Ensaiando pra ser puta - Parte 2


Click to Download this video!
Um conto erótico de Spinelly
Categoria: Heterossexual
Data: 05/05/2010 10:32:01
Nota 9.88

Oiiiiii galera voltei, agradeço os elogios no meu primeiro conto e isso me deu coragem de voltar e contar o segundo, pra entender melhor recomendo ler o primeiro: Esquecendo Pudores e Ensaiando pra Ser Puta Part.: 1.

Bom como disse no primeiro conto W me fazia me sentir realizada na cama por completa, e nossas conversas diárias nos rendiam algumas risadas, até que um dia ele me perguntou se eu tinha fantasias sexuais, eu fiquei sem graça, mas ele me convenceu a contar, disse a ele que tinha uma fantasia, mas que já tinha desistido era só coisa da minha cabeça mesmo, que era transar com dois, ele ficou desanimado querendo saber porque que eu tinha desistido, ai eu disse que era porque achava que não agüentaria dois caras me comendo jamais, que era muito tímida pra isso e etc; ele perguntou se eu tinha mais alguma ai eu disse que morria de vontade de transar no meio de uma balada, um pancadão tremendo, casa cheia e eu transando que nem louca, mas que pra isso eu só faria com alguém que já conhecesse e confiasse, não com qualquer carinha encontrado na balada, bom ai eu perguntei se ele tinha alguma, pra que eu fui perguntar isso, ele me deu uma lista interminável de fantasias, e sabe Deus porque enquanto ele falava dizia eu pra mim mesma que iria realizar todas, até que ele soltou que tbm tinha vontade de comer uma menina com um amigo dele, ai eu disse não, não e não nem pense nisso, e quando ele me disse que tinha vontade de transar com duas mulheres então ai que eu disse não mesmo.

É mais o tempo foi passando e ele sempre tocando no assunto, até que conheci um amigo dele, o F, um amor de pessoa, muito simpático, meio lerdo pra catar as gurias, mas muito legal, mas mesmo achando ele tudo de bom não tinha a intenção de ir com ele pra cama nunnnnnnncccccaaaaa, ele era fofo, alias fofo demais pra me dar tesão, enquanto mil coisas se passavam na minha cabeça e W insistia nessa fantasia de dois homens, eu ia realizando ao outras fantasias dele, como gozar e esporrar todo o leitinho na minha boca, tadinho ele me disse que nunca tinham deixado ele fazer isso, coitado era um menino carente, eu como boa moça que sou resolvi esse probleminha dele rapidamente, afinal leite nutre os ossos, deixa forte, pois contém inúmeras vitaminas, e também nunca tinham deixado ele comer um cuzinho, bom confesso que ai eu fiquei com medo, afinal se com o meu ex doía, sendo menor, imagina com ele, mas os problemas acabaram quando ele resolveu usar KY, mesmo usando isso e eu sentindo quase nada de dor achei recomendável que ele não colocasse tudo, mas vamos tentando aos poucos um dia a gente chega lá.

Mas apesar de tudo a história de transar com dois ficou rondando minha mente e eu queria satisfazer meu homem e de tanto povoar minha mente um dia liguei pra ele e falei quer saber eu topo, pode marcar, ai começamos a pensar em quem seria o outro, bom eu disse que preferia alguém que eu conhecesse, ou seja, o F, porém eu tinha medo dele não topar, mas o W nunca teve duvidas que ele iria concordar e que iria amar, bom concordei, mas falei pra ele ir contando aos poucos, primeiro contar o que aconteceria e depois contar com quem. Assim ele fez, deixou o menino todo atiçado e só depois falou meu nome, ele não acreditou muito não, alias não colocou fé mesmo, mas tudo bem, se passaram alguns dias e nem eu mesma tava botando fé que iria acontecer, é mais W não desistiu e o grande dia chegou, como eu já estava me envolvendo demais com W disse a ele que iria realizar a fantasia dele e depois nós terminaríamos, não iria mais ficar com ele, disse que era por vergonha, não ia mais conseguir encará-lo de frente, mas eram apenas desculpas meu medo maior mesmo era me envolver demais afinal sabia que estava começando e ia me machucar, e por incrível que pareça ele concordou em não me ver mais, disse que se eu realmente queria isso depois do que rolasse nós sentaríamos e conversaríamos, depois ele me confidenciou que tinha certeza que eu não ia desistir dele por isso que concordou com tudo.

