Casa dos Contos Eróticos


Click to Download this video!

Que tesão é o padre Otávio, gozei na boca dele! (Parte final)

Um conto erótico de Celine
Categoria: Heterossexual
Data: 11/09/2009 00:37:17
Última revisão: 10/04/2010 00:57:06
Nota 9.00

OLÁ MEUS QUERIDOS LEITORES!!!

FINALMENTE VENHO LHES TRAZER O FIM DA HISTÓRIA DO PADRE OTÁVIO COM CELINE! FUI MUITO COBRADA E ATÉ NEGATIVAMENTE CRITICADA POR ALGUNS INSATISFEITOS, POR ESTAR DEMORANDO A POSTAR A CONTINUAÇÃO DESTA HISTÓRIA...MAS COMO EU JÁ VOS EXPLIQUEI EM UM OUTRO CONTO, EU ESTAVA MUITO OCUPADA E ENVOLVIDA NA MINHA NOVA HISTÓRIA...(“COMO IR À LUA E VOLTAR SEM SAIR DA CAMA”-PARTES 1, 2 E 3)...HISTÓRIA QUE ESTOU VIVENDO ATUALMENTE E INTESAMENTE!!! BEM...SEM MAIS DELONGAS...JÁ VOS AGRADEÇO DESDE JÁ E DESEJO-LHES BOA LEITURA E QUE TENHAM ÓTIMOS MOMENBTOS E MUITOS, MAS MUUUUUUUITOS ORGASMOS, COM CELINE E PADRE OTÁVIO...RSRSR!!! BEIJINHOS EM TODOS!!!

Ele me olhando com os olhos arregalados e boquiaberto, apertou o volante...(vi suas mãos se pressionarem contra ele)...me sentei de volta, olhei para ele e perguntei me fazendo de desentendida:

_O que foi...está tudo bem com você?

E ele respondeu com uma voz diferente, meia que enrouquecida como se fosse rosnar:

_Não foi nada não!!

E disse olhando em direção as minhas coxas que estavam à mostra...e perguntei de novo:

_Tem certeza de que você está bem?!!

_Já não disse que tá!!

Respondeu ele engrossando ainda mais a voz, nem parecia a mesma pessoa, e sim, que outro homem tomou seu lugar e tinha assumido seu corpo...seus olhos foram subindo de minhas coxas para os meus seios e de meus seios, para a minha boca, e eu olhando pra ele, vi um exagerado volume por cima da calça daquele pênis ENORME...puxa...fiquei toda arrepiada!!! Olhei de novo para ele, e ele estava me vendo olhar pro pau dele e virou o rosto para frente em direção à estrada, dando um “sorriso de canto de boca” com uma cara de CAFAGESTE!! Ai...ai...quase me desmanchei com aquele sorriso safado dele! Foi quando de repente o carro parou bruscamente, e eu perguntei:

_O que houve?!

Ele novamente com aquela voz diferente me respondeu:

_Você não queria beber água e se refrescar?

Eu:

_Sim...queria...!!!

Ele:

_Pois então, chegamos!

