Casa dos Contos Eróticos


Click to Download this video!

Comprei sexo anal da amiga endividada

Autor: oies
Categoria: Heterossexual
Data: 11/02/2005 16:48:25
Nota 7.50
Assuntos: Heterossexual, Anal
Ler comentários (7) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Sonia era uma gostosa que morava no meu condomínio, professora de ginástica, teve academia mas faliu. Seu ex-marido a traiu com a secretária e deu no pé. Como moramos num conjunto sofisticado, com condomínio no valor de mais de 2 mil, imaginei como a gostosa estava passando dificuldades. Só se ela fosse personal de gente muito rica e poderosa, pra manter o padrão que tinha. Uma tarde, na piscina, puxei papo com ela sobre o assunto. ela estava de biquini, um pedaço de pano sumário, revelando todas as suas formas esculturais. Seis seios grandes me deixavam de pau duro, a sua barriguinha tanguinho era pura perdição, e que coxas, ewra vidrado naquelas pernas saradas da Sonia, que sustentavam um par de nádgas malhados e perfeitos. E ela contou que estava pensando em se mudar, mas que isso a feria muito, tinha orgulho de morar onde morava e de ter carro importado e roupas caras, enfim, saquei na hora que a moça faria de tudo pra manter o padrão. O papo continuou no elevador e eu disse que queria ajudar. Ela me convidou pro seu apê, e lá ela me mostrou o pedido de despejo. Fiquei assustado pela sua situação, mas ela disse ter certeza que ainda encontrava um jeito de reverter a situação. Me serviu uma bebida e se enclinou no sofá, pra escolher cd´s, de forma que sua canga subiu e revelou seu biquini atolado no rabo. Eu me aproximei e sentei ao seu lado, meu pau estava duro demais debaixo da sunga e ela não pode fingir que não notava. Falei que tava muito calor e pedi pra tirar a camisa, ela me ajudou, se chegando,e eu a puxei pra cima e tasquei um longo beijo. Logo tinha arrancado a parte de cima do biquini e mamava em seus seios enormes, depois a deitei no sofá, sacando fora canga e parte de baixo do biquini, sua xaninha raspadinha deliciosa apareceu, mas ela abriu bem as pernas e pediu que a chupasse, no que atendi logo. Cada pelo da sua virilha eu lambi, brinquei com seu grelinho na boca e ouvi seus gemidos. Enfiei meu cacete naquela buça gostosa e trepamos como dois animais, engatados. Antes de gozar, a fiz virar de costas, e deixie de 4 e bombei de novo sua xaninha, Sonia se segurava no sofá, gemendo alto, nossos corpos se batiam freneticamente e um cheiro de sexo espalhou pela sala. Segurei seus cabelos e sussurei em seus ouvidos que queria foder o cú. Sonia se esquivou, ficou de frente disse "no cú não". Pra me deixar feliz, passou a chupar meu caralho com carinho, sua lingua percorria cada cm do meu pau duro e me punhteva gostoso, daí falou "pode tudo menos atrás, ok?". Acabei gozando, ela levou uma esporrada no rosto mas depois deixou terminar sobre o chão, molhando seu piso, admirada com meu cacete se esporrando todo. Combinamos de conversar sobre suas dividas mais a noite, mas eu não apareci. Uma semana depois, Sonia me liga no inteerfone e me chama. Ela estava meio brava comigo, disse que eu a tinha iludido, "me comeu e sumiu", ela reclamou. Expliquei que o que eu mais queria ela tinha se recusado a dar, e achei melhor parar, pois não seria eu que exigiria ela dar algo que não queria. Sonia fez uma cara de bosta, fingindo não saber que eu falava do seu cuzinho. Durante a semana seguinte, cumpri minha palavra e paguei uma parte da sua divida e fui a seu apê levar os documentos. Sonia estava muito gostosa, de vestido preto colado no corpo, de