Casa dos Contos Eróticos


Chupei as bolas dele e subi pro pau

Um conto erótico de Kara
Categoria: Homossexual
Data: 06/07/2007 01:13:00
Nota -
Assuntos: Homossexual, Gay

X tem cabelos encaracolados, castanho-claros. É forte, mas não magro. Um tanto robusto, mas sem barriga. Tem uns 19 ou 20 e poucos anos. Nunca perguntei-lhe a idade. X sempre vinha acompanhando um amigo comum quando, em alguns sábados, nos reuníamos, assim casualmente, pra jogar conversa fora, falar sobre coisas sem importância, no pequeno sítio em que eu morava. Estudava à noite, ainda 2o grau, e de dia tratava de plantas e alguns poucos animais domésticos. Havia uma cabana de três cômodos nesse sítio e, nos fundos desse terreno, entre árvores e alguma capoeira havia uma construção inacabada de uma pequena casa de 4 cômodos. As paredes estavam levantadas, o telhado posto, mas sem portas, janelas e havia restos espalhados de areia e alguns tijolos aqui e ali. A maior parte dessa areia ficava no que seria o quarto, no meio da construção. Disse, quando pude lhe falar reservadamente, sem que o amigo comum soubesse, pra que X passasse lá um sábado desses, lá pelas 6 da tarde, no escurecer do dia, e que queria lhe falar coisas que poderiam ser importantes, talvez lhe indicar um trabalho, já que ele só estudava também, enfim, disse-lhe que poderia ser legal pra ele ir lá pra conversarmos. Mas achava que ele não iria levar a sério, já que quando lhe falei pareceu-me meio desconfiado, como que desaprovando minha idéia. Mas um sábado, quando estávamos rindo os três, papeando, ele chegou-se a mim e disse: “olha, venho hoje contigo praquela conversa”. Apenas fiz que sim com a cabeça e continuamos conversando e rindo. Isso foi pela manhã. Com a noite feita, umas 6h30 aproximadamente ele chegou. Disse a ele que queria lhe mostrar uma coisa e pedi:

— Vem cá! Quero te mostrar algo!

— O que é? — perguntou.

— Vem ver! — disse eu.

Fomos em direção à construção, entre árvores, céu ainda azulado pelo crepúsculo. Chegando lá sentei-me em uns tijolos soltos e disse a ele que sentasse também.

— Não é legal ficar assim, só ouvindo grilos e sem pensar em nada?

— É! — ele disse, meio rindo.

Acho que ainda não tinha notado meu pau em processo de ereção por baixo de uma bermuda de tecido fino.

— Tu tens batido muita punheta? — perguntei-lhe à queima-roupa.

— Normal... — disse ele. — Só o normal. — completou.

— Vamos ver quem consegue bater mais? — desafiei, já me aproximando dele. Aí notei que ele também já tava de pica afiada, dava pra ver pelo short fino que usava. Botei meu caralho pra fora. Estávamos à meia-luz, já que havia um poste às proximidades e na construção não havia iluminação nenhuma. Comecei a punhetar. Olhei e notei que o caralho dele também tava duro. Dava pra ver sob o short. Me aproximei dele, abaixei-lhe o short e a cueca até os joelhos e a pica dele, mediana, nem grossa nem fina, saltou pra liberdade. Ele continuava sentado e só me olhava cinicamente. Peguei então o pau dele e comecei a punhetá-lo com a mão direita. Tava bem duro. Caí de boca na cabeça do caralho. Lambia desde a ponta até as bolas do saco. Chupei o saco dele e subi pro pau, chupando-o de alto a baixo com gosto. Quando o pau dele começou a babar um liquidozinho transparente, aí que eu chupava mesmo. Ele gemia de vez em quando e já tinha se entregado. Ele não agüentou muito e gozou. Deixei ele esporrar na minha cara, dando um gemidinho. Esperei ele se recuperar da gozada uns 10 minutos e tirei minha roupa, ficando só de camiseta. Agachado, perto dele, os dois paus duros de novo, peguei a mão dele e levei até meu cuzinho. Eu tinha me preparado. Tomara banho e tinha lubrificado o cu com um creme. Ensinei ele a passar o dedo no meu cu e estremeci de prazer. Ele notou que eu gostava e se preparou pra me penetrar. Fiquei com as mãos na areia, meio arqueado, as pernas meio esticadas, esperando. As mãos dele seguravam minha cintura com firmeza. Senti a pica dele dura na entrada do cu. A cabeça do caralho querendo entrar. A lubrificação do cu foi o bastante pra que aquele caralho começasse a me penetrar devagar e cada vez mais dentro. Sentia o pau dele entrando, me alargando, entrando mais e mas e saindo quase todo de dentro de mim e pedia:

— Mais! Isso! Isso! Não pára!!!