Descemos do carro ao mesmo tempo, e eu dando uma olhada me volta vi que o lugar era lindo! Tinha muitas árvores e plantas floridas, era tudo gramado...só que totalmente deserto! Não se via nenhuma casa, nem pessoas e nem veículos passando por ali! Logo mais adiante tinha umas pequenas pedreiras, que dali saía a nascente...parecia até que saía água de dentro das pedras. Então fui logo em direção à ela pois queria muito beber água, e padre Otávio ficou encostado no carro me esperando. Olha...a água era gelada como se tivesse ficado em geladeira...sério!! Matei minha sede, e decidi me refrescar um pouco e enfiei as mãos no jato de água para molhar meu rosto e minha nuca, fiz isso diversas vezes, depois resolvi meter logo a cabeça embaixo d'água...e quando tirei...escorreu tudo pro resto do corpo, ensopando quase todo o vestido e como ele era de tecido bem fino, ficou tudo transparente! Meu corpo todo ficou à mostra...podia se ver nitidamente o desenho dos meus seios firmes e volumosos...até as auréolas com os mamilos durinhos pela água fria se podia perceber por cima do tecido molhado!! Quando me virei pra retornar ao carro e pegar umas garrafas, dei um encontrão com padre Otávio atrás de mim...meu rosto chegou bater no peito dele...e neste mesmo momento que eu me esbarei com ele, quase que simultâneamente ele me agarrou pelos braços e me puxou contra ele com volúpia...eu não podia acreditar no que estava acontecendo...parecia um sonho! Tamanha foi minha emoção que as pernas não me obedeciam mais, e fui descaindo sem controle...elas estava totalmente bambas...mas padre Otávio me segurou com firmeza, passando um dos braços em volta de minha cintura, me apertando com vontade contra seu abdome e com a outra mão, ele me segurou o queixo e foi lentamente aproximando meu rosto do dele...começou me beijando a testa...depois os olhos e as maçãs do rosto...quando finalmente pensei que provaria do gosto de seu beijo...ele desviou minha boca levantando minha cabeça pelo queixo e começou a me beijar o pescoço intercalando com gulosos chupões...parecia estar me torturando...aaaii...eu já não aguentava mais e gemia com aquele homem maravilhoso me agarrando, me sugando e mordendo o pescoço...huumm...finalmente...ele foi subindo com mordidinhas pelo pescoço até o queixo de novo e...áááhhh...que MARAVILHA DE BOCA...nossos lábios finalmente se encontraram num estonteante e MAGNÍFICO beijo...nossas línguas se enroscavam uma na outra e mordíamos os lábios um do outro...nossa aquele 1º beijo foi indescritível...FOI DE TIRAR O FÔLEGO!!!!!!!! Na direção do meu umbigo eu sentia um imenso volume...era o cassete dele que quase explodia de tão duro e enxado...não perdi tempo, meti a mão nele ainda por cima da calça e percebi que parecia de pedra tamanho era o seu tesão!! Logo senti sua mão que me segurava o queixo descer deslisando por meu pescoço, e indo parar em um de meus seios por dentro do vestido e apertava com vontade...em seguida parou de me beijar e foi descendo as alças do meu vestido, me mordiscando o pescoço e encontrou o seio e começou a chupá-lo em toda sua extensão, depois ficou lambendo somente o mamilo e dava mordidinhas nele com os lábios...eu quase que sem conseguir pronunciar direito as palavras, disse:

_P...padre Otá...v...vio...que isso que tá ac...conte..cendoooo?!!!

Ele me respondeu ofegante, sussurrando em meu ouvido:

_É isso aqui...olha!!!!!

E senti sua outra mão deslisar de minha cintura para minhas nádegas e apertá-las, em seguida, ele levantou a barra do meu vestido por trás, e meteu a mão entre minhas pernas encontrando meu pelos da vulva devidamente bem aparados...avançou mais um pouco e adentrou com os dedos na rachinha da minha xoxota já bem encharcada do meu tesão por ele e tocou no meu grelinho fazendo uma deliciosa massagem...huummm!!! Quando senti isso, FUI AO DELÍRIO...gemia sem parar...e enfiei a mão para dentro da calça dele e segurei aquele mastro monumental...podia sentir sua generosa grossura...ele pulsava em minha mão e parecia ter febre de tão quente!! Ele vendo que meu gozo se aproximava parou com a massagem e meteu os dedos lá no fundo da gruta..acho que 3 ou 4 dedos...e fazia movimentos de entra e sai, logo em seguida ele tirou os dedos de dentro e foi deslisando com eles subindo pelo meu cuzinho e os meteu dentro da boca e lambeu todo o meu líquido que tinha nele lambuzado, meteu de novo na minha xana e me perguntou com os dedos metidos lá:

_Tá gostando sua danada?!!

