Casa dos Contos Eróticos


Click to Download this video!

A confissão que me deixou maluco

Um conto erótico de Alfred
Categoria: Grupal
Data: 11/08/2008 15:45:54
Última revisão: 17/10/2009 18:29:19
Nota 8.90

Sou casado há cinco anos com uma mulher incrível. Além de linda, tem um senso de humor invejável e uma feminilidade que inebria. Ela tem 27 anos, bem branquinha, cabelos negros, longos e lisos, 1,70 de altura, corpo estilo violão, com pernas bem torneadas e uma bunda daquelas de quebrar pescoço. Temos um filho e nossa vida sexual é ótima. Estávamos esses dias na cama em nossa casa, vendo um filminho erótico onde rolava um ménage a trois feminino, com uma loira e uma morena e mais um cara, os três muito bonitos. Minha esposa já havia me contado que, quando era mais nova, antes de me conhecer, na “fase experimental”, como ela mesma classifica, fez sexo com algumas amigas. Vendo o filme, perguntei-lhe na lata se ela já havia feito com um casal, tendo ela me dito que sim, com uma amiga e o namorado dela e que já havia me contado isso. Fiquei surpreso com a resposta, pois ela me contou apenas que tinha feito sexo com essa amiga, mas não havia dito sobre o namorado dela. Surpreso e pasmo diante da coragem dela em fazer aquilo. Ela ficou vermelha de vergonha, e eu, mesmo surpreso e morrendo de ciúmes, insisti para que ela me contasse tudo, e em detalhes. Ela não queria contar, disse que era coisa do passado, etc, mas eu insisti. Então ela se abriu e me contou o que passo a relatar aqui. Vou tentar ser o mais detalhista possível, dentro do que ela me revelou. Contou-me que já estava rolando com a amiga há algum tempo, que era muito bom, que a amiga era loira, muito bonita, mais baixa que ela, com um corpo bonito, seios grandes (ela adora, quer colocar silicone), bunda bem feita, pernas grossas, etc. Já vinha rolando entre as duas há algum tempo e, numa noite em que elas foram para um show de rock aqui em Brasília, haviam tomado uma “bala”. O namorado da amiga já estava lá, no camarote, já que participava da organização do evento, aguardando a namorada, que já tinha convite para entrar lá. O namorado dela arranjou convite também para minha esposa (como já disse, solteira à época) e entraram as duas no camarote. Por conta do efeito da “bala”, as duas foram para um canto do camarote, mais escuro, e começaram a trocar carícias, no início, veladas, mas depois, começaram a se beijar mesmo. O cara ficou maluco com aquela cena e entrou na onda, beijando as duas ao mesmo tempo. Segundo minha esposa me contou, ela sequer pensava em fazer algo do tipo, mas, por estar doida do ecstasy, deixou rolar, pois estava muito bom. Contou que o cara beijava super bem, que tinha um beijo molhado, assim como a namorada dele. Como já estavam dando bandeira, com neguinho já vendo e comentando a cena dos três se pegando no camarote, o cara, que já tinha tomado uma “bala” também, intimou-as a irem para um motel, tendo os três pegado um taxi e ido para o Motel Colorado. Foram os três no banco traseiro do carro, numa pegação tripla, o que deixou o motorista do táxi maluco, segundo minha mulher contou. Chegando ao quarto do motel, a amiga foi logo tomar um banho com o namorado, já entrando os dois num amasso daqueles. Minha esposa me contou que tirou toda a roupa e entrou nuazinha no banheiro também, se juntando aos dois. Como já disse, minha esposa estava comigo na cama, me contando essa história. Ela quis parar de contar, pois, segundo ela, a coisa esquentou a partir daquele momento. Disse-lhe: “De jeito nenhum, pode continuar e me contar tudo!”