Tudo começou por causa de uma aposta - Minha irmã


Click to Download this video!
Um conto erótico de Lukinhas22cm
Categoria: Heterossexual
Data: 07/09/2009 02:15:02
Nota 8.67

Depois de muito me pedir, comecei a levar minha irmã mais nova a festas comigo, muitos irmãos não saem juntos porque não se identificam um com os outros, já eu e minha irmã somos idênticos, ainda mais quando o assunto é festa, ela gosta do mesmo estilo musical que eu, bebe como eu, mesmo sendo mais nova, não tão nova ela já tem 18, enfim é uma ótima companheira de balada a não ser pelo caso dela ser minha irmã, e em baladas sempre há aquela pegação toda, uma das coisas que ela mais gosta pro meu mal, já que sou muito ciumento com ela, também.. uma morena linda com coxas grossas e já um pouco definidas, barriguinha lisa, e peitos que se encaixam perfeitamente em minha mão, com biquinhos rosados.. como sei disso? Em outra historia conto a vocês, eu bem que tentava não ligar pros carinhas que ela ficava nas festas que eu a levava, e entre nós havia meio que uma competição, de quem ficava com mais ou quem pegou o mais bonito/bonita, mais era bem difícil meu me controlar, se vocês vissem o jeito que Lívia ficava com os caras na balada, sei que ela já era uma mulher, que não era mais virgem nem nada, mais eu tinha um ciúmes familiar dela, mesmo sabendo que ela não era mais um BB eu a protegia e sempre dava um jeito de fazer ela parar quando já estava passando dos limites com algum cara, sempre era bastante educado, com os caras pois sabia que eles não tinham culpa nisso, isso até o dia em que em um bar tradicional de Sampa, vi Lívia se agarrando com um cara que nunca tinha visto, dessa vez a pegação nem era tanta, mais acho que naquele dia tinha passado um pouco dos limites na bebida e não me agüentei, fui até ela e já cheguei a puxando pelo braço e falando pra irmos embora, isso também aconteceu um pouco por eu não ter arrumado ninguém legal pra ficar naquele dia, mais enfim, quando a puxei, o cara não gosto..

- ei, pra onde você vai com ela?

- pra onde eu quiser, sou irmão dela amigo!

- só que eu acho que ela ta afim de ficar comigo agora, e não ir com você!

- não importa o que ela quer..

Ela num ato de ‘revolta’ se soltou de mim

- claro que importa o que eu quero..

Ela se abraçou no carinha novamente e o abraçou..

- não deixa ele me levar embora!

O filho da puta me olhou como se estivesse por cima..

- ai cara, sei que é tua irmã, mais é melhor você dar o fora, ou ficar na tua!

Eu ri..

- e eu acho que é melhor agente resolver isso agora..

Foi ai que dei um murro direto no nariz dela, todos da balada me seguraram e ele ficou no chão com a mão no nariz, rodeado dos seus amigos que já queria vir pra cima de mim, mais sabe como é aquela turma do separa NE? Puxei minha irmã de volto e fui indo embora, quando cheguei no estacionamento e abri a porta do meu carro..

- uhn, você deve gostar de correr num carro desses.

- porque, você quer uma carona? Ou outro soco?

- não, tava pensando em uma corrida..

- correr pra que, quanto vai rolar?

- quem ganhar fica com sua irmã esta noite, e vai poder fazer o que quiser com ela e o perdedor vai ter que ver numa boa, tudo bem pra você? Ou você só sabe resolver as coisas na porrada?

Aquele cara me provocou, olhei pra Lívia esperando ela responder alguma coisa pra eu não ter que correr, mais como eu já gostava disso também fiquei torcendo pra ela disser pra eu correr, ela não disse nada, apenas fez sinal de positivo com a cabeça, saímos juntos do estacionamento e o seu carro era do mesmo nível que o meu, então confiei em mim como piloto, já saímos do estacionamento acelerando, cortando todos os carros a nossa frente, até que paramos em um farol.. ele abriu seu vidro e deu uma piscadinha pra minha irmã e a safada ainda sorriu, e ele me disse com um tom de voz autoritário..

