Casa dos Contos Eróticos


Click to Download this video!

REALIZANDO A FANTASIA DE MEU MARIDO E A MINHA - 6

Um conto erótico de [email protected]
Categoria: Grupal
Data: 08/10/2008 12:20:55
Nota 10.00

tarde de sexta-feira

(Leia o conto anterior para entender a seqüência)

Eram aproximadamente 15 hs quando o Marcos nos pegou no hotel, fazia um calor intenso. Estava com um Bug (aqueles carros abertos para passear na praia), de shorts e boné, sem camiseta, elogiou meu biquíni e a canga, dizendo que eu estava gostosa, e me beijou na boca demoradamente como gostava de fazer, não se importando com as pessoas que estavam perto. Depois de tanta exposição, todos por ali já sabiam que ele era o macho do casal, percebíamos os comentários, riamos, eu gostava e me excitava com aquela situação, e o corninho manso fingia não ver nada. O corninho embora já acostumado com a situação, ainda ficava encabulado, vestia shorts, bermuda e camiseta e sentou-se atrás, observando calado nossos carinhos. Logo que saímos meu macho começou a passar a mão nas minhas coxas, e eu adorava, e com tesão abri um pouco as pernas para facilitar. Todas as pessoas que passavam de carro ficavam olhando e curiosas com a situação, o que nos excitava mais, e eu tentava sem sucesso esconder parte do cacete duro do Marcos que saia do shorts, e ele ficava brincando com meu maridinho perguntando se ele estava gostando de ser corninho em público, de ver a mulher dele ser bolinada perto dos outros, segurar no pau dele, etc...ele só assentia meio sério, e nós riamos satisfeitos. Chegando numa região de vegetação mais alta, parou o carro numa entrada deserta, bem próximo à praia, e ficamos um pouco curtindo a natureza, sempre me acariciando, beijando, me deixando tesuda. O corninho ficou só de shorts, bem pequeno, mostrando um corpo lisinho, proporcional, bundudinho, todinho depilado por mim, como o Marcos mandou. O viadinho recebeu ordem de pedir/comprar uma cerveja para nosso macho, de uns rapazes que estavam a uns 50 mts e estavam bebendo. Quando ele chegou até os rapazes, começaram mexer com ele, passando a mão na bunda dele, chamando de corninho, viadinho, putinha, belezoca, etcc.. Os caras abaixaram os shorts e via-se que estavam de cacetes duros e mandaram o viadinho pegar, chupar, e ele ficou sem saber o que fazer, quando o Marcos gritou que era pra eles usarem e abusarem do viadinho. Imediatamente forçaram o viadinho a chupar o pau de um, outro já encostou na bunda dele, outro ficou do lado e mandou o viadinho alisar o cacete dele, foi uma loucura, o que estava por trás trocou com o que o viadinho estava chupando e já com o cacete duro e molhado, puxou o shorts pro lado, colocou a cabeça na portinha e começou a forçar, entrar naquele cuzinho até a pouco tempo virgem e foi abrindo, enterrando até o saco, fazendo os pentelhos encostarem na bundinha do viadinho, que gemia, com a boca cheia pelo cacete de outro, sendo segurado pelas ancas, e sentindo aquele vai e vem, e sendo xingado por todos. Foram se revezando, cada hora um enfiava o cacete nele, e era um maior que o outro, deflorando-o completamente, e depois de um tempo puseram o viadinho de joelhos e os três se punhetando gozaram na cara dele, lambuzando todo ele com uma verdadeira chuva de porra. Chegamos perto e vimos o viadinho desfalecido, deitado na areia e o Marcos falou pra ele que aquilo era pra ele aprender a não fazer nada com ninguém sem ordem dele, fortalecendo mais ainda que ele era o macho do casal, o dono do casal e ponto final. Nosso macho com aquele cacete que era maior que de todos, colocou o viadinho já sem forças de 4 e enterrou todo naquele cusinho aberto, alargando mais ainda e gozou abundantemente bem no fundo, escorrendo a porra pelos lados. Deu um tapa na bunda do viadinho e falou que esperava que ele tivesse aprendido a lição, deixando ele deitado na areia, desfalecido, se despediu dos caras, então percebi que ele tinha planejado aquilo tudo, me puxou pela mão para passearmos naquela praia deserta. Andamos um pouco beirando a água, tirei meu biquíni, fiquei nuazinha, e falei também pro Marcos fazer o mesmo, o que ele gostou e continuamos andando totalmente nus. Não demorou muito para eu ver aquele cacetão começar a crescer, ficar empinado, então meu macho colocou minha mão sobre ele, que estava quente, duro, gostoso e fiquei friccionando, deixando ele muito tarado e ficando molhadinha. Ele ficou de frente pra mim, colocou o cacete gostoso entre minhas pernas e começou a me beijar com força, ao mesmo tempo de friccionava com o cacete minha bucetinha, me deixando muito louca de tesão. O Marcos em pé, me ergueu pela cintura, me posicionando como um frango assado e colocou toda aquela rola dentro de mim, eu abraçada nele, beijando seu pescoço, sua boca carnuda e gemia de prazer e felicidade, falando que estava apaixonada por ele, que nunca tinha sentido tanto prazer na minha vida, e ele respondia com mais penetração, mais tesão e gozou gostoso dentro de minha bucetinha, aquele gozo que eu já conhecia muito bem. Deitamos na areia quente e úmida e descansamos por algum tempo, depois voltamos para perto de nosso carro, encontrando o corninho viadinho, que também estava se restabelecendo e andamos juntos. Nosso macho voltou a falar pro meu maridinho que esperava que ele tivesse aprendido a lição e que nunca mais tomasse atitudes como a que tinha feito sem ordem dele, o que o corninho concordou e voltou a se desculpar com aquela mansidão que eu já estava me acostumando a ver e me deixava feliz. Nosso macho mandou o corninho ir dirigindo e voltamos em pé no Bug, com o safado do Marcos me encoxando durante todo o trajeto até chegarmos no hotel. Me deu aquele beijo delicioso, demorado, quente de um verdadeiro amante, que eu adorava, e combinamos para nos encontrarmos na casa do amigo às 20 hs, pois seria nossa despedida, que nossa volta estava marcada para o dia seguinte as 13 hs... Quem quiser saber mais de mim e meu maridinho corninho e viadinho e só escrever....de repente nos tornamos bons "amigos" [email protected]

