Traição com Dois


Um conto erótico de 2j
Categoria: Heterossexual
Data: 23/07/2010 06:43:23
Última revisão: 23/07/2010 08:34:02
Nota 9.78

Meu nome é Júlia. Tenho 28 anos e sou casada com dois filhos. Com 16 anos comecei a namorar meu esposo. Até pouco tempo atrás ele tinha sido meu único homem. Transávamos muito. Com o tempo descobri que eu gostava de sentir o medo de ser flagrada transando. Fizemos sexo na lavanderia com meu irmão na sala, no drive-in, na escada do prédio, no carro dentro do estacionamento da faculdade, enfim em muitos lugares.

Com o tempo fui sentindo a vontade de transar com outro homem. Meu namorado depois de um certo tempo disse que aceitava essa situação. Nessa época ter internet com msn ou entrar em chats para transar era o máximo, mas eu nunca encontrava ninguém que não parecesse um pervertido. Até um dia que meu namorado estava no msn com um amigo que mora no exterior. O amigo era lindo e vivia com uma namorada.

Fizemos amizade e descobri um mundo novo. Durante uns três meses fizemos sexo virtual quase que diariamente. Isso fez meu namoro ferver. Eu gozava no virtual e no real. Aí eu queria dar para ele de verdade, mas a promessa dele vir para o Brasil nunca se concretizou. A ralação virtual esfriou até que acabou. Eu sentia inveja de duas amigas da faculdade que metiam com 1 ou dois carinhas diferentes por mês.

Depois de 5 anos de namoro eu casei. Foi ótimo porque transavamos muito, até o nascimento do primeiro filho. Depois do segundo então..Meu marido ainda me procura, muito mais do que procuro ele. O fato é que não me sinto atraente. Engordei depois de cada gravidez e fui perdendo o tesão. Estou 9kg acima do meu peso. Meus seios caíram, mas felizmente minha bunda e pernas continuam atraentes.

Com isso mergulhei no trabalho e investi em minha carreira, o que me rendeu várias promoções.Uma coisa que conta a meu favor é minha simpatia. As pessoas gostam de estar ao meu lado, mas sou a amigona, a conselheira. Nada além disso.

Agora, depois de 5 anos de casada aconteceu algo delicioso. Fui trabalhar em um sábado pela manhã. Apesar de não haver expediente, os meninos estavam viajando com meu marido e eu queria adiantar um projeto. Chegando lá encontrei dois colegas. O Marcos estava na sala ao lado da minha e o Fernando na mesa em frente a minha sala.

Eu estava de calça jeans, sandália preta de salto alto, blusa preta com um leve decote, uma corrente e brincos dourados, e uma maquiagem leve.

O Fernando entrou na sala para usar a impressora e falou brincando: Dona Júlia está poderosa hoje. Eu estava em pé, mas inclinada separando uns papéis. Ele estava olhando diretamente para o meu decote. Corei dei uma gargalhada e chamei-o de palhaço.

Bem chegou a hora do almoço, os dois estavam sozinhos e o Marcos convidou-nos para ir até a casa dele. Falou que tinha carne para fazer um belo churrasco com vista da praia. (O terreno da casa dele termina na praia).

Eu achei a idéia ótima e chegando lá, eu não bebo, mas o Fernando foi fazer uma caipirinha para eles. Percebi que eles estavam altinhos e muito engraçadinhos. Me arrepiei toda quando pensei! Homem bebado fica maluquinho. Sentia calafrios, mas sem coragem pedi uma Smirnoff Ice. Tomei duas, o que me daria um sono danado, mas minha cabeça estava focada em outro objetivo.

Falamos da empresa, das pessoas que trabalham lá, comemos o churrasco e eles depois da terceira caipirona e muitas cervejas, sonzinho Falamos das músicas velhas, de MPB, que o Marcos pôs para tocar. Até que chegamos no assunto sexo. Até que eu dei uma gargalhada e falei: vocês falam de sexo como se eu fosse um homem. Falam da bunda da Camilla, da gostosa da Lia. É que eu não conto nas mulheres da empresa. Com o coração na boca falei: não me sinto mais atraente. Nem pedreiro me canta mais.

