Continuo submisso a minha nega


Um conto erótico de submisso
Categoria: Heterossexual
Data: 11/08/2006 10:31:17
Nota 6.67
Assuntos: Heterossexual

Continuação do conto... Depois que minha nega passou a noite no motel com o Antonio, seu chefe, nossa vida se transformou. Ela começou a me humilhar cada vez mais, ela gostava da situação de me ter totalmente em suas mãos fazendo todas as suas vontades. O Antonio levava ela para casa dele e se divertia, e sempre me ligava para zoar com a minha cara, me humilhar. Certo dia ela chegou em casa do trabalho e disse: - Oi meu coninho, vai preparar um jantar bem gostoso que o Antonio vem aqui hoje, finalmente você vai me ver gozando num pau de verdade e vai ser na sua frente. Nisso ela sorriu e me deu um beijinho. Eu fiquei super excitado, ela então foi para o banho e eu fui fazer o jantar e depois desci para comprar vinho para os dois, quando eu voltei ela estava linda num vestido branco curto e colado no corpo, que eu dei para ela, estava sem sutiã e com uma calcinha minúscula, nos lábios um batom com brilho toda sorridente. Passado algum tempo a casa estava toda arrumada eu acendi velas e fui para perto dela para abraçá-la, mas ela me afastou e disse - Agora eu tenho dono esqueceu? Eu sou todinha do meu gostosão, mas vc vai ter um prêmio se comportar direitinho. Ela falava e ria da minha cara, meu tesão era enorme. Quando a campanhia tocou ela se levantou rapidamente para atender, era o Antonio, um homem alto, forte e bem vestido, ela abriu a porta e ele deu um beijo na boca dela de cinema, e eu atrás olhando, era a primeira vez que eu via os dois, foi diferente, senti tesão, mas me senti meio acuado diante daquele homem grande que minha mulher estava pendurada, ele passava a mão na bunda dela e abraçava forte, depois soltou a boca dela e começou a morder o pescoço, ela se contorcia nos braços dele, eles ficaram nessa amasso alguns minutos até se lembrarem da minha presença, então ela olhou para trás e disse para ele - Esse é meu corninho manso. Eu estiquei a mão para ele só que ele nem se mexeu ai ela riu e disse - Esse é seu novo dono meu corninho, ele nunca vai pegar na sua mão, vc é um covarde e ele não gosta de covardes. Eles começaram a rir, eu fiquei meio sem jeito, mas com muito tesão naquela situação, minha mulher abraçada com outro homem e rindo de mim, quando ela olhou para mim e disse - Corno ajoelha e beija os pés dele! Ela falou em tom autoritário e ele ficou me olhando serio, eu não acreditava que aquilo estava acontecendo, daí ele gritou - ajoelha seu cuzão, seu merda, beija meus pés. Eu estava prestes a dar um passo importante se eu beijasse seu pé não teria volta teria que ser um submisso para sempre, mas eu sentia muito tesão em ser humilhado, então abaixei e beijei seu sapato, eles deram uma forte gargalhada e se beijaram, ela esticou o pé e beijei também e fiquei alternando entre o pé dele e o dela enquanto se amassavam, ela pegava no pau dele e ele abaixou a alcinha do vestido e começou a chupar os seios dela, ficaram nesse sarro por algum tempo e me mandaram sair de perto deles e preparar a mesa, ela ficou ajoelhada e chupando o pau dele, ele só com o pau para fora e segurando na cabeça dela de olhos fechados eu queria me masturbar mas fui pra sala de jantar, quando estava tudo pronto eu chamei eles e os servi, coloquei vinho em suas taças eles sorriam e se divertiam eu fiquei na sala, depois de algum tempo eles vieram para sala e começaram a dançar e eu sentado no sofá, eles se amassavam e se chupavam ele foi tirando a roupa e quando ele tirou a camisa ela começou a beijar seu tórax a lamber sua barriga às vezes ela olhava para mim com cara de safada e eu comecei a me masturbar, então ele disse - Ei otário tira a roupa dela para mim, eu obedeci e comecei a tirar seu vestido e seus seios grandes saltaram para frente, ele os chupou e apertava a bunda