Eu quase sem conseguir falar pelo gozo que já se aproximava, respondi sussurrando:

_Muuuuiintooo...seu gostosooo!!!!!!

Ele ouvindo essa resposta e me vendo apertar os olhos fechados, e morder o lábio inferior...disse:

_NÃO...você vai gozar na minha boca, porque quero sentir seu cheiro e provar do seu melzinho saindo fresquinho da fonte dos desejos...quero saber se é melhor assim do que o que provei na sua calcinha lá no banheiro!!!!!!!!

Depois de me dizer isso, tirou meu vestido e colocou-me deitada, me beijou e foi descendo a boca pelo queixo...pescoço...colum...chupou um seio e depois o outro dando uma mordidinha em um deles e foi descendo cada vez mais...pelas costelas...umbiguinho...e finalmente, tava pertinho da vulva...mas para a minha total loucura e tortura...ele desviou dela e mordia e lambia minhas coxas, eu já não suportava mais aquilo...e exclamei gritando e implorando:

_Aaaaii padre Otávio deixa de ser mau, e mete logo essa boca na minha buceta...huumm...se não eu gozo antes!!

Ele parou por um momento o que estava fazendo, fitou-me bem profundo nos olhos e disse:

_Xxxxx...Não me apresse e nem vem com ordens...porque eu tive que me aguentar e esperar com paciência o seu showsinho lá do banheiro, lembra? Agora, você é que vai ter que ser paciente e só gozar quando eu estiver abocanhando esta sua linda bucetinha carnuda!!!

Eu respondi:

_Sim meu gostoso, é você quem manda...sou todinha sua e você é o meu dono!!!

E logo recomeçou a me morder as coxas, e chegou nas virílias...passava a língua nelas e enquanto isso enfiou dois dedos na minha vagina, masturbou um pouco, depois tirou e lambeu os dedos dizendo:

_Que delíciaaaa!!!!!!!

Entaõ ele pegou minhas pernas, as abriu bem e abocanhou bem gostoso...a boca dele à engolia inteira...ela sumia toda dentro da boca dele!! Depois ele abriu os grandes lábios com os dedos e começou a lamber somente o grelinho, depois passando a sugá-lo como se fosse uma chupeta e logo eu não pude mais aguentar e gozei intensamente, ele me erguendo pelas nádegas e colocando minhas pernas em seus ombros, me sugou todo o líquido meu gozo que demorou muito pra cessar e ele, continuava a sugar enfiando a língua na entradinha da grutinha me fazendo delirar e contorcer-me toda, eu urrava de prazer!!! Ele com a boca cheia de minhas carnes, me dizia:

_Celine, você é maravilhosa...você tem um cheiro na vagina que me deixa alucinado...é delicioso o seu gosto...que xoxotinha cheirosa...que melzinho gostoso você tem!!!!!!!

Terminando de dizer estas palavras me chupou mais um pouco e pediu para que eu ficasse de joelhos, foi desabotoando as calças e as abaixou toda...(porque até então, ele ainda estava vestido)...e esfregando o seu mastro em todo o meu rosto me intimou dizendo:

_Agora engole sua safada indecente...vaaai!!!!!!!!

