O dia que a casada se entregou.


Um conto erótico de Sr. PG
Categoria: Heterossexual
Data: 28/01/2009 12:25:13
Nota -

Naquele dia estava com muita raiva. Final de semana e eu e minha namorada terminamos. Pensei, agora é curtir. Balada sozinho não é nada de bom, pensei.

Banho tomado, roupa escolhida e fui para a noite.

Em minha cidade, por ser do interior, não temos muitas opções, mas aproveitamos muito bem as ocasiões. Naquele dia haveria um show de uma banda na boate recém inaugurada. Este era o meu destino.

Cheguei na praça, onde todos se reuniam, às 21:00 horas, encontrei com alguns amigos e ficamos conversando, compramos os ingressos e esperamos a hora de ir.

Às 22:00 horas resolvi comer um lanche para ir para a boate, sentei em uma mesa no canto da lanchonete, agradeci muito por ter resolvido comer naquela hora.

Na mesa ao lado, uma amiga da minha namorada, mais velha, casada, estava comendo um lanche e sentou-se comigo.

__ O que aconteceu? (perguntou ela) __ Onde está sua namorada? (continuou)

Expliquei o que tinha acontecido e estava sozinho. Ela sorriu, a princípio não entendi a razão do sorriso, mas...

Ela estava linda, calça baixa, jeans, blusinha preta, definindo seu lindo corpo. Era magra, seios pequenos, mas lindos e uma bunda de deixar qualquer um louco e, ainda, o que chamava mais atenção era o seu quadril um pouco largo, ou seja, era um escultura perfeita, fico com tesão só de lembrar e escrever.

Despediu-se dizendo: __ Eu também vou a boate. Disse isso, trouxe, novamente, ao rosto, aquele lindo sorriso. Agora sim, entendi o que significava o sorriso. Pensei, a noite pode ser melhor.

Meus amigos resolveram não ir a boate, mas eu disse, eu vou. Comecei a subir, ia a pé, na época não tinha carro. Também tinha incentivo, a minha frente ia minha amiga com suas companheiras toda serelepe.

Eu imaginava se esta mulher fosse minha.

Na boate tudo perfeito: pessoas bonitas e animadas, música boa, ambiente perfeito, porém estava sozinho.

Resolvi ir ao banheiro e quando estou chegando a vejo. Lembro-me que a musica simplesmente parou. Não ouvia nada, não via ninguém, apenas esperava ela se aproximar de mim.

Quando ela percebeu que eu a olhava, vi, mais uma vez, aquele sorriso. Retribui.

Ela veio em minha direção para falar comigo. Eu não queria falar nada, a beijei.

Amigos, vocês não imaginam o que aconteceu em razão daquele beijo.

É claro que eu vou contar, esperem.

Meu corpo ficou tão leve, que parecia voar e meu tesão tornou-se visível instantaneamente, se é que vocês me entendem.

Eu pensei, não quero que este beijo termine. Mas, uma amiga dela aproximou-se, dizendo: __ Vocês são loucos. __ Você é casada e você tem namorada. (disse ela,nos repreendendo)

Não nos importavamos, a escuridão da boate, nos camuflava, fomos dançar.

Ela dançava sensualmente, de costas para mim, encostando aquele lindo corpo, não conseguia esconder meu desejo. Abracei-a por traz, estava explodindo, ainda, mais quando encostei em sua bunda, estava delicioso e ela sentia e se encostava mais e mais, estava quase gozando apenas com aquele sarro. Sentia ela ofegante, parecendo querer entrar dentro de mim.

Depois de mais uma repreensão de suas amigos ela me confidenciou, meu marido não está, vamos embora. A conduzi para saída.

Enquanto iamos nos dirigindo para saída, pensava, até chegar em sua casa, é longe, fazer o que, começamos a caminhar, por ruas paralelas, abraçadinhos como dois namorados.

Foi incrível, em cada esquina, em cada beco, um amasso, um sarro, que delícia.

Não me aguentava queria possuí-la quando estavamos perto de sua casa, nos encostamos em um muro, na rua sem proteção, ela encostou-se de costas em mim, oferecendo sua boca para um beijo. Minhas mãos percorriam todo o seu corpo. Seus seios estavam durinhos, ai... ai..., suspirava ela.