. Ela disse, “Tá... se você quer mesmo saber, vamos lá...” Entrando no box do banheiro do motel, a amiga foi logo puxando-a, agarrando-a e chupando sua boceta. O namorado da amiga beijava minha esposa com volúpia acariciando todo o seu corpo e logo foi abaixando sua cabeça, adivinhem pra quê? Me deu um puta ciúme na hora, pois fiquei imaginando a cena. Obviamente fiz a pergunta que todo homem faz numa hora dessas, ou seja, como era o cara, se o pau era maior do que o meu, etc... Ela olhou para mim e respondeu que o cara era bem branco, cabelos pretos, alto que nem eu (meço 1,89m), com um pau rosado bem grande, maior até que o meu. Putz... que ciúme me deu ouvir isso... meu pau é grande até (19cm), grosso sem ser exagerado, e minha esposa reclama à beça quando entra tudo, até o talo. Ela reclama que sente forçar lá no fundo, que incomoda. Inevitavelmente fiquei imaginando ela com esse cara, chupando o pau dele, se deliciando (ela adora chupar, faz com vontade e uma desenvoltura incríveis). Mas vamos voltar ao que rolava lá... o cara fez minha esposa se abaixar, tendo ela de imediato pegado e abocanhado o pau do cara. Ela me contava isso e eu não sabia se ficava puto ou excitado com o relato. Ela me contou em detalhes, que o pau do cara era bonito, grande, bem feito e que dava gosto de chupar. Que o cara segurava a cabeça dela, puxando-a para si, dizendo “Nossa... que delícia. Você chupa bem demais... não pára...”. Minha esposa contou que o cara se arrepiava todo, por conta da chupada, potencializado que estava por causa do ecstasy. Minha esposa me contou que abraçou os quadris dele e via direitinho os pelos da perna dele arrepiados enquanto dava um trato no pau dele. Pedi mais detalhes e ela me contou que lambia o pau dele em toda a extensão, massageava e lambia as bolas dele (contou-me que o saco dele era lisinho). Contou-me que a amiga se juntou a ela nessa hora, ambas ajoelhadas em frente ao cara no box do banheiro, deixando o namorado dela absolutamente maluco. Segundo minha esposa, deram um trato no cara de quase fazê-lo gozar, beijando-se e chupando o pau dele ao mesmo tempo, deslizando em toda sua extensão. Contou que ficou chupando em cima, enquanto a amiga ficou se detendo no saco e no ânus dele... Não conseguia abocanhar tudo, pois segundo ela era bem grande o danado. Contou que fez o caminho da cabeça até embaixo do saco dele com a língua, que ele tinha um pau bem grande e que era muito cheiroso... cheiro gostoso de macho, segundo ela. Ela me falou que ele já estava com o líquido que vem com a excitação pingando de sua glande... que lambeu tudinho... que o gostinho era delicioso, salgadinho e viscoso...Disse-me que ambas se levantaram, voltando a se beijar e se pegar. O namorado da amiga pegou minha esposa pelos braços e colocou-a de costas para ele, segurando as torneiras do box. Minha esposa, entendendo o que ele queria, só empinou a bunda e aguardou a investida. Segundo ela, por conta de estar molhadíssima e doida de tesão, potencializado ainda pelo ecstasy, adorou o cara entrar de uma vez dentro dela, encostando as bolas na sua bunda. Ela falou que sentiu o pau deslizar para dentro dela, de tão molhada que estava. Perguntei se usaram camisinha. Ela me disse que sequer se lembraram disso, que confiava na namorada do cara, que já tinha feito sexo várias vezes com ela e que não faria diferença isso naquela hora, pois o cara também sempre transava com a namorada sem camisinha. Fiquei com mais ciúmes ainda quando ela me contou que o cara metia com força nela por trás, segurando-a firme pelos quadris, enquanto a namorada dele se colocou na frente dela, de costas para a parede do box, beijando-a, chupando seus peitos e descendo para lamber sua buceta e as bolas do cara, que metia com força em minha mulher. Que ciúme me deu ouvir isso... ciúme e tesão, confesso, pois queria estar no lugar desse cara. Minha esposa é uma delícia e faz sexo muito bem e ainda mais com outra mulher junto. De fato, isso é o sonho de qualquer homem, ou seja, pegar duas mulheres. O namorado da amiga dela tirou a sorte grande nesse dia. Estou de pau duro escrevendo isso agora, para se ter uma idéia. Perguntei a minha esposa se o pau do cara não estava machucando-a, pois ela vive reclamando do meu pau, que, segundo ela, é menor que o do cara. Ela me disse que não, que o tesão era muito grande e que ela estava adorando o cara segurar ela forte pelos quadris e metendo com força. Ela me contou que estava praticamente em pé, de costas para ele, que por trás metia-lhe a vara, beijando-a na boca, tendo a namorada