Enfim a data tão esperada chegou disse a minha família que iria passear com W, afinal nessa época minha mãe já o conhecia e todo mundo sabia que ele era meu namorado, fui ao encontro deles mais travada que freio de mão puxado, entrei no carro e o máximo que saiu foi um oi meio forçado, não tive sequer coragem de olhar pro F que estava no banco de trás, eu estava suando frio quase saindo correndo ele deu a volta e resolveu comprar bebidas pra mim se soltar um pouco, é eu também achei uma boa idéia, senão era capaz de nem conseguir descer do carro de vergonha, ai pra me alegrar ele comprou também chocolate, afinal ele sabe que amo chocolate, entramos no motel, acho que decorei até a marca da lâmpada, pra me distrair e não olhar pra cara do menino eu li e reli tudo que tinha no quarto, sentei numa cadeira próximo a cama e W serviu Wifi, bebi até sem perceber o copo que ele me passou, percebi que F engoliu tudo de uma vez só, bom pelo menos não era só eu que estava sem jeito, W sentou na cama, depois de passar alguns intermináveis minutos tentando achar uma rádio decente que abafasse nossa conversa e posteriormente nossos gemidos, até que me puxou ao encontro dele e começou a me beijar, de um jeito que só ele sabe fazer, fui ficando mole e caindo na cama, ele retirou a camisa e começou a dobrá-la, estranhei, até que ele me venda e pronto além de roxa de tão tímida fiquei completamente cega, aquilo me deixou apreensiva mas ele voltou a me beijar e eu fui me soltando, de repente sinto mais mãos pelo meu corpo e outra boca que não era do W, era o F que tava tão bonitinho quietinho, mais W não deixa ninguém quieto no canto, na hora quis tirar a venda e sair correndo mas ele não deixou, pensei meu deus to me sentindo abraçada por um polvo, era muita mão em cima de mim, meu coração já estava saindo pela boca e F mal me permitia respirar com aquela boca colada em mim, ai ele começou a lamber o nódulo da minha orelha e pronto perdi os sentidos, eu que resistia bravamente pra que não tirassem minha calça perdi as forças e tiraram tudo, W começou a me tocar o grelo e eu comecei a rebolar perdidamente implorando pra ser fodida, ele me provocava perdidamente me levando a loucura, um me beijando e me lambendo e o outro me comendo era bom demais pra uma simples mortal que nunca nem sequer imaginou-se nessa situação, W me virou e sentou na minha frente para que eu chupasse aquele mastro maravilhoso chupei com gosto e finalmente me livrei da venda e vi que F tentava me comer, conseguiu, mas tinha algo de errado ele tava estranho, mas W fazia de tudo para me deixar a vontade, chupava com toda a minha vontade até que ele gozou gostoso na minha boca me deu um beijo e foi tomar banho deixando eu e F a sós, pensando em nos deixar mais a vontade para que terminássemos, mas do nada F vira pra mim e fala vai lá tomar banho vai, nossa nem precisei entrar no chuveiro pra sentir um balde de água fria, simplesmente obedeci, percebi que ele não gozou mas obedeci, entrei no banheiro intrigada, decepcionada, me sentindo um lixo, W percebeu minha cara e saiu rapidamente do chuveiro eu entrei e tomei um longo banho, na hora não percebi mas W disse depois que tinha saído pra conversar com F pra saber o que tinha acontecido, ao que ele confidenciou que não estava botando fé que iria acontecer tudo aquilo, passou a noite comendo a namorada e pensando na situação toda ainda bateu duas punhetas na parte da manhã, ou seja, ia ser difícil sair alguma coisa dali, o W falou que era injusto e que ele não tinha confiado em sua palavra e que ele tinha que tentar, mas isso eu só fiquei sabendo depois, por isso continuei me achando um lixo de mulher, tudo bem eu tinha percebido e sentido uma enorme diferença entre os dois, eram dois opostos no tamanho, ou o W é completamente absurdo ou o F é completamente fora de média, mas mesmo assim eu tentei proporcionar o mesmo prazer para os dois, apesar de sentir prazer com pessoas bem dotadas eu tentei sentir o máximo que podia com o F, mesmo porque tamanho não é documento, se não sabe brincar não desce pro play, o importante é saber fazer, o tamanho é o de menos, fiquei frustrada demais, mas voltei ao quarto menos tímida, mais solta, conversando mais, passamos alguns minutos assistindo filme pornô na TV, até que a atriz do filme fez garganta profunda com o cara e o W me perguntou se poderia fazer, aiiiiiiiiii ele é fofo, ele sempre me pergunta se pode fazer, acho isso tão lindo, aquele sorriso me pedindo algo, que não resisto e permito kkkkkkkk.