dela, depois ele pegou ela no colo e levou para o quarto, eu fui atrás ele deitou ela na cama e começou a chupar sua xana, ela se contorcia, ele enfiou um dedo no cuzinho dela e ela começou a gemer, ele foi subindo e enfiou o pau na buceta dela, ela se arreganhou toda e ele começou a meter com força, ela começou a fazer o sinal dos cornos para mim e me mandou chegar mais perto eu fui e ela enfeitou minha testa com o chifrinho, ele em empurrou e disse - Essa cama é minha seu otário, sai já daqui. e sai ele virou ela de quatro e começou meter e bater na bunda dela, ela gritava - Isso é que é homem, bate com força, me fode, trata que nem puta, viu corno, como se faz? ai ai ai ai que gostoso, mete gostoso mete. Ele estocava com força e segurava ela pelas ancas, depois ele deitou embaixo dela e ela sentou na sua vara enorme e começou a cavalgar, ela subia e descia com força, aquele bundão balançando eu gozei, eles viram e riram, ele chupava os seios dela e baita na bunda e ela gemia, aí ela não agüentou e gozou em cima dele, ela quase desmaiou soltou o corpo nele que ficou metendo devagar, depois ele tirou ela de cima de dele, deitou ela de bruços e enfiou a pica nela começou bombar, ela olhou para trás e disse seu premio está quase pronto corninho do jeito que eu prometi, ele começou a gemer alto e ela a gritar - Obrigado corno, obrigado por ser assim tão manso tão covarde, tão cuzão, ai ele começou a gozar e tremer, ele gozou dentro e fora tirou o pau e lambuzou toda aquela bunda negra maravilhosa, e caiu de lado suado, ela também toda suada me chamou e disse vem pegar sue premio corno, eu entendi o recado e caí de boca na bunda dela cheia de porra quente, lambi tudo, nisso ele foi para cima dela e deu o pau para ela chupar, enquanto eu chupava buceta dela cheia de porra ela chupava o pau dele que já estava pronto para outra, ele me mandou sair e dormir na sala que agora ele queria ela sem minha presença - ela disse - Sai corno, vai dormir no chão e gozar na mão que ele vai gozar na minha buceta, seu otario, eles riram e eu saí. Depois eles ficaram a noite inteira metendo e ele foi embora de manhã, depois vivemos outras aventuras que eu conto em outra oportunidade.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
31/10/2015 12:59:55
Tesão
matuto
11/08/2006 14:11:40
quanta impocresia, fico embabacado só de lê algumas criticas e respostas, porra quanta merda.
Sergio-DF
11/08/2006 14:05:53
Cara, como vc é ridículo, PUTA QUE PARIU...
Biscui
11/08/2006 14:03:27
Como vcs são estressados... Acho que precisam gozar pra aliviar toda essa tensão...
Dr. Alexandre
11/08/2006 13:55:44
Tudo bem, já que ofensa é somente a lingua que vcs entendem, não custa nada rastrear a URL e processa-los, é muito simples, se for de Lan House seus nomes estão registrados no horário, se for de casa seu equipamento está no registro de URL e se for uma empresa será ainda mais facil porque a URL tem registro individual por funcionario. Boa sorte
Carlos
11/08/2006 13:22:42
Seu bósta "Dr.Alexandre"... é muito simples, seu viado, corno do caralho, se você não está preparado para ouvir as verdades sobre essa mérda que você insiste em chamar de conto, faça uma gentileza, como eu já disse acima, não escreva mais nada aqui não...porque todas as vezes que você escrever esse tipo de cornice, boiolice, viadice, seu lá o que, coisa que só você entende e conhece bem, todas as vezes eu vou lhe dar nota zero, porque para mim é o que você merece!!! Ninguém tem culpa se você se doeu com as verdades que foram comentadas aqui, como você expôs o seu lado ridículo, queria ouvir e ler o que??? Quanto à você denunciar ao administrador do site, fique a vontade imbecil, não vou nem dormir e nem meter em minha companheira hoje pensando nisso, com medo de você...idiota!!! E mais uma coisinha: VAI TOMAR NO CENTRO DE SEU CÚ, seu viadinho, bichinha louca, corninho do caralho!!!