saído da sua frente. Nessa hora, segundo minha esposa contou, rolou um lance meio de ciúme da namorada dele. Segundo minha esposa, quando estavam nessa posição, com ela de costas para ele, empinando a bunda e o cara metendo por trás, ele passou a beijá-la com volúpia, tendo, num determinado momento saído de dentro dela, agarrando-a pelos quadris, virando-a de frente e acariciando todo seu corpo enquanto estava colado num beijo daqueles de tirar o fôlego. Segundo minha mulher, nessa hora rolou uma química muito forte e os dois meio que deixaram a namorada dele de lado. Ela contou que ele estava maluco, que ao virá-la de frente, acariciava seus cabelos e todo o seu corpo numa volúpia daquelas. Que ele colocou seu pau na porta de sua bucetinha e entrou de novo, desta vez de forma lenta, apaixonada até, segundo ela. Minha mulher contou que estavam frente a frente, com ele já metendo nela, beijando-se loucamente com ela segurando-o pelos ombros, desfrutando de uma sensação indescritível, segundo ela. Ela me contou que gemia muito nessa hora, pois estava mesmo muito bom, com o namorado na amiga metendo nela cadenciadamente de pé ali no box do banheiro. Me contou que sentia o pau dele entrar e sair quase todo, devagar... que ele ia fundo, fazendo-a gemer forte, se arrepiando toda. Ela me contou que aquele momento foi algo mágico, de puro tesão. Ela me disse que se continuassem mais um pouco, o cara gozaria dentro dela e que ela mesma estava quase gozando naquela hora. De repente, a namorada dele separou os dois, entrando no meio, demonstrando claramente ter ficado com ciúmes. Minha mulher percebeu o lance e ficou na dela, passando a beijar a amiga junto com o namorado, para não dar bandeira. Ela me contou que o cara, colocou as duas na mesma posição no box, viradas para parede, passando a comer uma e alternando com a outra, por trás, ficando as duas lado a lado, segurando na parede ou nas torneiras, se beijando enquanto o cara metia forte ora numa, ora noutra. Segundo ela, o cara não gozava por conta, creio eu, do esctasy, que conheço bem os efeitos, além do fato de sair de dentro de uma e entrar na outra, o que faz obviamente baixar um pouco a aproximação do clímax. Contou-me que saíram do box e foram para cama, desta vez com a namorada já montando o cara por cima. Segundo minha esposa, nessa hora ela, acreditem, foi lamber as bolas e o que ficava pra fora do pau do cara e a buceta da namorada dele na cama. Minha mulher dizia que o cara estava maluco, que gemia e dizia que aquilo era muito bom, que era uma delícia, que nunca tinha sentido algo parecido, etc. Contou-me que ficaram um bom tempo assim, com o cara metendo na namorada dele por cima, com minha esposa ora lambendo-a, ora lambendo as bolas dele. Me disse que, ainda nessa posição, sentou-se na cara do namorado da amiga, que ficou chupando-a um monte, enquanto a namorada dele subia e descia alucinadamente em cima dele. Minha mulher contou ainda que o filho da puta do sortudo colocou as duas deitadas de costas juntas, lado a lado na cama, que ficaram se beijando, com ele ora metendo em uma, ora metendo na outra, sempre se beijando na boca, ora a que estava comendo, ora a outra que estava bem do lado, ora os três juntos. Ela me contou que virou as duas, colocando-as de quatro, também lado a lado, para poder meter ora numa ora noutra. Me contou que ele entrava com tudo, o que deixou ela maluca de tesão. Ô, raiva... ou ciúme, tesão, sei lá, o que eu estava sentindo. Disse-me também que colocou minha mulher deitada de costas na cama, com a namorada em cima, na posição 69, de bunda pra cima. Que ele ficava metendo na namorada por trás, com minha mulher chupando-a e ela chupando minha mulher ao mesmo tempo. Contou-me que o sacana tirava o pau de dentro da namorada e dava para minha mulher, que estava deitada debaixo dela, chupar, colocando dentro da namorada depois. Disse-me que o cara fez as duas trocarem de lugar e fez o mesmo com minha mulher, com a namorada dele deitada por baixo num 69, com minha esposa por cima, com a bunda à mercê dele, que, segundo