Garoto Coroa


Um conto erótico de Marmanjo64
Categoria: Heterossexual
Data: 20/12/2008 11:24:36
Nota 7.00
Assuntos: Heterossexual

Sempre fui de viver o dia de hoje para que amanha não fique arrependido do dia de ontem, muitos amigos dizem que vivo fora minha realidade, fazem diversas críticas por eu ser um coroa já grisalho e gostar de viver no meio da juventude.

Sei que as pessoas de minha idade não curtem festas, baladas, boates, deixam de viver esta parte da vida, casaram se encheram de filhos e vivem uma rotina caseira, tipo familiar.

Também gosto de minha família, adoro almoçar em uma mesa grande e cheia de familiares, mas isto não tira meu espírito de jovem, curto ir a festas e não deixo que nada mude meu comportamento, adoro entrar em uma balada e ver as gatinhas rebolando, dançando e exibindo seus lindos corpos e quando surge uma gatinha que curte homem mais velho fico a paquerar, adoro uma troca de olhar cheio de desejo e tesão, “o bom na troca de um olhar e saber que seu olhar esta sendo correspondido”.

Na semana passada estava em uma balada cheia de gatinhas bem mais jovem, surgiu uma morena de cabelos curtos, ela me fitou e ficou dançando mostrando toda sua sexualidade, percebeu que eu estava lhe observando e ficou toda descontraída se soltou de vez, aos poucos ela foi vindo em minha direção, não custou nada ela estava dançando bem na minha frente, com olhar meigo, lábios carnudos, olhos negros, um sorriso encantador, seus seios grandes balançavam conforme o ritimo da musica, seu corpo escultural gingava, ela fazia questão de empinar seu bumbum, sustentado por um par de coxas grossas e torneadas é nestas horas que eu me sinto um garoto de dezoito anos, minha mente regressa no tempo, meu corpo fica todo excitado, meu sangue ferve nas veias, o coração bate acelerado, meus músculos ficam enrijecidos, adoro estas situações me fazem lembrar das primeiras namoradinhas nos tempos de colégio, voltando ao conto.

Ela chegou bem pertinho de mim e disse.

>Pega uma bebida para mim.

>O que a gatinha quer beber.

>Pode ser uísque.

Sai e voltei rápido com uma dose dupla para ela e uma para mim, quando alcancei o copo e ela foi pegar eu puxei o copo e sua mão passou no ar, ela ficou surpresa e olhou bem nos meus olhos ai falei.

>Primeiro quero saber seu nome.

Sorriu, deu um passo para frente quase encostou a mim e disse.

>Pode me chamar de Paty e você como se chama.

>Marcos.

>Huummm, até seu nome é lindo.

Sorri, ela bebeu um gole da bebida, levantou seus olhos e ficou me fitando, olhei aqueles lábios molhados pela bebida, ela percebeu e passou sua língua bem de leve e lentamente neles, senti meu pau tremer de excitação, fui mais para frente e ficamos a centímetros um do outro, nunca imaginei que ela iria agir do jeito que agiu, abriu um botão de minha camisa e beijou meu peito, levantou seu queixo, fechou seus olhos, sua boca pedia para ser beijada, passei minha mão no lado de seu rosto e puxei contra mim, beijei seus lábios molhados, ela correspondeu com um beijo de língua gostoso, alucinante, ela estava toda excitada, cheia de desejo e prazer, gemia baixinho enquanto nos se beijava, colou seu corpo no meu, paramos de beijar e ela escondeu seu rosto no meu peito e se agarrou em mim, fiquei beijando seu rosto, seu pescoço, dei uma mordidinha de leve na sua orelha, sua pele ficou toda arrepiadinha, coloqquei minha boca no seu ouvido e.

>Adorei você.

>Não preciso dizer nada, acho que já sentiu como você me deixa cheia de tesão.

Convidei-a para irmos para um lugar mais tranqüilo para conversar melhor, ela ficou um pouco triste e disse.