Olha...quase eu não consegui de tão grosso! A minha boca por pouco não se rasgou com aquela rola de uns 26 à 28cm de comprimento X 15cm de grossura...(agora vendo de perto)...rsrsrs!! Ele empurrou minha cabeça me segurando pelos cabelos...me engasguei só com a ponta...tentei mais um pouco e...aff...só pude até a metade, pois o resto não deu mais pra colocar dentro da boca, porque eu me engasgava com aquela cabeçona catucando minha garganta!! Mal eu terminei de engolir aquela tora, ele começou logo um vai e vem na minha boca, e eu tentava chupar, mas nem dava pra mexer o maxilar...eu tirei da boca um pouco e fui lambendo em volta descendo até as bolas...lambi elas também...voltei até a cabeça que já babava escorrendo e eu à chupei deixando limpinho todo o corpo do pênis e ele gemendo sem parar tentava enfiar de novo na minha boca, e só conseguiu a cabeçona...tava muito inchada! Comecei a chupar com vontade a cabeça do pau dele, ele também se ajoelhou com as pernas bambas ficando eu de quatro com a boca grudada no membro gigante dele!! Senti a mão dele deslisar sobre minhas costas chegando até minha bunda, e ele à apertava com uma mão em cada nádega!! Eu comecei a rebolar, e ele me arreganhou a beira da buceta com uma mão...com a outra, ele meteu dois dedos...depoishuumm!!!! Ele me empurrava contra seu pênis em minha boca, com os quatro dedos dentro de mim fazendo movimentos...hora circulares...hora de entra e sai! De repente, em um momento ele parou, cuspiu na mão e passou no meu cú que já piscava de tesão, e o lambuzou com a sua saliva metendo uns dois ou três dedos nele...ááhhh, sei lá...só sei que tava bom de mais o tira e bota que ele fazia comigo, tanto com a rola em minha boca, quanto com os dedos no meu rabo...e com tudo isso, não pude mais segurar meu orgasmo, que veio como um raio...(nunca tinha gozado pelo cuzinho antes, ele era VIRGEM e esse foi o 1º)...com aqueles dedos grossos e brutos dele me arrombando a rosquinha apertadinha!!!!!! Ele vendo todo o meu frenesi e contorções do meu gozo, tirou a rola da minha boca e mandou que eu continuasse com ela aberta...(e assim eu fiz)...pegou aquele exagero de pica, mirou bem para dentro de minha boca e dando vários apertões, ejaculou abundantemente urrando e transbordando minha boquinha com aquela porra quentinha...era tanta porra que deu ainda pra espirrar um jato em minha cara e nos peitos, depois peguei nela ainda dura e lambi todo resto que pingava dele e escorria pela glande bastante inchada!

Depois disto ele me ajudando a levantar, me abraçou de novo e me beijou apaixonadamente e me disse no ouvido que me amava e me desejava em segredo há muito tempo, mas nunca revelou por ser um padre. Aí eu também abri meu coração e disse que eu também há muito tempo o amava e o queria ter como homem, então nos beijamos mais um pouco e eu fui me lavar na fonte para depois me vestir...ele também se lavou, se arrumou e fomos de mãos dadas para o carro.

Ele novamente ficou na direção e eu no passageiro, nos olhamos, e ele pegando na minha coxa a apertou e disse:

_Olha Celine, quero que você saiba que só você importa para mim e que nada mais me fará abrir mão de você...não posso por enquanto abandonar meu ministério, mas sempre que puder quero comer você todinha...e por falar nisso, ainda não te comi...só dei uma pequena provadinha!!

Nossa...eu quase tive um outro orgasmo ali mesmo quando ouvi isso, e disse a ele que tudo bem, afinal, eu também não poderia de uma hora para outra acabar com meu casamento. Então ele ligando o carro, disse:

_Agora tenho que chegar logo à casa de dona Carminha e fazer o que tenho que fazer, mas quando terminar, não importa onde...não importa o lugar...vou te comer inteira!!

Depois de mais uns 40 minutos de viagem e muita bolinação pelo caminho, chegamos à casa da senhora finalmente, ele então pôde constatar que ela estava mesmo no fim e pondo a batina realizou a extrema-unção dela enquanto eu acionava pelo celular uma ambulância para buscá-la. Após ele terminar, veio em minha direção e disse:

_Olha só como você me deixa...pega!!!!