Nisso o Fernando, 28 anos um negrão de 1m85, lindo, forte falou o que é isso claro que não. Estava tocando Rita Lee e o Marcos loiro, 1m75, 35 anos me tirou para dançar. A princípio eu ri, mas de repente começou um Funk do nada, caímos na gargalhada. Aí o Fernando me encochou por trás, o Marcos me apertou pela frente, com uma perna no meio das minhas e eu ensaiei uma rebolada. Minha imaginação foi longe Quando minha bunda foi para trás senti o pau do Fer já meio duro. Rindo falei: que situação! Eu já ia saindo, mas o Marcos disse podia ser pior e me apertou. Nisso o Fer me enconchou com mais força. Os dois estavam de pau duro! Senti um tesão incontrolável e meu coração na boca. Achei que a brincadeira ia acabar, mas o Fer foi erguendo minha blusa e parou na metade. Levantei meus braços para ajudar e daí o Marcos caiu de boca nos meus seios. O Fer enfiou a mão na minha buceta e com a outra baixou o zíper da calça. Pegou minha mão e colocou no seu pau. Tremi de tesão, mas pedi camisinha. Nisso o Marcos disse vou buscar. O Fer me levou para sala arrancou minha calça e meu sutiã . Aí falei: espera. Ajudei a tirar a camisa, abaixei a calça e tirei a cueca. Ele vinha com tudo mas eu pedi para ele esperar. Eu queria curtir o momento! Tanto tempo de espera. Aí abracei aquele corpão e falei: vou te chupar. Segurei aquele pau maravilhoso. Dei toda cabeçona para fora. Beijei a virilha e toquei a ponta do meu mamilo naquela tora toda até chegar na cabeça ele gemeu. Passei a ponta da língua no saco. Chupei uma bola, depois a outra e fui tocando uma punheta. Minha língua foi subindo até meus lábios carnudos e úmidos tocarem a ponta da cabeça do pau. Fui abrindo a boca, o negrão gemia, ele sentiu minha boca quente. Fui massageando com meu dedo a região entre o saco e a bunda dele e engolindo aquela maravilha. Aí chupei com vontade. O pau dele entrava e saia. Falei; fode minha boca, mas vou te chupar olhando teu rosto. ele obedeceu sem enfiar demais. Até quando eu enfiei a ponta do meu dedo na bunda dele . que acelerou descontrolado e gozou no meu rosto, cabelo e escorreu pelo meu peito. Ele me limpou com sua cueca e me fez cheirar. Pensei; cadê o Marcos com camisinha. O Fer me deitou no chão. Cheirou minha buceta e Sua língua me invadia... Eu gemia cada vez mais, mais alto. Estava adorando aquela força toda. Aquelas mãos grandes e fortes que puxavam minhas nádegas em sua direção. me abria e me lambia, sugava meu grelo e ao mesmo tempo me penetrava com seus dedos, eu já não acreditava mais que estava vivendo tudo aquilo, há tempos não era chupada com tanta vontade e sentia tanto prazer... eu gemia e puxava os cabelos dele, levando sua nuca para mim, as vezes apertava seus ombros.. ele percebeu que eu ia gozar e acelerou o ritmo, nossa, como chupava minha buceta gostoso, como metia seus dedos em uma sincronia perfeita, que então me fez explodir em um gozo estremecido na boca dele.

Finalmente o Marcos chegou. Ajudei o Fer colocar a camisinha. Aí eu vi o tamanho da vara que eu ia levar. Eu deitada de costas no chão ele agarrou minha bunda e pincelou o cacete na minha buceta. O lazarento foi me provocando na minha portinha, só pincelado. Até que elecomeçou a empurrar. Que delícia.Aquele prazer já era suficiente, mas tinha muito mais. Ele foi metendo e disse que apertadinha . Eu respondi: você que é enorme. Ele abraçou minha cintura e meteu com força...gritei de dor..ele foi bombando rápido e eu gemi e gritei de tesão, agarrei suas costas com força. quando ele gozou eu já estava gozando. Ele se deitou e vi o Marcos chegando de pau duro. Me ajoelhei e coloquei o pau dele no meio dos meus seios. E falei vai fode....chupei aquele pau que já estava melado com gosto, quando senti as mãos do Marcos na minha cintura. Ele abriu minhas pernas e demos um jeito dele ficar em baixo de mim. Tudo muito além dos meus sonhos. Chupar um pau e..ahhhh. um pau comendo minha buceta...fui cavalgando, mas já não conseguia dar atenção para o pau do Marcos. Sentei com tudo no colo do Fer. Senti o corpo másculo dele embaixo de mim...aí enfiei o pau dele inteiro e fiquei queitinha para caprichar na chupada e fiz o Marco gozar.

