Casa dos Contos Eróticos


Click to Download this video!

Juliana, uma delicia de irmãzinha

Um conto erótico de andré
Categoria: Heterossexual
Data: 17/08/2009 20:03:21
Nota 7.83
Assuntos: Heterossexual

Olá, sou André, tenho 18 anos, e passados dois meses deste fato, tomei coragem em compartilhar isto, o conto é longo pois vou contar detalhadamente como tudo realmente aconteceu, espero que gostem e lembrem-se, fato realmente verídico por isso apesar do texto grande, vale a pena lerem, imaginem pra mim o que será descrever o que senti na pele.

Desde os tempos de colégio sempre fui um tanto zoado por todos que me conhecem, e tudo isso por causa de minha irma, Juliana, 20 aninhos, 1,70m, uma loirinha maravilhosa, aquelas que ao passar arrasta qualquer olhar masculino e até feminino, rosto branquinho, olhos claros, aquele corpo magro bem falso e definido, com uns peitos lindos e uma bunda imensa, e exatamente por todos esses requisitos, todos os meus amigos me chamam de cunhado e me enchem o saco querendo o telefone dela, msn, orkut essas coisas e muitos inventam de querer vir em casa só pra vê la, somos descendentes de alemães com italianos, e além disso malhamos muito, mantemos a forma, imaginem os caras na academia como ficam secando com os olhos e cantando ela de todo jeito possivel, imagino eu na faculdade dela então, e acreditem, morro de ciúme disso mas fazer o que.