>Hoje não vai dar, meu irmão esta aqui na balada e se ele desconfiar estou ferrada.

>Podemos ir até o estacionamento.

>Não posso demorar muito.

Ela saiu primeiro e depois de uns minutos eu sai e se encontramos no estacionamento, levei ela até meu carro entramos, eu nem tinha sentado direito no banco ela foi se acavalando em cima de meu colo, beijou minha boca com força, levantei sua blusa e mamei seus seios, ela abriu minha camisa e foi beijando meu peito, minha barriga, baixou minha calça e caiu de boca no meu pau, estava alucinada de prazer e tesão, passamos para o banco de trás e ela tirou sua blusa, sua saia, ficou só de calçinha, eu já estava só de cueca, com o pau para fora, duro feito pedra, deitei no banco ela subiu em cima de mim, afastei sua calcinha com os dedos e fizemos um 69 gostoso, sua xaninha estava toda melada, chupei, suguei todo o melzinho de sua xana, depois coloquei ela de quatro, tirei sua calçinha coloquei uma camisinha e pincelei a cabeça do pau na sua raxa, quando estava todo molhado forcei na entrada de sua xana,

>Vai com calma eu transei poucas vezes.

Fui forçando o pau e resvalou todo para dentro de sua vagina lisinha, ela gemeu alto de prazer, sua xaninha foi ficando molhada, inundava de tanto que ela gozava, fui socando com força, sentia ela apertar o pau, dei uma estocadas forte e ela.

>Aaaiiiii, como adoro ser fodida por trás, mete tudo dentro de mim mete vaii coroa gostooooso.

Paty, foi ficando com sua respiração ofegante, parecia que ela tinha corrido a são silvestre, respirava com dificuldade de tanto tesão que estava sentindo, rebolava no pau igual dançava na pista, seu trazeiro empinava cada vez mais, senti sua vagina se contrair e apertar meu pau todo, ficou toda molhada, escorreu até o saco, fazia barulho quando eu socana o pau na sua xana, ela começou falar.

>Aaaiii, vou gozar gostoooooso, mete, mete com força, enterre esta pau na minha boceta, vaaaiiiiii iiiiiisssssssssssss.

Seu corpo inclinou para frente, seu rabo empinou, seu cuzinho piscava, sua xana apertava o pau, rebolava e gemia alto, urrava que nem uma cadela no cio, deu uns gritinhos bem safadinhos, um gemidinhos cheio de meiguice, estava transformada em uma verdadeira putinha, peguei suas cintura e enterrava o pau todo, tirava e voltava a enterrar com força, ela dava gritinhos de prazer, senti meu pau inchar e enchi a camisinha de porra, ela desabou no banco do carro, ficou uns minutos calada, aos poucos foi voltando ao normal, sentou e falou com sua voz meiga e carinhosa.

>Marcos, adorei.

>Eu também Paty.

>Mas agora tenho que voltar se meu irmão me procurar e não me encontrar ele me entrega para mamãe.

>Tudo bem, quando a gente vai se ver de novo.

>Você tem papel e caneta.

>Sim.

Peguei papel e caneta ela anotou seu endereço e telefone, beijou minha boca com força, quase feriu meus lábios, saiu do carro e voltou para balada.

Ontem de manha liguei pra ela combinamos e saímos na parte da tarde, ficamos duas horas em um motel, isto eu conto outra vez.

Até +......