alcinha decotado, com seus seios quase de fora. O tecido se estendia pelo corpo como uma outra pele, e fazia uma curva generosa no quadril. Fiquei de pau duro na hora. Ela percebeu. Agradeceu e disse que preferia ser mais do que só grata, mas queria ser minha por inteiro. Nesse momento, se virou de costas, deixando o vestido cair até o chão, revelendo sua calcinha tanga enfiada no rabo, Sonia se curvou e tirou lentamente, mostrando seu buraquinho. "VEm, eu dou o que voce quer..." disse, se apoiando no sofá. Se ajoelhou no carpete e ficou de 4, empinando o rabo pra mim. Tirei o pau pra fora da calça e encostei a cabeça no seu anus, que piscou, ela gemeu "devagar...". Fui entrando até a metade do pau, admirando meu cacete sendo engolido pelas suas pregas do cú, "que cuzinho apertado cê tem" falei. Escotei Sonia choramingar "ai, ai, como dói, é quente, tá me rasgando...", mas não parei até encravar todo o pau no seu rabinho. Passei a bombar mais forte e Sonia foi se largando no sofá, a cabeça no assento, respirava ofegante, aperteva os dentes nos lábios e pedia "vai logo, tá doendo muito, chega...". Me desliguei de seus pedidos e passei a admirar meu pau fodendo sua bubda, demorei bastante par gozar. A cada estocadda minha, Sonia compremira mais seus rosto contra o sofá, de seus olhos sainda pequenas lágrimas, e ela gemia sem parar "aai, aai, aai..". Seus gemidos me deixavam tarado, e cad atolada ela respondia com um "aiii..". "Chega, goza logo", ela pediu. Esporrei tanto no seu cú, que a porra descia pelas suas pernas e a deixaram toda melada. Quando tirei o pau pra fora do anus, ele tava todo avermelhado e gozado, uma porra branca ao redor do seu buraquinho acesso. Ela se atirou no chão e gemia "aiai, dá pegeando fogo". Se levantou e colocou o vestido na bunda, se limpando, ""num para de sair de dentro sua porra, seu safado". Perguntei se doía muito e ela sorriu amarelado, "você me rasgou toda, eu sabia que doia mas não tanto". Ela se leavntou e andava com dificuldades, as pernas meio abertas. No dia seguinte, era sexta, eu paguei outra parte da sua divida. E tomei um viagra, pensando em foder aquela bundinha de atleta até cansar. Fui ao seu apê e ela estava com uma carinha de triste. "De novo?", ela perguntou. Eu disse que sim, que tinha dorado foder seu cuzinho e queria mais. De novo ela foi até o sofá e se ajoelhou. Ficou de blusa, mas abaixou a mini saia até os seus pés. Ela nem me olhava, apenas se apoiou no assento e arrepitou o rabo. Bombei muito aquela noite, fodi até cansar como queria. No final, me vesti e ela ficou no sofá, encolhida. No dia seguinte, a vi na garagem, andava daquele jeito, meio devagar, passo a passo, pernas meio abertas. Encostei-a no carro e desci a mão até sua bunda. Ela pediu pra parar, mas ergui seu vestido e acariciei suas nadegas. "Aqui não seu tarado". Como era tarado pela sua bunda mesmo, não me contive e falei "só uma rapidinha". Tirei o pau pra fora e meti no seu cú, ela se apoiando no carro, no escuro da garagem. Bombei rapido e o medo de ser descoberto me excitava. Ela se virou e pediu "num goza em mim, por favor". Eu sempre chato, acabei gozando ouvindo aquilo, e enxarquei seu anus com minha porra, sua bundinha sarada com marquinha de sol balancava pros lados enquanto eu gozava. Puxei o vestido pra baixo. Sonia arrumou seu vestido e falou "fiquei toda melada, vou sair como assim, seu puto". Perguntei se ela sabia que hoje eu acaba com a divida do condominio, ela disse que sabia, e que hoje a noite eu ia querer comer seu rabo muito. Ela não disse nada e entrou no carro continua

