Casa dos Contos Eróticos


Click to this video!

Ylena Incestuosa Infiel I e II

Um conto erótico de Pafer
Categoria: Heterossexual
Data: 28/01/2005 09:27:47
Nota 8.00

Ylena tinha os carnudos lábios em volta do corpo de meu penis, sugando-o avidamente!! Aquela cena me lembrava sua mãezinha, minha mulher Laura, e as fotografias que ela aparecia chupando diferentes penises, as quais os sequestradores me enviaram! Minha linda filhinha tinha sido estuprada por eles e ainda me extorquiram dois milhões de dolares!! Mas nada no mundo valia mais do que ter agora a minha filhinha Ylena sendo sexualmente minha!! Foi presente dos deuses esse sequestro, pois dominou a adolescente rebelde e com quem eu vinha me desetendendo ultimamente!! Pouco me importava o quê tinham feito com ela!! Agoras ela estava alí inteirinha, me sugando com gosto toda extensão de minha vara! Minha pura filhinha, com o corpo de mulatona, como Laura sua mãe, porém com os seios mais volumosos, olhos esverdeados, branquela como eu. Remorsos, escrúpulos, que adiantavam isso agora! Sempre amei minha filha, como a sua mãe. Estavamos nos desviando dos dogmas cristãos, talvez. Mas como podia parar quando sinto que aquela mulher está realmente se extasiando com meu penis em sua cálida boca!! Como pensar em pecado quando ela rosrona enquanto lambe toda extensão do meu pau até meus bagos deixando um rastro de saliva brilhante em torno de sua boca, queixo e em minha virilha!! Meus instintos de macho se sobressaem de meus receios e eu desejo ardentemente Ylena como puta! Como uma verdadeira putona que trái a própria mãe com o pai! Eu me contorço todo e já começo a sentir a segunda ejaculação em menos de dez minutos!! Eu aviso Ylena, ela me olha languidamente! Ylena põe toda a glande e metade do meu pau dentro da boca e com uma mão acaricia meu saco e com a outra me masturba! Com os olhos ela envia sinais para que eu ejacule!! Mesmo que eu quizesse eu não poderia me mover dalí, portanto o segundo gozo foi um jato forte que eu pensei que minha filhinha fosse se engasgar! Minha apreensão não tinha motivo, pois via Ylena calmamente me olhando com os olhos semi-cerrados enquanto suas bochechas se inflavam e murchavam conforme eu ía despejando meu semem direto em sua aveludada garganta!! Ah!! Me abandonei por completo, e gozei e gozei, que nem mesmo sua mãe já tivesse feito comigo!! Sim, minha amada filhinha substituia com louvor sua mãe, como melhor boqueteira que ela!! Eu era pura e total felicidade! Ylena me revigorava como macho! Era o maior dos premios ter aquela mulher como amante, como puta, minha só minha!! Ylena, era toda bela pervertida. Enquanto eu me recuperava, ela veio até mim e colou sua boca na minha e sentí uma gosma ser derramada em minha boca. Era meu esperma!! Antes que descesse por minha garganta, Ylena apertou suavemente meu pescoço, como me impedindo de engulir o semem, e desfazendo o beijo, sussurrou em meu ouvido, que era para eu despejar toda aquela gosma em seu cuzinho para lubrificá-lo, pois sua xaninha, continuava ela, já estava bastante molhadinha!! Deus! Minha ereção voltou num segundo! Ylena, provavelmente, já adivinhava minha reação, pois continuou segurando meu pescoço, impedindo que o esperma fosse engulido! E então ela se virou ficando de quatro e logo em seguida baixando o torso, até achatar os magnificos seios no tapete, me exibindo aquelas carnudas polpas maravilhosas tendo no perfeito centro o orifício artisticamente pregueado do seu rosado anelzinho anal! Carinhosamente acariciei seus gluteos magníficos e despejei o máximo que pude meu esperma no seu cuzinho diretamente da minha boca!! Com a ponta da língua sentí seu anelzinho se contrair e se soltar, aproveitei prá ir mais fundo, empurrando aquela poça