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
21/12/2008 15:24:57
faltou detahes importantes por exemplo:a suposta idade de cada um,etc.nota 1
20/12/2008 14:06:44
Outra à respeito da Paty...Ela não dá o cuzinho de medo que o irmão descubra....Falei....rsrssr
20/12/2008 14:05:43
Marcos...Cuidado hein? Conheço a mãe da Paty...Ela é muito brava....Ahhhhhhh....Ela respeita muito o irmão...rsrsrs....Cuidado tá?kkkkkkkkk
20/12/2008 10:54:46
sacana

Online porn video at mobile phone


conto erotico crente negrapeguei minha sogra de vestido ei so olhando por debaixonegao infiando na guela da safadawww.meu vizinho negao me estuprou mundobicha.commulhe lavado abuçetacontos de nora da vizinhaPorno contos mamaes iniciam suas bonequinhas no incesto todos juntinhos com papais dando leitinhos na camacasada fode ate ficar esgotadanovinha de sainha sem calsinha perverssanovinha dormindo de Baby Doll padrasto canamulata agasalhando rola no cuputaobucetaofudendo a auiliar da dentista no banheiro pornodoidozoocontos dogscomendo o cuzinho com um guspinhoSou uma exibicionista casada e o garoto bate punheta me olhando peladaxvideos.com titiapedindo para eu fuder o cu delavideo de idosa abrindo video de gemido no meio do mercado "apaga isso"conto gay meu irmãodei minha buceta na minha infanciabotei meu dedo na buceta da mulher do amigovidio porno homen emtera o pou todo na garganta da muher ate gozarGol contos eróticos Prima com primo gordinha gostosaMulher novinha do clitóris gigante fundida pelo padrasto hora do café e brasileira contos meu primo gordinho foi dormir comigo e comi o cuzinho deleconto comi minha patroa na igrejacontos erotico,meu genro me enrrabou dormindoporno.tem.leite.no.peito.deixemamarxvideos comedo uma mele buchudaChevette com tesão na sobrinhacomendo a sogra gostosa mttezaofistando medalhista olimpico xvideoscontos eroticos como eu virei puta de um velhocontos eiroticos leilapornvidio mulhe deixado gozadetrover instoria de susane .. casadas dando a buceta pra outros homensxvideos desleal branquinha dando pro negaoensopando o cuzinho com gelfilho dopou sua mae e fudeu ela dormindo cantos eroticocontos eróticos vi escondido minha mulher me traindo com dotadosporno novinha corre com medo do pau do tio msm asim ela entra no oaux novinho fundeno papai e mamaeSou mulher casada meu compadre me fodeumulher beijando a mulher na boca pelada no titubearsexocomobjetoscontos eiroticos leilapornBuceta cazera chote curtopegando carona com a vizinha novinha amaziadavarios machos fazendo reforma na casa do corno termina fazendo gang gang com sua esposa puta tarada por rolaNegrão.estrupando sobrinhavirgem a forca sem.os pai ver atras de casabrincando de esconder e abusando da menina contos contos eroricos verdade ou consequdciaporno negras pegas que foram espiadas no litoral paulistavidios porno velho deboxadasxvideo irma delicia centa no colo do irmao e nao guentaistoria da netinha qui o banhava lavando su cuconto tudo começou quando minha sobrinha de dez anos sentou no meu coloxvideo nigro xxxvvnPORNO DE GAMEIQUIE pornodoido mulher sarra no pau dentro da cueca a japonesinha que não aguenta e se mijapan perdendo avingidade com trankscontos eroticos de casadas mae e filha mae meu marido tem um pirocao imenso e grosso ele me deixa toda dolorida e deseja comer nos duas juntas voce aceita maemulher gravida barriguda lava a xoxota e o cu pra fudeContos eroticos elacareca peladaver instoria de susane .. casadas dando a buceta pra outros homenscontos eriticos minha sogra levo ninha rola grandeboquete da primapatricinha linda01H00PORNOsor bucetilhas lindas gizandoneguei sexo ao meu marido e ele me pegou a força sexogordas de foi dentaufazer downloader://xvideos.blog.br/negao-lhe-seduziu-apenas-pra-lhe-arrombar/sobrinha Zinha bem novinha mostrando os pentelho para o tio e foi f***** XVídeossentei no colo do meu tio o pau endureceu e nos fudemos contostava um tedio danado,resolvi dar a buceta pra ele,incesto contoscontos porno olhando o bucetao da sogracontos de zoo gays