Desabotoei a calça dela e desci o ziper, minha mão encontrou sua buceta, molhadinha, poucos pelos, comecei a tocá-la sentindo sua bunda em meu penis.

Percebemos o que estavamos fazendo. Era perigoso. Vamos para minha casa, disse ela. Eu sei pensar no risco, fui.

Chegando lá. nos beijamos e ela foi me conduzindo para seu quarto. Jogou-me na cama. Eu tirei a camisa e ela começou a me beijar o peito e me acariciava e ia descendo. Desabotoou, minha calça e foi descendo sempre beijando, tirou, por fim, minha cueca, meu pau, saltou, batendo em seu rosto. Ela olhou para mim, virando os olhos para cima e disse o cheiro do seu sexo me excita, vamos ver o gosto, dizendo isso, entendi o significado da palavra paraíso. Viajei.

Ela fazia com maestria, nunca havia sentido algo igual.

Não sei o que ela fez e como fez, mas já estava nua, sentia seus seios em minhas pernas e sua lubrificação pingar.

Quando olhava para baixo, percebia que ela me olhava e se deliciava com o prazer que me proporcionava.

De repente ela pára e como uma gatinha vem subindo e me beija, a agarro e coloco ela em baixo de mim.

A sua buceta xupou meu pau para dentro, não acreditava, e num papai e mamãe gostoso, entrava e saia daquele lindo corpo ela gemia, ora parecia chorar de prazer, ora gritava pedindo mais e mais, eu delirava com tudo, ela gozou, pensei que ela ia parar um pouco, ficou de quatro, ajoelhei-me na cama e sentei nos calcanhares. Ela se encaixou em mim. A visão que tinha do seu corpo e do meu pau entrando e saindo dela era fantástica. Ela se movimentava e a olhava. Eu gritava de prazer. Eu sentia que ia gozar, mas aquela sensação gostosa não acabava o gozo não vinha, e ela continuava e eu gritava e ela dizia vc me fez gozar eu te devo e continuava até que ela extraiu de mim um gozo que até hoje não tive igual. Meu corpo estremeceu sentindo a sua buceta sugar meu pau até a última gota. Ficamos curtindo e tomamos um banho. Dormimos como um casal.

No outro dia, acordei e não a vi na cama. Escuto sua amiga chamá-la. Elas conversam na sala, sua amiga disse, você é maluca, todos viram vocês. Eu apareço na porta, ela me olha e disse: __ Eu não acredito, vocês são realmente loucos.

Rimos bastante.

Espero que tenham gostado, hoje sou casado com a minha namorada aquela época. Esta minha amiga foi madrinha de casamento, junto com o marido. Acreditem. Garanto a vocês, foi a única vez que transamos, mas foi a minha melhor noite, lembro com saudades.

Escrevam se quiserem [email protected]

Um abraço.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
29/01/2009 10:12:44
Obrigado pela crítica, Baiano Safadinho. P.S.: Li seu conto. Risos.
28/01/2009 22:01:34
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, po, baiano....vc acabou com o cara agora
28/01/2009 21:31:25
Mas que vive no mundo “ Rati-Bunda”, esses mentirosos filhos de uma cadela, estão cada vez mais poluindo este fórum, essa raça de mentiroso filho de uma puta, insiste em escrever seus devaneios neste site, é incrível como tudo é mais fácil no mundinho em que eles vivem. Com certeza deve ser um gordo ridículo que esta tentando chamar atenção das pessoas para ele, mas é claro ele sempre foi rejeitado no mundo real, então resolveu viver no mundo virtual onde ele pode ser o super-herói que gostaria de ser, mas jamais será. Acorda seu viadinho e vai se jogar na frente de um caminhão para acabar com esse seu sofrimento, vai ganhar a nota que você merece, ZERO.