de esperma e saliva para dentro dele! Ylena suspirou fundo e com os dedos dedilhava sua bucetinha como se estivesse tocando violão!! Eu estava desnorteado no que deveria fazer. Eu conhecia o sexo anal, mas não tinha muita prática. Eu me perguntava se era isso que Ylena queria, ou se era somente a caricia que eu lhe fazia em ambas as nádegas e a perversão de despejar meu próprio esperma em seu cuzinho que a fazia delirar e pararíamos por alí mesmo! Ylena virou um pouco mais a cabeça pra me olhar e perguntou se eu gostaria de possuí-la!! Eu não precisei responder. Me levantei, me posicionando para penetrar-lhe a xaninha!! Ylena, levou uma das suas mãos até minha vara, segurando-a e me disse que ela estava no período fértil e portanto eu, seu paizinho teria que possuí-la analmente!! Assim ela guiou meu felizardo penis para aquele acochegante tunel de prazer!! Todas as palavras e idiomas do mundo não poderão descrever os imensos gozos que tivemos daí em diante!! Seu noivo, Juarez, nos estava fazendo uma visita e durante toda a estadia, Ylena e ele se comportaram como dois jovens apaixonados que em breve iam se casar.E por todo seu período fértil eu fui me tornando um expert em enrabar minha filhinha!! Bastava Juarez ter que ir visitar clientes do império industrial de sua familia, ou ele ir dormir, que eu e Ylena nos amavamos!! O casamento foi marcado para dentro de um ano. Mas minha lua de mel com minha filhinha, noiva do Juarez, começou naquele dia!!

O noivo de Ylena dormia no andar de cima, enquanto, na biblioteca, ela cavalgava em seu pai, fazendo entrar e sair a grossa rola dele de seu cuzinho guloso!! Esta já era a quarta noite que Ylena e Yuri, seu pai faziam sexo anal, pois Ylena estava em seu período fértil. Seu noivo Juarez comeu a xaninha dela, só de camisinha duas vezes nesta visita, enquanto todas as noites, em que a mãe de Ylena estava visitando parentes cubanos em Miami, ela e seu pai se tornaram amantes de fato, com ele a possuindo também a bucetinha rosada e peladinha! Ylena o chupava tanto que extraia todo o sumo que porventura restasse, assim Yuri podia gozar livremente na xaninha dela sem perigo!!Uma semana após a mãe de Ylena ter partido, assim como o noivo Juarez, Yuri recebeu uma intimação dos advogados de sua esposa que pedia o divórcio. Yuri, no primeiro momento ficou entrestecido e Ylena apesar de tudo, desolada! Ficaram sabendo depois que ela havia ganhado uma obscura herança de 300 mil dolares!! Enfim, pai e filha ficaram um pouco mais consolados.Era Junho e Ylena estava de férias. Assim ela e o pai partiram em lua de mel para a Europa. Juarez foi lhe dizer adeus no aeroporto e prometeu visitá-los assim que ele tivesse uma folguinha. Ylena e o pai disfarçaram o mal estar, mas disseram que esperavam por ele. Entre muitos fatos sexuais ocorridos com pai e filha, tem este ocorrido em Veneza, quando numa noite maravilhosa, depois de um jantar saboroso, voltavam para a secular casa que Yuri havia alugado como base de suas estadias na Europa, Ylena imbuída de toda a atmosfera e tendo aquele seu grande amor, que paradoxo dos fatos, ela o apresentava a todos os tipos de perversões e fantasias que um homem e uma mulher podem praticar, sendo Yuri uma revelção em novas práticas, Ylena de repente encostou seu pai contra uma parede milenar e o beijou apaixonadamente, colando seu voluptuoso corpo no dele! Em segundos Yuri se recuperou do susto e correspondeu aos avanços da filha! Ele a apertava contra sí e com as duas mãos segurando ambas as carnudas partes da bunda a fazia rebolar em cima de sua virilha como estivesse se masturbando!! Ylena sem se dar conta estava gozando! Seu pai desacelerou os movimentos porém manteve a esfregação de virilhas e coxas mais apertada!! Ylena