Casa dos Contos Eróticos


Click to this video!

REALIZANDO A FANTASIA DE MEU MARIDO E A MINHA - 6

Um conto erótico de [email protected]
Categoria: Grupal
Data: 08/10/2008 12:20:55
Nota 10.00

tarde de sexta-feira

(Leia o conto anterior para entender a seqüência)

Eram aproximadamente 15 hs quando o Marcos nos pegou no hotel, fazia um calor intenso. Estava com um Bug (aqueles carros abertos para passear na praia), de shorts e boné, sem camiseta, elogiou meu biquíni e a canga, dizendo que eu estava gostosa, e me beijou na boca demoradamente como gostava de fazer, não se importando com as pessoas que estavam perto. Depois de tanta exposição, todos por ali já sabiam que ele era o macho do casal, percebíamos os comentários, riamos, eu gostava e me excitava com aquela situação, e o corninho manso fingia não ver nada. O corninho embora já acostumado com a situação, ainda ficava encabulado, vestia shorts, bermuda e camiseta e sentou-se atrás, observando calado nossos carinhos. Logo que saímos meu macho começou a passar a mão nas minhas coxas, e eu adorava, e com tesão abri um pouco as pernas para facilitar. Todas as pessoas que passavam de carro ficavam olhando e curiosas com a situação, o que nos excitava mais, e eu tentava sem sucesso esconder parte do cacete duro do Marcos que saia do shorts, e ele ficava brincando com meu maridinho perguntando se ele estava gostando de ser corninho em público, de ver a mulher dele ser bolinada perto dos outros, segurar no pau dele, etc...ele só assentia meio sério, e nós riamos satisfeitos. Chegando numa região de vegetação mais alta, parou o carro numa entrada deserta, bem próximo à praia, e ficamos um pouco curtindo a natureza, sempre me acariciando, beijando, me deixando tesuda. O corninho ficou só de shorts, bem pequeno, mostrando um corpo lisinho, proporcional, bundudinho, todinho depilado por mim, como o Marcos mandou. O viadinho recebeu ordem de pedir/comprar uma cerveja para nosso macho, de uns rapazes que estavam a uns 50 mts e estavam bebendo. Quando ele chegou até os rapazes, começaram mexer com ele, passando a mão na bunda dele, chamando de corninho, viadinho, putinha, belezoca, etcc.. Os caras abaixaram os shorts e via-se que estavam de cacetes duros e mandaram o viadinho pegar, chupar, e ele ficou sem saber o que fazer, quando o Marcos gritou que era pra eles usarem e abusarem do viadinho. Imediatamente forçaram o viadinho a chupar o pau de um, outro já encostou na bunda dele, outro ficou do lado e mandou o viadinho alisar o cacete dele, foi uma loucura, o que estava por trás trocou com o que o viadinho estava chupando e já com o cacete duro e molhado, puxou o shorts pro lado, colocou a cabeça na portinha e começou a forçar, entrar naquele cuzinho até a pouco tempo virgem e foi abrindo, enterrando até o saco, fazendo os pentelhos encostarem na bundinha do viadinho, que gemia, com a boca cheia pelo cacete de outro, sendo segurado pelas ancas, e sentindo aquele vai e vem, e sendo xingado por todos. Foram se revezando, cada hora um enfiava o cacete nele, e era um maior que o outro, deflorando-o completamente, e depois de um tempo puseram o viadinho de joelhos e os três se punhetando gozaram na cara dele, lambuzando todo ele com uma verdadeira chuva de porra. Chegamos perto e vimos o viadinho desfalecido, deitado na areia e o Marcos falou pra ele que aquilo era pra ele aprender a não fazer nada com ninguém sem ordem dele, fortalecendo mais ainda que ele era o macho do casal, o dono do casal e ponto final. Nosso macho com aquele cacete que era maior que de todos, colocou o viadinho já sem forças de 4 e enterrou todo naquele cusinho aberto, alargando mais ainda e gozou abundantemente bem no fundo, escorrendo a porra pelos lados. Deu um tapa na bunda do viadinho e falou que esperava que ele tivesse aprendido a lição, deixando ele deitado na areia, desfalecido, se despediu dos caras, então percebi que ele tinha planejado aquilo tudo, me puxou pela mão para passearmos naquela praia deserta. Andamos um pouco beirando a água, tirei meu biquíni, fiquei nuazinha, e falei também pro Marcos fazer o mesmo, o que ele gostou e continuamos andando totalmente nus. Não demorou muito para eu ver aquele cacetão começar a crescer, ficar empinado, então meu macho colocou minha mão sobre ele, que estava quente, duro, gostoso e fiquei friccionando, deixando ele muito tarado e ficando molhadinha. Ele ficou de frente pra mim, colocou o cacete gostoso entre minhas pernas e começou a me beijar com força, ao mesmo tempo de friccionava com o cacete minha bucetinha, me deixando muito louca de tesão. O Marcos em pé, me ergueu pela cintura, me posicionando como um frango assado e colocou toda aquela rola dentro de mim, eu abraçada nele, beijando seu pescoço, sua boca carnuda e gemia de prazer e felicidade, falando que estava apaixonada por ele, que nunca tinha sentido tanto prazer na minha vida, e ele respondia com mais penetração, mais tesão e gozou gostoso dentro de minha bucetinha, aquele gozo que eu já conhecia muito bem. Deitamos na areia quente e úmida e descansamos por algum tempo, depois voltamos para perto de nosso carro, encontrando o corninho viadinho, que também estava se restabelecendo e andamos juntos. Nosso macho voltou a falar pro meu maridinho que esperava que ele tivesse aprendido a lição e que nunca mais tomasse atitudes como a que tinha feito sem ordem dele, o que o corninho concordou e voltou a se desculpar com aquela mansidão que eu já estava me acostumando a ver e me deixava feliz. Nosso macho mandou o corninho ir dirigindo e voltamos em pé no Bug, com o safado do Marcos me encoxando durante todo o trajeto até chegarmos no hotel. Me deu aquele beijo delicioso, demorado, quente de um verdadeiro amante, que eu adorava, e combinamos para nos encontrarmos na casa do amigo às 20 hs, pois seria nossa despedida, que nossa volta estava marcada para o dia seguinte as 13 hs... Quem quiser saber mais de mim e meu maridinho corninho e viadinho e só escrever....de repente nos tornamos bons "amigos" [email protected]