Sempre houve um respeito grande entre agente, somos muito amigos, e por ser minha irma, obviamente nunca tive interesse em ficar lhe analisando, tinha muito respeito, até porque ela é mais velha, mas é inevitável não ter nenhuma tara, ela é um pouco mais de 2 anos mais velha, e sempre me ajudou principalmente em relação a escola, então sempre tivemos muito amor e compreensão um pelo outro, obviamente amor e companheirismo de irmã e irmão. Claro que mesmo sem ter interesse nela, não havia como deixar de notar toda a generosidade que a natureza impôs naquele corpo e rosto, é um conjunto perfeito. Sempre andamos juntos e 8 em cada 10 homens a chamam de gostosa (e claro muitas outras coisas)e eu odeio isso, acho que sempre tive ciúme dela, e até hoje, a Ju nunca levou nenhum namorado pra dentro de casa. Ela confia tanto em mim que usa seus baby dolls e não sente a menor vergonha de tampar as partes intimas quando esta em minha frente e também me conta o que pensa em relação aos homens, que obviamente sempre a olham desejando come la, afinal é muita gostosura né, ela se queixa que ninguém nunca quer nada sério, só se aproveitar e ela detesta isso, ainda bem. Mas assim levávamos uma vida normal, eu, meus pais e a Ju. Até que há 2 meses e alguns dias atrás tudo mudou, foi meu aniversario de 18 anos, e como não poderia deixar passar essa data, dei uma festa, para minha família e para os melhores amigos. Pois bem, foi tudo ótimo, e a festa terminou, ganhei muitos presentes. Já tarde da noite, tomado banho, meus pais já dormindo, fui para meu quarto para abrir todos os presentes quando ouço a porta do quarto abrir, era a Ju vindo olhar o que eu tinha ganhado e já perguntando: “ganhou muitos presente né Dé?” quando olhei vi a Ju com um micro shorts que transpassava aquela buceta linda e tb uma camisetinha que não negava os faróis acesos, e obviamente meu pau subiu na hora (sou homem, não haveria como não ser daquele jeito), mas disfarçadamente e sem ela perceber, respondi que sim, e que havia adorado aquele dia e logo ela rebateu: “ganhou sim, mas nenhum será melhor que o meu”. Aí me lembrei que ela não tinha me dado nada e logo cobrei meu presente, ela me fez ficar em pé e de olhos fechados para ganha lo, fiz o que ela pediu e de repente, senti a mão da Ju tocar em meu pau e dizer : “minha nossa, que pauzão maninho!!!”, eu não soube o que fazer, nunca poderia me imaginar naquela situação com ela, eu me sentia hipnotizado com aquele toque, não pensava, não me mexia, só continuava naquela posição sentindo ela acariciar meu cacete até que ela o tirou pra fora e levemente escutei a dizer “uauuu, como é grande”. Não reagi, a Ju ficou ali acariciando uns 2 min até que quando dei por mim, disse: “Ju, somos irmão, pelo amor de Deus pára com isso!!!” (apesar de já estar dominado pelo tesão, a razão fez com que eu dissesse pra ela parar), Juliana não parou e disse que queria meu pau de qualquer jeito, foi quando senti aquela boca quente, deliciosa envolver meu pau, confesso que comecei a tremer, não sei se medo, tesão, arrependimento de estar ali com minha própria irmã ou se era tudo isso junto, meu pinto estava uma bala de duro e ela disse que havia me visto nu há uns 3 anos atrás mas nem em sonho era tão grande quanto agora. Eu não conseguia fazer com que ela parasse (acho que nem queria, a Ju é minha irmã sim, mas é linda, perfeita, uma mulher deliciosa), eu continuava sem reação, mas já de olhos abertos via o jeito delicioso que ela chupava meu cacete e se arrepiava olhando fixamente pra ele. Mesmo com tanto tesão, alguma coisa dentro de mim me fez dize “pára por favor, pára” e numa dessas frases ela se levantou virou aquele rabo em direção ao meu pau e disse “quer que eu pare porque você não me acha gostosa? Não me acha peituda, rabuda, atraente?”. Fiquei como estatua, não disse uma palavra, só olhava aquele rabo enorme na minha frente, e pensava o quanto todos desejavam comê lo, e eu ali olhando aquilo, naquela situação. Foi então que tomei uma atitude e disse a ela tudo o que queria mas nunca poderia por ser minha irmã, disse que ela era deliciosa, que eu já sonhei que estava comendo ela, que já bati várias punhetas pra ela (no inicio disse que sempre a respeitei, quis dize que nunca tentaria nada, nunca tomaria atitude pelo fato de sermos irmãos, mas obvio que já havia descascado muitas pra ela), enquanto eu dizia, ela foi vindo com aquele rabo para trás ate que num determinado momento senti meu pau roçando aquela xoxotinha gostosa, toda molhada, que exalava um cheiro de fêmea maravilhoso, logo escutei ela dizendo “me come maninho, por favor, só você mesmo merece isso por ser o cara que você é, por sempre me respeitar como sua irmã, nunca fazer piadinhas sobre mim e sempre me defender, e mesmo depois dessas coisas que vc me falou, vc guardaria isso a vida toda somente pra vc, és um homem perfeito, então me fode todinha, eu vou amar esse pauzão dentro de mim”, nossa depois disso eu sentia me pau latejar de tão duro, estava dominado por tanto tesão e sem faze nenhum esforço, meu pau, mesmo grande e duro foi penetrando dentro da Ju sem muito esforço já que ela estava molhadissima, nossa que tesão, me arrepiei todo, meu coração pulsava, eu estava soando frio, eu tremia, eu desejava, eu senti mil coisas naquele momento, fruto do sexo proibido e mais gostoso ainda entre eu e minha mana, ao senti meu pau entalado naquela xoxota inchada, deliciosa, perguntei a Ju se ela já havia transado muitas vezes e então me confessou que não transava há mais de 1 ano e só havia dado pra 2 “ficantes” (que também só queriam comer e sair fora, por isso ela nunca namorou sério). Então estávamos ali, meu cacete socado na bucetinha da Ju e o tesão nos dominando, começando naquela posição mesmo a fazer o movimento de vai e vem, comecei bem devagar e pouquissimo tempo depois já tava fodendo minha maninha de um jeito monstruoso, como um leão se impondo diante de sua presa, ela gemia tanto e dizia, “fode fode, quero esse cacetão todo” e eu comia com mais vontade e mais tesão ainda, por sorte o quarto dos nossos pais é no andar debaixo, então ela poderia gemer que eles nunca ouviriam, claro que na hora nem pensamos nisso.