desfaleceu por um momento que chegou a tombar para trás e seus braços deslizarem ao longo do corpo!! Yuri ampara aquela filha-mulher-amante e puta, enquanto beijando-lhe, dizia que a amava!!Ylena voltou a sí escutando estas últimas palavras de seu pai. Um carinho imenso e ao mesmo tempo uma libdinagem sem fronteiras fez Ylena notar que o imenso penis de seu pai alojado entre suas coxas pulsava feito um garanhão selvagem!! Ela pegou o másculo rosto de Yuri entre as mãos e beijou-lhe, enroscando sua língua na dele e em seguida levou as duas mãos a apalpar a tora de seu pai por cima das calças! Yuri fechou os olhos de felidade!! Ato contínuo, Ylena ajoelhou-se, abriu as calças de seu pai, deixando sua imensa tora escapar ao luar do céu de Veneza!! Algumas pessoas passavam ao longo da viela que pai e filha copulavam e alguns prestaram atenção quando a femea mergulhava o rosto na virilha do macho!! Em pouco tempo Yuri despejou todo seu amor físico e líquido na boquinha sugadora de sua amada filhinha!! Ylena passava toda a extensão da rola em seu rosto, beijava os bagos enquanto saliva e semem lhe escorriam pelo torneado queixinho!! Ambos se recompuseram, e sairam sorrindo como amantes felizes em Veneza, e devido a semi-escuridão não notaram o quanto o rosto de Ylena brilhava de felicidade mas também de semem! Chegam na casa e adentram no vestíbulo e de repente a figura de Juarez pula na frente deles! Depois de passado o susto e de Juarez ter cumprimentado Yuri, ele se dedica toda sua atenção a Ylena que lhe sorrí levemente. Yuri diz a Juarez que ele a filha acabaram de chegar do restaurante onde fizeram uma magnífica ceia! Juarez amorosamente olhando a bela Ylena responde que o molho branco deveria estar realmente delicioso, pois via uma pequena gota esbranqueçada por baixo do queixo dela, prá logo em seguida lambê-lo e beijá-la!! Juarez passou o final de semana com eles e voltou para o Brasil! Ylena trepou com ele uma vez e duas vezes com seu pai enquanto Juarez tomava banho!! Avancemos para o casamento de Ylena e Juarez. Muito coisa aconteceu neste período, que serão contados a posteriori. No dia do casamento, pela manhã Ylena disse a quem quizesse escutar que iria à igreja. Yuri ficou surpreso com a entrada da filha porta a dentro e em segundos ela lhe acariciava o caralho com os carnudos lábios para logo depois ser a vez dele em massagear internamente a vagina de sua filhinha com sua gorda língua!! Em menos de quinze minutos o pai fez a filha gozer vaginalmente e depois ele se acabou dentro do anus guloso dela!! Os pombinhos viajaram para a Africa do Sul em lua de mel. Juarez surfava e passava longas horas neste esporte. Numa dessas ocasiões que ele chegava no chalé do resort, viu um Porsche estacionado na frente da garagem. Ylena veio correndo abraçá-lo dizendo que seu pai Yuri veio lhes fazer uma visita! Juarez adorava o sogro, e achou uma boa ter companhia masculina, depois de uma semana só de romantismo e sexo casual!! Ele se cumprimentaram enquanto Ylena virava as costas para Juarez, indo preparar drinques para os tres. Juarez ainda apertando a mão do sogro, chama por Ylena e lhe diz que ela deve ter passado muito protetor solar nas pernas, pois algumas gotas estavam escorrendo por sua pernas!! Ylena virou-se e se contorcendo um pouco espalhou o "líquido" pelas panturrilhas e coxas, corando maravilhosamente por baixo de seu dourado bronzeado!! Seu pai disfarçadamente sentou-se e pôs o chapeu panamá em cima da virilha!! Ylena contraiu um pouco os glúteos e caminhou para a kitchen dizendo que ía apanhar mais gelo, rezando para que Juarez não notasse de novo o esperma que escorria de seu cuzinho que seu pai despejara, minutos antes, quando foram interrompidos pela chegada de Juarez!!