Ainda com muito tesão cavalguei o gostoso do Fer. Aí levantei e fui ao banheiro. O Marcos ligou a ducha e me abraçou por trás..ergueu minha perna esquerda e foi enfiando. O jeito que ele me comeu foi muito gostoso, fui ficando sem forças e preferi ficar de quatro. Ele metia com força e eu sentia meus peitos balançarem a cada estocada até que ele gozou.

Aí fiquei uns 10 minutos no banho. Nesse momento lembrei que eu era uma senhora casada, mas não senti remorso. Eu queria mais. Cheguei na sala e falei: os dois aqui. O Marcos riu e falou. Ih voltou a ser a diretora financeira. Ri e falei vou chupar os dois. Que sensação maravilhosa chupar dois paus ao mesmo tempo, alternando entre as duas varas. Um comprido e grosso o outro nem tão grande, mas um pau reto, com a cabeça grande e bonita. Me senti poderosa vendo os dois gemerem, mas antes de gozarem falei para o Marcos deitar e o Fer olhar, e cavalguei o pau dele. O Fer olhava e alisava o pau. Logo o Marcos gozou e deitou em uma poltrona. O Fer veio e me abraçou . Começou a me beijar . Adorei o carinho dele. Nos beijamos muito enquanto eu acariaciava o pau dele, e depois fomos tomar mais um banho. Ficamos somente nos carinhos até que eu pedi para ele me comer mais uma vez. Ele se deitou no chão do banheiro e pediu para eu sentar de costas para ele. Hum, cavalguei gostoso, depois fizemos de ladinho e com ele por cima. As camisinhas acabaram. Olhei para aquela maravilha de pau já cansado e falei: te derrubei gostosão. Ele veio me abraçou e beijou meus seios. Gemi. Ele chupou meus seios e enfiou um dedo na minha buceta. Meus seios estavam doidos por uma chupada e não demorei para gozar.

O Fer me beijou e falou. Quero uma revanche. Eu bebi demais hoje, na próxima vez eu acabo com você. Só que daí vamos ser só eu e você,e me beijou novamente. Eu sempre achei que você era um furacão no sexo, agora tenho certeza. Nos vestimos e o Marcos roncava na sala. O Fer me beijou e me levou até o carro. Me deu um abraço carinhoso e disse: prepara todo seu corpinho, porque nada vai escapar da próxima vez.

Espero que as mulheres casadas gostem deste fato que foi real. Deveria ter deixado em uma vez só, já era demais. Só que antes de Marcos mudar para São Paulo dei para ele novamente, ajudando na mudança. Ele disse que sou inesquecível trepando.

Uma mulher casada com dois filhos metendo com um cara casado e com filhos também. Pelo menos essa situação se resolveu.

Minha vida sexual voltou a ser maravilhosa, não como no começo do casamento, mas voltou a ser maravilhosa. Voltei a me sentiruma mulher desejável outra vez.

A dois dias atrás voltei de uma viagem pela empresa junto com o Fernando, e vocês podem imaginar o que aconteceu. Agora ele começou a namorar e espero colocar a cabeça no lugar e tomar juízo, mas foram experiências inesquecíveis.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
08/08/2010 15:55:25
MT BOM... pode nos add no msn????
06/08/2010 01:13:39
procuro alguem bem safadinha para casar, é casar casar mesmo sou louco para casar tudo de uma mulher até ser corninho bonzinho interessdas me procura por favor MSN
31/07/2010 02:40:05
Muito bom cadelinha tesuda, me add no msn
26/07/2010 15:25:29
Adoro situações de perigo. Fiquei totalmente envolvida e vejo que você se arriscou mais do que eu. Amei!
23/07/2010 17:31:35
Seu conto e maravilhoso,depois do casamento muitas mulheres se sente menos desejada,alto estima fica baixo,nada como uma boa aventura deliciosa para corrigir isto..parabéns,acho que seu conto não faltou nada,ta perfeito..parabéns! depois veja meus contos,e deixe seu comentário..bjs
23/07/2010 11:07:14
Conto excelente! Bem escrito, muito excitante. Adoraria ter uma colega de trabalho assim. leia tambem os meus relatos e me adc
23/07/2010 09:08:28
Vou te contratar sua cachorra....Quer trabalhar comigo no meu financeiro? Aposto que o cheiro mais sensível que vai ficar no ar será o de sexo...
23/07/2010 08:54:02
Muito delicioso este conto, me deixou todo excitado aqui. hehehe pena que estou sozinho em casa e não tenho seu MSN para podermos 'brincar' e nos aliviármos. Mas vou deixar o meu aqui. Vá que vc se sencebelize e volte a fazer virtual??? hehehe Bjs.
2j
23/07/2010 08:36:27
Oi Jordane, eu concluí o conto a pouco. Não contei para ele ainda. Preciso fazer isso senão não vou me sentir em paz. Só quero fazer no momento certo porque não quero perdê-lo.
23/07/2010 08:00:05
Pelo jeito você mete gostoso e chupa divinamente. Gozei

