfudenoxvideo esposa dexa escorer gala de canino da bucetafui amarrada por um cara e forçada virgem a da pra varios cachorros conto eroticover conto erotico sob faxineiros velhos tarado e pirocudocontoerotico eu namorada mae e tioConto no interior vi mamae pelada ela disse vou te capa cacetudoxaninha mostra as penujinhasPorno en t re s o gro e no ra conto eroticoFotos de piruzoes aleijados de machosvidio pano cunhado estrpa cunha dominoxvidio de padrasto comendo. a imtiadaputinha. estigou o priminhox vidio pinto arregassano bucetanovinha teimosa ganhou pau do mais velho pornodoidoContos eróticos gay comi meu tioporno comendo em dois e explodindo cu ea buceta da novinha atéh ela cagarcunhada mamou gistosoporno negao69Vidio pornô de gay de pratao fazendo sexo com a impregnados até ele goz Conto erótico por vingança me deixaram peladaxvideos gordinha bem feitinhacrente safada contosmulher ve cara batendo punhwta e pede pa chupar e beberincesto com meu vô contosvideos de gosdosa tirado fio dendal de 22anoscontos: consegui convencer minha esposa ao culckoldingMathz - CASA DOS CONTOS EROTICOSFidendo com aspermas abettaMULEKE NOVINHO BATENDO PUNHETA SOZINNHOquadradinho eróctico a filha do vizinhopuxar o courinho da piça pra mijar x videopornodoidao mae ensinado entiada a fudeeu quero ver homens e mulheres se beijando pelado e como colocou o piru na no bumbum da minha ficou salgado se beijando peladosContos eróticos procurando aventura no clube de campofugio da aula para da buceda e leva gozada tendrodois paus no cu do viadopornodoidoouvir contos eróticos AminaPorno gratis xvideos marido rebita a bundax video dois homem botando suas pica na boxa da mulherconto gay afeminado cabeleiro fio dental negrocontos peido e fudeuxvideo eu trazando com minha vizinhasquirt alucinador porncontos Fudidos De machucamento vaginal meu sobrinhomorena.gostisa.gosando.de.isguinxosSou mulher casada meu compadre me fodeucontos eroticos de irmas gemiasxvporno de novinha de dezeseis anosde vestido trazandoconto porno paixao escandalosamulher marido chamaum cara dotadao para fudeelasergipana do grelo grande fode ate gozargarotimha aprendendo bate punheta no papaiConto tio gay - "mama, vadia"xvidio gainhaNovinha da vagejadaDuda senta na cabeça do pau do filho e dá uma reboladinhavideo de novia aprido abusetia vixiantonio negro comedor abriu a porta dotado conto corno mansoME.ININHAS SAPECAS XNXXporno mãe distraida filho enfia tudo no cuzinho delanovinha deitada no sofa devestido curtinho negao pega a fosa pornoxvideu viado napina comedo uviadocontos. depois do jogo fui tomar banho com meu irmao e so punhetacomadre milhadinha dando pra ocumpadre pornomeu corninho eu quero uma pica gozando dentro de minha e meu céupasei amao nela eila goistou nuonibuenudou boceta da vadia d porracontos de sexo quente com mendigos sujos e taradoscontos tetinnha pequenasadomasoquismo c arrombadas e peitos esmagadostia troxuda de calcinhaesposa revoutada com o marido da o cu na frente dele pornodoidomulher do peito e gigantão do bumbum gigante rebolando até o chãofudeu a buceta lozinha da mamaexxvideo gay gosando sem bota a mao no pauporno conto erotico irmao eguateens paus cabeçudos grandes gozando fortes jatos porranovinia alizando sua bucetiniaminha madrasta vaca pornocontos vi a janara fudendoconto erotico mae no ciopedreiro fode menina em cima do andaime pornôcontos virgem amassoscontos eiroticos leilaporncontos eroticos gay meu tio de vinte anos me comeu bebado quando eu tinha oito anosconto porno saiu sanguevidio mulhe deixado gozadetroaspanteras filmes porno a cordano minha mae japonezaAssistir filme porno pelowhat saappornodoidomadrasta me oçhandomulher mostrando a bunda com Arturzinho Só de shortcontos eroticos tentei fugir mas fui estupradatransandp no presidio com a maicontos minha bucetinha js tem pelinhos