Senti quando ele gozou com a pica atolada até as bolas no meu cu. O prazer dele, em forma de líquido morno, escorrendo pela minha bunda. Ele então retirou o pau ainda duro e foi sentar-se nos tijolos e me olhava cinicamente, dizendo: “Valeu! A gente tem que repetir isso!”.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
Ru
09/07/2007 15:51:59
Foi um bom conto !!!! e vcs repitiram ??? conta
06/07/2007 10:25:18
Gostei do conto! E ai repetiram? Conta p gente.




Online porn video at mobile phone


zoofilias pai estuprando filha enquanto ela dorme profundamentexvídeos galega mostrando coxas com penugem de ouro por cima das coxascontos eroticos dei o cu na marra lua de melvelho safado trepa com sua intiadsnegao me enrabandosergipana do grelo grande fode ate gozarconto erotico gay com padrasto velho coroa grisalhoConto erotico estou louca pela picona do meu cunhadocontos eroticos depois da balada em osasco 11/2016Enbebedando a tia e comendo elajornalista77 contos eroticoesposa fica apavorada com pau de 30 centimetro do negaovadia chupadora de buceta contospornô b***** grilada da novinhaxvideosjuju anacondaconto erotico gay com sogro e sogra velho coroa grisalhopatricinha de short perdida fodendo no matoxvideo gay minino bateno chutinho de cuecacontos eroticos viajando junto com irma da igrejacontos eróticos evangelica peituda de vestido levecorno que xupar buseta melada scporno meninas cortido asferias brasilcontoerotico namorada e mae putas do tio jorgecontos eroticos cunhado com scatporno vui da naxana vui cu ala ficou bravatraveste afiminado de meias pornoconto erotico gay na saida do bar de madrugada um travesti me estuprourelatoeroticomorenaX videos uma mulher comeno uma rola grande egrossa do irmaaocazal de namorados a faser sexoapostei minha mãe com meus amigos conto erotico analcontos encoxadasgostosa seasusta com o tamanho da vara na buceta xvidioConto erotico fui cagar na moitaConto flagrei com bananaeuconfessosogradei minha bubuta contostranquei o quarto comi minha irmã 1minuto xvideoscontos rapais cnta como transou com a sograwww sexo adulto 18 anos sem preconceito so com cavalos metendo forte na novinha magrinha forsada.zoofilia.porno . com brseduzir a cunhada dentro de casawww.xxvideo menina colegial mae calvolgandomulher chupa gostoso com o dente encavalado pornosó os conjuntos regassado metendo gozando na bunda mais bonitamorador. de rua sendo bulinado ate gozarnovilhas rebelados no pauminha mulher tatuou a dama de espadas na bunda contos eroticosx videos casada safada dando para padrinhode casamentonao aguentou e gozou na mao da doutora xxvideosfui me depilar no salão e ganhei uma chupadacontos eroticos alimentando os caes da vizinhavidio de pono gya com tio com briquendo polo cu do seu afilhado mundobichacontos eroticos despedida de solteiraxvidioporno.com qrtira A roupa vou te estrupar no pornowww.xvideos.com/negao rasgando a esposa do fornoContos eróticos piralhosporno mulheres com alta preção no cu jogs bosta longemulher megra emfregano abuçeta na cara nu puteroxividio jamantaVirei travesthttp://conto me punhetaram a noite todacontos eroticos presos enrrabados na cela entiada dormindo o padrasto xegaContos Meu mano se cagoumulek cacetudo me estuprou contoseu qero asistir videos porno os caras do pau grande regaçado as mulheris e elas gritado sen aquetarpornodoido pesso para dormir por que tenho medo de trovõesezibi vizinhas goistozaengolindo porta no ônibus na viagemfotos de grelos ichadinhosquero ver só só novinha batendo s******* tristinha XVídeosassistir filmes pornos brasileiros homes com cabeca da pica esfolada e grande.conto mulher tarada oooh como é gostoso da o cu para varios homensfotos meninas gostosas enclinao exibidas gostosaanovinha safada se mastobado tirado choteQuilombola comendo gay conto eroticoarrancando o cabaco do cucaler contos eroticos menagehttp://googleweblight.com/?lite_url=http://zdorovsreda.ru/texto/201704806&ei=_0aBEb6K&lc=pt-BR&s=1&m=634&host=www.google.com.br&f=1&gl=br&q=Pau++duro+na+faculdade+contos&ts=1529504784&sig=APs-2GzCmlxT5NOyYHf8rjml4wEkkGVKRgas lesbicas maus fogozar do mesmo mundo fazendo sexy com cachorro ate ficar encantadoconto comendo cu na marra da santistacontos eiroticos leilapornquero ver vídeo de sexo com mulher transando com outras mulheres usando aquelas picas de borracha de elástico sem garfo e comconto dei para meu filhoContos eroticos comendo cu da mamae com o papai