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
08/10/2008 18:58:41
gostamos, excelente conto, se for real, entrem em cotato conosco . Temos muita coisa em comum




Online porn video at mobile phone


cachorro pisudo fudendo mulher no matoconto erotico gay branco dominador gosta de maltratar viado pretoconto erotico/gay asistindo percy jacksonvídeo pornô tia da peruca da carinha de anjo dando o raboeu vou beijar sua boca chupar sua linguinha você vai se amarrar na minha mordidinhamulher pensa que a amiga é mulher mas é um travesti com um pau bem groso e vai dormi com ela em casa e acaba temo um supresa e transa pornocontos eróticos com fotos esposas estupradas submissasconto erotico filha novinha de chortinho curto postado no dia 22 02 2018contos eróticos bem depravado de bem picanteela cagou no meu pau conto eroticosòmente no cuzinho da esposaler conto erotico de depiladora lesbica chupando bucetata grande egreluda chupando os peitoes da cliente conto erotico escrava do negro sadoloira gostosa foi mandar comsertar ou carro na oficina i o negao comeu elamai ensenado a filha. chupar a pica. do paixisvido filha passando a maowww.padrastre cebrando o cabaso da filha e da maê xvideo.com.brler contos eróticos de mulheres fazendo sexo anal e peidandocasada com homem do pinto pequeno arruma um amante na faculdade transando gostosoDepois de uma pessima massagem uma transa muito quente-pornodoidoCumeno madura no quintau relato erotico haitianochegando calcinha dezeijos proibidopornoCandeias...A Dança Dos Lobos (Romance Gay)buceta de evangelica arrombada na igrejada intolerância conto erótico gayMãeem sinaa filha chupa picaRelatos Zoofilia qual melos cadela para sexocasada trepando com pedreiro chiando e gemendo na picaQuero ver uma mulher madura sendo descabaçada pela pomba grandecontos eroticos de feminizaçao parte 2surfistas de rola durabolinei amigo ate ele mi dazdorovsreda.ruxviseos morenas tatuadas di fildentalautor,Vamp19-Contos Eróticosenpregada rabuda tirando um coxelo so de calsinhacontos sissynovos contos eroticos com casais no cinema pornoporno gozando na bouca da filinha que dormiairmagostozaxvideoXVídeos m*********** a b***** a esfihasengenheiro praia de nudismo relato eroticosikis iremmecasa dos contos eroticos autor/bielmexcontos eroticos virei corno contra minha vontadeMulhedoida.pra.goza.cpm.pau.nocumulheres online si ezibindo na inteneteu, minha namorada, mae e tio contoeroticoragador um cu com mao redtuberver fitis de mulheres dando a buceta encostadas na mesa. de vestido curtoXvideos grandes pauzudos enrrolaados na toalhas pernas abertascontos eroticos- bandidos fodedoresteste de fedelidade que mue darao bucetaela gosta q catuca degavar o grelinho delasinhozinho.gosano.video.pornoputas peludas coxudas de calcinhas transparente fodendo xvideospornô zueira homem safadinho para botar a cabecinha empurrou tudo no rabo da donamulher tcheca dando a buceta pro enteado comerContos ai meu cu na infanciacontos real de incesto demaes fudendo com filho menor de dezesseis anosfui arrombadocontos cracudoele e meu bad boy e eu sou dele parte 10 casa dos contos dosContoseroticoschoreicasadoscontos.com advogada viciosaprimo safado puto dotado gozando na boca contos 2017Quero trsnsar com o Adinlson meu padrastocontos picantes de amor gaysum velhinho do pau enorme e muito grosso cumeu meu cusinho na marrabuceta daomha patroacontos eroticos de filho fazendo podolatria com a maeUau cunada que cusinho gostosoconto+inquilino pirocudocasa dos contos tema scarcontos mostrei minha buceta pro moo do gasvideo de padrasto tentando resistir a enteada rebolando no colo deleMeu cão ralf me comeu conto