- quem chegar primeiro ao 4º farol vence!

Apenas fechei o vidro do lado de Lívia e quando o farol abriu sai em disparada, logo percebi que poderia ganhar, pois ele não pilotava tão bem, só tinha um carro legal, Lívia nada falava dentro do carro, e eu ficava apenas contando os faróis que passávamos, no 3º farol eu já estava na frente e não sei porque, mais tudo o que aquela cara me falou me veio a cabeça e também todas as frias que minha irmã já havia me colocado, e fiquei com uma pergunta na cabeça.. o que ele quis dizer quando me disse que quem ganhasse ficaria com ela e faria o que quiser na frente do perdedor, sei que é loucura, mais na hora com esse pensamento na cabeça tirei o pé do acelerador e a vi passando ao meu lado a milhão, fiquei na sua cola até avistar de longe o 4º farol, foi ai que diminui, até que enfim Lívia mostrou alguma reação, ela riu quando viu seu ficante passar 1º que eu no farol, ela parou o carro no próximo posto da avenida e desceu abrindo a porta da minha irmã e pegando em sua mão e lhe deu um beijo..

- ta vendo linda, não disse que faria de tudo pra ficar com você..

Ela apenas respondeu com um beijo, sai do carro desconfiado se a aposto seria apenas aquilo se já estava comprida, me sentei em cima do capo do meu carro e fiquei esperando ele disser algo.. ele ficou um bom tempo falando alguma coisa no ouvido de Lívio, que ele não deve ter gostado.. pois gritou..

- você é louco? Eu te conheci hoje, Lucas, me leva pra casa agora!

- como assim? Já esta paga a aposta?

O cara retrucou a segurando contra a porta do meu carro..

- eu disse a vocês, que quem ganhasse iria poder fazer o que quiser com sua maninha, e ela não falou nada e agora vai ficar com frescura?

Lívia pediu pra eu tirar o cara dali, que segurava em seu braço com força

Fiquei pensando e como não ouvi o que ele falou pra ela perguntei..

- e o que você ta querendo com minha irmã?

Lívia me olhou como se estivesse me reprimindo, e o canalha teve a cara de pau de mesmo depois de tudo..

- eu vou comer sua irmãzinha querida hoje..

Certamente em sua cabeça e na cabeça de Lívia ele levaria uma surra agora, mais com tudo aquilo na cabeça não disse nada..

- por mim tudo bem.. eu perdi mesmo!

Lívia me olhou indignada..

- mais eu não quero,

- maninha, você estava gostando ate agora, então vai ter que me ajudar a pagar a aposta..

- você só pode estar louco não é?

- não, vou ficar te devendo essa maninha, mais é melhor você ir com ele pelo menos..

Ele a puxou pra dentro de seu carro, e mesmo com tudo minha irmã não resistiu tanto assim, acho que ela já estava começando a gostar da idéia, eles já iam saindo em seu carro, quando parei na janela do carro do lado do carinha..

- e sobre a parte do perdedor ter que ver?

- se você ta afim de ver sua irmãzinha sendo comida..

- não é isso cara, mais cumpro todas as minhas apostas..

Entrei em meu carro e o segui, no caminho fiquei pensando.. que loucura eu estou fazendo.. o que será que ela esta pensando? Acabamos voltando pro bar que estávamos não sei porque, lá dentro perdi os dois de vista e fui até onde tinha deixado alguns conhecidos, por um instante aquela idéia me saio da cabeça e comecei novamente a beber com meus amigos, já era umas 4 horas da madrugada, quando vejo minha irmã, já mais atiradinha e claramente bêbada de mãos dadas com o tal carinha, ele veio até mim e pra minha surpresa..

- acho que agora agente pode ir pagar a aposto que você perdeu não é?