Disse ele pegando a minha mão e colocando para segurar no mastro dele que já até levantava a barra da batina...parecia que tinha um braço ali embaixo! Então eu segurei com vontade e o senti duro como um ferro, e ele me virou com um pouco de brutalidade de costas pra ele...(mas eu gostei desse jeito dele me pegar)...e começou a roçar aquela rola gigante entre minhas nádegas e eu, rebolava o bumbum fazendo com que ele entrasse entre minhas coxas com o pano da barra da batina por cima ainda. Nós ficamos nesse roça-roça enquanto não chegava a ambulância, e nessa espera, eu levantei a minha saia ainda de costas pra ele, e ele falou:

_Não faz isso safada...se não te atravesso aqui mesmo na frente de dona Carminha!!

E me apertou contra o pau dele, aí eu é que disse:

_Se me apertar assim de novo...eu é que não vou aguentar e munto em você, e minha grutinha vai te engolir inteiro...seu padre tarado...ordinário!!!!

Quando ele ouviu eu dizer isso, ficou doido, me virou de frente pra ele de novo com brutalidade...(do jeitinho que mais gosto)...com uma mão me segurava a nuca e com a outra levantou a barra da batina deixando à mostra aquele monumento de pênis, levantou uma de minhas coxas e a enlaçou em sua cintura e me empurrou com força na parede do quarto, me deixando sem saída e sem ter como me mexer...(acho que propositalmente, para não ter como fugir dele)! Depois tirou a mão da minha nuca e segurou a tora apontando para minha bucetinha que morria de medo de ser rasgada pela aquela aberração e ao mesmo tempo, queimava de tesão querendo que penetrasse com tudo! Pronto...agora tava na porta de entrada da minha pequena, frágil e indefesa xoxotinha...aaai que medo...e que VONTADE...uuui...a cabeça já tava dentro, quase desmaiei de prazer...huuummm...foi estupendo!!! Quando percebi que suportaria muito bem TUDO AQUILO...não perdi mais tempo, com minha própria perna que o envolvia, apertei-lhe a cintura contra minha xoxota e...UUAAAAAAAAAAAU...que sensação maravilhosa, entrou tudo, foi deslisando centímetro por centímetro...parecia nunca ter fim...e finalmente estava todo dentro e sentia a cabeça tocar bem no fundo do útero e assim que percebi que estava confortavelmente encaixada nele, enganchei a outra perna em sua cintura, ficando pendurada nele com os braços em seu pescoço e ele com as mãos me segurando pelas nádegas e me puxando forte para baixo...com isso meu corpo descia com tudo e o pau dele entrava gostoso e apertado em mim...huumm que maravilha de cavalgada!!! Eu o beijava e pulava com vontade na sua rola, subia e descia com a ajuda de suas mãos em minha cintura agora...como ele me fodia gostoso...nossos gemidos pareciam uma orquestra inteira...nem lembrávamos da moribunda que tava na cama ali mesmo em nossa frente...e já cansados desta posição e com as pernas bem bambas ele me pôs no chão, me virou de costas e me debruçou sobre uma mesinha que tinha lá, e afastando minhas pernas abaixou e me chupou a vagina bem molhada pela penetração delirante que fizemos e me sugou todo o líquido, mordeu e chupou muito o meu grelinho que já estava super inchado...depois senti a língua dele entrar e sair várias vezes do meu cú que pulsava de vontade ser arrombado por ele!!! Ele se levantou posicionou o mastro em minha gruta e empurrou tudo de uma vez, eu dei um urro de prazer e pedi pra ele meter mais forte ainda que eu tava amando ser fodida por ele, então ele ouvindo eu dizer isto, estocou com tudo e bombava com veemência na buceta que parecia que ia se desmanchar de tanto que era castigada pela rola dele...ele me segurava pelos seios e me puxava pra ele com vontade batendo minha bunda contra seus pelos genitais...eu gemia e rebolava sem parar e sem demora explodi num orgasmo DELIRANTE...e ele ao mesmo tempo e juntinho comigo, gozou me enchendo a buceta de porra quente...podia sentir a pulsação do pênios dele dentro de mim enquanto dava várias espirradas de sêmen...huummm...foi magnífico!!! Depois nós fomos nos abaixando sem desengatarmos, e deitamos no chão assim ele por trás de mim com a rola enterrada na minha xana super inchada e ficamos uns minutos deste jeito enquanto o pênis ia lentamente amolecendo e saindo naturalmente de mim...foi quando de repente ouvimos o barulho da sirene da ambulância que já se aproximava e nos levantamos rápido e fomos nos lavar em uma bica que tinha nos fundos da casinha...foi só o tempo de eu baixar o vestido e ele repor a batina, a ambulância encostou e desceram os paramédicos!!