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
05/02/2014 16:46:26
Apresentação Carlos um homem bem adiante do meu tempo. Três amigos Carlos, Marta, Fabiano que curtem sexo, não desejamos expor nossa imagem em casas de swing, clubes ect, porque não expor nossa imagem, como tantos fazem um dos motivos digamos que pertencemos a um seguimento religioso e desta forma com dogmas a ser seguidos. Penso que como nos algumas pessoas tem seus motivos e não podem se expor, adoram sexo desejam sexo todos os dias, mas não desejam expor sua imagem na rede ou em circuito fechado pois podem vazar para rede. Então resolvemos nos organizar dentro de uma irmandade, não inventamos nada apenas aprimoramos o que já existe, vejamos mesmo no século 21 temos sociedades fechadas. Por outro lado temos pessoas com relacionamento estável, Mulheres, noivas com namorados, casadas, Homens casados com aproximadamente entre 1 a 50 anos de relacionamento estável, uma família estruturada, mas que o parceiro (a) já não rende tanto como antes creio que você entendeu, estas pessoas desejam apenas sexo, e seu parceiro não aceita outra pessoa cito sexo a três, estes casais não desejam terminar seu relacionamento nem pensão em terminar, como resolver este dilema dentro de uma Irmandade. Solteiras e Solteiros são bem vindos, nosso filosofia de vida sexo com respeito, segurança, (sem o valor financeiro como moeda de troca) sexo sem pagamento, sexo por prazer e afinidade, sexo por amizade. Etnia são todas bem vindas, sua cor, seu porte físico, seus quilinhos a mais ou a menos, sua beleza física, não somos amigos de pessoas usando este critério, então não se preocupe para nos o mais importante e seu caráter, seja você travesti, mulheres bissexual, Passivos. Século 21 temos mulheres e homens que desejam sexo com segurança e ficam em duvida aonde buscar este prazer com total privacidade de sua imagem, dentro de uma Irmandade vocês vão ter. OBS, todos sem exceção são bem vindos a Irmandade seja bem vinda, seja bem vindo a Família. Primeiro contato por e-mail não coloque seu e-mail em nosso perfil, pois desta forma você se expõe, seu endereço virtual e todos ficam sabendo e passam a ter acesso a você. Tem duvidas pergunte Um abraço Carlos. Em prevê nosso site Perguntas ou




Online porn video at mobile phone


casada loira gaucha fode c pausudo que enche ela de porra e corno olhada o cu causa doensa videos sangue sexo annalcontos de cú de solteironaconto"duas virgens" enteadade bruços sinto a cabeca entrando com forca no meu cuzinhocontos. safadinha egostozinha do papaifoto do negao inedita nunca vista da rola seper grossahttp://contos eroticos rasgaram minha buceta e meu cu branqueloquero pesquisar filmes pornor com negros super dotados arregassando cu e bucetas de mulheres loiras tirando sangue do cursinho delaszoofilia cachorro engatado com mulher g************* de dias corridosdei meu leite materno para ele contos eroticos.contos de sexo depilando a sogracontos eróticos uma menina órfã estrupada por ladrao xvideocontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgevirei a cadela da turmacontos eróticos na famíliatio e sobrinhaflagrei a cunhada f****** Conto Chinêspassando lingua no cu da esposa enquanto ela mama um pinto porno doidoWESLLEYWEST-CASA DOS CONTOS EROTICOScasadoscontos-helgaquero ver um monte de mergulhador de 19 a 20 anos de sunga de pau bem duro peladobucetadaoliviamaraadoro