ela, metia com vontade nela por trás. Contou-me ainda que depois disso ele pegou minha mulher, colocou-a de costas na cama, abriu e levantou suas pernas e mandou vara nela sem pena durante um bom tempo. Ela me disse que não doeu nada, que adorou ele meter tudo nela com força naquela posição e que ele não gozava, estando com o pau duraço todo o tempo, desde que chegaram no motel. Imaginem eu ouvindo isso da boca dela... que ciúmes fiquei. Ela falou que puxava ele pelos quadris, agarrando a bunda dele, querendo que ele se enterrasse mais e mais dentro dela. Que ele falava sacanagens o tempo todo no seu ouvido, coisas do tipo “Você é uma delícia... sua bucetinha é apertada” . E é mesmo... incrivelmente, mesmo depois do nosso filho nascer, ela continua apertada. Minha esposa me contou que o cara não acreditava que aquilo estava acontecendo, que estava comendo uma gata como a minha mulher junto com a namorada. Ora ele beijava minha esposa na boca nessa posição, ora a namorada dele a beijava, ora ele beijava a namorada, sem tirar de dentro de minha mulher. Ficaram horas nessa fudelança, com o cara se dividindo, ora metendo na namorada, ora na minha esposa. Ela me disse que o cara ficava o tempo todo dizendo que aquilo estava muito bom, que iria morrer de tesão, etc. e tal. Ela já estava louca nessa hora de tanto tesão... doida para gozar e extravasar toda aquele tesão e energia refreadoa... Contou-me que, em seguida ele subiu, beijou-a demoradamente na boca, e disse no seu ouvido: “Quero gozar dentro de você...” Segundo ela, aquilo lhe deu um arrepio, pois lembrou que ninguém pensou em camisinha na hora, mas deu um tesão enorme pensar nele gozando dentro dela... sabe quando sobre aquele calafrio pela virilha e irradia pelas costas? Foi o que ela me disse que sentiu quando ele falou isso. Ela olhou para Amanda que se abanava, lhe dizendo: “Aproveitem que vou tomar uma ducha, estou muito suada...” Segundo minha esposa, foi a deixa para poder dar gostoso para ele e sem grilos. Contou que ele a olhou, deu um sorriso e a deitou de costas, levantando suas pernas e pedndo para ela abraçá-las por trás, por trás dos joelhos, ficando completamente exposta para ele. E ele foi lambê-la... começou lambendo as coxas e foi descendo, passou ao redor da bucetinha e foi com a língua no ânus de minha mulher, lambendo em volta e tentando enfiar a ponta da língua, arranhando a parte interna das coxas com as unhas... ela contou que ficou simplesmente descontrolada com isso. Se ele tivesse pedido, ela teria dado o cuzinho para ele ali naquele momento. E olha que ele seria o primeiro a entrar ali, mas simplesmente não rolou. Ela falou que ficou com vergonha de pedir... depois ele se demorou nos grandes lábios, puxando-os e enfiando a língua e depois dois dedos. Ela falou que estava quase gozando, quando ele se levantou, posicionou seu pau na portinha da sua bucetinha e foi entrando... Ela faloun que foi uma sensação incrível, naquela posição em que ela estava, permitindo uma penetração bem profunda e ele aproveitou-se disso... soltou os braços dela de trás das pernas, pediu para ela mesma afastá-las e levantá-las ao máximo e foi penetrando-a com aquele falo enorme. Ele a beijava na boca, segurando suas pernas, impedindo-a de controlar o tanto que entrava... Ele foi entrando devagar, arrancando arrepios ate que ela sentiu a cabeça do seu pau a tocando o colo do útero e ele também percebeu, pois parou de meter. Ela falou que colocou a mão no pau dele e viu que tinha um bocado do lado de fora ainda e já sentia-o no fundo. Ele, então, olhou-a nos olhos, deu um sorriso safado e enfiou o resto, fazendo-a dar um grito. Que sensação, segundo ela falou... doeu... doeu, mas que dor gostosa! Com a mão percebeu que tinha entrado tudo, pois estava só seu saco do lado de fora. Que sensação de preenchimento o pau lhe dava, segundo relatou. Ela falou que sentia-se cheia, alargada e que aquilo era bom demais... E ele sabia como fazer... contou que passou as unhas no saco dele e pediu: “Me fode gostoso... me faz gozar... “ Ele começou a meter