Começamos de novo um esfrega-esfrega lascado, bom como eu não sabia o que tinha acontecido com o outro resolvi não mexer muito com ele, afinal na minha cabeça ele tinha detestado a experiência, nem conseguiu gozar, nem na primeira imagine agora, foquei minha atenção no W, ele em pé na cama e eu sentada, recebendo tudo aquilo na minha boca, a feição de prazer dele me fazia delirar, ele se deitou eu continuei chupando, para facilitar fiquei de quatro e fiquei surpresa quando F se levantou e se posicionou atrás de mim e começou a bombar forte, hora na minha menina, hora no meu menino, pois é, não senti dor com ele, nem um pouco, percebi que ele bombou algumas vezes no meu cuzinho mas não senti dor alguma, mas ele se concentrou mas na minha menina, me acabava chupando aquele mastro enorme na minha frente enquanto outro de comia de quatro, e pra falar verdade foi a posição que mais senti a penetração de F, até então eu estava tranqüila, consciente de cada movimento, mas W não consegue ficar parado, depois reclama de mim kkk, que não consigo parar de transar, enquanto o chupava e era comida por F, W resolveu bolinar meu grelo, aiiiiiiiiiiiiiiiii pronto perdi a noção, os sentidos, minhas pernas amoleceram, já não conseguia me manter na posição, orgasmos múltiplos, fiz de tudo pra fugir da mão dele, antes que perdesse a noção de espaço e antes que aquele quarto inteiro começasse a rodar, mas era inútil ele não deixava, e gozei desesperadamente, me recuperando mas ainda na mesma posição percebi que W se levantou e se posicionou atrás de mim e bombou forte, me fazendo gemer de novo e rebolar que nem uma bicho no cio, F se posicionou na minha frente, chupei por alguns segundos e ele gozou em minha boca, não resistindo mais W também veio e esporrou todo aquele leitinho quente em minha boca, era muita porra, nisso eu não agüentei e simplesmente me deixei cair sobre a cama, desfaleci, perdi todas as minhas forças, F foi pro banheiro, acho que tomou banho, em seguida foi W, quando saiu do banheiro abaixou-se do meu lado perguntou se estava tudo bem, disse que sim, me beijou carinhosamente e disse que eu era demais, isso é ótimo pro ego de uma mulher né??? Essas palavras até me incentivaram a levantar e tomar banho, voltei deite-me um pouco, até tentei provocar o W para mais uma sessão mas o adiantado da hora não permitia, tínhamos que ir embora. Na saída do motel F tinha s]que se esconder no banco de trás e não podia emitir nenhum som, mas não resisti e comecei a mexer com ele, colocando a mão entre suas pernas, fazendo pressão, mas conseguimos sair numa boa, W me deixou na casa de uma amiga, bom pra variar nos despedimos nos beijando como sempre loucamente, ao me despedir de F dei apenas um selinho, que alias foi por acidente porque ele não virou o rosto, mas W gosta de provocar e pediu um beijo de verdade, dei um beijo na boca de F, desci e fui cumprimentar as meninas.

Pouco tempo depois liguei para W para saber se tinham chegado bem, ele disse que sim e que queria conversar comigo, eu fiquei assustada e insisti pra que falasse mas ele disse que não que não queria falar na frente dos meninos e muito menos na frente da B, minha amiga fiquei bolada o fm de semana inteiro, mal consegui dormir, na segunda-feira comecei a ligar pra ele desesperadamente, até que enfim ele atendeu, o questionei e ele simplesmente disse que não ia falar mais, emburrei, fechei a cara e automaticamente o tempo fechou, ele disse que se falasse eu iria ficar puta de raiva com ele, prometi que não, fiz o maior drama e o convenci a falar, ele todo sem jeito perguntou-me se eu lembrava da outra fantasia eu disse que sim, ai ele me confidenciou que se fosse pra acontecer tinha que ser com a minha amiga B, bom eu já estava profundamente envolvida com ele, confesso que não fiquei com raiva, mas decepcionada, como o homem que estava comigo me confessa que está sentindo um puta tesão por uma amiga minha, ele percebeu e tentou mudar o rumo da conversa dizendo que aquilo jamais aconteceria, há algum tempo atrás ele já havia me confidenciado que havia sonhado comigo e mais outra mulher e que essa outra mulher era a B, mas achei que não ia passar disso, é eu fiquei bem apreensiva, disse que realmente isso jamais iria acontecer, nunca nunquinha, afinal é melhor e mais fácil vc dizer um não e depois voltar atrás e dizer o sim, do que dizer o sim de cara, fica muito mais complicado você voltar atrás.