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
08/10/2008 18:58:41
gostamos, excelente conto, se for real, entrem em cotato conosco . Temos muita coisa em comum




Online porn video at mobile phone


conto domado dominado submisso puto putinho novinho moleque garotogozada acidental buceta assustada bravacontos fudida por um caralho grande e grosso insertoscomto ertico minha buceta sujaInseminação contos eroticos contos erótico menininha na torcida travest luana narro nuanovinha cappconto erotico gay viado submisso vira femea do negaocontos eróticos parça do maridopinto na bucetado novinho enfiando so a pontinha depois com força depois uma bela chupada na cabeca do pintomotoqueiro gay passivo contovio otio pasa amao naminininhaContos eroticosminja vizinha velhasexo conto meninas novas com cunhado safado me comendo brutamente.padrasto safado amostrando a p***** arrepiada com novinhavelho negro tarado chupou a xoxota da mulher no garimpopenis fino pode sastifaze uma mulhecontos eroticos dei o cu pro negaonariz de policial dando o priquito a outros policialwww sexo adulto 18 anos tutorial de como trazar com cachorros roludos pau gigante. zoofilia.porno doido . com brcontos de sexo depilando a sograFOTOS E VIDEOS DE novinhas DE VESTIDO COM CALCINHA ENFIADA NO REGO USANDO DROGAS E SENDO EXTUPRADASpratico anal com meu cachorro3 julho 2015 8445 paguei para deflorar a filha do caseiro casa dos contos eroticoSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhacontos porno gratis estupro sadomasoquismo submissãocontos eroticos sobre eu virgem com minha amiga e um vibradobrotheragem capitulo 5incesto com meu vô contospornodoido tecnico esfola novinhaantonio negro comedor abriu a porta dotado conto corno mansomulher falando conterot c* de cavalofiume porno antigo do tasaõMulheres engatada e gosando com cachorros engatados nelas e um cassete enorme pulSando dentro da bucetinha ? video porno de mulher dano a sua buceta desfarçada para o primo familia sacanacontos eroticos estava frio di o cu pra esquenta mas nao sou gaygosei na sogra distraida deitada x videoslevantou o lencol pra espiar a gostosa e bater punheta xvideofudendo so o cu delazinhacontos eroticos capataz pau grosso que comia eu e minha mae e minha irma na senzalaeu virei mariquinha de negão xvideos gayas duas bundinha para o macho contohome estrupo cu diverdasexo com coroa ruiva baixinha gostosa peituda de buceta bem peluda fidendo xom bem dotadoxvideos brincando de lutina e sem querer a pica entroucdzinha virei empregadinha de um senhorcontos eróticos fudendo Edileuza a mulher do amigoxvidores arega jogoPorno idora com boca e cu cheios de esporrafiz uma foda bisexual com meu filho minha filha minha esposa meu caseiro sua esposa e sua filha contospadrasto cumeno intiada loira raboConto erotico sou madura e consolo lesbicaele e meu bad boy e eu sou dele parte 10 casa dos contos dosdoce nanda contos eroticosconto erótico fui obrigada a f**** minha irmãzinha novinhaepiei roludo mijandocontos eroticos despedida de solteiragay dançando com sunga do Paysanducontos pornôs echarpe vermelhacontos eroticos dei a bundinha por balascontos de homens casados e suas escapulidasmarrento abusa do viado gay videotravesti lari28Miguel e Vinicius:Entre o céu e o infernoporno doido mesturbano ate gosa jato lesbicacuzao areganhado p cavalotati traindo marido com bombado na academiaconto erótico de menino chupador de pau dos amiguinhosvideo porno esposinha no cuinguepornodoido gozada no rosto e sorriumotorista de onibus que molhou a buceta de tanto prazer em dirigirevolução anal negao e vadiacasa dos contos eroticos temas broderagembaixar xixi pornô caseiro marido vai trabalhar mulher chama mecânico arruma carrobucetao na boca contocachorro pisudo fudendo mulher no matochupando cuzinho beiçudona cama o lençol manchado revela o fato consumado fizemos um amor gostoso transando sexo faladocontos eróticos envolvendo policial federealmeu filho mais velho fica excitado ao me ver dando de mamar o bebe.relatos de homens e mulheres praticantes da lactofiliavidioporno casa sensacaoconto erotico noiva bebada