Depois de tanto foder na xana da minha maninha, gozamos, praticamente ao mesmo tempo, fiquei com medo já que foi tão de repente que nem camisinha eu lembrei mas ela disse que já havia preparado tudo e que tomaria algo no dia seguinte, e então eu soltei uma quantidade de esperma incomum como nunca antes, ela ficou boquiaberta vendo aquilo. Como é normal, depois do ocorrido, meu pinto foi deixando de fica duro, e ela vendo aquilo, o segurou e disse “não mesmo, agora que a brincadeira começou”, nossa, ela estava uma leoa sedenta por sexo e, sem esforço nenhum meu pau já ficou de pé novamente. Perguntei a Ju se ela já havia dado seu rabinho e ela logo disse “ah maninho nunca dei, mas não posso fazer isso agora, se fizesse você me arrombaria toda”, seu pinto é grande e grosso (na verdade a quem interessar, não sei a grossura em tamanho, mas tem 21cm), e entao fui convencendo ela que agente faria bem devagarzinho pra ela não sentir dor, logo ela concordou, nossa eu estava prestes a comer aquele rabo que todos desejavam, era realmente um felizardo. Então começamos, ela boto as 2 mãos na beirada da cama, ficando com o rabo empinado, então disse “vem comer vem maninho, mas bem devagar, nunca fui enrabada”, nossa, ela dizia coisas que me fazia endoidar de tesão, então logo sem hesitar, comecei a pressionar a cabeça do pau naquele cuzinho apertadíssimo, só em roçar minha pica no cuzinho ela já hesitou, disse que doía. Então fui rapidinho ao banheiro do lado do meu quarto pega um creme, e passei o por toda minha pica e no rabo dela tb, Juliana ficou na mesma posição de antes, e dessa vez ao encostar o pau e pressionar um pouco, ela deu um gemido bem abafado dizendo “aaaaaaiii”, pronto, o meu pau começava a possuir aquele rabaço da maninha, e assim fui metendo bem devagar até estocar todo meu pau ali dentro, feito isso, e ela já sentindo as bolas tocarem seus glúteos, me falou “nossa que doído que é isso, mas é uma delicia, meu sonho finalmente se realizou, ser fodida no rabo pelo meu maninho querido, o único que merece isso, então mete mais Dé, quero senti seu cacete me possuir”, e eu obedeci, já comecei a estoca la profundamente, rapidamente, ela gritava de dor mas não parava de manda eu foder, mas também, foi a primeira vez em seu rabinho, e ela devia estar com tanto tesão que a dor era secundaria, só sei que fodemos tanto, até eu por minha mão na xaninha dela sentir aquela água saindo, a Ju tinha gozado, e dado aquele suspiro como quem diz, estou satisfeita. Ainda fiquei por uns 5 minutos chupando aquela bucetinha toda molhada, so que eu tambem estava a ponto de bala, quase gozando, e ela sem pedir nem nada, já veio pegando meu cacete e dizendo, “pra nossa noite ser completa só falta isso”, e então ela me masturbou, mais que isso, senti como se ela tivesse ordenhando meu pau, tamanho era a sede daquele leite que já estava pra ser expelido, e realmente, ela me fez soltar tanto esperma que depois do feito eu estava ofegante, respirando feito um louco sem ar, realmente estava exausto, e minha maninha sacudia e apertava meu pau até a ultima gota de esperma sair, pra que ela engolisse tudo o que havia em sua boca, coisa que ela fez sem seu falar nada, por puro tesão mesmo que ela devia estar, eu a vi engolindo aquela porra com gosto e lamber os beiços de tesão, e então largou meu pau, pegou minha cueca e a colocou em mim dizendo “esse pauzão é meu e deu lhe um beijo na cabecinha” e também veio me dar um beijinho na boca e dize “boa noite meu maninho lindo e gostoso, pena agente não poder repetir isso né?”, nem a respondi, já que pensava se tudo aquilo que ocorreu era verdade ou eu que havia sonhado.