Disse a ele que até realizaria a fantasia dele, mas que nunca mais olharia em seus olhos, e ele disse que se fosse pra ser assim que ele não queria mais realizar nada, quem ele tinha prazer em estar comigo e pela B era apenas um tesão momentâneo, ele desistiu da fantasia dele pra se manter ao meu lado, bom isso me encantou então resolvi abrir o jogo com B, ela discordou totalmente, disse que não conseguiria, dias mais tarde voltei a tocar no assunto e ela disse que se era minha vontade mesmo ela faria, bom até chegamos a marcar dias e horários, W ficou radiante e sim me perguntou o porque da mudança de idéia, disse que o fato dele estar feliz me deixava feliz, porque eu o amava, isso o deixou preocupado, mas o tranqüilizei dizendo que não esperava que ele largasse tudo e viesse a ser só meu isso o deixou mais a vontade, porém ele tem medo que eu venha a sofrer, apesar de termos agendado tudo, não deu certo ainda mas estou fazendo de tudo pra que aconteça e que seja perfeito, ele merece, me realiza em vários sentidos é o carinho em pessoa, me envolvi e nem tinha como não se envolver, ele faz tudo que amo.

Bom em breve, segundo meus planos, retornarei pra contar a experiência que teremos com B. espero que tenham gostado deste conto também,

Beijinhos a todos (as) e aproveitem o momento.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
k97
06/04/2012 14:05:41
a riquesa dos detalhes deixa qualquer um de pau meladinho. um conto e tanto. parabens 10
06/04/2011 20:43:55
Ebaaaaaaaaa to estimulando, adorooooooooooo
06/04/2011 15:57:42
As minúcias do relato contadas de forma tão natural, dão credibilidade. Seus contos são ótimos estimulantes. Nota dez
10/01/2011 07:27:50
Delícia. vamos manter contatos.
09/01/2011 20:19:50
Obrigada Melzinha eleia os outros e espero q goste beijos
08/01/2011 15:06:27
adoreeeeeei, muito bom
08/01/2011 00:45:37
Pensarei e agirei com carinho em relação aos paragrafos sim Jasmim, ahhhh e o sarcasmo dá um toque de humor que não resisto kkk, e leite nutre sim pelo menos meu medico disse que previne a osteoporose kkkk. Ahhhh e quanto a vontade e a razão, eu me envolvi demais comW e praticamente minha vontade mandava e desmandava na razão!!
07/01/2011 20:47:02
Menina ri muito. Você às vezes passa um certo sacarmo que aprecio. Leite nutre é? kkkkk Já passei por esta situação, mas em forma de surpresa. O seu W se parece muito com o L da minha, história que talvez um dia eu conte. Vários de seus sentimentos compartilho. A luta entre a vontade e a razão estão sempre presentes, e vc acaba cedendo, bem como acontece comigo. Adorei o conto. Teve partes que poderia ter dado a pausa que disse antes. Pense com carinho nos parágrafos, nossa imaginação agradece. Nota 10.
28/08/2010 17:28:16
"leite nutre os ossos".. Nunca parei para penasr nisto,Mas você esta com toda razão.RSRS,Na verdade acho que toda mulher no fundo,tem esta FANTASIA..de transar com DOIS HOMENS! Só que muitas tem medo de admitir isto,talvez com medo da rejeição do seu parceiro.Eu ja sonhei e DESEJEI,inumeras vezes transar com dois homens,Posso não ter corajem ainda mas VONTADE? NOSSA ISSO TENHO E MUITO.TEU CONTO E MARAVILHOSO,ACOMPANHO TODOS,CADA UM MELHOR QUE O OUTRO.
01/06/2010 19:05:21
Nossaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa que historia em isso sim é u verdadeiro conto
16/05/2010 02:44:22
Muito bom, me add no msn