Sergio-DF
11/08/2006 11:52:04
Meu caro "Dr. Alexandre", vc deveria primeiro observar que o autor do conto se diz ser o "submisso", portanto não faz nenhuma menção a vc, se o conto é seu, na proxima vez se identifique melhor, agora como vc mesmo falou, esse ótimo site é um espaço livre para as pessoas expressarem e compartilharem suas aventuras, fantasias e vontades, como tambem o site nos da o direito de comentar e expressar nossa opnião sobre o que aqui é relatado, portanto meu caro, se vc não quer ser ofendido ou insultado é muito simples, não manda mais essas suas merdas de conto que seria um favor...VAI TOMAR NO CÚ mais uma vez Dr. Corno Boiola da Bunda Mole...MAIS UM "0" PRA VC.
Dr. Alexandre
11/08/2006 11:29:03
Primeiro não entendi o que ocês procuram nesse site, segundo nem imagino porque se vocês não gostaram do primeiro porque leram o segundo, e ainda perderma tempo de analisar. Além do mais acredito que esse site é livre, onde podemos contar nossas experiências e isso não diz respeito a ninguém somente ao dono do site, limitem-se a condição de usuario e façam uma reclamação ao administrador do site, e imagino que vocês saibam que moramos num país democrático onde a expressão das idéias é livre. Antes de me ofender procurem cuidar da própria vida e não ler mais nem um conto meu, caso contrário se persistirem os insultos eu vou entrar em contato com a administração do site e tomas as devidas providências. Atenciosamente
Carlos
11/08/2006 11:14:01
Faça um favor para todos os homens que frequentam o site, se você curte e gosta de ser corno e viado, não escreva mais essas putas asneiras e idiotices suas não, senão todas as vezes vou entrar aqui e te mandar fazer a única, com toda certeza, a única coisa que você realmente sabe fazer e muito bem feita: VAI TOMAR NO CÚ!!!
Sergio-DF
11/08/2006 11:02:35
Cara, no outro conto vc disse que não consegui comer a sua mulher e começou a dividi-la, porra, mas agora vc além de dar a sua mulher para os outros ainda lambe a porra do cara, PUTA QUE PARIU, além de corno, bunda mole o cara é viadão....Não entendo que tipo de tesão é esse, o cara gostar de ser corno vendo a mulher dele fudendo com outro, ainda e compreenssível, mas o cara gostar de lamber a porra do outro, isso pra mim é inaceitável...VAI TOMAR NO CÚ..