goza comcontos eróticos família roludomarido se assusta vendo a quantidade de porra que sua esposa derrama no pau do outro caraconto erótico Eu e o meu marido no bar da perdiçãopornô em Carmo da Cachoeira na ruarelato sexi miha noiva a putinha da turmachantagiei a colega de trabalho e comi ela contossobrou muita pica pra fora da xavasca da crioulapornodoido entre irmao enteronpido por tia gostosadei pro meu sobrinho contos eroticosminha mulher me arrombou com um pau de borrachabaixinhas levando no cu ate cagarfolha da a buceta ao seu pai pra tira o seu cabacoconto prazer de receber uma punhetinhabranquelo come e chupa buceta da criuola escravagarotimha fala pra mae que quer namoradogostoza fudeno com 3travecoshmem do pau piqueno fodobuceta grandecontos eroticos nupcias blogspotsou travesti eu tirei a virgidade da minha amiga ela choroucontos erotico eu e minha mae fodida por um roludocontos eroticos tesao no filhowww.xvideos meninas com fartura de carne da buceta e rabo gostosocomend9a novinha gosrosa no matinhoirmãzinhas trazando com irmãocorto eroticosminha esposa gosta de trasa com vaquerofilha. acorda. sentindo apica do seu pai toda na. sua. bucetinha ..contoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgecontos meu filho estrupo,meu cu finju dormivelhopintudocontoscombinei com amigo comer minha esposa dp contoscontos erótico menininho na faxinamulher sendo mastrubada no honibos pro um estranhogaroto punheteiro garanhao curral xvideofeitio de cabelo xvedeorirmao pede fio terra para irma enfia o dedo do cu mais velha gostosacontos velho bruto poe no cu sem avisarfui visitar minha inquilina e ela estava só de baby doll contoscontos eroticos com dean winchesterporno de ananotaContos erotico nora novinha ouvindo a sogra chorando no picaocontos eróticos mae peituda e filho magreloporno namorada nao gue da cu mai eu votetacontos mulheres casadas camareiro de hotelcorno chorão e covarde contos eroticostem lebica olaine 2017 pra comigo outra mulher por celularvídeos de sexo com a titia sobre a casa escondida e sobre brincando de castiçaisporn mama tao aumentar leitexvidio aredando a calcinha qro lado e enchendo a .comigre.me/w4IgEconros o encanador pauzudo encheu minha mulher de porraconto gay ele se revoltou e tomou todasXVídeos novinha Caboco apalpando o pau na goela da mulher e homem transandocrentinha no portao querendo darcontos chantagiei a filha do pastorcontos eróticos menino dá o c* pro padeiroFoto de pika pulhetando fudeu ate o cudela tento fujir nad bebadaxvido molhe fije kuem tar dorminoContos eroticos com sogra bucetuda que foi arrombada pelo genro piricudoeu emcaixando o pinto do amante na minha irma gostozaprensada no colchão pornnovinha magrinha nao consegue ci controla de quatro e goza em 1minutoloirinha pesou que ia so fazer chupeta mas tomou muita porraestrupado cedo em rabado pelos pesosencoxando para todos os ladosFotos de piruzoes aleijados de machosprocuro. velho sadio amigo pauzidos gostoso so meumae dis que filho rasgo a vuseta delacache:cB0rtZ1uQCMJ:https://zdorovsreda.ru/texto/2015051133putariha gratis de pai chupando os peitiho duro da fiha noviha bobihasexo contos eroticos branquela madame esperimenta rola preta d negro e goza aos gritosdepravadacaoquadrinho eroticoela goista de rola no café da manha inseistoMaduras chupando novinhos contoseroticosabusada no cinemachupando no mangezal xvideosp://www.xvideos.com/vide