Online porn video at mobile phone


Porno idora com boca e cu cheios de esporratem muito casal que que quer gozados obedeçam e depois eles acabam se entendendocontoscomo cu viadinho lisinhoprica cavalaso bucetudas chorando quando a pica entroucontos eroticos eu aprendi beijar com minha irmacontos.porno gay um.namoro americano cap 29touro arancA calca de pausudocontos eroticos nao sei como eu aguentei o pauzao do cifoa negrovideo de sexo negao da rola de cinquenta citimetro com uma jegualevando gozadas de fio dental amarelo zoofiliapadastro de 35cm de pica no cu da intiadacontos eróticos família roludovadia casada dano d quatro q bagunca todo cabelo safada xvideosporno gostosona negona estrupada brutaenteContos picantes ainda virgem fui abusada por um entregador velhocontos sexo anal concunhada concunhadocontos eroticos netinha novinha estuprada pelo avopornos de cornudos a serem enrrabadosRasgou o cu da andarilha e continuou fudendo search de sexo freeconto erotico mulherzinhaloira linda enfia sextoy grande e gfoso at gosarvideo sexo mulherzinha nova traino seu marido com cunhado mulecaojoguei a semana todinha botei ela diminui diminui Me lasqueifamília sacana foto de homem chupando b***** de mulher chupando pinto de homem e mulher gritaminha mulher fodemdo com e olhando para mim com cara de safada gemendo gritando e chamando dizendo ta bom corno corninho ta vendo tua mulher semdo comida fudidaconto dupla penetracao com negrasamigo do meu maridinho tinha uma rolonamulher bebada foi tamar banho e acordou ebgatada pelo cuConto encoxaram minha mulherouvir contos eroticos narrados de gueis tranzando loucosbaiano chupando clitori e falando besteirasmulher casada muito excitada graga jenro fodeno a filha e fica batendo ciriricawww.xxvideo mae cuzuda calvolgando empinadacontos tia puta tio corno mansoaa cabasso fodedoradwu sonifero pra comer a netinhacorno arma asaarebentei com minha cunhada sexo anal srm quere fuder porno proibidoxvideos viu mae dormindo de boca aberta e fico doidinhoacetona gulosa chorando engolindo picaAmigas safadas e putas relatos eroticoslesbica num romancd pornôdoidorelatos de casadas que treparam e engravidaram dos seus amantesirmã da bundona gostosa da sua rabetona prA seu irmão fazer um sexo gostosoNegao de pau gigante gozando dentro da buceta da ovelhasconto deram tesao de vaca pra minha esposabubda arregasada na pausadafiui porno gozada dentro sequiso roti so buceta grandecontos de sexo quente com mendigos sujos e taradosmtk contos eroticos coisas do destino capitulo 1XVídeos casada que adora segurando cacete muito rebaixadamulher tcheca dando a buceta pro enteado comerbiombo banheiro xupa casada videosedou esperou dormir pra come o cu dela porno doidotvbucetanovinhoo cara esperando a boyzinha do colégio sair brasileira XVídeoscontos eroticos de titia rabuda do rabao la em casaporno para deixar aqecidarconto casados fantasiaxvideos. sexo. estoria. encardinhoxvidio servissorecencasada quando marido vai pro servisso ela deu pro novinhoContos eróticos-caçador de pau comprido e grosso me rasgouevangelicas na zoofilia com cachorrocontos de nora da vizinhatvbucetanovinhocanil de cadela zoofilia pornosaiu sangue da buceta da minha namorada quando nos estavamos trazandoconto fudendo o cu da Marilene mãe do Danielxvidiossexodormindovideo de prono doido com loiiraaseu emcaixando o pinto do amante na minha irma gostozacontos eroticos meu pai me comeu wattpadcontos eróticos minha mulher e o inquilinoxvideo casalkenteBizerinhos manmando na vacacontoerotico novinha rabetaonovivinha abre as perna para entra o pau do pai no cuconto erotico encoxadacontos sexo gay brincandocontos picantes de amor gaysXVídeo mulher pelada gostosa Barradãohomen d pinto groso enfiano n buceta apertadaconto erotico gay comi o playboy sarado e pegadormulheres corrianas tranzando de quatroConto erotico peituda amamentandocontos eróticos de gabriele dei minha Buceta pro meu irmão.dei meeu cu no canavial para um caxorroMinha comadre disse para minha afilhada minha filha voce que mesmo dar sua buceta virgem pro seu padrinho minha afilhada disse eu quero mae minha comadre disse filha chupa o pau do seu padrinho conto eroticohomens gostam de esfregar nos pelinhos da vaginauma piroca cabecuda e cheia de veia me arrancou sangue do meu cu contos eroticoxvideocoroajapaContos eroticos convenci minha amiga a tranzar e gozei dentro