Primeira vez na casa de swing


Click to Download this video!
Um conto erótico de brancarosada
Categoria: Grupal
Data: 10/11/2009 12:39:58
Nota 9.67

O que vou relatar agora aconteceu em outubro de 2009.

Tudo começou na primeira noite que fomos à casa de swing. Chegando lá já podíamos observar as pessoas que poderíamos encontrar na maior sacanagem, já na fila.

Quando chegamos fizemos o reconhecimento do lugar indo para um lado, que me pareceu escuro demais, e no outro um pouco mais claro. Já tinha algumas pessoas bem a vontade, mas a pista estava lotada. Bebericamos um pouco pra relaxar e então partimos ansiosos para a primeira aventura. Preferi um quartinho com fechadura para eu poder ficar mais a vontade. Chupei seu pau com tesão e quando me penetrava de pernas bem abertas, pedi que destrancasse a porta deixando-a semi aberta. Nisso, um casal apareceu e ficou olhando o ato. O maridão então não agüentou e gozou loucamente. Depois de umas voltinhas, resolvemos entrar na tal cela. Ela é grande e tem uma poltrona vermelha. Fiquei ali sentada, chupando o caralho do meu marido. Ali todos podiam nos ver. Ainda estava um pouco travada, mas aos poucos me soltando. As pessoas circulavam mais. Ainda não saberia o que estava por vir.