Bom pessoal, passaram se 2 meses, continuamos nossa mesma rotina, andamos na rua, na academia, em muitos lugares juntos (como irmãos claro), e fico lisonjeado em ter feito barba, cabelo e bigode na Ju, mas admito que tenho um peso na consciência enorme e ainda sempre que pode, ela me provoca, discretamente sem estar na presença de ninguem, claro,mas apesar de ela ser a melhor coisa que já provei na vida (nunca que os namoricos da escola que tive, chegavam perto daquilo), ela é minha irmã e devo respeita la, e ela provoca porque sabe que eu não tenho coragem de tomar iniciativa, devo ser certinho demais pra isso, e ela sabe, apesar do imenso tesão que tivemos aquele dia, como vamos continua fazendo isso?? Me sinto feliz em ter dividido meu conto com alguém, já que ninguém sonha com isso a não ser eu e ela. Desculpe por eventuais erros ortográficos, e espero que tenham gostado!!!

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
04/09/2009 23:19:00
http://vidadeanjos.blogspot.com/indice-de-relatos.html
04/09/2009 19:42:00
Cara, se vc está arrependido, deixe que eu continuo enrabando ela prá vc, adoro gozar na boca de vadia
20/08/2009 16:07:55
legal!
18/08/2009 11:29:50
André, pediria que tu destes uma olhada no comentário que fiz num outro conto do site que é Por Favor, ajudem me! autor James de, pois não estou com saco de repeti-lo aqui. Se tua irmã é tão gostosa como tu descreves, e ela tem tesão por ti, ambos poderão ter muito prazer desde que mantenham o sigilo para evitar comentários e interpretações hipócritas do teu envolvimento. O mundo está em constante evolução e alguns costumes arcáicos, tabus e conceitos estão caindo, por exemplo: a virgindade, é muito melhor ter companheiro/a com alguma quilometragem do que um zero quilometro que não acompanhasse o dar e receber prazer. Tenho a impressão que tu já não fazes questão que a tua noiva seja virgem no teu casamento, nem que tinha sido tu que a inaugurou. As mentalidades retrógradas e tacanhas que mantém o breque, mas o mundo está caminhando, não digo que para liberação geral, mas está havendo aberturas, então... Conto maravilhoso nota MIR!!! Abraços!
18/08/2009 07:43:04
Bo dia Anjo .. Mudou o nome do conto ..rs O conto não é ruim, mas parece não ser real... Bjinhos e fica na paz!
18/08/2009 03:12:03
!bom
17/08/2009 20:28:15
Já tô cansado de ouvir essas besteiras de irmão comendo a irmã...Nossa vcs poderiam mudar um pouco ?