Nessa hora todas aquelas idéia voltaram a minha cabeça e não sei porque mas fiquei de pau duro, olhei pra minha irmã e ela ria bêbada, aquela cena era terrível, mais me deixou cheio de tesão, apenas acompanhei os dois depois de me despedir de meus amigos, saímos do estacionamento novamente, mas dessa vez ele foi ousado e parou no 1º motel que viu, estacionamos os carros lado a lado e descemos, ele conduzia tudo, parou na ‘portaria’ do motel e pediu um quarto, minha irmã parecia não notar que eu estava ali, apenas dava risada e o beijava, enquanto eu fiquei quieto o tempo todo apenas observando, entramos em um dos quartos o numero 6 ainda me lembro disso, minha irmã se jogou na cama, e o cara que nem fiz questão de perguntar o nome, foi direto pra cima dela e começou a beija La e ela respondia as caricias com muito desejo, fiquei parado na porta do quarto por um bom tempo de braços dados, apenas olhando, até que o negocio começou a esquentar, Lívia devia estar com tanto tesão que nem abria os olhos, ele começou a tirar sua roupa e me surpreendi com sua total ousadia em rasgar sua calcinha com os dentes e começar a chupar aquela bocetinha depilada e apertadinha, a partir dali não me continha de tanto tesão, mais não podia colocar o pau pra fora e me masturbar, pois o cara acharia que eu era um tarado, e o que minha irmã acharia, aquilo já era muito estranho, não podia deixar mais ainda, me sentei em uma poltrona ao lado da cama onde eles fodiam, e fiquei de olho ligado naquela transa que no meu ponto de vista foi bem fraco, minha irmã não parece ter gozado e o tal carinho gozou em menos de 40 minutos.. minha irmã se levantou e olhou bem em meus olhos ainda nua com a bunda toda melada de porra e foi ate o banheiro, não disse nada a nenhum dos dois a sai, entrei em meu carro e não resisti, coloquei meu pau pra fora e comecei talvez a melhor punheta de toda minha vida, estava com tanto tesão que não percebi Livia chegando e entrando no carro, ela me olhou assustada..

- o que você ta fazendo?

- você acha que eu sou de ferro? Depois de ver você trepas com aquele cara olha como eu fiquei.

- você é louco

- é mais agora estou louco por você..

- melhor você guardar isso ae e parar de falar merda, agente já fez muita coisa estranha por hoje!

- e qual a diferença de se fazer mais uma?

- o que? Você ta querendo dizer o que?

Olhei pra ela com aquelas cabelos pretos molhados, aquele rosto de pessoa ainda bêbada e cansada, e com a roupa toda amassada, não resisti e a beijei, passei a mão sobre seu pescoço a e beijei como nunca beijei alguém antes, logo ela se entregou, e já passava a mão sob meu pau que já estava pra fora da calça, deitei meu banco até o fim e a puxei pra cima de mim a fazendo ficar no meu colo, naquele momento meu pau só não a penetrou por causa de sua calça jeans, aos poucos fui tirando sua calça jeans, e ela já estava sem calcinha pelo fato do carinha ter rasgado a sua, fiquei roçando meu pau em seu grelo que já estava inchado e molhadinho e em um dos seus leves gemidos de menininha a penetrei de uma vez só, dei umas 3 bombadas e ela gemia gostoso, bem mais do que a transa toda com seu ficante, mais do nada parou de quicar sobre mim..

- temos que parar, isso é totalmente errado, é uma burrada, depois vamos nos arrepender disso tudo maninho!

- mais ta tão bom, eu pelo menos não vou me arrepender de nada, eu só quero você agora

E a beijei, e ela retrucou novamente..

- melhor não, hoje o dia foi cansativo, me leva pra casa por favor, tenho que pensar em muita besteira que fiz hoje e me recuperar pois ainda estou meio bêbada!

Não quis discutir com ela e a levei pra nossa casa, na garagem já ia descendo pra ir ao meu quarto dormir, quando ela pegou firme em minha mão..

- se você ainda quiser, prometo que vou pensar no seu caso com carinho..

Nisso saio andando.. bem até hoje eu a provoco, e as vezes quando estamos a SOS pergunte..

- já pensou no meu caso?

E ela sempre ri, mais nunca respondeu nem que sim nem que não, acho que por não termos um tempo a sós..