Vendo eles e checando que ela era um caso grave de internação...(coma pra ser mais exata)...à removeram para a ambulância e à levaram pro hospital da cidade vizinha, e resolvido o problema fomos pro carro e seguimos viagem de volta pra casa. Ao chegarmos naquele mesmo lugar de antes, onde fica a fonte, instintivamente ele parou o carro e me agarrou me beijando com volúpia e percorrendo as mãos por todo o meu corpo, eu respondia a tudo aquilo com a mesma intensidade e fui logo arrancando-lhe as roupas...desta vez o queria nu, como veio ao mundo, saímos do carro e terminei de tirar-lhe as calças e a cueca, ele arrancou os sapatos e ficou do jeitinho que eu queria...então ele me despiu e me ergueu com as próprias mãos, me pondo sentada no caput do carro e me chupava os seios enquanto seu dedos me estimulavam a vagina, massageando o clítoris bem gostoso...huuummm...eu me deitei de vez sobre o caput do carro e ele vei com vontade e meteu a vara em mim dando deliciosas estocadas me segurando as pernas para cima...tava muito bom...até a hora em que ele resolveu me colocar as pernas em seus ombros e tirou o pau da minha xana e encostou na entrada do cú...(aaaii, chegou a hora que eu mais temia...vou ter o cú arrombado de verdade)...e ele vendo a mudança na minha expressão do rosto, disse:

_Caaalmaa...não precisa ter medo...relaxe...não fui padre a vida inteira, antes de me tornar um sacerdote eu já comi vários cuzinhos...não se preocupe que sei como não te machucar! É só relaxar e fazer o que eu disser! Quando eu posicionar a cabeça na entrada...você ao invés de contrair o ânus, faça o contrário, faça força de expulsão que ele vai se abrir e o pênis vai entrar com facilidade sem te machucar...depois que a cabeça entrar, você mesma vai pedir pra ser enrabada logo!!!

E para minha surpresa, assim que ele forçou a cabeça do pau no meu anelzinho...uuuuuuiii...que dor...até sangrou um pouco...mas ele me pediu pra ter calma e relaxar mais um pouco e fazer o que ele disse...eu respirei fundo e comecei a fazer força para expulsar o pênis e ele foi entrando, e entrando cada vez mais e nisso ele vendo que já tinha ido quase todo, meteu três dedos na minha xoxota e começou a me estimular me fazendo esquecer da dorzinha que já era praticamente insignificante...eu com aquilo tudo me contorcia de tesão com ele me esfregando o grelinho e as pernas por cima dos ombros dele e a tora entrou de uma vez o que restava e eu dei um grito de dor misturado com prazer e disse:

_Aaaaaaaaaaaiiii!!!! Padre Otávioooo...que pica deliciosa...vem...vem...mete logo que não aguento mais esperar por ela...me arromba...me estoura logo toda....huuummm...aaaiii...aaaaiii...vaaai fode logo meu rabo...huummm!!!!!!!!