Ainda na cela resolvi sentar na poltrona, e bem aberta meu marido começou a me chupar. Fiquei ali de frente pra galera que passava toda escancarada. Um pouco sem jeito e não demoramos muito. Foi ai que descobrimos um cubículo de 1 m2 com três buracos. Ali podíamos ver quem trepava na nossa frente sem sermos vistos. O lance é que viram que tinha gente ali, e começaram a colocar mãos bobas lá dentro e tocavam meus peitos. Outro observava o que havia lá dentro. Eu sentada no banquinho levando dedada do marido, gemendo e com o pé pra cima tocando outro buraco. Mãos se alternavam nos meus peitos, de homem e mulher, até chegar ao meu grelinho. Ali gozei gemendo baixinho e saímos de mansinho. O grande lance estava por vir. Mas antes, amorzinho ficava louco, querendo mostrar meu peitinho pra todos na cama grande, era um tal de puxar a blusa pra baixo e ficamos olhando a galera foder e meter muito na cama redonda. Estávamos em pé nesse momento. Com muito custo conseguimos um espaço e ai novamente fiquei de pernas abertas e delicadamente ele afastou a calcinha e começou a lamber minha bocetina. Tinhas umas meninas trepando ao lado, levando pica e levemente tocou meus seios. Um casal que acabara de meter me observava, minha cara de tesão, levando aquela chupada do maridão. Mas o ápice estava por vir. E muito sem querer as coisas foram acontecendo. Entramos numa cabine de 2 m2 com vidro transparente num corredor que dava direção e vista pra cama redonda onde todos estavam. Ali sem mais nem menos comecei uma brincadeira gostosa com meu marido, onde metia a boca em sua pica e onde havia dois ou três buracos daqueles que podem tudo, desde mãos e braços como picas que se enfiam e aparecem para delírio da mulherada. Nesse instante, aparece um casal e fica ao nosso lado bem à vontade. Me parece ter uma bela pica e sua mulher é privilegiada quando eis que surge um caralhão pelo buraco. Ela decidida encaixa sua buceta e mexe loucamente para delírio nosso. Meu marido fica louco vendo aquela puta sendo comida por um desconhecido. Nisso, o tal marido se insinua pra mim e mostra sua pica duraça envernizada. Claro que não hesitei e sutilmente pedi-la ao meu marido já caindo de boca. Chupei o caralho alheio bem a vontade, como se fosse do marido e logo após me mostrou a camisinha e me penetrou profundamente. Eu não me cabia de felicidade, olhando meu marido, com muito tesão e isso me deixava mais molhada ainda. De pé fudíamos e eu caia de boca no pau de meu marido levando socadas da minha cabeça na parede. Nessa hora não via quantas pessoas podiam estar me vendo, mas deviam ser muitas. Sem entender muito bem, a puta larga a pica do buraco e seu marido depois de uns 5 min me socando sai e os dois vão embora. Isso não foi o problema pq imediatamente e curiosa coloquei a mão no buraco onde a puta se divertia e eis que surge uns dedos grossos e logo estava eu de sainha preta sendo dedilhado pelo estranho caralhudo. Ele metia seus dedos em mim, me bulinando e me deixando muito molhada. Nessa hora minha boceta já estava inchada e meio que de uma hora pra outra o recinto estava repleto. Vi alguns homens entrando com suas mulheres e eles me olhavam querendo me comer e eu pensava, que todos teriam a sua vez, porém se tivessem paciência pois não queria parar com aqueles dedinhos nela. Fazia cara de tesão e olhava meu marido louco sem acreditar que tinha uma mulher tão putinha. Divertia-me e fiquei feliz, pois ele levava na boa, sem interferir muito, apenas me protegendo. Quando de repente surge como prêmio máximo, aquela vara imensa com camisinha pelo buraco querendo me penetrar. Fiz cara de eufórica e disse: eu não vou resistir, quero tudo dentro de mim!! Tinha uns dois com o pau na mão e que me olhavam esperando a vez. Fiquei ansiosa, pois não conseguia encaixar nela de primeira, com certa dificuldade no meu buraquinho. Havia uma torcida e meu marido dizia calma amor, que fantástico. Bom, é claro que ela entrou toda em mim e ainda havia ajuda de um carinha baixo que se punhetava ao meu lado e resolver me masturbar também com seu dedinho por uns segundos. Delicia aquela pica em mim, delirava. Não tinha idéia da atração que fui nesta noite, mas depois vi que foi. Quando terminei de fuder o cara do buraco, imediatamente o cara baixo me virou e meteu fundo na minha boceta molhada. O terceiro da noite, que não demorou a gozar gemendo em meus ouvidos. Gostei dele, sendo que na foda ainda chupava o cara que seria o quarto a me comer. A vagabunda fodia com dois na frente do marido muito tranqüila, gemendo e olhando pra ele agradecendo aquela noite maravilhosa. Ele fazendo um corredor protetor, pois tinham vários querendo participar. Sei que pluguei no quarto cara mais uma vez encerrando a noite gloriosa, e sendo mais uma vez metida com sua mulher olhando. Meu marido não acreditava no que via e eu bem resistente e feliz. Fiz mais esse gozar e estando toda gozada sem calcinha nos retiramos de recinto assim como entramos, bem socialmente, dizendo aos outros que não seria dessa vez. Já estava satisfeita e precisar repor as energias no bar. Esse foi o ápice da festa. Ficamos mais um pouco retornando a cama grande apenas como voyeur pros momentos finais. Adorei a noite, foi incrível e inesperada, com gostinho de quero mais. Adorei o presente que me dei e dei a ele, o meu amor que me permitiu tudo isso.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
28/11/2013 23:06:00
Adorei quero conhecer pessoas para essas aventuras tenho 33 anos e muita curiosidade Á sou mulher rs
28/11/2013 23:03:54
Adoro essas aventuras mas nao tenho companhia me mandem email tenho 33 anos e sou bem curiosa.
14/02/2013 09:43:09
adorei sou casado e quero sair com mulheres, casais (homem mulher ) ou (mulher mulher ) para encontros intimos com muito prazer> me adicionem
11/04/2011 18:10:23
me add quem sabe nos encontramos para uma bela sacanagem somos um casal de bem com a vida bjs
11/04/2011 18:10:22
me add quem sabe nos encontramos para uma bela sacanagem somos um casal de bem com a vida bjs
24/12/2009 19:23:39
oi adorei seu conto, muito exitante. me add somos um casal que adoramos nos exibir na frente da
23/11/2009 13:39:56
Ola', somos um casal liberal, somos de SP e gostariamos de conhece-los, nos adicione.
18/11/2009 12:10:22
Morro de vontade de ir a uma casa de swing, adorei teu conto.
17/11/2009 17:03:16
adorei seu conto é muito excitante
10/11/2009 14:40:07
Adorei o seu conto, muito bom, tbm frequento casas de swing em sp, gostaria de saber qual casa vcs foram e quem sabe possamos nos encontrar um dia numa dessas...me add no msn nota 10.
10/11/2009 14:39:28
Adorei o seu conto