ritmado nela, beijando-a e chamando-a de gostosa, que a bucetinha de minha mulher era uma delícia que ele iria enche-la com sua porra. Meteu, meteu, meteu... ele ia fundo e tirava até ficar só a cabeça do seu pau dentro, enterrando-se completamente de novo. Ela falou que começou a sentir os espasmos de gozo com ele metendo forte e, finalmente ela gozou...mas como gozou, segundo ela revelou ... gozou muuuiiiito com ele metendo assim, quando ele, praticamente ao mesmo tempo, pois minha esposa ainda estava sentido os espasmos do seu próprio gozo, enterrou ao máximo seu pau nela, urrando e a apertando forte com seus braços. Ela falou que colocou suas mãos na bunda dele e puxou-o para ela. Que sensação... Sentia-o totalmente dentro delae pôde perceber perfeitamente os espasmos de seu gozo com aquela sensação de líquido escorrendo dentro. Como ele estava todo dentro de miinha mulher. ela falou que sentia a cabeça de seu pau forçando seu colo do útero, inundando-a com seu esperma quente...Ele gozou muito... mas muito mesmo... Ele só dizia: “Ah... ah... que delícia... você é muito gostosa, que buceta apertada, que coisa gostosa... ah...ah... ela apertava os músculos internos em volta do pau dele e ele se estremecia todo, a apertando... Disse em seu ouvido que nunca tinha sentido um orgasmo daquele jeito, que ela era maravilhosa e aquilo a encheu de orgulho. Ficou beijando-a um tempão totalmente enterrado nela, que por sua vez, ficou passando as unhas nas costas e na bunda dele, fazendo-o dar pulinhos de tesão. Ficaram assim bem uns dois minutos, se beijando com ele ainda dentro dela.. Depois ele foi saindo... Ela falou que foi uma delícia sentir aquilo... ficou olhando para aquele pauzão, agora meia-bomba, mas enorme ainda, saindo de dentro dela todo melado... Ela falou que sentia-se completamente cheia do leite dele e quis guardá-lo para ficar sentindo vazar durante o dia... alias ela adora fazer isso comigo também Vestiu a calcinha que ficou encharcada na hora com a porra dele que escorria de dentro dela. Amanda estava sentada no sofá apreciando a cena e minha mulher nem viu que ela tinha estado ali quase o tempo todo. Ela perguntou, gostou? Viu como meu gato é gostoso? E foi chupar o pau do namorado, limpando a porra e meus líquidos que estavam ali, tendo vindo beijar minha mulher na boca, fazendo-a sentir o gosto da porra dele na boca da Amanda. Era deliciosa... Ela me contou que, depois de fazerem várias posições e depois de horas metendo, estava cansadíssima, tendo deixado os dois do lado dela na cama, indo dormir. Ela contou que acordava com os dois balançando a cama e viu quando o namorado, finalmente, gozou dentro da amiga dela. Acordaram-na e foram deixar minha esposa em sua casa, que na época morava ainda com os pais. Segundo ela, beijaram-se triplamente na porta e ela entrou. Disse-me também que o namorado da amiga chegou a ligar para ela, convidando-a para saírem só os dois, tendo ela negado e causado o rompimento do namoro dos dois por conta disso, pois a amiga viu a ligação no celular dele. Eu estava excitadíssimo com o relato de minha esposa, que viu meu pau duro e me disse: “Você gostou de ouvir isso né? Olha como você está...” “E você não se excitou em me contar isso também não, né? “ Passei o dedo em sua buceta, que estava encharcada já. Peguei ainda o KY, lambuzei-a e virei-a de quatro, metendo nela sem dó, dizendo-lhe “Reclama agora do meu pau, quero ver...” .. Ela ria e gemia, dizendo... “Ai, seu safado... não tomei “bala”... está doendo sim. Ignorei a reclamação e meti com força até explodir dentro dela. Detalhe: ela está com oito meses de gravidez. Combinamos de, logo que nosso filho nascer, achar alguma mulher que tope fazer isso com a gente. Ela quer me dar isso de presente, já que nunca tive a sorte de comer duas mulheres ao mesmo tempo. Mas tem que ser fora da nossa cidade, com alguém de fora do nosso círculo, até mesmo para evitar contato posterior e problemas futuros de constrangimentos. E ela impôs duas condições: ela escolhe a mulher e não posso gozar dentro dela. Já está aceito!