Online porn video at mobile phone


menagem di cornotitio safadão mim encoxou dormindo contos gaysexo de encoxando na mae de vagarinhaincesto mãe devassa da xana famintacontos eroticos de idosas mendingasfilme pornô mulheres se beijando solteira mas não carregando não aguenta pau grandeTV incerto XVídeos padrasto ver a enteada f****** e não resistimeu padrasto me estrupo ranco meu cabaco eu gosteibiscateiro/xvideoseu chorei pedi pra parar mas ele metia contomulher recebendo massagen enlouquecidasexo taboo com toda a família contos ineditos mães e filhos online contos de incesto conto papai nao rejeita sua filha tesudameu filho quet cumer meu cuconto erotico esposa de lycra .com pacotao marcadopriminha brincano de boneca e levo pintoesposa safada marido corno que gosta dwle ser voier e ser chingado xxxGozando nas nuvem xvdapaixonado por dois brutamontes da faculdade 12comjj ninha irma todinha porno"mete só um pouquinho"xvideo contrata negao pra alisa mais esgorega e entraconto erotico pegando fogo de tesao insaceavel queria fuder com quaquer um tesao ejagerado demais pegandocontos eróticos de homens peões de obras fazendo sexo com outros homensconto erotico meu marido me viu dando o cu e gostouPaus grandes no cu da vadiazinhahmãe dãno com seliho au filho de ropão fudenodei meu leite materno para ele contos eroticos.humilhada pelo patrão contoquando a mulher e chantagiada e humilhadaela gozou mas eu nao parei de chupar a buceta delaPornor sobrinho passando ferias na fazenda da tia viuvaMulheres escandalosa fudendo mete que vou. Goja no xvideosencontramos nossos vizinhos na praia do nudismo conto erotxvideos buceta de menininha sem penugem bem novinha desprovida de pelosobrinhogostoso ficando no colo do tio sozinho em casa dando o cudepois que eles gozam ela não param de bater p****** só para judiarContos pornos-fodi a mendigaconto eurotico casal pescano com amigo beldoeu nunca eu tinha fundido a buceta da minha esposa ela mestruada minha esposa tava mestruada eu comecei a chupar sua buceta mestruada ela gozo na minha boca ela chupou meu pau eu comecei a fuder sua buceta mestruada eu gozei dentro da buceta dela conto eróticocontos eróticos reais nnnxvideos gay pega medingo na rua e leva p casasurpreendi mamae a ser comida pela vizinha boazuda conhtoxvideos brasileiras q nao aguentaram no cu e tenta fugir mas o parceiro nao deixarvideo de velho tarado depois de tomar unas azulzinhascontos eróticos gay fui transformado em putinha e fizeram dupla penetração no meu cuzinho e me arrombaramver x vedeo comendo cu a fosa das novenhasconto chupou minha bucetinha e pigou vela vania varetao de cu forapornodoidolucianafilmei prima rabuda d xorti curtomeu genro me fodeu pai mostro e medo choro poradas xvideoscavalo tirando virjidade da potrinhairmsa emcoxada no banheiro pelo irmaocomendo a mileninha gostosinhaxividio ele trepa porcima dela a certa o cu delax videos curraincestoContos eróticos procurando aventura no clube de campomenina ve rolona pendurada mijando e fica tarada contos eroticoscontos gay babydool maeO haitiano cmeu minha esposa contosxvodeos rebolando cuzao chupano varax videos empurando pra demtrover videos de modelas a lerem contos de natal com o vibrador emcima da vaginamulher cagando enquanto dava a bucetacrentinhas encochadasporno pasando a rola na mulher do corno no oniboscomtos eroticos ninfeta e o velhovidio de novinha bricano de saia curta com a molecadaassisti video novinha perd o cabaco cm seu cachorro d piti bull d istimacaocasa do contos eróticos negão tirando as pregas do c* das viúvascuzao busetao gg gosadas grelao gg negras ptbpyzinhos batendo punheta infiando um dedo no cu apimeira vezver uma superpica estourando as pregas da travesty virjemcorno prefere se masturbartitia safada gozando esquirt contosSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhaver video de porno mae e filhabem novinha pulando no pau bem grossoContos eroticos com donas de casa que foi arrombada pelo cunhado pirocudoContos de loiras taradas por mendigos negroscasada coroa casera do buctaoviva o padrastro e a entiada xivideo10quamdo a filha nao quer da a buceta pro pai o que fazermãe dãno com seliho au filho de ropão fudenoxvidio confio no amigovideo mendingo pau gigante come coxuda de minisaiafudi ela e o namorado delavideo porno gorda trezeno com cachorrocontos eroticos deficiente novinhadiguinho eroticoContos.erotico pedi pra.meu genro.passar.protetor solar em mimfudeu ate o cudela tento fujir nad bebadarelato d novinha perdendo o cabacinho com padrasto e mae junto