Online porn video at mobile phone


mulher buceta apertada chora fudendo ç negro dotadoSo putinha chupando rolas de 16centimetroconto erotico no prontosocorroContos eróticos gay comi meu tiovideos de sexo enchendo de porra esperma semem dentro da buceta jovem gozando dentrover video do padrasto dorado transano com anovinhaxvideo asada da coroa casa pegou uma carona pegou uma coroa casada com um vertido curtinhobunda sendo invadida pela primeira vez gaymoças peladas passando pote de margarina no cu e na buseta gostosoDepois que fui p macumba virei lesbica contosnovinhas cairam no boa noite cinderelalėsica porno fondenovideos de garotas vendo bucetas em telao bem grande se masturbanegao a maior rola do mumdo fodendo eledesmaiouConto erotico ameacou despedir pra comer a mulher do empregadoconto paguei multa cu aregacadocasadinha novinha dando abusetinha xxvideoContos de gang bang com dotados novinhaa chamada cadela incestofodendo a cunhada grávida contos eróticos porno mirou na buceta e acentou o cuencoxadamulhercrentevidiopono mulher bica teporno casada nao agreto oprimo domaridovirgem relatos de zoofilianovnha ganhando varada no niversario de 18 anos jorrando porracontos casada chantageada pelo porteirohino a novinha bem apertadinha uma velha segurando a virgindade delaxxvideo era so pra passa a cabesinhameninas virgens engatada varias vezes com caes na zoo contos eroticosfiume porno garoto senti tezao pela crentinhaconto lesbico a procura do amor cap25contos eroricos lesbicos de lactofiliaporno gratis xvideos pai abriucaminho.pro.filhoporno sogru peganu tu nora a forsaver e baixar video porno duas morenas tomando no cuzinho cheio de porra ela ate mija aos poucos e a porra sai de vagar com seu cu arombado e piscando muitodei minha bubuta contosContos pornos-fudi a mendigacarol celico fudendo putinhameu amante me come todo mescontos gay iniciadores de boys inocentes fotos gratisconto erticos e eu os moleqes tocamos varias punhetseu, minha namorada, minha namorada e meu tioxxvidios.com homens que sente praser na hora da foda que mijao neleo professor me comeufazendeira metendo com piao pretocontos eroticos dona mirtescontos fui tomar banho com meu irmao gemeo e acabei chupando elexviseos morenas tatuadas di fildentalcontos zoo dalmata.meu machoroberta.vadia.do.parana.fudeno.de.bruco.enrraba do a priminhasó de calcinha mostrando a coxa rebolando é denotandopornoputaria de pai sarrando a filha puta de shortinho enfiqdo no cu na cozinhavirando gay no pique escondegolada na garganta na despedida de solteiraliberei o cupai arracando cabasso du cu dafilkacontos de machos dominando cornos submissosdando uma fududinhapornodoido chupando.teta da netinhajaponesinha chupando um pau pelo buraco da parede ver porno 10 minutos gratisfoi pular carnaval com amigo levou esposa virou cornobrincando escanchada contos pornoxvidio japonesinha Semedo abusada e no banheirofilezinha quatro fotos buceta babada tesao novinhaseita crossdresserconto erotico meu padrasto sustentando minha buceta com leitinho desde novinhamolequeputoquero ouvir fazendeira chorando no pau gostoso rebolando descendo demaismomento de carinho dando mordidinhas na nuca e desce lambendo as costas até chegar no cuzinho