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
04/02/2014 18:57:56
adorei e bom saber das safadezas das esposas antes do casamento da um tesão fora do normal
24/06/2009 22:32:17
Dois bons relatos pelo preço de um...
04/06/2009 20:21:41
Legal o conto muito bem relatado e esse pode se dizer que foi bem mas muito bem contado me deixou com o maior tesão aqui, mas aquele negocio do comentario, que você mesmo fez não achei muito legal, mas nada não o conto é otimo.
12/03/2009 23:44:47
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, sem comentários...
12/03/2009 16:57:41
são dois contos?!rsrsrs.. Eu gostei dos dois...mas,esse último me deixou doida...tb quero um corno chupador de pau...
08/09/2008 11:39:51
Muito excitante e bem relatado.
08/09/2008 11:19:10
Branco e Dedo-Duro... quem votou e escreveu o comentário fui eu, a esposa dele, usando o login dele, assim como faço agora. Deixem de ser babacas. Se não gostaram do relato, danem-se.
13/08/2008 22:51:39
ZERO COM LOUVOR, para este Mané babaca, que dá 10 para ele mesmo.e coloca nomes falsos fazendo elogios.....Leva jeito cara.......
12/08/2008 00:24:57
MUITO TESÃO!!!!!!!!!
11/08/2008 18:13:55
Achei o seu conto bom, fiquei com um tesão legal, só não entendi o porque de voce mesmo ter feito o comentário e logo a seguir ao envio. Alfred, vc pode até escrever razoavelmente bem, ter boa narrativa, mas foi muito pretencioso ao fazer um comentário e ainda mais considerando a forma deslavada que fez. Pegou mal.
11/08/2008 18:12:49
Parabéns, conto bem narrado... Faça sim com duas mulheres é uma delicia, principalmente com a mulher nossa junto...
11/08/2008 17:27:46
Os dois caras fuderam elaNos anos 90 tive uma namorada linda, baixinha, branquinha e seios pequeininhos e um bundinha linda, Ela aprendeu a ser safada comigo e como disse no outro conto, ela deu para um cara uma vez e eu acabei lambendo a porra dele na buceetinha dela, e ela depois de ter dado para ele me ligou mandado eu ir correndo para lamber porque estava escorrando e quando eu cheguei ela estava na nossa cama de quatro esperando eu lamber, eu lambi e meti nala . Agora vou contar outraa noita nos fomos ao pao de açucar no Itaim e lá ela deu bola para dois carinhas novinhos, ela começou a conversar com eles enquanto eu fazia as compras e ela me aprsentou e convidou eles para ir tomar café em casa com a gnte eu adorei sabia que irira rolar sexo. Quando chegamos em casa os carinhas ficaram bem a vontade e ela mandou eu fazer o café eu fui um deles foi comigo enquando o outro ficou com ela na sala. Enquanto eu fazia o café batia papo com o angelo vi que eles passaram de maos dadas para o quarto e ela estava só de calcinha e ele de cueca. Entao o Angelo me disse no ouvido, : Acho que o Jose vai comer sua mulher, e passou a mao na minha bunda, eu me arrepiei todo e fiquei paralizado, entao o angelo falou que ia me ajudar a fazer o café e me encoxou eu fiquei parado ele pegou minha mao e pois no seu pau duro. Eu sem saber o que fazer pegei e apartei o Angelo lambeu meu pescosso e me encoxou legal mesmo me deu o maior tesao, eu sai fora e disse para ir ir comigo ver eles. Quando entramos no quarto Minha mulher estaca de quatro chupando o pauzao do Jose deitado sobre a cama, entao o Angelo foi logo tirando a roupa e metu na bucetinha dela, ms ants d emetr mandou eu dar um camisinha para ele, eu fui dar mas ele mandou eu colocar, eu rlutei, mas a Bia mandou eu obdecer e disse: Amor, CORNINHO tem que obedecer tá! Eu entao obedeci, abri a camisinha e peguei no pau do Angelo, que é um belo pau e segureando coloquei a cmaisinha de roupa só tinha eu. Enquando minha mmulher mamava no pau do jose e angelo fudia ela na butinha, entao eu comecei