Quando acontecer algo, quer dizer quando ela me responder eu posto por aqui.. torçam por mim.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
06/01/2010 22:02:16
bah que crueldade!!!!!! deixar voce na fissura. legal seu conto e excitante
26/10/2009 18:18:36
sim eu te falo se quiser nao sei se vai fucionar com vc add--->>>
22/09/2009 17:57:36
alguem tem alguma ideia? pra eu poder em fim fazer amor com minha maninha? pois ela esta me deixando louco.
19/09/2009 18:49:54
Adorei...
07/09/2009 15:26:57
pô, sua irmã é cruel...
07/09/2009 02:51:47
Gostei fico aguardando o fim desse seu drama sexual heheh




Online porn video at mobile phone


morena gostoza nupoenocunhadinha bem linda e muito gostosa coxas grocas e bumbum saliente contos eroticosVirgindade anal incesto Desde pequena Contonovınha dancando de short xvıdeosconto gay afeminado cabeleiro fio dental negroporno contos pelo zptransei com meu corno com a buceta cheia de porra de outro contoConto erotico a honra da nossa casacontos eróticos de enteadas zangadascigana da uma foda dentro da retrete publicavidros prno insetos fodendo mae emprensadaxvidio porno zelado comi fazedeiramulheres que redola e os homem beijam a dundaengenheiro praia de nudismo relato eroticohotwife e marido contosxvidio mocinhapornodoido.com.novinha.masageano.pica.grosameu genro me fodeu sexo velho etiadas vazouFamílias nudistas sem tabus todos pelados nas praias e também em casa. Casa dos contos.contos eróticos vovó b*******quanto mais eu bombava a minha sogra mais ela gemuawww.xvideos meninas com fartura de carne da buceta e rabo gostosocontos eiroticos leilapornxvideo qrebado ucabasusabem alguma fasenda pra cuidaporno levantado a saiao pauzao preto fortezofilia o Palzudo fudendo a Mulamenina Com shot bem Curto Moh gostoAsexo com a nora gostosa no sofá deitada no colocontos eroticos mia mulher nao resitil o massagista dotadocontos eroticos como eu virei puta de um velhowww delexvidio comvideos porno negao so os tapas estralandoponodoido sexo anal a tres negoes pintudo e uma loira viciadacontos de gozadas nas bundas grande de coroascontoeroticonovinhosafadoreal comendo buceta da roberta gordapca groca cabecuda gozando dentro video pornocontos esposa fodida pelo guarda noturnocontos eróticos com minha irmanzinharelato sexi miha noiva a putinha da turmaA dentista putinha quadrinhos eroticossexo dedada chulxvideos vih minha novinha deitada com bunda pra cima e comi elaestragaram#calcinharosacontos eroticos amamentaçãopadrasto enteada falei de sexo brasileiroconto porno cunhada ivonetexxvideos comendo no interrogatório com força uma peitudaNovinha vijen tentando en fiar o dedo na bussetaflime porno mulher pegar homen no fraga nus furtapornocoroa esguicha de prazer de ter tora no cuX vidio comi merda do pau do amigo ke comeu minha namorada video de virgem se entregando pata o pauzudomulher trnzando com jaardeneiro eoutra escnida espiandopornodoidocasal liberal cornoxvideos-tampando a boca da novinha com um travesseiro ate ela desmaiarContos eroticos marido de pinto pequeno chama amigo roludo para esposa certinhaXVídeos novinha com a b******** com cavanhaque de coraçãozinhocontos gay belmirominha prima contocontos eroticos comendo a sobrinhameu filho pintudo contoContos eroticos , o sobrinho do meu maridodelirando sexo filhinha inocente 18bucetudas banhano no sitioComto lesbica flagante Pai a tresconto erotico vovô e netinha novinhacontos namorada com amigo no churascovvgg sexoConto dando sonifero enteadamulheres sipr dotada xvideocontos eróticos fui corno e escutei tudo atrás da paredemarido fazendo covardia com a buceta da esposaContos eróticos- bem novinha é desvirginada e grita de dorso avo na siririca cam esc brchateou a amiga até ela dar o cu vídeo amador mobile xpornonegaoSitio moto sobrinho conto eroticoinsesto istorias eroticas pai filas novinas