Comentários

18/01/2009 02:32:04
Cadê o restante? Estava indo bem...nota 7
25/02/2006 23:56:29
tudo bem que pagou as dívidas, mas custa deixar a mulher que você acha gostosa, mais gosta ainda, te demonstrando que tá gostando da foda!
bubuta
19/02/2005 14:40:13
voce nao foi nada carinhoso com ela.Da proxima,excita-a ok?
Rogo
13/02/2005 13:26:08
Dá uma lambidinha no cuzinho, bota ela de ladinho, faz um carinho no grelinho, dá uma cuspidinha no pau e bota devgarinho acariciando o grelinho, porra cara ela goza antes de ti. E vê se aprende porque eu não ensino mais em?
carol
13/02/2005 02:31:20
se vc tivesse dado pelo menos uma cuspidinha pra lubrificar,ela teria adorado.A seco não dá seu trouxa.
Mineirim
12/02/2005 16:01:59
Valeu, o conto é bom, mais se vc fizer o serviço com carinho, vai ter cú pra meter o resto da vida, seu troxa
moreno40
12/02/2005 15:50:01
eu tb queria uma vizina gostosa dessa, mas seria um bom carinhoso com a moça, né não. o conto é bom vale 8

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


menina novinha reclamando do pau grande caiu no zzaapxvideos.meninas.sedo.esto.padas.afosamulheres estupradas por varios homens roludos ao extremoContos sobre beijos e podolatriama nininha sendo enconxadacontos gay iniciadores de boys inocentes fotos gratisdoce nanda parte cinco contos eroticosmãe sejipana deichando o filho gosar dentro da bucetaestruparao ate inche o rabo de porracontos eroticos pastor comedor de mulher casadaBUCETINHA QUENTINHA, protegendo com sua BUNDA MARAVILHOSApadre viadotrocando com outroWww.contoeroticocrente.comEroticoscontos.com /casadas 25cm duplpamico ma forretas sex traza sexno intestino roludo comendo a esposa com buceta peluda XNXXmulhe tomando banho no banheiro pelada motrando só a buceta regasadavovo costosa ta xipio neto sexoquero ver mulher g****** gostoso monografia g****** gostoso XVídeosmagrinha damdo pra quimze negão com pauzao de mei metro de coprimentoJackson viu a irmã dormindo de shortinho não resistiufotopono vajina de menosdaporno vidio coroa tava emtertidaxvdeos de sexo de mae ver o filho dormndo e da o cúmulher cagando enquanto dava a bucetaxevideo mulher dormido e rola entrandobucetinhas pequenininhas e as maçãsContos- filhinha greluda e putinha desde pequenaxdvdeos de mulher fudeu com seu marido dormindo ela gosarsogra na cama dormindo com camiseta do superman e genro no sexoxvideos gay cu rasgadaicontos eróticos eu novinha fui comiida por meu paimãe chega do serviço e faz a sua filha dando o c****** no XVídeo ela ainda virgem nunca tinha dado minha b***** nem um pouquinho e ela Fraga fica Vista irritada e entra na bagunçaeu vi meu genro batendo pueta na minha calcinha usadadei viagra a minha prima e fudi com ela vom um pau de borrachacoroa de shortinho branco e encostada na geladeiraconto matuto chipadorcontos de sexo depilando a sograContos gay comi o cu do cafetaowww.xvideos-Gaysinho novinho lourinho muito centimental fica longo tempo fazendo boquete .coma gozano fortemulher mais griluda gordas wbbconto gay ele se revoltou e tomou todasComi o rabo sujo de bosta do Lukinha contos eróticos gaysvidio porno homen emtera o pou todo na garganta da muher ate gozarxvideos cliente dotado fica com pau duro durante exame e a depiladora acaba não resistndomulhervxs sexochupando ate engasga tiacontos incesto mae gtsporno com novinha goszando na buceta na boca da outraabaicha zptenho 12 aninhos e adoro sentar no colo do meu padrasto so pra senti pau dele duro ate ja fiz ele gosar me rosando kk contos eroticosconto no cinepornoV contos de mulheres sendo fodidas por cãoIsac -Hugo |Contos Eroticos zdorovsreda.ruConto erotico.no cuzinho da caderanterabudas brasileiras pedio arego no cu pitudosquero ver o vídeo de pornô a massagista dando a massagista dando massagem na coluna lombarcontos eróticos filhinha novinha gostosa delirando no colo do papaifotos de homen com short fino dechando a rola sair para foraDiscar mãe e filha transando e gemendo de prazerxvideos mulhe está tomando um banhozinho e aí aparece um homem eai eles se comenovinha brincano com pau do muleke e saindo aquele liquidoConto erotico eu e minha mulher no alojamento dos machoscontos eroticos viajei com meu genro e fiz boquete a viajem todapai fas.fihinha goza primeira ves putariabrasileirasenhora de idade pratica zoofiliaContos eroticos de estupro concentidogritaram como ei gostosa e assobiaram yahooconto erotico a patroa parte ll lesbicacontos incestuosos papai. trepando com filha casada e genro olhandocomendo o cuzinho com um guspinhocontos de sexo raspei minha bucetacontos eróticos meninas de 25 anos transando com cachorro Calcinha Preta com lacinho vermelhocontos sexo 10 aninhos curiosanovinhas de camisola no desafio e vou tomar banhoputinha tres coraçõesir:ma virge fudendo com irmao do piru gigamtehomens nú decuéca punhetaHistorias erosticas baitola sendo enrabado pelo o padrasto e choraIrmas casadas taradas carentes cendo enrabadasconto erotico gay macho dominador gosta de maltratar viadocontos virgem amassosconto erotico romulo gaycontoerotico namorada e mae putas do tio jorgecasa dos contos eroticos gays de incesto e dominação sado- pai machão dominador e filho menino passivinhoconto fui estuprada por pauzudovelhas coroas gostosas sentadinhas no colo sendo enrabadascontos eróticos gaúcha solteirao ditao negao comeu minha esposaCármen e a patroa contos eróticosmrnino evade a casa da tia safada i ve a tia peladayoutube cdzinhas exibidas de baby dollcontos lactofiliaencoxada na rabuda d xorti com o pau pa foraNecsEexNegrão.estrupando sobrinhavirgem a forca sem.os pai ver atras de casa