a pegar nos peitinhos dela, e ouvia ela dizer: Ta vendo como sua putinha mete com dois, ta vendo meu corninho. Eu entao tirei a cabeça dela do pau do jose e beijei ela e senti o gosto do pau do cara na boca da minha mulher. Fui me dirigindo a bucetinha dela passando a mao dava para sentir o pau do angelo entrando e saindo dela, dava para sentir os movimentos e as bolas batendo na bunda dela, entao foi quando o Angelo mandou eu lamber as bolas dele, eu disse que nao, mas ouvi de novo a ordem dela: lambe, !!! se ele ta mandando vc lambe, entao eu obedeci e passeio a ponta da lingua nas bolas daquele homem, era interssante, curioso, estranho e ao mesmo tempo era gostoso obedecer essas ordens. de repente o jose, tirou a cabeça da bia dopau dele e pegou a minha cabeça com força e me fez chupar o pau dele, enfiou aquele pau enorme na mnha boca e jorrou, jhorrou um monte de porra na minha boca, no meu rosto e disse: Chupa seu corno, chupa corno safado! me fez engolir toda a sua porra, minha mulher começou a gritar e gozar feito uma vadia louca, e dizia, " ai que corno lindo que eu tnho, chupa meu amor, chupa, agoira vc é meu corno chupador de pica, ! e me beijou com a boca cheia de porra, e gritou to GOZAAAAAAANDO !!! e com isso angelo morrendo de tesao gozou na bucetinha dela bambem mas tirou o pau e me fez chuapr o pa dele tambem e disse. TODO CORNO QUE QUE PREPARAR E LIMPAR O PAU QUE COME SUA MULHER, SEU CORNO!!! euchupei e lambi todo o pau do angelo até ficar bem limpinho como ele mandou, todos gozaram só ficou faltando eu. Depois que eles tomaram café metaram de novo ela e me fizaaram chupar novament o pau deles aí eu ja com mais intimidade, eles foram embora e eu pude comer ela ja raclamando de dor na bucetinha e eu pude gozar dentro da minha esposa safadinha. amei a esperencia, pena que tudo acabou e nós estamos seprados a 8 anos e eu nao tenho mais contato com ela, mas o da que eu achar outa igual quero voltar a ser corno e chupador de
11/08/2008 16:05:36
ELA FOI LEAL COM VC ISTO É IMPORTANTE PARABÉNS POR TER ACEITO.
11/08/2008 15:49:16
Nossa... vc escreve muito bem. E vc é um sortudo por ter uma esposa assim. Parabéns! Fiquei com muito tesão lendo seu conto.




Online porn video at mobile phone


mulequinhos punetandoxvideos biscate rachando o cu e a buceta com varioshomens gays a mamar na piroca vavada de leitegozada acidental buceta assustada bravacontos de estupro sadomasoquismocontoeroticosfudenocontos de cornos com tio velho pauzudo e comedor super canalha ramon xvídionovinhas brazileira tesuda pediu pro macho todado soca ate o talo ela por cima pra levantar mesmo taradaxvideo voces que achar que sua mulher e santinhaPORNO DOIDOMAEBEBAviva.video.mijonasprica cavalaContos animados papai tio e padrinho me foderam muito quando novinhaquero assistir vídeos pornô com as panteras Irmãos Grimm fazendo sexo no XVídeos brasileirosafilhado acaricia madrinhaquero pesquisar filmes pornor com negros super dotados arregassando cu e bucetas de mulheres loiras tirando sangue do cursinho delasirma0 cumen0 abunda da irma g0rdaxvidios mau emtra o dedominha cunhadamorena e baixinha peido no meu pausetonas-com-belas-xoxotgozei na pica do cunhado do meu marido contosPorno gratis xvideos esporou nas nadegas da esposa dormindovideos porn daquelas mulheres enquanto fodem ela mete a mão na boca depois a mão que estava na boca vai a vagina no pornuhcrente safada contosvídeo pornô caseiro mulher voltado foi traído e dá o troco e ele transa camisinha se faz para colocar no coloca em quando vê tudo e ela deixa como comer essa p*** para o c**** vem sem camisinhacontos de mae vadia viciada na rola do filhoLeonilda Vídeos PornôContos novinha cuzinho depósitodoce nanda