Online porn video at mobile phone


Minha cunhadinha viu o tamanho do meu pau e quis experimentarcontos eroticos de incesto comendo uma doida mentalConfesso q peguei minha irmã rapando a bucetaxisvideo.pragas.do.cu.de.casadasnovinha: dei pro meu irmao roludo depois que flagrei minha mae fando pro meu pai na sala contosquero vídeo XVídeos as magrinha galeguinha novinha de sainha afogada mostrando os lado da periquitamamando o peitinhoduro dafilhasubrinha olhando seu tiu nucaralho potente cock fodendo buceta.comcomo fuder a primeira vez com o amantudosexo de concuinha lourasassestir vidio porno na festaeu virei mariquinha de negão xvideos gaymulherzinha gostinho se exibindo na praia só de biquínisafada mostra xoxota pro carteiro no portãoFiquei toda arregaçada com o pedreiroseduzindo você a bater punhetacontos de mae.putona tarada pela rola do filhopornhomem gozanfoxividio vo xorAbrasileropornozoodei pro entregador contosmulher pelada ao fundo som de colerinhaConto erotico anal com humilhaçao e cinto de castidade masculinagey fazendo fime porno com homem infindo garrafas no geybaixar grátis vídeos pornô lésbicas gemendo grostoso e esfregando buceta com buceta molhadinhas até gosarincesto recente mae consentindo o pai com filha contoscontos recentes de mulheres que descobriram que o marido queria ser corno e ainda gosta de um fio terraeita morena arretada velho roludo fudeufu lanbida pelo cachorro contos eroticos a gozano fortemulher mais griluda gordas wbbirmao gozou na irma e amiga se. elas quererpornoPapai goza na minha boquinhacorno veno esposa dano cu e falano que nao guenta pornodoidocontos fudida por um caralho grande e grosso insertosbaixinha pernas grossas bumbum empinado arrepiadaporno empurrou de uma vez que ela pinotoujenivan porno gay xvideosmulher vacilão de perna aberta de calcinha fio-dentalgordas de foi dentaucontos de casadas pedindo ao marido pra realizar suas fantasiasmiguel tesudoxvideo de gay peao despencar fucionario para fude com o engenheirohttp://muher bunda grande fiudentau na praia gostosaBUCETINHA QUENTINHA, protegendo com sua BUNDA MARAVILHOSAconto erótico de estuprada a cafetinacontos eroticos gay dormindo com o tiofotos porno ebano e marfimvideo de porou dirano vigidade da namorada vedtidoexvideos comendo a funcioria escondidocontoseroticos/comadre rabudaSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhamae dano a buceta para o finho sem. trapaiasaoporno do padre fudeno casada comfusaabaicha vidio porno menina de deis ano sendo abusada pelo paixnxx esposa manda corno ficar quetinho olhado o pauzao entrarDo caralho-basquete-contocontos eroticos papai me oegou na siriricacontos hot sobre a brincadeira pique esconde maiores de 18contos erótico tenho um amante e meu marido o sabe sexo gaytarada nuonibuconto erotico real com fotos de sogra engravidada pelo genroquero ver história e foto de boiadeiro comendo o cu do outro boiadeiro metendoConto hotwifexvideos tiramo o terzaoxvideod imprecionadaEu garotinho deu o ccu muito novinhonovinhas pelada da lingua da buceta vantajosa de pernas aberta"Foi um dos piores dias da minha vida. O que era para ser uma viagem de navio com minha esposa..." contos eroticosnovinha gostosa chupando até gozar na sexta-feira mas ainda continua na mãoxvideo afilhado fala quevai fazer massagem na madrinha e acaba comendo o cu delatia toinha tem 50 anos e 1 quilo de bucetaestrupicio .pornopadrasto fica louco quando era antiga das Calcinhasatropelei o pauzudo xvideoscasos amad chama irm pra bate ponheta e gosa favela cariocafilmes.pornos.debaixo.dessa.cueca.esconde.um.pirocao.contos de mae vadia viciada na rola do filhocomendo amiguinha da entiada de 15anosseduzir a cunhada dentro de casaaregasando a busetada tiaconto erotico velho taradofotos de homen com short fino dechando a rola sair para foraSOU CRENTE Fui encoxada no ônibussobrinha descarada trepono cm. seu tiumulher de calça legue branca estigando e mostrando tudo pincelar no grelo XVídeosconto erotico minha esposa arrependido contoerotico novinha rabetaobucetinhavirgemmagrinhaXVídeosgarota lindas de olhos verdesconto erotico gay com padrasto velho coroa grisalhoIsac -Hugo |Contos Eroticos zdorovsreda.rucontos eroticos gays virei putinha de varioswww.casadoscontos/machopeludo.comgorda casada com3 na suruba meninos contocontos eroticos: sendo encoxada gostoso no onibus de mini-saia sem calcinhahomempicudo cpmendo cadela no cio