Online porn video at mobile phone


xvideo gay andarinhos pastoucanto erotico velho taradoxxvideo enviando abraço na buceta mulheres delangerrie em poses eroticasmae dormi no colo do filhoxvidiobunduda agachando para pegar objetos do chãoporn diario de leticialer conto erotico de padre reaismulher e emcoxada no bus e adora e roca a bunda no cacete durodesenho de um homem transando cm uma mulher debruçada no capo do carrofilhaviu o pai pelado e virou a bunda pra ele comerlindas nalvinhas 1000fotoscontos climax. negao roludotia marta safada deixa exfrega meu nesse rabowww.casadoscontos branquela arrombadabeloto quando apostou o cuchupando a rola do primo devagarindomae da a buceta pra.compagar divida do filho contos eroticoshttp://googleweblight.com/?lite_url=http://zdorovsreda.ru/texto/201611705&ei=QNltk2x8&lc=pt-BR&s=1&m=288&host=www.google.com.br&f=1&gl=br&q=Conto+erotico+2018+crentinha+novinha&ts=1543746924&sig=AFjPxgWZG_SgaqcVY66PgGWBEy20SCgDvwvoiarismovideos pornos mulher que fala brasileiro dando o cú e gritando fode minhas pregas até estorarcontos fiz tesoura bem gostoso com maninha caçulavideos. evangelicas. sendo. encoxadas. e. gozadasfasse%20x%20pornomulher com a buceta estorada de da pro coloso grosoesposa linda apanhando de2machospono. amugo. come. vabuda. da. namorada. do. amigo. xora. pau. olhapono con ma sendo fiolentada pelp filio no cuarto e espanca o cu dea no analchupeteira do condominio contosxvideo sinhazinha vai na sezala da cu para o escravocontos eroticostranzei com uma de 17 aninhostravesri pau 40centrimo fode amigoConto erotico fazendeira gostosa da pro caseiroconto erotico `gerente do restaurante`www xvideos menina pega omém gradecontos eróticos de esposa fodendo com outrobabá da nuvem passageira filme pornôvideo de mulher gozando esborrifadocontos eiroticos leilapornwww sexo adulto 18 anos sem preconceito so com cavalos metendo forte na novinha magrinha forsada.zoofilia.porno . com brContos eroticos gay chule do meu cunhadochupando cabecinha e leva gozada na boca coletanea pornodoidohomens enfian o pau nu reto do menino domimnio ate gozar contos da cona esporradaxvideos comendo a irmã dormindo de fio dentalminúsculoDEI PARA MEU FILHO NO SOFAo negrodotado contos biConto dei a buceta para o meu pai i eli gozo dentrosou casada e fui bolinada gosteidepilando o'pé grosso do genroporno grilo branquinho pequenocasada na frente do marido corno esperando leite quentinho da buceta da esposaconi o cuzinho da minha filha magrela contosvideo porno casada nao estava mas sim.segurado pra chupa o mau do amigocontos eroticos seguranca come rapaz na estacao a noitealguma coisa mais humilhante do que pegar você pelos cabelos enfiar no seu ânus e soltar um belo de uma bufaporno tiu estuprano asubrinha braslleroconto erotico padastro humilhaVideo ao vivo de putaria profissional de velhas gostosas saboreando fundo na vagina o pau pretoxvideos homen perdendo o cabaco com mulher esperiente fudedeira minutosnissei rabudas vidiorapido doisirmas jemeas lesbicas do rabao fode uma a outra sexo louco pornodoidoMulhe morena mostrando busetonha gostosa e um poquinho de cabeloporno inventei um assalto para o comer minha mulhermaldiçao da clareira da cadelaconto erotico velha casada banca negao pirocudocontoseroticos/comadre rabudacomo tirar a virgindade com irmão irmão de verdade para te lembrar agora tanta saudadevagabundas chupano pau muitocabeçudacostumo andar nua em casacontoerotico namorada e mae putas do tio jorgeo negro aldo e esposinha contofotos copinhos e peitinhos e bucetinhas das mulheres de todo mundaXVídeos só com aquelas mulheres que transa naqueles banheiro que o cabo bota o pênis pelo buracoemfregando a bçeta no buzu e metou pornohobby tocar punheta sarado