parte IV contos eroticoseu queria dar minha buceta e meu cu pro amigo solteiro lindo do meu marido eu liguei pro celular dele eu marquei um encontro com ele eu raspei minha buceta eu fui me encontrar com ele eu entrei dentro do seu carro eu dei um beijo na boca dele eu disse pra ele eu quero ir com você pro motel ele me levou pro motel eu e ele dentro do quarto eu dei um abraço nele eu dei um beijo na boca dele eu tirei minha roupa eu deitei na cama ele chupou meu peito ele disse pra mim sua buceta raspadinha e linda eu disse pra ele eu raspei minha buceta pra você ele começou a chupar minha buceta eu gozei na boca dele eu peguei no seu pau eu disse pra ele seu pau e maior e mais grosso que o pau do meu marido eu chupei seu pau ele começou a fuder minha buceta eu gemia no seu pau ele fundendo minha buceta eu gozei eu disse pra ele fode meu cu conto eróticoContos eróticos curtos vó vendo cadela lambendo o pau do neto Zoofiliagibi troca troca com família pornotio tem um pirocao e agsra sobrinha e bota tudo na buceya delacontos eroticos provocando meu cunhadoirmalouca pra perdero cabaco pro irmarPunhetas hxh belem para"Pq minha xota arde depois que eu fodo até o talo?"conto arebentei cu velha gordamorena com os pentelhos enroladinhos trepando gostosocheirei a bunda da gorda conto eroticoconto erotico gay vovo deu leite pro netinhoporno com homem com baita tigãocontos eroticos com maconheirocontos casada chantageada pelo porteiroContos eu e mamae somos putas do pai e amigos deleRelatos eroticos veridicos em buziosporno mirou na buceta e acentou o cuenfiando o dedo na cabacinha delamulher fudeno com outro e marido esprando na/salacomo e bom ter um comedor sólido e um marido viadoesposa trai o esposo com mulato de 1:90forcada a foder com roluda pelo marido contocontos eroticos fazenda do interiorxvideos essa mulher fezes 32 homens de trouxa mae enssinando de quinse anos a fode dando a buceta pra elicontos eroticos incedto padradto e intesdaxvideos cabeça esponjosacontos erótico com marido tampa os olhos da esposaencoxou a mae na camaMeu marido viaja e eu viro putadoce nanda parte cinco contos eroticoscirleia bucetudapau extraordinariamente grande e grosso gozando dentro e arrombando a bucetinha apertadinha da menina novinhafui so dar uma alisadinha nao deu mandei pra dentro video casero pornoxvideos.comi o'cuda maegays nus muscle espartanos pelus xvideoshomens da chapeletao do pênis enchodo arrombando cuxvideo negra casada afastou o bebydou de lado pro marido mete pornomeu namorado quer fazer sexo comigo menstruada conto eroticoabaxa vidio porno de tio fudeno supria só nucu da safadacontos gay baby doll rosaPiruzao de cavalo jumgostosas do atsapporne com malheivideos com meninas desflorando sua vuceta pela primeira vezmolhe de bucetona do beici viradonovinha loirinha de onzeanos bucetinha enxadinha transando com papaiminha prima nechupando gostosocavalopornocornoconto erótico minha esposa queria um negão da pica 27 cmsou marinheira contos eroticosfodendocom sobrinhosgostosascontos enfiada no cunovinha com uma trena pra medi u pau di garoto vídeo de sexoconto erótico O Despertar de uma casadaxx video madrata ponheteira na madrugadahomem em trem lotado passa o pau no capu defusca da novinhaConto erotico arombei minha enteada novinha magrinhcontos porno cabelos da buceta chegaram a enrolacontos eroticos estava frio di o cu pra esquenta mas nao sou gayconto gay o marrento do bairroConto enteada apaixonada pelo padrastopadrasto castigando enteada sapecapornoirado de puta de shortinho no talo sarrada no onibusxvidio empesacoroas gordinhas casadas que treparam fora do casamento/relatos sexuaisesperei meu pai sai e foi fuder minha madrastra qui tava dormindo