Online porn video at mobile phone


contos eroticos feminino ajudei o porteiro negro a fuder eu e minha irma juntocomo pegar cunhada novinha obs minha mulher deixa1000 fotos de lesbicas arrombadas esguichando juntastortura porno linguada no clitorisesposa do corno adora se exibir sem calcinha pro encanador so pra ele ñ resistir e fuder a safadacontos eróticos com pezinhos da tiaConto erotico casada polpinha bundaovideo porno amador novinha menstruada usando absorvente externo com lubrificantefilha fodendo com pai na excursaocontos etoticos patroa loira empregado negao com fotoscontos eróticos surpenatural incestoseduzindo meu filho contos eroticospoi no meu cu tiosexo surpresa rapaz ch3ga pra conserta a pia e rola chupada na xota hadoce nanda parte cinco contos eroticostava pastor ver a mulher de mini saia gostosa e não aguentei e transeieu, minha namorada, minha namorada e meu tioconto erotico gay travesti velha esculachada por negaocontos erotico gay corno participandocontos eroticos comi a bundinha da menininha do baleeu quero ver sexo cetonas gostosona de lindas roupasNinfeta ansiosa para exprimentar negão de pissa grande e grosso e fica toda arrombadax vídeo mulheres de 68 ano dando ategosarporn contos eroticos negao foi entregador fudeu minha esposahomem asonda mulher tocando siririca xnxxcontos eróticos meu amante me come olhando pra minha filhaesposo regaço a b***** da mulher nua entra mais podernegão arrebenta o intestino da mulher com pau enormePetreky porndocenandavídeo de mulher pelada nua vídeo mulher pelada mostrando o pinto também amor quer vir aqui também é muito periquita Minha louca vida de mulher pelada nuaxvideo arrombando o cuzinho preto nao pagou o aluguel levou rola no cuTio arroba o cu da sobrinha conto eróticosconto meu senhorio pirocudoconto de filha bando de biquine e acabou dando a bucetacasadoscontos/filhinhaO doce nas suas veias - (Capitulo 2)-zdorovsreda.rucontos de sexo depilada na praiapornodoido meu pai me consola depois deu chorarContos eroticos menina d oito anos deflorada por pedreiro iper dotadocontos de afilhada cavalona com padrinho coroa de pauzaoporno cazeiro com novinhs do zp so cu pretofilhinhas de papai na suite provocando vizinhopai e vo dopando filha safada tpra poder esyrupa laver instoria de susane .. casadas dando a buceta pra outros homensporno++o++encanadorvideo de mulhe rebolhadodei minha virgindade promeuirmãogêmeomae vai massagea o filho fica de boca aberta con o cacete do filhocontos eroticos adoro negras de ceios hem pequenos e bucetiha inchadamulher aprende como dirigir em cima do motoridsta pornônovinha dando pauzudi com cazelinaXxxvideo gozadas cinistras na novinhasmae enssinando de quinse anos a fode dando a buceta pra eliContos eroticos adestrando o viadoelementarians eroticosentou com o ccu no salame e bate punhetaalavancas e magrinhas no XVídeos mobileencoxada casa dos contosroberta.vadia.do.parana.fudeno.de.bruco.casadAde viado com vaxoroconto porno saiu sangueIrmao comendo irma sfd Xvideos.comtia coroa bebeu fico com fogonovinhareboa iotubecorto eroticosminha esposa gosta de trasa com vaquerocenasexocom visinhavidio cazeru mai finha novinhas danu padratuquero ver pênis de homem buceta de mulher vídeo de safadeza unha sendo mortoxevedeos cumendo a amiga da minha mãe que véio passar ferias na minha casa vedeos caserocontos gay um anjo em minha vida parte 14Reta do Pedreiro Hétero Peladocacete de velho de 90 ainda levanta conto eróticomulher e homem tirando a roupa da mulher Valendo Nada superar chupando priquitosentei no colo do meu tio o pau endureceu e nos fudemos contosconto erotico gay negao dominador gosta de viado obedientexvideos bebeu o cu ardeumasagem nos pes da minha mae conto eroticovídeos.pornoscom pônei metendo pau monstruoso inteiroem mulher de quatroxvidio .com cahalho monstro arregasdacontos eróticos mamãe deixa novinha com padrastoprofessora da a bucertar na sala de aulaContosSexo anal gays x novinhossogro safado e roludo esculacha nora pornodoido.comcontos eroticos de 2017 dia 20 de abrilaprendeu a gostar de pica com mulherporno. axô. que. meu. irmão. não. gosta. de. mulherxvideoporno cresce q ainda nao alguentacontos eroticos: sou amante da minha tiacacetudomonstromeu tio me  Www.testedefudeludade.comx videobumda grande fodendo caindo com perdas bambawww sexo adulto 18 anos tutorial de como trazar com cachorros roludos pau gigante. zoofilia.porno doido . com brcasadAde viado com vaxoro