Ele me obedeceu prontamente, me ergueu mais um pouco para cima com as pernas envoltas em seu pescoço e bombou no meu cú sem dó...me puxava pelo quadril e enterrava a rola inteirinha pra dentro e depois tirava quase toda e empurrava de novo...assim foi durante um bom tempo, depois trocamos de posição ele me pôs de quatro e enterrou o pau de uma só vês e começou aquele vai e vem gostoso bem devagarinho e com uma das mãos me masturbava a buceta me segurando pela cintura...metia o pau no meu cú e massageava minha buceta sem parar...logo aumentou a intensidade e a velocidade estocando agora mais rápido e mais forte...sua mão tava quase toda metida dentro da minha grutinha e foi nesta hora que eu tive orgasmos múltiplos...acabei gozando pelo cú e pela buceta ao mesmo tempo...por pouco não perdi os sentidos tamanha foi minha explosão de gozo e prazer...e ele aproveitando as super contrações do meu ânus bombou com ainda mais intensidade e gozou dando um grito de prazer e loucura estonteantes, me enchendo o cuzinho de porra...tá pensando que acabou...que nada...ele recomeçou logo a bombar de novo e eu a rebolar na vara deliciosa dele e e trocamos mais uma vez de posição ficando ele deitado de costas e eu por cima de cavalinho com a rola dele em meu rabo ainda...e cavalguei bem gostoso nele enquanto ele me apertava os peitos...eu comecei a subir e descer no pau dele e veio logo o próximo orgasmo anal...que delíciaaaa...ele junto comigo gemendo e me puxando pra baixo me apertou contra seu mastro e gozou também com mais intensidade ainda e fiquei escorrendo de tanta porra no cú...ficamos assim engatados por mais uns minutos e o pênis dele amoleceu e saiu naturalmente!! Que dia MAGNÍFICO foi aquele...foi o 1º de muitos que tivemos...tivemos várias e outras muitas transas de deixar queixos caírem...na horta que ele tem nos fundos da casa paroquial...no quarto dele...na minha cama em cima do pijama do meu marido...sabe onde mais...no confessionário, essa transa foi maravilhosa, as pessoas esperando para se confessarem e nos lá mandando ver no confessionário...rsrsrs!!!!!! Mas essa e as outras ficaram para um,a próxima história, ou melhor, para outros contos, ok...um dia relato tudo pra vocês!!!!

BEIJOS MOLHADOS,

...CEL...

>> FIM<<

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
13/04/2010 02:58:46
Oh delicia de conto, me deixou na vontade...Menina se isso for real mesmo, vc é uma super sortuda, viu!Parabéns pelo conto, demorou mas valeu a pena!!!
07/04/2010 16:09:54
Muito bom...
07/04/2010 12:45:50
Olha... o conto é bom... mas já acho q é ficção mesmo... rs. Bjs.
30/11/2009 11:42:14
gosei muito lendo esse conto
21/09/2009 07:26:04
Irmã.....QUERO TE COMER tb.....
12/09/2009 11:54:51
MINHA NOOOSSSSSAAAA.....SE O PADRE É SAFADO, ENTÃO, O QUE DIZER DE VC??? VC É MESMO INSACIÁVEL!!!! ALÉM DO MAIS, É UMA VERDADEIRA PUTINHA DO JEITINHO QUE EU GOSTO!!! VOU QUERER PROVAR ESSE CUZINHO PISCANTE E GULOSO TAMBÉM!!!! NOTA 10!!!!
11/09/2009 15:32:57
O conto é bom. Mas vai um zero por voce votar 10 no proprio conto.
11/09/2009 14:49:34
Legal...pena ele ser padre
11/09/2009 09:43:23
Mulher se isso aconteceu mesmo contigo, VAI TER SORTE ASSIM NO INFERNO! Que maravilha hem...Amém...rsrsrs
11/09/2009 03:39:05
dez!;)
11/09/2009 01:18:30
Leiam o conto "Quando um homem ama um outro homem." Todos o que apreciam um bom conto homossexual irão amar este texto.
11/09/2009 00:41:37
Gente por favor não esquecam de comentar e votar, ok!!! Querendo me escrevam dando opiniões:




Online porn video at mobile phone


garoto gay bem novinho e bem afeminado muito tesouro para dar o c*porno doido botou amames pra chorarxvideo.magrinha nao aguentou apica do negueo e gritou muito de dormarido chupa abuceta da mulher depos de amando emchei ela de porraporno casada nao agreto oprimo domaridomassageando a bunda da mulher no ônibus devviagemfostos.as.mais.gostozas.quadrinho.eroticosde.saia.coladasexoirmá vai dormir con seu irmaonovinhas grupalweb cam xvideosmelhores meninas de porno prima com avô de 50 citimetrovideos de gosdosa tirado fio dendal de 22anoscontos eroticos feminizaçao do garotinho maex videos pornô negão da piroca muito escrota mete na safada muoto forteMoto táxi pega passageira gostosa de shortinho curtocontos enrabei um cuzinho gostosoxvideos.com marido sai para trabalhar e mulher a empregado dozelonossa to preocupado comeu a mulher do meu amigo e ela ingravidou vidio pornoempresario comedor de casadas cssa dos contos eroticosPegou o pai de pinto duro quiz no cucache:16t390C-nPAJ:zdorovsreda.ru/texto/201603559 xvidiocasada urando no caralhofudendo com forca socando dedo maos chupando a linhuinha at gozarnovinha distraída de shortinho folgadinhos sentou de perna abertacontos eroticos peguei uma garotinha do interior pra criar e ensinei tudo sobre sexo pra elalevantei o vestido dela no beco e plantei rola x videoconto filho pirocundo dando banho na maepegandoafilha quesair com o carronegao me enrabandochupo e emguliu apora toda xvideosprica cavalaobreiro da universal punhetandoafeminado mulherzinha co cabelos grandes dando o cu gostoosocontos de novinhas iniciada na websimpatia para virar corno mansoxvideo Welton comendo o cu da sua primagravando bebada arredanda a calcinha pro lado e tacando a picatava um tedio danado,resolvi dar a buceta pra ele,incesto contosvideo do sogro comeu a nora depois do casamento ela esta tamando banho ela pensou que era o maridoXVídeos vídeo pornô das panteras pai come a filha drogada muito doida de cocaínasogro pega intiada dorminosexoconto erotico de minha titia rabuda nua do rabao la em casa de sainha curtaIncesto do cu desde pequenovidio porno di homen abuzando di mulhe disaia nu onibusPorno Tia comeu o sobrinha atc gozou dentro delaconto erotico meu/marido transou comigo e meu sobrinhocontos eróticos gay fui transformado em putinha e fizeram dupla penetração no meu cuzinho e me arrombaramquero ver novinha de calcinha transparente tristinha tirando a saiaincesto ganhando chupada de aniversarioporno mãe possuir segredo fudendo escondido do maridoconto gay ele se revoltou e tomou todasmeu padrasto me comeuConto erotico arombei minha enteada novinha magrinhvideos de sexo, lambeçao de barrigafis vovo me arronbarxxxvido namorada si a sutar com tamanho d pau d namoradoContos de meninas ki deu abuceta pra uns velhos tarado pau enormesenfiando a cabecuda por baixo do vestidomulherpelando abocetavideos de sexo, lambeçao de barrigagozando dentro da mignonzinhaNovosContos fudendo com velho tarados pauzudosexo novos banho conhadas nuasmulheres passa margarina uma na outra peladasnoviha de chote cutocontos "meu cuzinho rosado" -gay -gayscasa dos contos gay Romance pai"3 negão fuderam buceta de coroa gostosa ate arromba toda elaespeando o primo tomar banho e se da mal e estruprada pornodoidoconto erótico eu minha esposa na cachoeiraMenina enprensando priquito nas pernasconto erotico huntergirls71esposa bar sexo xsvedeoContos eroticos com o dono da verdureiroporno doido extaziadas de prazerporno cunhadainesquecivelpai cospe no cuzinho da putinha depois mete o pauzao